História IKOI (Imagines para K-popers e Otakus Iludidas) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Exibições 88
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mecha, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não me matem.

Capítulo 4 - Nem Tão Inconte Assim pt.2


Fanfic / Fanfiction IKOI (Imagines para K-popers e Otakus Iludidas) - Capítulo 4 - Nem Tão Inconte Assim pt.2

Eu estava nervosa. Não queria que Jimin me entendesse mal, apenas queria que ele percebesse que não sou todo mundo pra gostar dele.

Coloquei meus livros no armário e puxei minha blusa cropped mais para baixo, tranquei o armário e fui em direção ao depósito, foi estranho.

Todos estavam me olhando enquanto eu ia para lá. Era como se todos soubessem o que eu iria fazer...

Estava quase chegando no depósito, mas fiquei mais nervosa do que já estava e decidi ir ao banheiro repassar o que eu iria dizer.

- Jimin, não me entenda mal, mas somos amigos, e eu sinceramente não gosto de você desse jeito...

- Já acabou de se convencer ? - Disse Amber saindo de uma das cabines. - Todos já perceberam que vocês se gostam, só você que não.  Ele sempre me pede ajuda para fazer você perceber esse sentimento dele.

O Jimin? Pedir ajuda à essa vadia ? Não! Definitivamente não. Nós não estávamos falando da mesma pessoa.

A ignorei e fui em direção, agora decidida, ao depósito.

A porta estava trancada, então tive que bater.

- Abre essa porcaria, Jimin.

Escuto o barulho de engrenagens girando e vejo a porta sendo aberta.

Lá estava escuro,  se não fosse por 4 velas acesas.

- Jimin que...

- Shh, eu sabia que você viria.

Ele me prensou contra a parede e começou a marcar meu pescoço.

- Jimin, eu vim aqui para...

- Para de falar (S/N)!

- Mas Jimin, nós somos só amigos. AMIGOS!

- Você quer convencer a mim ou a si mesma?

"Já acabou de se convencer ?"

"Todos já perceberam que vocês se gostam, só você que não."

- Você realmente quer fazer isso ?

- Eu quero muito fazer isso, (S/N).

Eu queria transar, e não seria minha primeira vez, mas eu estava um pouco receosa de transar com o Jimin.

Teve uma época em que eu era muito apaixonada por ele, mas essa paixão "acabou", porque todos os dias em me convencia de que nós éramos só amigos. Acho que já era a hora de para com isso.

Tirei minhas roupas, ficando só com as íntimas e o olhei, constrangida. Ele me olhou de cima à baixo e mordeu o lábio inferir, me prensou contra parede, de novo, e beijou meu pescoço, dessa vez não protestei.

Aquele depósito era bem grande para ser um lugar onde se guarda coisas, tinha até um colchão! Não me pergunte porquê.

Jimin me colocou delicadamente naquele colchão enquanto nos beijávamos.

Eu não iria voltar atrás, seria melhor me permitir ser apaixonada por ele.

Ele tirou meu sutiã e chupou cada um de meus seios, enquanto eu me contorcia de prazer. Não podia gemer, tinha pessoas que passavam por aquela porta.

Depois de um tempo focado em meus seios, ele desceu e irou minha calcinha.

Ele me olhou como se pedisse permissão, eu assenti.

Ele colocou, lentamente, o primeiro dedo e fez vários movimentos circulares e, na mesma velocidade que ele colocou, ele tirou e colocou de novo, fez esse movimento várias vezes. Até colocar o segundo dedo e aumentar mais  velocidade. Não demorou muito para eu chegar ao meu primeiro orgasmo.

Rapidamente, troquei nossas posições e fiquei por cima. Agora era minha vez de brincar.

Tirei a blusa dele e beijei seu peitoral várias vezes, mas isso não me satisfazia o bastante, nem a ele.

Apressadamente, tirei suas calças e sua roupa íntima junto. Vendo seu membro totalmente ereto e pulsando em minha frente.

- Meu Deus, vai logo (S/N)!

Sorri e iniciei uma brincadeira com sua glande, depois lambi toda sua extensão e também a beijei.

Vendo que Jimin não aguentava mais, coloquei o máximo que conseguia em minha boca, assim, arrancando um suspiro dele.

Tirei da boca, massageei e coloquei na boca de novo. Fiz isso várias vezes até ele se desmanchar em minha boca.

Em nenhum momento, Jimin tentou controlar seus gemidos, mas não me importei. Eles eram música para meus ouvidos.

Ele me colocou de quatro e abriu uma camisinha com os dentes, não achei isso nada higiênico.

Ele colocou ele e lentamente me penetrou.

Confesso que foi muito doloroso, eu não transava a um bom tempo e o membro de Jimin era grosso. Mas esse doloroso acabou se tornando prazeroso.

Jimin me estocava com violência, mas eu não reclamava, não tinha forças para fazer isso. A única coisa que conseguia fazer era gemer.

Trocamos de posições várias vezes, até eu sentar no colo dele e começar a cavalgar.

Eu nunca tinha visto o Jimin assim, era maravilho!

Ele não gemia mais, ele urrava. Seu cabelo grudava em sua testa por causa do suor e suas expressões eram tão prazerosas!

Fui tirada de meus devaneios quando uma mão me agarrou e me tirou de cima dele. Depois ele gozou e...

- (S/N) ACORDA! VOCÊ TEM AULA HOJE!

Acordei em um pulo e vi o photocard do Jimin do meu lado.

Era tudo um sonho, que inferno!

 


Notas Finais


Essa é a roupinha dela: http://weheartit.com/entry/211329810/in-set/110662877-cropped?context_user=marjoriebrandy
Amber: http://weheartit.com/entry/268033376/search?context_type=search&context_user=moon_255&page=3&query=cara+delevingne

Não me matem, mandem seus pedidos.
Talvez eu poste mais amanhã, tenho um pronto já...

Ocidental: Treat You Better do Shawn Mendes
Oriental: Like a Cat do AOA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...