História I'm Depressive - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Doença Depressiva, Estrupo, Jimin, Jung Hoseok, Jung Tae, Jungkook, Kim May, Kim Namjoon, Min Yoongi, Seokjin, Taehyung, Violencia
Visualizações 79
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Só pra avisar a foto de capa é o Jung, e sim ele é real. Desculpa os erros.

Capítulo 2 - Dupla com Jung.


Fanfic / Fanfiction I'm Depressive - Capítulo 2 - Dupla com Jung.

Eu levantei a cabeça e vi que era Jung, ele me olhou e sorrio, eu apenas revirei os olhos e abaixei minha cabeça de novo. Senti alguém mexer em meu cabelo, levantei um pouco  e vi que era o Jung então dou lhe um tapa em sua mão para que parasse.

 

Jung- Tem medo de mim?-falou o menino perto de meu ouvido

 

-não, eu tenho é nojo de pessoas, apenas isso.-respondi sua pergunta e ele abaixa a cabeça

 

Jung-Ah... Ok, pode me dizer o pq?-ele me olha e eu levanto a cabeça e o olho, os outros alunos olhavam Jung por estar sentado ao meu lado e mexendo em meu cabelo, conversando comigo, alguns o falavam que ele é louco, pois todos na escola que me conhecem tem medo de mim. Pois ano passado arranquei os cabelos de uma menina e pq brigo até com menino. E pq ninguém nunca havia falado comigo.

 

-Não, vc só precisa saber disso nada mais.-pego o resto do menino e viro para frente olhando para o professor arrumando suas coisas na mesa.

 

Professor- Olá alunos, tudo bem com vcs?-os alunos assintam- Que bom eu estou bem também.

 

-ninguém perguntou ou quer saber idiota!-digo baixo, Jung ouvi e ri baixo

 

Professor- Disse algo moça?-perguntou olhando para mim já que Jung riu.

 

-nada que vc deva saber, se não escutou é pq não era pra ouvir-respondi sua pergunto e cruzei meus braços o olhando séria, ele assentiu e voltou a falar.

 

Professor- Bom pra quem não sabe meu nome  é Lucas e tenho 28 anos, sou casado e amo muito a minha esposa emeus dois filhos meninos.

 

-acho que ninguém quer saber sensei, com todo o respeito-eu disse e ele me olha

 

Lucas- Desculpe, mas o que é sensei?

 

-Professor em japones-revirei os olhos

 

Lucas-Vc é assim mesmo?

 

-sou pq algum problema?-o olhei já irritada

 

Lucas- não, nenhum-ele sorrio e começou a dar sua aula de português eu não prestei muita atenção, pois meu portugues sempre foi bom. O professor passou umas tarefas e eu as fiz, olhei para o Jung e vi que estava  com dificuldades, então eu o ajudei, mas fui apenas ditando sem olhar para ele, como a tarefa era para entregar eu entreguei a minha primeiro pois fui a primeira a terminar, o professor começou a corrigir e me deu parabéns pelo meu  português excelente.

Depois que todos entregaram ele as corrigiu e pediu para que façamos um trabalho em dupla, o professor não deixou eu fazer sozinha e botou Jung como meu parceiro já que o mesmo tem muita dificuldade no português. Ele ficou feliz e eu o olhei brava, o sinal tocou e as aulas foram passando até dar a hora do intervalo.

Me levantei da carteira e fui pra rua, Jung veio atrás e botou a mão em  meu ombro novamente.

 

-se não tirar essa mão daí vai ser só um soco na tua cara e a mão quebrada-disse ainda andando em direção ao banco debaixo de uma arvore.

 

Jung- Opa desculpa, não lhe encostarei mais-ele sorri e eu me sento no banco e o menino se senta ao meu lado.- Qual a sua idade Kim?

 

-primeiro de tudo não lhe dei permissão de me chamar pelo primeiro nome já que não somos intimos, e vc deveria saber disso pois é coreano, e segundo eu tenho 15, terceiro é pra me chamar pelo meu SOBRENOME ok? Então me chame de Pie.

 

Jung ah sim, claro me desculpe-ele abaixa a cabeça- vc tem a mesma idade que eu kkkk

 

-legal, mas não perguntei e eu já sabia.

 

Jung-como?

 

-comendo-o sinal bate e voltamos para a  sala,o tempo passa e as aulas chatas também, até que bate o sinal para irmos embora.

Pego minhas coisas e saio da sala deixando Jung sozinho, o mesmo pede para mim esperar e eu o espero, ele termina de guardar suas coisas e vem e minha direção.

 

Jung- quando começaremos a fazer o trabalho de Português?

 

- não sei, irei ver, pois temos duas semanas para fazer-ele assenti e eu me viro, vou para casa quando chego já ouço minha mãe gritando, paro no portão e suspiro. Abro o portão e entro, vejo minha mãe brigar com meus irmãos por estarem fazendo bagunça e demorarem para se arrumar. Guardo minha mochila e vou almoçar,  termino e lavo meu prato. Vou em direção ao meu quarto entro no mesmo e fecho a porta me deitando na cama, durmo um pouco e acordo com meu celular tocando. Pego o mesmo e tinha alguém me ligando e era o...

 

...CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...