História I'll be there - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Naruhina, Sasusaku
Exibições 65
Palavras 1.513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Hentai
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Kiba-kun?


Fanfic / Fanfiction I'll be there - Capítulo 14 - Kiba-kun?

A tarde de sábado havia sido produtiva para todos,incluindo a conversa inapropriada das meninas com Hinata. A morena deixou a casa de Ino-chan e foi para o mercadinho,comprar algo para preparar a Naruto no jantar. Escolhia algum sabor de ramén que ele,talvez,ainda não tenha comido. Estava realmente determinada que não passaria dessa noite,que se entregaria por completo ao homem que ama. Colocou a massa na cestinha e foi se dirigiu ao setor de bebidas e enquanto procurava algo que a agradasse,sentiu seu ombro ser tocado e no susto quase deixou a garrafa de suco cair.

- Calma Hinata. - Ela sorriu ao ouvir aquela voz e se virou,abraçando o amigo.

- KIBA-KUN! Por onde andava? - O moreno apertou-a no abraço e cheirou seu pescoço. - Kiba... - Ela disse timida e se afastou.

- Desculpe. Eu,agora,estou na Anbu,tive um tempo e vim comprar algo para comer.

- Viu Sasuke por lá? - Ele assentiu. 

- Para que isso? - "Irei jantar com Naruto". O sorriso de Kiba foi diminuindo e olhou ao redor. - Então está totalmente com ele? Fico fe-feliz. - Disse entredentes e sorriu falsamente.

- Eu vou levar para pagar isso.

- Me espera,ai podemos ir juntos. - Ela concordou e foi em direção ao caixa e em poucos minutos Kiba apareceu e ambos pagaram suas compras e logo estavam andando pela rua. - Estava pensando em perguntar para a sensei,já que ela voltou da gravidez,se tem alguma missão para o time 8.

- Seria ótimo!Sinto saudades. - Eles pararam perto do apartamento de Naruto e Kiba olhou confuso. 

- Você vai cozinhar pra ele então? - "Sim". - Abusadinho.

- Kiba-kun! Eu me ofereci.

- Tudo bem,tudo bem. - Ele se aproximou da mesma e segurou sua mão. - As vezes acho que ele não merece você. - Hinata se surpreendeu com a frase do amigo e olhou no fundo de seus olhos. 

- Ma-mas po-porque? Você e Shino sempre souberam dos meus sentimentos por Naruto.

- Pelo fato de ele estar com pena de você e não porque te ama. - Soltando a mão de Kiba,a morena se afastou com o impacto do que ele tinha dito. Ela não tinha pensado nisso,mas na verdade não queria pensar nessa possibilidade. Braços se envolveram ao redor de sua cintura e beijaram seu cabelo. - Hinata,você sabe que eu sim tenho sentimentos verdadeiros por você. Jamais te achei fraca,jamais. - O jeito que ele falava,a fazia fica com o estomago embrulhado. Apenas Naruto a abraçava e falava com ela daquele jeito.

- Hi-Hinata? 

Naruto P.O.V

Sasuke tinha me socado no rosto,mas logo me levantei e apoiei o salto em um tronco de árvore e o chutei duas vezes,sendo que uma delas fora bloqueadas,mas meu soco não. Ele se afastou um pouco,mas quando estavamos proximos a um encontro de murros,sentimos nossos pulsos serem segurados,com muita força a propósito. "Sakura-chan,porque logo agora?",pensei.

- Estão malucos? - Ela apertou mais e chutou nossas canelas,fazendo-nos ajoelhar.

- AO Sa-Sakura-chan,não era nada!

- Estavamos apenas treinando,sua irritante. - Sasuke disse entredentes e a mesma o olhou com raiva. - O que foi? Percebeu que está me machucando?

- Ca-cala a boca Sasuke-kun! - Falei assustado e ela nos chutou na barriga. - Ma-mas eu não fiz nada! - Ela suspirou e nos soltou. Sasuke passou a mão em seu pulso e eu me levantei. 

- Desculpe,é que depois de tudo ainda acho que vocês dois possam sair no murro de novo.

- Sair no murro a gente sai,mas destruir tudo como nas outras vezes não! - Sasuke falou irritado e os dois ficaram frente a frente.

- Gente,achei que vocês estavam juntos. - Falei olhando aquela troca de olhares sombria.

- Isso não quer dizer que eu não possa bater nele!

- Isso não quer dizer que você pode achar que manda em mim! 

- Vai se arrepender se ficar me desafiando!

- Está me ameaçando? - Minha cabeça parecia uma bolinha de ping-pong com aquela conversa. Fui me afastando e ouvi meu nome,me virei sorrindo. - Já vai?

- Acho que vocês têm que resolver umas coisinhas.

- Ah!Eu vou resolver! - Sakura disse.

- Argh!Fica quieta!

- Vem fazer! - Ela gritou e Sasuke se virou brutalmente para ela e essa foi minha deixa. Sai tropeçando em tudo e até no meu próprio pé. Sorri por causa daqueles dois. Sasuke havia mudado tanto e realmente tinha se arrependido e agora nos ajuda a fazer o bem. Fui para meu apartamento para tomar banho e me preparar para ver Hinata, quando observei-a abraçada com Kiba. Mas,ele estava atrás dela,como se ela fosse sua. Não percebi que estava perto o suficiente e ela pareceu se assustar.

- Hi-Hinata? - Os dois me olharam e Kiba sorria.

- Naruto-kun...eu.

- Naruto! - Ele a interrompeu e tocou meu ombro. -Estava falando para ela o quanto é importante para mim,você sabe,ficamos anos fazendo missões juntos. 

- Economize a sua voz. - Entrei no prédio e senti alguém atrás de mim.

- NARUTO-KUN! - Aquela voz mexia comigo,muito mesmo,mas como ela pode deixar aquele gesto? Deixa-lo sussurrar coisas em seu ouvido,que não são do meu interesse. 

Entrei e fui bater a porta,mas a mesma veio logo em seguida e a fechou. "Não era o que...". "O que eu estava pensando?Ora não se atreva!",ela me olhou assustada e colocou as compras, que havia feito, em cima da mesa. "Eu não...Naruto-Kun!". A deixei falando sozinha e entrei no banheiro e essa porta eu bati. Tomei um banho gelado para relaxar e tirar o cansaço do "treino" com o Uchiha. Queria não pensar em Hinata fazendo esse tipo de coisa comigo,mas a cena vista não me deixava ver o lado bom. Desliguei o chuveiro e sai de toalha e a mesma estava sentada na minha cama. A vi ficar corada,mas logo se levantou. Ignorei e fui me vestir,colocando uma calça e uma camiseta branca.

- Me deixa explicar,por favor. - Ela falou calma com aquela voz linda,que me fez segurar meus cabelos de irritação. Me virei esperando sua "defesa". - Ele só,só começou a falar que você não me amava,e tinha pena de mim. Que sentia sentimentos de verdade por mim. - Olhei-a nos olhos não acreditando.

- E você acreditou nisso,né? - Hinata ficou calada e eu respirei fundo. - Eu não acredito,que você acreditou! - Gritei.

- Naruto,nã-não...

- NÃO O QUE?GRITAR?TARDE DEMAIS! - Ela pareceu se assustar. - VOCÊ ACREDITOU,VOCÊ DUVIDA DO QUE EU SINTO,É ISSO?

- NÃO! Eu...só estou confusa.

- NÃO SE FAÇA DE INOCENTE! PARECE QUE NÃO ME CONHECE! ENTÃO ME DIZ,TUDO QUE FALOU PRA MIM NAQUELE DIA NO CORREDOR DA HOKAGE,AQUILO QUE FALOU PARA O SEU PAI,FOI POR DÓ DE MIM? 

- NUNCA!NUNCA,NUNCA! EU SEMPRE AMEI VOCÊ,DESDE PEQUENA! - Ela gritou e vi seus olhos cheios de lagrimas.

- HINATA,AQUELE DIA QUE NOS BEIJAMOS FOI PORQUE EU QUIS. PORQUE EU...EU PENSEI NO FUTURO. EU NUNCA PASSEI POR ISSO DE NAMORO,É NORMAL VOCÊ FICAR CONFUSA!ISSO EU PERDOO. MAS...- Respirei. -FICAR ABRAÇADA DAQUELA FORMA COM AQUELE CARA,NA FRENTE DE TODO MUNDO É UMA FALTA DE RESPEITO COMIGO,COM OS MEUS SENTIMENTOS! - Ela pareceu pensar e abaixou o olhar. Estava tão irritado que o lado fofo dela não me comovia. Fui até a cozinha e bebi uma água gelada e respirei fundo. Senti seus braços envolta de mim e beijar minha costa. - Hinata,não. - A afastei e ela me olhou.

- Desculpa,por favor. Eu...é que ele é meu amigo.

- Iria gostar se a Sakura me abraçasse daquela forma e sussurrasse coisas pra mim? - Ela negou. - Você achou que eu iria admitir isso?Se eu deixar,ele vai ficar repetindo. Se eu deixar,você vai deixar.

- Tudo bem,isso não vai mais se repetir,prometo. Mas,ele ainda continua sendo meu amigo.

- Mas depois disso eu não confio mais nele perto de você.

- Eu coloco limites. Só,me desculpa. - Ela se aproximou de mim,e eu sabia que ela só queria me abraçar e eu não ia resistir muito tempo. A puxei e apertei-a no abraço,beijando sua testa em seguida. - Desculpa. - Ela repetia e aquilo já estava me fazendo rir.

- Acabou,okay? - Vi seus olhos cheios de lagrimas e muitas delas cairam sem parar. - O que foi amor?

- Mas...mas Naruto-kun, eu não fiz por mal. 

- Não!Não! Quando falo "acabou" estou me referindo a briga.Acabou nossa briga. Vamos esquecer! - Não segurei a risada e a abracei novamente. - Chorona.

- Naruto-kun! - Ela me bateu e eu sorri. Ficamos um tempo abraçados e em silencio. - Ainda quer jantar?

- Só se não for abusar,porque treinei com Sasuke hoje e para finalizar,a Sakura bateu em nós dois. - Ela assentiu e foi ao banheiro,acho que para lavar o rosto.

- Mas,porque? - Ouvi seu grito.

- Ela achou que estavamos brigando de verdade. - Hinata saiu e veio até mim,me beijando. 

- Você comeu todos os tipos de ramén? - Assenti. - Ah,qual a graça d'eu cozinhar então?

- A graça é que vou provar um feito por você. - A beijei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...