História I'm a cat? (Short imagine- Jungkook) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 348
Palavras 1.384
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIE

♥OLHE AS NOTAS FINAIS♥

Capítulo 3 - Voltar a ser humana


Fanfic / Fanfiction I'm a cat? (Short imagine- Jungkook) - Capítulo 3 - Voltar a ser humana

- Leva ela ao veterinário! - Taehyung puxa Jungkook pelo braço, assim saímos da casa.


 Não me lembro de nada, só sei que apaguei. Mais uma vez, e a sensação desse desmaio não é nada legal!


》JUNGKOOK《


Nervoso!


 É a palavra que me descreve nesse momento. 


Medo!


 É o sentimento que sinto toda vez que a vejo como uma gata. 


 Saímos de casa e Jin logo foi ligando o carro, o mesmo dirigiu até o veterinário mais próximo - Não é o melhor lugar para levar um gato que na verdade é uma pessoa, mas não temos outra alternativa - estacionou o veículo e descemos entrando no local.


 Sorte nossa que não havia ninguém aqui.


- B-BTS?! - A moça da recepção olha para nós espantada. - MINHA SANTA SEHUNA! SÃO VOCÊS MESMO, EU AMO SUAS MÚSICAS! POSSO TIRAR UMA FOTO? - Ela já estava longe do balcão, o mais perto de nós. 


- Pode nos atender primeiro, por favor!? - Pergunto nervoso.


- Ah, claro... desculpa. - Ela voltou ao balcão.- Sorte de vocês, não tem ninguém. - A mesma avisou ao veterinário por telefone que logo permitiu. - Podem entrar na sala. - Ela respondeu meio triste.


 Desculpa, moça. Prometo depois tirar uma foto com você, mas agora, o assunto é sério! 


 Coloquei (S/N) na cama de exames no meio na sala e o médico logo veio vê-la.


- Oh! - Arregalou os olhos por nos ver. - BTS?!


- Podemos resolver isso depois, por favor, ela está muito doente. - Aponto para a gata.


- Ah, claro. Vamos ver o que a mesma tem. - Ele começa a olha-la e examinar de várias formas. - Ela comeu algo estragado? - Todos negamos com a cabeça. - Ela está muito quente, parece febre.


- O que vai acontecer com ela? - Pergunta Taehyung.


- Não sei... nunca vi isso antes, ela está muito estranha. - Ele saiu de perto dela e começou a ajeitar uma seringa. - Ela está com muita dor, uma vacina irá acalmar um pouco. - Ele pós a agulha na perninha de (S/N). - Acho bom fazer alguns exames nela.


- Irá demorar? - Pergunta Namjoon preocupado.


- Talvez sim, no caso que ela está, talvez uma hora.


- Vamos na recepção gente. - Chamo e eles me seguem. Demos atenção a recepcionista e fomos para o canto da sala. - O que faremos com ela?


- Não faço idéia. Nunca vi algo parecido. - Yoongi massageia sua testa.


- Talvez o médico saiba o que fazer. - Voltamos para a sala. - O QUE É ISSO?! 


- E-EU... NÃO SEI... - O médico estava desesperado e muito assustado, não estavamos diferente. Ela estava praticamente brilhando, seu pelo parecia estar desaparecendo.


- Vocês acham que ela pode estar se transformando? - Susurra Hoseok. Peguei a mesma em meus braços. 


- Obrigado doutor, mas acho melhor levarmos ela a um hospital, uma clínica não terá tudo que precisamos. Origado por tudo! - Saí de lá praticamente correndo. Voltamos para o carro e voltamos para casa. Coloquei (S/N) no sofá. Ela se tremia e sua aparencia era quase transparente, e brilhava,como quando alguém se transforma. - Ah! O que a gente faz?! - Comecei a andar de um lado pro outro roendo as unhas.


- Calma Jungkook! - Diz Taehyung, ele estava no mesmo estado que eu. Os outros estavam sentados e assustados.


- (S/N) volta ao normal por favor! - Sentei do lado de seu corpo frágil e acariciei suas orelhas. Uma lágrima caiu de meus olhos, molhando seus pelos brilhantes. Uma fumaça se fez do nada e em um piscar de olhos vi o corpo de (S/N) em seu estado normal. Arregalei os olhos em surpresa.


- Ya! Minha cabeça. - Ela reclama de dor com os olhos fechados. AH! Agora que percebi que a mesma está nua. Antes de eu falar alguma coisa Taehyung jogou um lençol no corpo da garota. - Ah! Seja mais delicado! - Ela suspira. - Por que todos estão olhando pra mim, parece que vão chorar. Não fui eu que rasguei a cortina da sala! - A abracei forte.


- Sua boba, ainda não percebeu que você voltou ao normal? - Pergunto a abraçando forte. 


- Quê!? - Ele se afasta com calma e olha seu corpo, seus olhinhos brilharam de alegria e um sorriso brotou em seus lábios. - Eu voltei! AAAH! EU TO NUA! NÃO OLHEM PRA MIM! - Todos se aproximaram da mesma sorrindo e a abraçaram em grupo. - Ah! Seus tarados, deixe-me vestir primeiro as roupas. - Ela sorriu e retribuiu o abraço. 


 Peguei uma roupa minha e a mesma vestiu. Voltou para a sala e sentou-se em meu colo.


- O-o que 'tá fazendo? - Perguntei nervoso. Ela ficou vermelha.


- Ah... Desculpa, e-eu me acostumei a sentar aí hahaha. - Ela saiu de cima de mim e sentou-se ao meu lado encolhida. Os outros na sala riram maliciosamente.


- Então - Diz prolongando a palavra. - Como você virou um gato? - Pergunta Yoongi.


- Não sei... talvez seja tipo a história da princesa e o sapo! - Ela diz animada, sua personalidade não muda nunca. - Mas eu virei um gato, e o Jungkook era o prínci... - Ela parou de falar e abaixou a cabeça. Todos riram, esses garotos sabem de alguma coisa e não querem me contar. - Acho que a velhinha da rua me amaldiçoou. 


 Ficamos discutindo sobre isso por muito tempo, sério! Esse assunto é muito cansativo. Já de noite, tomei um banho e fui para o meu quarto deitando na cama. Amanhã nosso treino será em dobro para compensar hoje.



》(S/N)《



 Não acredito que voltei ao normal. Isso é maravilhoso, mas ainda estou com medo de voltar a ser uma gata outra vez.


 Os meninos deixaram-me passar a noite aqui - ainda bem, não quero ficar sozinha de jeito nenhum! - mas onde irei dormir?


 No sofá? 


NÃO! Como gato já era ruim, imagina como humana. Fui tomar um banho e vesti a mesma roupa que usava antes, a do Jungkook, e só para constar, ela tem o cheirinho dele. Bati na porta do quarto de Taehyung. Ele abriu logo em seguida.


- Posso dormir com você? - Faço uma carinha de pidona.


- Não! 


- Por quê? - Fiquei triste, ele nunca me disse um " não " tão seco.


- Vai dormir com Jungkook. - Ele começou a me empurrar pelas costas até a porta de Jungkook.


- Não! 'Tá louco!?


- Miga, você tem de tentar! Assim nunca vai pegar o boy! - Ele diz fazendo pose, eu riria se não fosse uma situação vergonhosa. - Você dormiu com ele quando era gata, dormi como humana também. - Ele bateu na porta de Jungkook e saiu correndo pro seu quarto. Traidor! Não me deixa aqui sozi...


 Me perco nos pensamentos ao ver Jungkook parado na porta me olhando.


- É... é ... é... - Não consigo formular palavras.


- É...? 


- E-eu... posso dormir com você? - Olho pra baixo e começo a mexer em meus dedos. Olhei para o mesmo novamente e ele estava vermelho. Como pode ser tão lindo? Balanço a cabeça para expulsar os pensamentos. 


- P-pode... - Ele me dá espaço para adentrar o quarto. O mesmo fecha a porta e volta a se deitar. Vou para o seu lado na cama.


- Jungkook?


- Hm?


- Obrigada! Por tudo! - Ele virou para mim e sorriu. Suas mãos foram para o meu cabelo acariciando o local.


- Era mais macia antes. - Ele fez careta, bati em seu ombro. Ele riu de minha ação. - Você faria o mesmo por mim. - Sorri para o mesmo e o abracei de lado. Ele continuou me fazendo carinho, como se eu ainda fosse uma gatinha.


 Sim, Jungkook, eu faria isso e muito mais por você!


 O apertei no abraço, pois ele parou de me acariciar. 


- Por que parou!? - Digo irritada e ele ri.


- Você não é mais uma gata.


- Não importa! - Pego sua mão e coloco novamente em minha cabeça. - Só faça! - Ele fez. - Jungkook?


- Hm? - Eu quero contar o que sinto, mas e se... ele afastar-se de mim? 


- Na-nada! Obrigada! - Fechei os olhos e tentei dormir, ele só me vê como amiga, se tentar algo a mais, perderei por completo o laço que temos agora. Isso me deixa bem triste. 


 Acho que quero voltar a ser um gato!












Notas Finais


Oizinho pessoinhas!
Desculpe qualquer erro!

Espero que tenham gostado do capítulo, vou tentar atualizar cedo.

♥NÃO ESQUEÇAM DE COMENTAR!♥

♡OBRIGADA PELOS FAVORITOS♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...