História Ignore. - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 12
Palavras 252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


.

Capítulo 34 - 21:42 PM


Eu não posso fazer isso. Não posso ficar sozinha. 
Sou como uma criança, sabe? Se estou sozinha fico com medo, eu choro, eu me autodeprimo, faço uma bagunça. Nem é física, é emocional mesmo. Isso assusta, mas eu não tenho culpa. É sério. Embora eu me sinta culpada, não é minha culpa. Eu disse que não ia mais fazer isso, que não ia mais me machucar de forma alguma. Mas é tão difícil, e as pessoas se machucam a todo momento mesmo, até indiretamente... Eu só penso, puta merda, como é difícil se manter bem! Tudo é tão difícil. Levantar, escovar os dentes, comer, conversar, sorrir, fingir. Ficar sozinha, principalmente ficar sozinha. Eu lembro que alguém me disse que depois que você se acostuma a ter alguém ao lado você não sabe mais ficar sozinho, e agora eu acredito nisso. Nunca gostei de ficar sozinha, estou em um momento que eu realmente precisava de alguém, e não tem, ninguém. Você tenta abrir os olhos, ser "feliz", sair e se divertir, acaba não sendo divertido. Nada mais é divertido, e você se odeia por não saber mais se divertir, e por ser tão triste, e por não ter a porra de um sorriso verdadeiro. Essa merda dói. Não falar, dói. Aguentar, dói. Viver, dói. Mas a gente vive, e seja o que for pra ser. Mesmo sozinha, mesmo chorando, mesmo fingindo, mesmo sendo a porra de uma baitola, a gente vive. E saudade, dói, mais que tudo. E não admitir que sente, também.


Notas Finais


.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...