História I'll love you till the end - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Amor, Drama, Shawnmendes
Exibições 29
Palavras 1.422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Neste capitulo Jessy conhece Shawn,ele no mesmo instante que a viu se apaixonou pelo sorriso dela,ela sentiu um forte desejo por ele,como se ele fosse um imã que a atraísse para perto.

Capítulo 2 - Me apaixonei pelo seu sorriso


Fanfic / Fanfiction I'll love you till the end - Capítulo 2 - Me apaixonei pelo seu sorriso

Shawn

Depois de meses,enfim, a turnê acabou,agora posso ficar mais tempo com minha familia,eu amo os shows,mas eles são muito cansativos por isso é bom descansar as vezes,quem sabe escrever musicas novas.

Estava desembarcando em um aeroporto do Canadá,minha família estava me esperando,quando vi uma garota desembarcando de um avião, ela estava mexendo no telefone e depois olhou pra mim e sorriu,aquele sorriso mexeu comigo,eu sorri de volta. Queria poder ter falado com ela mas eu tinha que encontrar minha família e ela provavelmente estava indo se encontrar com alguém, talvez eu nunca mais a veja ou quem sabe eu esbarre com ela por aí. 

Jessy

Aquela semana eterna finalmente tinha passado,quando me dei conta ja estava desembarcando do avião. Minha amiga,Caroline me mandou uma mensagem dizendo que estava me esperando,eu então guardei meu celular e e me apresei,so que algo me fez olhar pro lado,quando vi Shawn Mendes estava desembarcando do avião, ele olhou diretamente nos meus olhos,mesmo de longe eu senti a nossa conexão, eu sorri e ele sorriu de volta,e o sorriso dele é muito mais bonito pessoalmente. Logo acordei pra realidade e vi que fizemos contrato visual por tempo demais,gostaria de conhece-lo,algo nele me atraí,mais dificilmente iremos nos encontrar novamente. Eu ouvi algumas musicas dele no avião, algumas definem situações em que eu ja passei,eu acho que é dai que vem essa conexão. 

Caroline me pegou no aeroporto,e fomos pra casa, comentei quem eu tinha visto no aeroporto,e ela também é fã dele,até mais do que eu,ela segue ele em todas as redes sociais e eu so sigo ele no Instagram e no snapchat,sou a única pessoa no mundo que não tem Twitter,mas eu definitivamente não ligo pra isso.

Enquanto eu arrumava meu quarto pelas próximas semanas ou até meses,ela estava olhando as redes sociais e viu que o Shawn twittou

"Nos percebemos que o amor realmente existe,quando basta um sorriso para você se apaixonar pela pessoa,e pensar nela desde o momento em que a viu"

Caroline insitiu que ele tava falando de mim mais eu fui persistente em dizer que não,até porque eu não quero me apaixonar mais. Apesar dele me atraí,mas acho que esse é o tipo dele,atraí todas as garotas para si. 

Meu primeiro dia de aula chegou,e aquela escola é bem diferente da minha antiga,todos estavam falando de uma festa de início das aulas,e eu vou com toda certeza afinal agora não vou mais me prender em casa. A aula passa bem rápido quando é interessante e todas as que eu tive hoje foram,depois eu e Caroline e duas amigas dela fomos pro shopping comprar a roupa para a festa de hoje,como Caroline já foi em um milhão de festas pedi a ela pra escolher pra mim,ela escolheu um vestido rosa,curto,com mangas que mostram o ombro,ele era muito rosa,um rosa muito chamativo,e apertado,então eu pedi

- pode ser um desses só que preto? 

- Pode com tanto que seja o mesmo modelo

- Ele é muito apertado

- É,ele é,e mostra bem a sua bunda que eu nem sabia que você tinha

- Deve ser porque as roupas que eu uso são largas,mas nem tanto

- Tá mais agora você pode por favor usar mais roupas assim? Afinal você é bonita,tem que aproveitar

- Então você vai da uma volta nesse shopping e escolher todas as roupas que você acha que combina comigo. 

- vai deixar eu mudar seu estilo 

- Sim 

Eu queria mudar,não sei se mudar as roupas que eu visto vai adiantar mas eu estou tentando. 

Depois do shopping fomos pra casa e eu vi todas as roupas que ela escolheu,curtas ,apertadas mas bonitas, ela me maquiou para a festa e fomos no carro da amiga dela. Não sei se foi pra me provocar,mas ela colocou algumas músicas do Shawn no carro,eu sei que ela é fã dele mas ir para uma festa ouvindo Like this? Um dos hinos da bad? Mas tudo bem vou fingir que não ligo. 

Ao entrar na festa minha mão ficou gelada nunca fui em uma festa que não fosse de aniversário ou de casamento e ambas são chatas porque ninguém dança mas nessa festa todos estavam dançando, Caroline me deu um copo,eu inocente achei que era refrigerante,mas a última coisa que aquilo é,era refrigerante. Eu virei o copo e depois peguei mais um e fui dançar,para alguém que nunca bebeu,dois copos cheios era como duas garrafas. Quando me dei conta estava no quarto e dançando em cima da mesa, Caroline estava me olhando de duas maneiras,"essa menina esta louca,eu preciso ajudar ela" e a outra "Arrasa menina,tira tudo!"e adivinha qual das duas opções ela gritou...a segunda óbvio,eu fui para o quintal da casa onde tinha uma piscina,era uma noite fria mas foda-se eu tirei o vestido e pulei na piscina,estava tão quentinha a água, quando me dei conta todos estavam pulando com ou sem roupa, eu já tinha me perdido em quantos copos bebi,pelo menos não era eu que ia dirigir. Eu sai da piscina,e voltei a dançar no quintal,estava tocando uma das músicas que eu mais gosto,eu olhei pro lado e vi ele de novo,o Shawn, eu sorri e ele veio em minha direção mas a Caroline veio na frente e me deu o vestido,eu estava de calcinha e sutiã lá,mas eu não estava nem ai,eu acho que ela não viu ele mas enfim,ele perguntou se eu estava bem...

- Eu estou ótima...pode me ajudar a colocar o vestido? - eu ri

- claro...é...você bebeu muito não é mesmo?

- Acho que só uns 6 copos,eu não sei nem o que eu bebi

Ele estava me ajudando a colocar o vestido,aquele troço apertado,foi estranho, algumas pessoas estavam me olhando,então perguntei se ele queria dançar mas dentro da casa,ele disse que sim então fomos. Naquela hora só conseguia ver como o sorriso dele é maravilhoso...a gente estava em uma mesa comendo uns salgadinhos e o canto da boca dele estava suja.

- Sua boca esta suja,aqui no canto

- saiu?

- Não,deixa que eu tiro

E então eu beijei ele,admito que não tinha nada sujo só queria beijar ele mesmo. Ele retribuiu o beijo.

- vou pegar mais bebida 

- Acho que você já tomou muitas isso faz mal

- Eu só tomei 6 

- Você tomou 6 quase agora,foram 12,quer que eu te leve pra casa

- Não eu vou com minhas amigas,só falta eu achar elas.

Eu perguntei para uma menina onde estava a Caroline e disseram que ela já tinha ido pra casa.

-Sabe aquela carona que você ofereceu? Eu aceito sim

- sorte sua que eu não bebi

- Não foi sorte,não... - eu comecei a rir

Ele tinha parado o carro em frente a casa da Caroline,eu beijei ele,demorei um pouco mais que o planejado,então eu desci do carro, ele estava esperando eu entrar só que a porta da frente estava trancando,a dos fundos também, eu voltei ao carro e perguntei a hora,ele disse que era três e quinze da manhã.

- Esta tudo trancado eu perdi a hora.

- Isso pode soar com más intenções,mas quer ir para a minha casa? 

- Sim,eu não tenho opção, 

A casa dele não era muito longe dali,chegamos bem rápido,eu tinha imaginado uma mansão, mas ele era simples eu gostei disso.

- e seus pais - perguntei

- eles estão na cidade vizinha,eles e minha irmã foram ver um jogo de hóquei, e voltam amanhã as 15:00

- E porque você não foi?

- Eu queria muito ir a festa mas as pessoas estão diferentes,eram mais animadas,igual você, você era a alma da festa 

- eu mudei de assunto dizendo...três da manhã, os pais viajaram...difícil não ter más intenções...brincadeira...eu normalmente não sou assim,quando o efeito da bebida passar você vai ver 

- então vamos nos ver de novo?

- Se você conseguir achar meu número eu coloquei no seu bolso sem você ver...mas acho que não foi no seu bolso.

Ele riu...então eu o abracei beijei o seu pescoço e depois sua boca,eu tirei a camisa dele,mas quando ele foi tirar meu vestido,acabou rasgando,Caroline me mata,mas a última pessoa em que  eu estava pensando era nela. O que um simples sorriso pode fazer com você, mesmo que depois eu tentasse ficar longe dele eu não ia conseguir.

Meu pensamentos pararam depois de estarmos na cama juntos,só conseguia pensar nele e no quanto ele me atraía.

Odeio admitir mas a Caroline estava certa. Só não posso contar isso para ela,vai ser difícil esconder essa noite dela,vai ser difícil fingir que ela nunca existiu...mas a verdade é,pra que esquecer? Esquecer do sorriso dele,esquecer de como ele me beija,de como minha pele fica perfeita contra a dele,e de como foi conhecer cada centímetro do corpo dele ,eu simplesmente não vou conseguir esquecer tão facilmente. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...