História I'm Depressive - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Doença Depressiva, Estrupo, Jimin, Jung Hoseok, Jung Tae, Jungkook, Kim May, Kim Namjoon, Min Yoongi, Seokjin, Taehyung, Violencia
Visualizações 60
Palavras 1.341
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Me desculpa Jung!! '' Te amo pequena'' disse ele...


Acordei e fui fazer minha higienes, se passaram 3 meses e nada mudou aqui em casa, apenas piorou. Me vesti deixei meu cabelo e franja soltos mesmo, eu não estava disposta para nada, a unica coisa que mudou foi o Jung comigo, o mesmo estava muito carinhoso comigo isso me irritava um  pouco mas mesmo assim eu gostava. Estavamos mais próximos, mas ele ainda não sabia o que acontecia comigo em casa, e eu não sorri em nenhum momento mas eu sentia vontade de rir, sorrir, ele me faz tão bem.

Quando estou perto dele eu simplesmente esqueço de tudo que acontece comigo, eo professor de portugues vivia me olhando e aquilo era desconfortável para mim pois eu ainda odiava as pessoas.

Terminei de me arrumar e sai de casa e vou para a escola, chego na escola e Jung já me ve e vem em minha direção.

 

Jung- Olááá Kim-diz e me abraça, ele era tão teimoso que eu já nem ligava mais em ele me tocar e me chamar pelo primeiro nome.

 

-oi-disse fria e gemi de dor por ter dormido de mal jeito, o mesmo me olha confuso

 

Jung- pq gemeu pequena?- ele ainda me chama de pequena só pq sou mais baixa que ele grrr vontade de socar esse menino, o olhei mais fria do costume

 

-estou com dor-o mesmo se fasta e vou para o banco do lado da minha sala.

Me sentei e pego os cadernos e estudo como sempre, tres meninos se aproximam de nós dois e eu continuo com a cabeça baixa apenas escutando.

 

Menino 1- oii menino do olho puxado... Vc é menino ou menina? Kkkk acho que é menino é gay mesmo-diz o menino para Jung, o mesmo abaixa a cabeça e eu me levanto bruscamente deixando minhas coisa cair no chão e pego no pescoço do garoto.

 

- O que pensa que está fazendo seu imbecil?- o menino me olha surpreso e Jung se levanta, eu n estava com paciencia para nada, e ainda mais para essas merdas.

 

Menino 1- M-me solta garota- disse o menino com dificuldade por eu estar apertando seu pescoço, ando com o menino até o fim do corredor o prensando na parede.

 

- por acaso... Vc me conhece seu imbecil?-pergunto olhando para o menino com raiva, pessoas fizeram uma meia lua em volta de nos por estarmos na parede

 

Menino 1 - n-não-respondeu enquanto tentava tirar minha mão de seu pescoço o que não dava em nada.

 

-que pena, achei que as pessoas daqui já tinham lhe avisado quem eu sou-suspirei- aah que pena que azarado vc em-aproximei  mais meu rosto no rosto do garoto apertando mais seu pescoço fazendo com ele ficasse vermelho- eu odeio pessoas,  principalmente as que julgam, criticam, praticam bulliyng etc... E vc fez uma coisa que eu mais odeio que é xingar o meu amigo, próxima vez que eu ver isso acontecer de novo, pode ser com qualquer pessoa eu irei abaixar a suas calçar e cortar seu pau fora. E se está duvidando é só me testar- o menino ficava mais vermelho até que sinto alguém tocar meu ombro e eu dou um soco no peito da pessoa sem olhar quem era. Troquei  de mãos e dei um soco na cara do menino fazendo o mesmo cair no chão desmaiado com pouco ar e um soco em sua boca.

Me afastei e olhei para os amigos do menino e  eles pediram desculpa, olhei para o chão e vi Jung deitado no chão com a mão em seu peito gemendo de dor.

 

&JUNG TAE P.O.V ON&

 

Eu estava sentado com kim até que tres garotos se aproximam da gente e um zomba de mim, eu abaixo a cabeça e escuto algo caindo no chão quando olho Kim esta grudada no pescoço do garoto e o arrastou até o final do corredor o prensando na parede. Eu entrei em desespero por nunca ter visto algo assim, as pessoas fizeram meio que uma roda meia  lua já que não dava para fazer uma roda  completa, me levantei e fui até Kim pedir para que parasse pois o menino já estava vermelho, encostei em seu ombro e  levo um soco da mesma em meu peito. Caio no chão na mesma hora, a dor era imensa Kim alem de ter muita força atingiu meu ponto fraco.

Continuei no chão gemendo de dor, a mesma da um soco no garoto e olha para os meninos que eram amigos do garoto. Eles se desculpam e Kim olha pro chão e me olha assustada,ela vem até mim e me levanta com cuidado, passa meu braço esquerdo por tras de seu pescoço e  me leva para a enfermaria. Ela me bota em cima da maca e eu me deito ainda resmungando  de dor, ela parecia desesperada, pegou um creme e tirou minha blusa, a mesma cora kkk e pega um pouco do creme verde e passa na regiao em que levei o soco.

Ela  parecia triste e com raiva ao mesmo tempo, olhei para o meu peito e vi hematomas meio roxos em meu peito.

 

* KIM MAY PIE  P.O.V ON&

 

Entrei em desespero por saber que Jung estava no chão, peguei o mesmo e fui pra enfermaria, botei ele na maca e ele se deitou, eu estava com muita raiva de mim e do garoto, de mim pq toda vez que eu fico com raiva não ligo pra quem esta a minha volta e ter atacado Jung, e do garoto por ter me deixado com raiva.

Peguei um creme pra dor e me aproximei de Jung tirei a camiseta dele e corei na hora, ele é perfeito... Grr preciso me concentrar em tirar a dor do peito dele, peguei um pouco de creme e  passo sobre seu peito que estava roxo, o mesmo me olhava e olhava seu peito. Fiz uma massagem em seu peitoral, quando terminei peguei uma cadeira e botei perto da maca, me sentei e deitei minha cabeça no pequeno espaço de tinha ali.

Fechei meus olhos e sinto Jung mexer em meu cabelo, aquilo era tão bom eu deixei escapar um sorriso, hum achoq eu me apaixonei por ele droga!!

 

Jung- a pequena sorriu!-disse com dificuldade mas dava pra perceber sua alegria em sua fala,corei e escondi meus rosto com meus braços.

 

-P-para... -suspirei e olhei para ele,ele estava olhando fixamente para mim, aquilo me fez corar mais e virar o rosto fazendo ele rir do meu estado.

 

Jung- kkkk é fofa corada, hey Kim...-olhei para ele- sabe... Preciso lhe contar uma coisa que já faz tempo que quero lhe dizer, desde quando vi vc nessa escola. Eu entrei aqui e vi vc, vc me chamou a atenção, mas nunca tive coragem de me aproximar esse ano só me aproximei pq tomei coragem. Eu... Sou apaixonado por vc pequena, sei que vc odeia pessoas e vc pode ficar brava com isso mas eu não posso mais esconder a verdade.- ele olhou pra mim e eu não sabia o que fazer, mas a verdade é que eu também estava apaixonada por ele faz 1 mês, suspirei e olhei pra baixo.

 

- sim eu ainda odeio a humanidade, mas vc não é odiado por mim, também sou apaixonada por vc desde mês passado, eu não queria que isso acontecesse pois os meninos me machucaram muito e ainda tenho medo de ser machucada de novo.-terminei de falar e ele se senta na maca e eu me levanto- e-ei se deite não está bom ainda- o mesmo ri e me abraça, pela primeira vez eu retribui o seu abraço, ele beijou minha bochecha e olhou para mim sorrindo.

 

Jung- te machucar será uma coisa que eu nunca farei com vc-ele sorrio e eu sorri de volta, ele me aproxima mais da maca e me beija, corei?  Corei mas retribui,só paramos quando o maldito ar faltou, ele me olhou e eu voltei a esconder meu rosto em seu peitoral- te amo pequena-sniff primeira vez que alguém me diz isso... Eu não falei nada apenas escondia meu rosto.

 

 

...CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...