História Ilusionist- Norminah - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Norminah
Exibições 164
Palavras 1.843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente, mais uma fanfic norminah pra vocês. Somos duas autoras e estamos trabalhando faz tempinho nessa história, esperamos que vocês gostem, de verdade. Desejamos uma ótima leitura para vocês.

Capítulo 1 - One


 Normani POV

 Miami - 00:00

A única coisa que conseguia ouvir eram gritos, tiros, sirenes e o meu choro. Por um momento fiquei paralisada, sem saber o que fazer ou como agir naquela situação, meu corpo não obedecia meu cérebro, eu queria correr, ajudar, mas não conseguia, apenas me joelhei em um canto e me permiti chorar, mas percebi que se eu continuasse ali não teria família, então resolvi levantar e correr até a sala mas já era tarde demais, minha mãe estava inconsciente, meu pai morto e meus irmãos sangrando e eu só conseguia gritar e perguntar o porque daquilo estar acontecendo comigo.

Acordo suada e chorando, me xingando mentalmente por ter sonhado novamente com isso. Saio do quarto coloco meu roupão e vou até a cozinha para tomar um copo de água, eu estava tão atordoada que quebrei o copo, fui tentar recolher os cacos, mas acabei me cortando, resmunguei um pouco alto e Jilly apareceu na porta .

- Mani? O que aconteceu? Por que está chorando?

-Nada, eu apenas derrubei o copo e me cortei, mas não se preocupe pode voltar a dormir – Respondi com um sorriso fraco e fui pegar os cacos do chão quando Jilly me parou

 -Olha Mani não precisa mentir para mim ok? Somos amigas, você pode contar comigo e eu já imagino o que seja, não fala nada vem – Ela disse me puxando para um abraço e arrumando meus cabelos

-Vamos, você vai tomar um banho enquanto eu arrumo aqui em baixo e depois vamos assistir um filme juntas o que acha ? – Jilly me perguntou animada e com um grande sorriso no rosto

 -Não vai ser romântico – Disse a ela que apenas revirou os olhos e assentiu me fazendo soltar uma risada sincera, dei um beijo em seu rosto e subi para o andar de cima para tomar um banho.

 Jilly é umas das melhores pessoas que existe, sempre me deu conselhos e me ajuda sempre como pode, sem ela eu realmente não estaria aqui onde eu estou. Sou muito grata por tudo o que ela fez e faz por mim.

Terminei meu banho e me enrolei na toalha, fui direto para o closet. Escolhi um pijama qualquer de frio e minhas pantufas. Amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo frouxo. Quando estou prestes a descer ouço meu celular tocar, vejo na tela que esta escrito "Allycat".

Ligação on

 "Fala Ally" – Digo tentando não mostrar meu nervosismo.

"Um oi Ally tudo bem? Não mata ninguém sabia Kordei? – Ela disse da uma forma irônica.

 "Desculpe, mas eu estou muito nervosa Ally, devemos mesmo fazer isso? – Disse me sentado na cama com o travesseiro entre as pernas

 "Nós não só devemos como vamos Mani, eles irão pagar por tudo que fizeram com você e com o pessoal do balcão ok? – Ela disse com uma certa falta de paciência em sua voz

 "Ok quando começamos?" – Pergunto a ela

"Amanhã às 7:00hrs na minha casa e de la nós já vamos, agora tenho que desligar beijos"

 "Beijos"

Ligação off

 Termino a ligação e vou la em baixo avisar Jilly. Aproveitamos para comer algo e subimos para dormir pois amanhã seria um dia bem longo e eu queria ter minha última noite de paz .

Dinah Pov

Miami

Cheguei em casa depois de um dia cansativo de trabalho, tirei meus sapatos, sentei no sofá da sala e fiquei pensando no quanto eu amava meu trabalho e era feliz com ele, mesmo que ás vezes eu não tenha folga, ou que fique muito estressada. O que me deixava ainda mais feliz era que meu namorado Nick trabalhava comigo. Nick era uma pessoa maravilhosa, eu me apaixonei por ele logo que nos conhecemos, sempre me tratou bem. É muito difícil encontrar alguém para se relacionar hoje em dia e que você possa confiar. Ser um casal no FBI tinha seus prós e seus contras. Algumas pessoas não gostavam da gente, achavam que nós éramos os queridinhos, porque sempre fomos bons no que fazemos, isso não posso negar. Mas não temos privilégio nenhum por isso.

- Oi amor – Meus pensamentos foram interrompidos quando Nick chegou

- Oi – Sorri – Não vi você sair – Ele deixou um selinho em meus lábios – Hoje o dia foi mais cansativo ainda, não é?

 - Foi mesmo – Nick sentou ao meu lado e beijou meu pescoço – Vou tomar um banho

- O que você acha de sairmos para jantar? – Falei e deitei minha cabeça em seu peito

- Sério Dinah? – Ele passou a mão direita nos cabelos - Sim, por favor amor

- Ok, o que eu não faço por você huh – Ele sorriu e foi para o banho

Chegamos ao restaurante já passavam das 21hrs, como já tínhamos feito as reservas, não demorou muito para sermos atendidos. O jantar foi tranquilo, estar com Nick era sempre bom.

- Você ficou sabendo que três novas agentes irão entrar no nosso setor? – Nick apoiou o queixo na mão esquerda

- Três novas agentes? – Revirei os olhos – Sério? Eu não sabia

- Sim, só não entendi pra que – Meu namorado me fitava um pouco irritado

- Espero que sejam boas – Falei simplesmente

- Você vai falar só isso? Pensei que iria surtar – Ele riu - Eu só queria saber pra que – Fiquei pensando alguns segundos – É... Eu realmente não entendo, três? TRÊS? – Eu ri

 - Pois é – Nick iria continuar falando mas meu celular começou a tocar

- Só um minuto, preciso atender, é a Camila – Fitei o homem a minha frente Nick sempre deixou bem claro que não gosta da Camila, por vários motivos idiotas, mas o principal deles é porque ela é lésbica e ele acha que Mila me influencia para ficar com mulheres. E realmente se dependesse de Camila eu namoraria uma mulher ou pelo menos outro homem, porque ela também não gosta do meu namorado.

Ligação on

“Alô – Ouvi minha amiga suspirar”

 “Até que enfim Jane”

“O que você quer Mila? – Sorri ao perceber que Camila estava indignada”

 “Queria te convidar pra sair, dar uma volta”

 “Agora? – Encarei meu namorado que estava com uma cara nada boa”

“Sim – Por favor, eu quero conversar com você”

“Eu estou jantando com o Nick – Sorri para o homem”

 “Tá e daí? Eu não perguntei – Podia jurar que minha amiga estava revirando os olhos”

“Significa que não posso”

 “Ah pode sim, por favor Dinah”

“Ok eu vou – Suspirei, sabia que Nick ficaria uma fera”

 “Te encontro naquele bar de sempre em 1hr”

 “Ok, beijos”

 “Beijos”

 Ligação off

- Eu vou sair com a Camila ok? – Falei colocando o celular em cima da mesa

- E adianta eu falar que não? – Nick revirou os olhos

- Claro que não – Sorri forçado

 - Então... Vá – O homem chamou o garçom e pediu a conta

- É só daqui 1hr amor, a gente pode ficar mais um pouco aqui

- Não, eu prefiro ir pra casa, pode ir encontrar aquela sapatão

 - Não fale assim dela – Falei um pouco mais alto que o normal

 - Eu já vou indo – O homem levantou, beijou o topo da minha cabeça e saiu.

Fiquei mais alguns minutos sentada, liguei para Camila e falei que o meu namorado tinha me deixado sozinha no restaurante só porque eu iria sair com ela e a mulher riu muito de mim e claro reforçou o seu desprezo pelo homem. Eu ficava sem saber o que fazer, Camila minha melhor amiga não gostava do meu namorado e era recíproco, eu mereço viu.

Encontrei com minha amiga em um pub que costumávamos ir quando queríamos relaxar, cheguei primeiro que ela, sentei em uma mesa mais ao fundo e pedi uma bebida, enquanto esperava a moça trazer meu pedido fiquei analisando o local, estava bem vazio, algumas pessoas conversavam perto do balcão outras estavam sentadas em suas mesas jogando conversa fora, meus olhos passaram pela porta e pude ver Camila entrar, assim que me viu abriu um sorriso enorme.

- Que saudade de você Jane – A menor falou parando ao meu lado

 - Estou com saudade de você também Karla – Abracei Camila

 - E ai, já acalmou o insuportável do Nick? – Camila sentou na cadeira a minha frente e revirou os olhos

- Obrigada – Falei enquanto sorria para a moça que entregava minha bebida

- Eu gostaria do mesmo, por favor – Camila falou olhando para a moça

- Respondendo a sua pergunta, meu namorado ainda esta muito chateado – Suspirei – Quero só ver quando chegar em casa

 - Vai ter trabalho Dj – Camila sorriu maliciosa – Ou não, é só tirar a roupa

 - Pois é – Falei tomando o primeiro gole da minha bebida

- Você não sabe o quão bom é ser solteira Dinah – Camila gargalhou

- Sério? De novo você com isso?

- É sério, você precisa ficar solteira – Minha amiga juntou as mãos fazendo uma cara fofinha

 - Vou ignorar isso – Falei arrumando meus cabelos – Eu não queria ir trabalhar amanhã – Revirei os olhos

- Porque Dj? Nosso trabalho é tão bom – Camila sorriu

- Você sabia que irão entrar três novas agentes amanhã?

- O que? – A menor arregalou os olhos

- Sim, não sei pra que TRÊS...

 Meu encontro com Camila foi ótimo, conversamos por horas e ela me contou que estava interessada em uma menina. Durante o nosso encontro minha amiga falou várias e várias vezes para eu terminar com o Nick, porque ela acredita que eu não gosto tanto dele assim. Depois de levar Camila para casa resolvi voltar para a minha.

Cheguei em casa e fui tirando os sapatos pelo caminho, quando cheguei no quarto, Nick estava deitado sem camisa lendo um livro, não pude deixar de notar os traços do seu rosto e sua barriga super definida, ele era um homem lindo, mas as palavras de Camila não deixavam meus pensamentos.

 - Oi – Falei selando nossos lábios

- Oi – Ele falou sem olhar para mim

 - Você ainda esta bravo? – Sentei ao seu lado

- Um pouco – Ele olhou em meus olhos

 - Eu estou cansada disso – Suspirei – Não aguento mais essa sua desconfiança com Camila, por Deus Nick, ela é minha melhor amiga, eu não vou me afastar dela, aceita

- Eu não julgo a amizade de vocês, mas sei que ela não gosta de mim e sei também que ela fica enchendo sua cabeça contra mim – Ele fechou o livro com força

 - Você também não gosta dela – Levantei e fui pegar um short e uma regata

 - Não mesmo – Ele revirou os olhos e deitou

 - Vou tomar um banho, boa noite – Falei entrando no banheiro

 - Boa noite – Ele disse com frieza

Estava ficando cada vez mais insuportável essa situação, eu queria que eles fossem amigos, seria pedir muito? Porque Camila não gostava de Nick? E porque ele também não gostava dela, por Deus, eu estava cansada disso. Saí do banho e fui deitar, fiquei pensando no trabalho e que amanhã o dia seria cansativo e eu iria conhecer as três novas agentes, espero que elas sejam boas e sejam queridas também, porque ninguém merece trabalhar com pessoas mau humoradas.

 

 


Notas Finais


O que vocês acharam? Comentem galerinha é muito importante viu? Ajuda muito. Espero que tenham curtido, até o próximo, beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...