História I'm Depressive - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Doença Depressiva, Estrupo, Jimin, Jung Hoseok, Jung Tae, Jungkook, Kim May, Kim Namjoon, Min Yoongi, Seokjin, Taehyung, Violencia
Visualizações 65
Palavras 1.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Oq houve Kim?


Abri a mensagem e o garoto me perguntava se podia vim me buscar. 

 

- não quer morar comigo também não?-digo a mim mesma e respondo a mensagem dizendo tanto faz.

Fui no banheiro tomei um banho rápido, e sai, botei o uniforme do colégio, escovei meus cabelos e escondi a minha franja para que eu parecesse menos japa. Botei meu tenis, escovei meus dentes, passei perfume e peguei minhas coisas. Saio de casa e vou para a escola, ainda era 07:24, não tinha quase ninguém nesse horário na escola, cheguei na escola e fui em direção  a minha sala, me sentei no banco que ficava do lado, botei meus fones e fechei meus olhos. Senti algo perto de minhas bochechas.

 

-se me tocar...Perde o dedo-disse ainda de olhos fechados

 

Jung- como sabia que eu iria apertar suas bochechas?-disse se sentando ao meu lado

 

- treino, a mesma coisa que muitos animes mostram, tipo ki, pressão espiritual, isso que eles sentem são slá não consigo te explicar mas da pra sentir algo antes de acontecer, e eu treinei isso para uma briga, caso eu me distraia se o ser se aproximar de mim voltarei minha atenção a ele.-abri meus olhos e olhei para o garoto

 

Jung-Uhm  vc é slá kkkk -riu o menino-eu não fui te buscar pq... Eu achei que vc iria brigar comigo.

 

-ótima escolha-olhei para frente peguei meus cadernos e comecei a estudar, jung ficava me observando a estudar e as vezes me ajudava mas eu mesmo assim continuava o respondendo com ignorancia.

O sinal bate eu guardo minhas coisas e  me levanto, entro na sala que estava do meu lado e jung vem junto. Me sento em minha carteira e Jung ao meu lado, botei minha mochila no chão  e abaixo a cabeça.Escuto uma voz familiar e levanto a cabeça.

 

- aigoo esqueci que a primeira aula seria com o BAKA-disse em um  tom normal,o professor escuta e olha para mim.

 

Lucas- O que é''BAKA''?-disse olhando fixamente para mim

 

- vai aprender japones que vc vai saber-cruzo  meus braços.

 

Lucas- Vá já para a diretoria!-disse ele alterando sua voz e apontando para a porta, me levanto calmamente e vou em direção a porta.

 

- idiota, o diretor não irá fazer nada seu baka!-digo e saio da sala, fui em direção a diretoria, entrei na sala do mesmo e falei que o professor mandou eu sair da sala só pq eu falei que ele era baka(idiota em japones), e o diretor não deu bola pelo meu jeito de tratar o sensei, pois sabia que eu sempre fui assim por causa que tenho problemas.

 

Diretor- hum... Vamos voltar para a sala então-eu assenti e ele se levanta.

 

&JUNG P.O.V ON&

 

Kim havia sido tirada de sala de aula por ter chamado o professor de ''baka'', ela saiu e disse que o diretor não iria fazer nada com ela. O professor bufou e continuou sua aula, até que Kim entra na sala com o diretor atras da mesma, o diretor chamou o professor e Kim olhou com raiva para o professor.

A mesma se sentou e ficou quieta, enquanto os professores conversavam.

 

& LUCAS P.O.V ON&

 

Aquela garota é muito grossa, ela não tem o direito de fazer assim comigo, desde o primeiro dia de aula eu a quis mandar para a sala do diretor mas deixei quieto. A mesma saiu de minha sala e eu continuei a minha aula, até que ela entra com o diretor atras de voce, ela me olha brava, parecia que ia me comer vivo, o diretor me chama e eu vou até ele.

 

-o que houve diretor?-perguntei saindo da sala e fechando a porta.

 

Diretor- Eu esqueci de lhe avisar que a Kim ela é assim mesmo, até onde sabemos ela tem problemas em casa, desde o 6 ano, e se vc continuar mandando ela para a diretoria ela será pior com o senhor. Ela é uma menina boa,mas sofreu demais e agora trancou seus sentimentos e é como se fosse apenas um ser que não tivesse coração, os professores que a conhece desde pequena sabem que esse é o jeito dela agora, ela os trata igualmente como trata vc, mas eles ainda gostam dela. Vc aprenderá a lidar com ela, e tome cuidado vc éo professor de portugues, essa é uma das matérias preferidas dela, e se continuar assim as notas dela irão ir para o buraco e poderá te prejudicar. Já que o portugues dela é o melhor do Brasil inteiro.-disse ele me olhando fixamente, eu assenti

 

-ok obrigado por me avisar, mas... O que é ''baka''?-perguntei e o diretor sorrio para mim negando

 

Diretor- não posso dizer, mas... De um jeito de perguntar a ela. Ela é obcecada pela cultura asiatica então pode ser que seja uma palavra que vc não vai gostar de saber.-disse e se virou indo para a sua sala de novo.

Entrei na sala e ela me olha ainda com aquele olhar, não sei pq mas ela me bota medo. Cheguei perto dela e a olhei.

 

-me desculpe  Ki- a mesma me interrompe 

 

Kim- não te dei o direito de me chamar pelo primeiro nome já que não somos intimos, então me chame de Pie-disse se levantando e olhando em meus olhos

 

-hum ok Pie... Me desculpe por ter feito aquilo, não farei mais e poderia me dizer o que é baka?-perguntei gentilmente,ela cruza os braços e me olha 

 

Kim- está desculpado seu baka, e baka é idiota em japones-continuou me olhando para ver minha reação, eu realmente fiquei bravo pois isso não é coisa que sediga a um professor, mas respirei fundo e assenti. Voltei a dar minha aula e ela se senta novamente.

 

& KIM MAY PIE P.O.V ON&

 

O tempo passou e as aulas também, o sinal bate e eu sai da sala para o intervalo, Jung como sempre comigo, aquele ser parecia um chiclete, mas era bom pois ninguém nunca tinha feito isso comigo, ficamos sentados no chão, ele não queria me deixar sentada no chão mas ai eu mandei ele calar a boca e sentar de uma vez e ele fez.

O tempo passou e o sinal bate, voltamos pra sala e nos sentamos, era aula de ciencias, eu gostava dessa matéria era interessante, a aula foi passando o tempo também e o sinal bate para irmos pra cas. Guardei minhas coisas e lembrei que tudo o que aconteceu noite passada se repetiria então fiquei com uma expressão triste, Jung que ainda se encontrava na sala comigo percebeu que minha expressão tinha mudado e eu estava quase chorando. O mesmo veio até mim...

 

Jun- Pie... O que houve??-escutei sua pergunta e escondi meu rosto com meu cabelo, desprendi minha franja e abaixei a cabeça

 

-n-nada Jung...-suspirei e deixei cair uma  lágrima, o mesmo percebe e vem até mim pegando em meu queixo e levantando devagar

 

Jung- não minta Pie, vc está chorando a sei que vc não é de chorar-eu olho pro lado e suspiro novamente-vamos me diga, quero ajuda-la...

 

- Está bem- ele soltou meu queixo e continuou me olhando, eu levantei minhas mangas compridas, e levantei a blusa mostrando minha barriga, eu estava com cortes pelo meu corpo, o mesmo me olhou assustado e eu me afastei abaixando minha blusa. O menino me segura pelo  pulso e me olha

 

Jung- pq vc faz isso? Vc tem mais cortes?-me perguntou enquanto eu abaixava minha cabeça

 

-sim, minhas pernas também estão assim -disse e olho pro lado- e o motivo disso vc não pode saber ainda...

 

Jung- e porque eu não vi isso ai ontem quando estava na sua casa??

 

-pq eu escondo, passo maquiagem e esconde tudo. Ninguém sabe disso a não ser vc Taeyijin...- ele suspira e me solta

 

Jung- eu quero te ajudar pequena, mas se vc não quer me contar o que está acontecendo com vc está tudo bem -ele sorrio-vou para casa ok?-eu assenti e ele sai da sala,eu pego minha mochila e saio também. Chego em casa e é a mesma coisa, quando anoitece e o meu padrasto chega o sofrimento começa tudo de novo.

 

 

... CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...