História If Only Love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Booboo Stewart, Cameron Boyce, Descendentes, Dove Cameron, Originais, Sofia Carson
Personagens Carlos de Vil, Chad, Doug, Evie, Jay, Mal, Princesa Audrey, Príncipe Ben
Tags Bruxas, Colegial, Descendentes, Dove Cameron, Fadas, Magia, Outros, Princesas, Principes, Romance
Visualizações 82
Palavras 505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores, aqui está o primeiro capítulo, espero que gostem!
Vou dar meu máximo nessa fanfic, que é a minha primeira, espero que vocês acompanharem!
Até lá embaixo :)

Capítulo 1 - A chegada


Fanfic / Fanfiction If Only Love - Capítulo 1 - A chegada

Acordei com a varinha negra de minha mãe batendo três vezes sobre minha testa. Me sentei lentamente e esfreguei meus olhos, na tentativa de aceitar que essa seria mais uma manhã, como todas as outras.

— Ande Mal, você não pode se atrasar – minha mãe disse andando para o outro lado do meu quarto, era possível escutar o som que seu salto causava ao se chocar com o chão.

— Bom dia, mamãe – falei em tom irônico, já que a mesma não disse nem um bom dia – Desculpe, mas... Me atrasar para quê mesmo?

— Mal! – ela ergueu o tom de voz me olhando com uma cara de decepção – O primeiro dia na escola de Arabella, minha menina.

Um sorriso enorme se destacou em meu rosto, revelando meus dentes brancos. Hoje seria o tão esperado dia, do qual aguardo desde meus 5 anos. Me levantei de forma rápida e corri para os braços de minha mãe, que me envolveu em um abraço.

Mesmo que minha mãe seja uma das mais cobiçadas moças malignas já existentes, ela não é tão ruim assim, mas é claro, comigo. De acordo com os ensinamentos dela, não devemos ser bons com ninguém, afinal, o mal nos domina.

— Suas malas estão prontas, Caroline às arrumou para você. – ela disse nos separando – Na mala roxa está meu livro de feitiços, agora ele é seu – ela sorriu.

— Obrigada, mamãe – recebi um beijo na testa.

— Onde aprendeu essa palavra? – minha mãe me encarou feio, rimos – Vou deixar você se arrumar, mas que esse tempo não passe de meia hora, ou venho aqui e lhe puxo pelo cabelo.

Ela saiu e fechou a porta, mas não antes de ouvir minha gargalhada.

Corri para o banheiro e me olhei pelo grande espelho velho, meu cabelo se encontrava pra cima, como de costume.

Entrei na banheira e tomei um banho, ao sair me vesti, colocando o meu colete mais novo, penteei meu cabelo, fiz uma maquiagem como a que eu faço diariamente, mas com um pouco mais de capricho, coloquei meus brincos e minhas pulseiras. Depois de colocar meus sapatos, estava realmente pronta.

[...]

— Chegamos! – Petter, nosso motorista, disse ao parar o carro na frente da entrada da escola.

— Até que enfim! – Evie saiu irritada do carro, logo em seguida eu sai também.

Petter pegou nossas malas no carro e parou ao lado de nós duas, que nos encontramos paradas, imóveis, observando o grande Campus na nossa frente. Ele possuía as mesmas características externas de quando a foto que minha mãe me mostrará foi tirada.

— Uau – consegui dizer algo após minutos de silêncio.

— Isso aqui é a escola de Arabella mesmo? – Evie disse, sua boca formava um perfeito "O".

Nos encaramos e demos leves pulinhos de alegria, que logo depois foi substituído por risadas.

— Meninas, vocês estão atrasadas. Ainda temos que colocar isso aqui – Petter disse levantando as malas, ele se referia a elas – No quarto de vocês.

— Nós não, você – bufei.

Começamos a andar em direção a entrada. Eu e Evie demos as mãos e respiramos fundo, antes de colocar os pés dentro do prédio.

Ali, tudo iria começar.


Notas Finais


Ufa! Primeiro capítulo postado :)
O que acharam? Gostaram, amaram, ou odiaram?
Comentem pra me fazer dar pulinhos de alegria!
Obrigada por lerem!
Até mais!

Malkisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...