História I'll Stand By You - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren
Exibições 610
Palavras 1.256
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Esse tá maior e é o último! Do dia!

Capítulo 8 - Austin!


Fanfic / Fanfiction I'll Stand By You - Capítulo 8 - Austin!

Pov's Camila

Algumas horas antes...

Estacionei o carro debaixo da sombra, procurei a Ally e a achei conversando com a Dinah.

-Ahn. . . oi - ouvi a Dinah bufar

-Oi Camila - Ally falou e deu uma cutuvelada na Dinah que acenou com a cabeça fazendo uma careta de dor

-Cadê a Lauren?

-Quer acabar mais ainda com ela? Se for procure-a sozinha - Dinah foi direta

-Não, eu. . . eu. . .

-Você. . .

-Queromedesculpar

-Hm. . . e acha que eu acredito?

-Eu tô falando a verdade, pode perguntar pra Ally

-Não me coloca no meio Camila - a olhei incrédula

-Ally, a gente conversou na sua casa. Eu vou pedir desculpas a Lauren!

-Olha, se você for pedir ou não, não me importa. Só não quero que machuque minha amiga e mesmo que queira ela não chegou e não sei se vem

-Não tem como. . . ligar pra ela? - perguntei receosa

-Se ela não aparecer até a segunda aula eu ligo - assenti e me afastei, mas fui parada pela Ariana

-Oi Ari - sorri

-É verdade aquilo Camila?

-O que?

-Vai se desculpar com a aberração - senti meu sangue ferver. Por que estou tão incomodada? Eu a chamava assim!

-Vou!  - riu sem humor

-Está brincando? - neguei com a cabeça - O Austin vai amar ficar sabendo disso

-Ele não tem nada haver com as minhas escolhas e muito menos você

-Parece até que não conhece o Austin, Camila

-O Austin não. . .

-Eu o que meu amor? - perguntou me abraçando por trás

-Ela vai pedir desculpas a Jauregui - me afastei

-VOCÊ O QUE?

-Vou pedir desculpas a Lauren

-Te acertaram a cabeça Camila?!

-Não literalmente Austin, apenas abriram meus olhos e percebi que o que eu fazia era errado

-Calma ae! Até ontem você a chamava de aberração e ria quando a zuávamos e hoje vai pedir desculpas?Só falta dizer que quer virar amiguinha da aberração

-E se eu quiser?

-VOCÊ NÃO PODE!

-Não posso por que?Por quê você não quer?Austin as únicas pessoas que podem influenciar nas minhas decisões são meus pais e pelo o que eu sei você não é nada meu

-SOU SEU NAMORADO!

-NÃO É MAIS!            

-Como assim?! Camila, vai deixar tudo o que construimos por uma aberração? - tive que rir e ri muito alto

-Austin. . . você. . . você é hilário cara. . . ai ai

-Era brincadeira? Me fez de idiota?
-Não, eu ri pelo o que você disse mesmo ''deixar tudo o que construimos'' - imitei a voz dele - Nem havia sentimento como pode me fizer que construimos alguma coisa?

-Só pode estar ficando louca

-Austin quantas vezes dissemos um ao outro que nos amávamos?Quantas vezes depois de uma transa ficamos fazendo juras de amor? - silêncio - É. . . nenhuma! Eu não quero mais isso, eu cansei - me virei e sai andando, mas ele me puxou pelo braço - Me solta!

-Só tenho uma coisa para te dizer:Você vai me pagar muito caro pelo o que está fazendo - fiquei com medo, ele já havia falado isso uma vez e cumpriu a promessa

-Tá. Agora me solta

-Com todo o prazer - sorriu e me soltou, apenas sai andando ignorando os olhares que recebia

Logo o sinal tocou e fui para a sala. Percebi que a Lauren ainda não havia chegado.

''Será que ela não vem?Ou aconteceu algo?''

Passou o primeiro horário e ela não havia chegado.

-Galera, vamos para o gramado que vai ser aula prática - segui junto com os outros para o gramado  e entrei no vestiário me trocando. Coloquei a camisa branca, o short azul, as meias e o tênis preto.

Me sentei na arquibancada e minutos depois todos já estávamos lá.

O professor ia começar a falar quando todos olharam pro lado, não olhei até que. . .

-Jauregui está atrasada - olhei rapidamente para ela, parecia cansada e novamente seu rosto estava machucado - Vá se trocar, não demore por favor

-Professor posso não. . . fazer a aula hoje? - perguntou baixo

-Perderá 1 ponto - bufou

-Posso pelo menos usar outra camisa?De mangas largas?

-JAUREGUI ADIANTA! QUEREMOS TER AULA!  - Austin gritou

-Pode sim Lauren. Vá - correu até o vestiário

O professor falou mais algumas coisas, mas logo nos mandou para a quadra. Jogariamos handebol.

-Dinah, preciso que vá apressar a Lauren - a loira assentiu e sem o professor ver fui junto com ela

-Camila o que está fazendo aqui? - perguntou já abrindo a porta do vestiário

-Dinah me desculpa eu só quero. . . Lauren o que é isso?!  - perguntei quando vi as costas da morena toda marcada com cortes

-O que está fazendo aqui? - perguntou seca enquanto colocava a camisa branca de mangas longas lentamente

-E-e-eu que-eria me-e de-e-scu-ulpa

-Hm. . . por que não espera sentada? - perguntou enquanto tirava a calça e colocava o short, tudo de costas para nós

-Por que você perdoou a Ally, mas não a mim?!  - perguntei brava

-Cabello, você quer se comparar a Ally? Já se olhou no espelho? Você é um monstro, um ogro comparado a Ally. Ela ao contrário de você nunca me bateu e nunca falou barbaridades sobre mim, muito menos ria quando você diziam. E você? - riu sem humor

-Me desculpe eu não. . .

-Você não queria?Não queria?Pelo o que eu sei chutar uma pessoa não faz parte dos movimentos involuntários de ninguém. Você fez porque quis Camila, porque estava com vontade, porque precisava descontar sua raiva - colocou os tênis e amarrou os cabelos - Agora. . . se me der licença vou para a minha aula

Quando ela saiu comecei a chorar e abracei a Dinah, que retribuiu hesitante.

-Ela nunca vai me perdoar Dinah. Eu sou um monstro

-Olha Camila, eu podia estar te julgando, mas não vou fazer isso. Olhando em seus olhos agora vejo que está sendo sincera, mas vocês a machucaram muito para ela confiar logo de cara

-Mas. . . mas por que ela perdoou a Ally?

-A baixinha nunca fez nada para nós

-Eu deveria ter aceitado a proposta da Ally na primeira vez que ela pediu. . .

-Que proposta? Tem haver com a Lauren?

-É. . . a Ally sempre falava que deveríamos parar com aquilo e pedir perdão a Lauren, mas graças ao idiota do Austin eu não aceitava

-Hm. . . acho melhor voltarmos - assenti e saimos do vestiário, olhei para a Lauren e a mesma estava sentada em um canto afastado, tinha o olhar distante

Me sentei meio afastada de todos e do lado oposto de Lauren enquanto Dinah foi se sentar junto a ela.

-Até que enfim voltaram! Vamos começar. . .

Era aula de handebol e o professor nos dividiu em dois times.

1 time = Eu, Austin, Ariana, Ally, Luke e Normani

2 = Lauren, Dinah, Alexa, Bradley, Connor e Tristan

O jogo começou e estava indo tudo muito bem até que Ariana pegou a bola e jogou para Austin que por pura maldade jogou a bola em direção a Lauren acertando no meio das suas pernas.

-AH!  - Dinah e Ally correram até ela enquanto eu apenas olhava a cena preocupada, ela não iria me querer por perto

-Lauren. . . hey. . . branquela fala comigo!  - Dinah dava leves tapas em seu rosto

Pov's Lauren

''Porra! Que dor! O Austin um dia vai me pagar e muito caro!''


Notas Finais


Pronto!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...