História I'm Fine - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~Mycah_Styles

Postado
Categorias Chloë Grace Moretz, One Direction
Personagens Chloë Grace Moretz, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Automutilação, Chloe Grace Moretz, Colegial, One Direction, Violencia
Visualizações 44
Palavras 665
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


espero que gostem

Capítulo 16 - Tu és ciumento?


Fanfic / Fanfiction I'm Fine - Capítulo 16 - Tu és ciumento?

- Liam eu te odeio por teres colocado aquele filme, mas eu também te amo coisa sexy! – ela disse, e eu apaguei a luz, e depois vi ela dormir tranquilamente, e depois adormeci.

- no dia seguinte –

Liam PV

Acordo e vejo ela a dormir, depois lembrei do dia de ontem a mãe dela não tinha morrido num acidente de avião? Eu fiz carinho no braço nu dela, ela sorriu, e eu fiz o mesmo, ela abriu os olhos, e vi ela fechar e abrir os olhos, a luz da janela iluminava o quarto, eu aproximei – me dela, e ele beija – me.

- Bom dia! – ela disse.

- Bom dia! – eu disse, eu puxei ela para o meu colo.

- Queres alguma coisa é Liam? – ela disse e eu ri.

- não! – eu disse e ela riu.

- tontinho! – ela disse.

- Olha quem era aquela mulher ontem a que você chamou de mãe? – eu pergunto, ela olha para mim.

- ela é minha madrasta, e uma amiga da minha mãe eu sempre a tratei por mãe, e quando ela soube veio cuidar de mim, ela tem um marido que mora na casa dele, ela vai morar com ele mês que vem, ela dá – me dinheiro para cuidar da casa, quando trabalhar eu vou pagar tudo… o que vou estar a dever, ela disse que não precisava, mas eu vou dar na mesma. – ela disse e eu sorri.

- tu és parecida comigo! – eu digo.

- assim porque? – ela pergunta e eu logo respondo.

- porque eu também sou assim, não gosto de estar a dever nada a ninguém e quando posso dou logo a pessoa. – eu digo e ele beija – me, ela saiu do meu colo, mas eu logo a puxo de volta. – vais onde? Hoje é sábado, e para nós dormimos agarrados o dia inteiro! – eu digo e ela gargalhou.

- eu queria poder ficar aqui! – ela disse.

- vai sair? – eu pergunto ela nega. – vai trabalhar. – ela nega. – tem alguma coisa marcada? – ela nega de volta. – então pode ficar aqui na cama comigo! – eu digo e a puxo de volta.

- posso comer? – ela pergunta.

- tens fome? – eu pergunto.

- tenho! – ela diz, e eu largo ela, ela sai do quarto, eu vou atrás dela, e a casa estava vazia, ela estava a preparou  café e eu abraço ela por trás e pouso a minha cabeça no seu ombro, a mesma riu. – já estás a sentir a minha falta Payne? – Ela disse, e eu beijo o pescoço dela fazendo o levo chupão, aquilo vai ficar marcado duas semanas mas ok. Nos comemos e ficamos na sala…

- o que achas de chamar os meninos e irmos a piscina? – eu digo,  e ela olha para mim.

- Podemos convidar a Ray e a Myh! – eu afirmo e ela liga a aos meninos, que ainda dormiam o único acordado era o Louis, mas ele disse ok tudo bem, e depois falou com a Ray e a Myh, o que durou umas 3 horas. – pronto.

- como tu és chata! – eu disse.

- eu porque? – Sarah pergunta.

- porque tu dás mais atenção a elas que eu mim! – eu disse.

- ai como o meu namorado e ciumento! – ela disse, eu sai do sofá e peguei as minhas coisas. – Onde vai? – ela disse, eu estava chateado.

- embora! – eu digo me calçando.

- o que eu disse agora? – ela disse com raiva e triste, eu fiquei com pena.

- tu gostas mais delas do que de mim! – eu disse quase saindo.

- para de ser assim, tu sabes que eu te amo e gosto muito de ti. – ela disse. ela tentou – me beijar mas não conseguiu, eu ergui o meu pescoço para ficar mais alto, ela tentou, tentou de tudo, eu baixo o pescoço, pego na cintura dela, e beijo ela.

- tu és muito ciumento Liam! – ela disse e eu ri.

- sou mesmo! – eu disse, depois ficamos a espera do povo chegar.


Notas Finais


Comentem e obrigado a quem ficou, e não ter desistido da fic


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...