História If i believe in love - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Visualizações 140
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei mas vou recompensa-las. Boa leitura ❤❤

Capítulo 50 - Make Love


Fanfic / Fanfiction If i believe in love - Capítulo 50 - Make Love

Olhava Justin dormir, isso se tornara um habito devo admitir, seus lábios rosados o nariz, o formato de seu rosto, olhos e enfim seus cabelos dourados. Imagino se nosso filho vai puxar a ele, se vai ser tão lindo quanto ele, ou tão linda já que não sabemos o sexo. Justin se mexe na cama e eu continuo o olhando quando ele abre os olhos e me encara com suas lindas íris carameladas, ele sorri e eu o acompanho quando ele me puxa para mais perto.

  -Bom dia amor. -sua voz rouca em meu ouvido faz meus pelos se arrepiarem.

  Esfrego o nariz em seu pescoço e dou um beijo ali.

-Bom dia amor.

Justin me vira na cama e fica por cima de mim, beija meu pescoço e afasta mais o tecido da minha camisola beijando a pele exposta de meu seio. Aperto sua nuca e o puxo mais para mim, ele se afasta e desce as alças de minha camisola deixando meus seios expostos agora.

  -A querida eu senti tanta falta de te tocar, de ter você, eu não podia chegar perto de você sabendo o quanto te machucava.

 Ele passa os lábios pela minha pele nua e eu só sei me derreter com seus toques, minha pele pegava fogo onde ele tocava. Avanço em seus lábios e nosso beijo é carinhoso, com saudade e amor, sinto sua ereção em mim e arfo ao imagina-lo dentro do meu corpo. Justin se afasta e me olha, tira a bermuda e sua cueca de um vez, eu tiro a camisola e fico de quatro na cama, seu pénis esta tão duro e convidativo que não posso deixar de chupa-lo. Olho Justin que engole em seco quando pego seu pau e começo a massagear  enquanto o coloco na boca, Justin geme e aperta meu cabelo forçando mais do seu pau na minha boca.

 -Porra voce faz isso direitinho, assim mesmo vadia.

Ele fala enquanto eu o sinto engrossar em minha boca, olho para ele e o chupo mais rápido. Justin geme e goza na minha boca, engulo o que posso e lambo a glande de seu pau, ele me puxa para cima e passa o dedo pelo meus seios onde sua porra escorrera, beija meus lábios e afasta minha calcinha, logo em seguida introduz um dedo sem nenhum aviso, ainda bem que eu já estava mais do que lubrificada. Gemo ao senti-lo entrando e saindo de mim, ele aperta minha bunda e continua me dedando. Olha em meus olhos e morde meu lábio, arfo em seus lábios e ele me empurra para a cama.

 -Tão molhada e apertada amor tudo isso é pra mim?

  -Ah Justin anda logo, por favor.

Me contorço na cama e ele continua me dedando dessa vez com dois dedos. Ele sorri sacana e beija meu seio mordendo o bico, que devido a gravidez esta mais sensível e grande.

-Justin me fode logo por favor.

 Puxo ele pelo braço e o vejo subir em cima de mim, ele abre minhas pernas e eu as enrolo em sua cintura, ele coloca a cabecinha e fica fingindo entocar,  arranho seu ombro e ele me penetra fazendo com que eu gema de certa forma bem alto. Ele põe a cabeça no vão do meu pescoço e chupa o local, me penetrando com força, sinto minhas pernas ficarem moles e sei que mais um pouco e eu me derreto num orgasmo, empurro Justin e subo por cima dele, que me olha colo um sorriso sacana, rebolo em seu pau ele aperta de leve minha cintura, deposita um tapa em minha bunda e me ajuda a ir mais rápido.

  -Amor eu vou gozar.

Digo entre gemidos enquanto subo e desço rapidamente sentindo que ele também esta quase la.

  -Então vamos juntos amor.

Ele me vira e me coloca de quatro me fodendo com força e rapidez, meu Deus porque isso é tão bom? Sinto meu corpo mole e deito o peito na cama ficando com a bunda bem empinada,  sinto ele dar alguns tapas e eu não paro de gemer. Enfim gozo e ele entoca mais forte liberando seu gozo dentro de mim.

Eu me viro e deito na cama, Justin se deita em meu peito e beija minha mão.

 -Acho que começamos o dia bem!

  Ele fala sorrindo e eu dou risada.

-Muito bem, devo dizer que estou faminta.

  Ele ri e se levanta me levando consigo para o banheiro, tomamos um banho rápido e descemos para comer, Suzana estava entretida em guardar as compras no armário mas sorriu feliz ao nos ver juntos e sorridentes. É, acho que tudo esta começando a voltar ao normal.


  


Notas Finais


Fiquem ligadasss mais tarde tem mais ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...