História I'll always be on your side - Capítulo 12


Escrita por: ~ e ~Dreams__

Postado
Categorias The Vamps
Personagens Bradley Simpson
Exibições 30
Palavras 1.042
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Sem drama, amor!!


** 3 dias depois **

 

Esses dias se passaram e eu continuei trancada nesse hospital. Não aguento mais ter que ficar aqui! Estava mechendo no celular quando abrem a porta. Era alguns dos meninos do time, estranhei eles aqui, já que nenhum deles nem sequer olha na minha cara...

 

James: Eai Prescott, como você está? 

 

Ash: Já estive melhor!

 

James: vish porque? Achei que estava melhorando

 

Ash: Se eu estivesse melhorando já teria saído daqui -soou um pouco rude demais

 

James: nossa tabom, obrigado por me tratar assim!

 

John: Eu disse que não era uma boa ideia vim aqui...

 

Ash: Não me lembro de ter pedido a visita de vocês...

 

James: não acredito que a gente perdeu nosso tempo vindo aqui - ele fala revirando os olhos e todos saiem do quarto

 

 Naquele instante lágrimas já caiam mas eu tratei de limpa-las o mais rápido possível, já que o Brad abriu a porta e estava entrando...

 

Brad: hey o que foi? - ele fala me olhando preocupado e vem até mim

 

Ash: Nada... -disse o puxando pra uma abraço, ele não entendeu nada mas correspondeu

 

Brad: ash eu te conheço....

 

Ash: Acredita em mim!

 

Brad: eu vou fingir que acredito....

 

P.O.V Brad

 

Fiquei o dia inteiro com a Ash, ia passar a noite também, mas fui rapidamente pra casa tomar um banho e comer algo. No caminho esbarro com o James...

 

James: Como você aguenta a Prescott?! Nós fomos ajudar ela, fazer companhia e tals e ela já foi sendo rude, sem necessidade nenhum. A gente só tentou ajudar.. -disse saindo

 

[...]

Voltei pro hospital chateado com o fato da Ash não ter me contato nada. Eu não deveria falar nada com ela mas não consegui aguentar...

 

Brad: Por que não me disse que o que te deixou chateada foi os meninos terem vindo aqui? Você não confia em mim? 

 

Ash: Não sei nem porque eles vieram, nem ao menos falam comigo... -disse com indiferença- E por que isso importa? 

 

Brad: Me importa saber o que acontece com você! 

 

Ash: Ninguém liga pra mim, só vieram por consideração a VOCÊ, e sinceramente, eu não preciso que ninguem se comova ou sinta pena de mim! -dei uma risada nasal

 

Brad: Quando você vai parar de se fazer de vítima e perceber que muitas pessoas se importam e gostam de você?! Elas querem se aproximar mas você sempre as afasta por julgá-las. Para um pouco e olha a sua volta. Você é uma pessoa incrível e está perdendo a oportunidade de ser feliz por medo das pessoas te machucar... Até quando você vai viver em função do que os outros falam ou pensam de você?! Acorda enquanto dá tempo Ash... Não se feche, dê oportunidade pra novas pessoas entrarem em sua vida... -disse e sai do quarto um pouco chateado

 

[...]

Acabei dormindo na recepção. Fui acordado pelo médico. Ele disse que ela já tinha recebido alta e poderia voltar pra casa hoje. Fui até o quarto da Ash, que já estava pronta.

Fomos o caminho todo em silencio. Chegamos em casa e fomos recebidos pela minha mãe. Enquanto elas conversavam eu fui pro meu quarto, me deitei e fiquei vendo tv...

 

Ash: Até quando você vai ficar me ignorando? -entrou batendo a porta do quarto irritada

 

Brad: eu não estou ignorando você..

 

Ash: Está fazendo o que então?!

 

Brad: Estou assistindo tv nao tá vendo?

 

Ash: Nossa bem ignorante hein, se eu soubesse que ia me tratar assim eu nem teria vindo pra cá. Era melhor ficar morando sozinha!- suspiro

 

Brad: olha ash eu não estou afim de brigar com você, só fica aqui assistindo ou vai lá falar com minha mãe...-ela sai batendo a porta, suspiro e acabo dormindo

 

P.O.V Ash

 

Fiquei um tempinho lá embaixo. Fiquei vendo um filme e acabei perdendo a noção da hora. Quando eu vi já era umas 3horas da manhã e eu não consegui dormir. Subi indo pro quarto do Brad. Ele não estava deitado, escutei um barulho vindo do banheiro. Abri a porta lentamente, sem fazer barulho. Ele estava deibaixo do chuveiro de costas, com os braços na parede como se estivesse "segurando-as". Ele não estava bem e a culpa era minha...

 

Ash: Desculpa ok?! -ele se virou assustado- Não era a minha intenção dizer aquilo foi apenas o que eu senti. Não estou acostumada com as pessoas me "amando". Eu nunca duvidei de você, eu sei que você se importa e gosta de mim, é só que... Essa sou eu: confusa e desconfiada... Me desculpe

 

Brad: tudo bem Ash...não se preocupa...

 

Ash: Então voltamos a ser como antes? Sem brigas? -ele sorriu malicioso

 

Brad: você que sabe.. - ele me puxa colando nossos corpos

 

Ash: Bradley!!! -tentei me afastar mas ele não deixou e começou a beijar o meu pescoço

 

Brad: achei que você queria voltar ao antes.... - ele ri e tira minha blusa

 

Ash: Você é um safado!! -disse e ele sorriu jogando a minha blusa longe

 

Brad: eu? Acho que se confundiu.. -disse me levando pra debaixo do chuveiro

 

 Iniciamos um beijo calmo e carinhoso. Ele sorria entre o beijo e que me fez sorri também. Ele me prensou na parede e num impulso pulei em seu colo, prendendo minhas pernas de cada lado da sua cintura e ele me segurou com uma mão e com a outra desligou o chuveiro, sem parar de me beijar. Aos poucos fomos andando assim e quando me dei conta já estávamos na cama. Ele estava deitado sobre mim distribuindo beijos pelo meu pescoço. Suas mãos ágeis iam de encontra ao meu short, ele o abriu e eu o ajudei a tirar. Fechei meus olhos e seus toques pararam, abri os olhos e ele me olhava sério...

 

Brad: Tem certeza? Não quero te forçar a nada! 

 

Ash: Eu confio em você! -ele sorriu

 

Brad: Mantenha seus olhos nos meus e se te machucar você me fala!! -assenti

 

[...]

Ele foi um amor e a todo momento se preocupava comigo. Ele se deitou ao meu lado e eu o olhei e vi que ele sorria, ele me puxou e depositou um beijo na minha testa...

 

Brad: Te amo muito minha princesa! 

 

Ash: Te amo mais!! -disse sorrindo abraçando ele e pondo minha cabeça em seu peitoral



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...