História I'm Guilty - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Asa Butterfield, ASTRO, BABYMETAL, Chandler Riggs, Dal shabet, EXID, Got7, IKON, Kylie Jenner, Seventeen, Sistar, Stellar, Super Junior
Personagens Asa Butterfield, B.I, Bobby, Bora, Chandler Riggs, Cho Kyuhyun, Cl, Gayoung, Hani, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyoeun, Hyoryn, Jackson, Junghan "Jeonghan", Junhoe, Kylie Jenner, LE, Lee Jihun "Woozi", Mark, Minhee, Minji, Personagens Originais, Rocky, Sandara Park, Serri, Solji, Subin, Su-metal, Woohee, Xu Ming Hao "THE8"
Tags 2ne1, Asa Butterfield, Dal Shabet, Exid, Got7, Ikon, Kylie Jenner, Seventeen, Sistar, Stellar
Exibições 10
Palavras 4.777
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, desculpem pela demora, pois eu fiquei sem ideias para escrever a fanfic :(

e também porque eu sou muito monga '-'

~boa leitura

Capítulo 4 - Eu não aguentei


Fanfic / Fanfiction I'm Guilty - Capítulo 4 - Eu não aguentei

Acordei com o som do despertador, tipo, morta de sono(~ai que novidade) e logo depois Hani se espreguiça e fala:

- Bom dia.- falou Hani bocejando.

- Bom dia.-falei.

- Nós continuamos suspensas né?- perguntou Hani

- Sim.- Falei cansada.

- Vou sair um pouco, quer ir também?- perguntou Hani se levantando da cama.

- Não, eu vou aproveita que não tem ninguém pra me encher o saco e vou dormir mais um pouco.- falei me ajeitando para dormir e colocando o celular para despertar pelas 11:00hrs, vou aproveitar que estou suspensa das aulas e que não tem Kyuhyun para me acordar e vou dormir.

- Então ta bom...- falou Hani começando a se arrumar.

POV'S Hani

Passei um pouco de Base, Pó, Rímel e Batom e coloquei um suéter de manga comprida e larga rosa bebê, uma saia rodada não muito curta azul bebê e um adidas branco, e o cabelo eu deixo ele solto e mais penteado.
Sai do guarda-roupa e vi a Jehnna dormindo, eu queria dar tchau pra ela mas eu acho melhor não incomoda-la, sai do quarto indo até o pátio me encontrar com os meus amigos.

Bem, eu vou me apresentar.

Meu nome é Ahn HeeYeon, mas o meu nome na versão inglês é Ahn Hani, tenho 16 anos e sou Taiwanesa, tenho uma irmã mais velha chamada Ahn HyoJin(LE) de 19 anos. Os meus pais são coreanos, e também são divorciados, eu e minha irmã ficamos com a nossa mãe em Taiwan, enquanto o nosso pai voltou para a Coréia e se casou com uma outra mulher. Mas mesmo assim, o meu pai sempre foi bom comigo e com a LE, mesmo longe um do outro enquanto o meu relacionamento com a minha mãe não é nada boa... Ela sempre tratava eu e a LE como um lixo, tanto que ela nos abandonou aqui, graças a Deus me livrei dela, pois não aguentava mais ficar com ela me tratando daquela maneira.

Me mudei para Inglaterra quando eu tinha 13 anos, enquanto a LE tinha 16... Cara, a LE era pra esta formada agora, se ela não fosse tão rebelde desse jeito, ela repetiu de série fucking 3 vezes por falta, pelo menos esse ano ela não fico suspensa por muitos dias graças a Deus, e eu tenho esperança que ela passe de ano dessa vez. 
Eu me sinto muito melhor aqui do que em Taiwan, pois pelo menos eu tenho amigos que me apoiam aqui. Eu até passei pro altos e baixos aqui, mas agora esta tudo bem. É claro que os meus amigos passaram por situações difíceis assim como eu, e principalmente a Jehnna também deve ter passado por situações difíceis... Espero conhece-la melhor.

- E aee Hani.- falou Joshua 

- E ae Josh, e ae pessoal.- falei cumprimentando todo mundo ali.

- Cadê a Jehnna?- Perguntou Vernon.

- Ela esta dormindo.- falei.

- Quem é Jehnna?-Perguntou Miyeon

- Jehnna é a nova colega de quarto da Hani.- falou LE

- Jehnna é uma garota de cabelo cor-de-rosa né?- perguntou Jackson

- É ela mesmo.- falou Joshua 

- Ata, é que eu vi ela com vocês.- falou Jackson.

- Já me deu uma curiosidade de conhece-la.- falou Miyeon.

- Ela é legal.- falou Vernon.

- Imagino.- falou Jackson.

- Aff, eu to com preguiça de ir pra aula hoje, bem que eu podia estar suspensa com vocês.- falou Miyeon encostando a cabeça no ombro do Junhoe.

- você não quer matar aula não né?- Perguntou Junhoe.

- queria, porém, se eu fizer isso a minha mãe me mata ~suspiro~- falou Miyeon

- calma minha "fro", sábado esta chegando.- falou Jackson.

- Verdade, e vai ter festa la no pub no sábado, dá pra gente ir.- falou LE.

- É mesmo.- falou Joshua.- e dá pra Jehnna ir com a gente se ela quiser.

- verdade.- falei.

- E também as férias estão chegando... e... vou ter que vestir 1kg de roupa quando eu voltar pra Los Angeles.- falou Joshua.- To morto veih.- Falou Joshua rindo e olhando para o chão.

- Todo mundo esta.- Falou Vernon.- Menos o Junhoe, Miyeon e o Jackson.

- Cara, eu, o Junhoe e a Miyeon vamos zoar muito em Porto-Rico.- falou Jackson ansioso.

- E eu e a Hani vamos "ostentar" em um Hotel em Taiwan, não volto pra casa daquela mulher nem a pau.- falou LE.

- Eu provavelmente vou pra casa da minha vó.- Falou Vernon.

- Imagina só quando todos nós estar formados, fazer uma república.- falou LE animada.- iria ser muito legal.

- É mesmo, vamos fazer uma república quando todos nós nos formar.- falei

- Opa, ótima ideia.- falou Vernon.

E assim, todo nós ficamos conversando.

POV'S Jehnna

Acordei com o celular tocando e é obvio que não era o alarme, era só a Minhee me ligando.

Ligação ON

- Alo.- Falei com voz de sono

- Alo Jehnnie, você não vai acreditar numa teoria que eu tive aqui.- falou Minhee alegre.

- O que?- perguntei ainda me acordando.

- Você vai achar um príncipe encantado aqui.- falou Minhee fazendo aqueles sons irritantes dela.

- Eu não acredito que você acredita no que aquela mulher disse.- falei revirando os olhos.

- Mas Jehnnie, ela disse que você encontrava alguém aqui, e é claro que no começo eu achei que era mentira, mas depois que a gente veio pra cá, eu vi que era verdade.- falou Minhee.

- E você me ligou pra me contar isso?- perguntei.

- SIM!!!- falou Minhee alegre.

- ~suspiro~ Minhee vai catar coquinho na praia e me deixa dormir.- falei desligando o celular na cara dela.

Ligação OFF

POV'S Minhee

- ... Então ta né...- falei colocando o celular no meu bolso.

POV'S Jehnna

Coloquei o meu celular em cima do criado mudo, enquanto eu me preparava para dormir o alarme do celular tocou... Levantei com raiva e desliguei o alarme... Aff, mereço... Até aquela vidente desgraçada esta envolvida nessa porra.

Flashback ON

Eu, Kyuhyun e Minhee estávamos lanchando no McDonalds como sempre... nem sei como que a Minhee não enjoa dos lanches daqui... A unica coisa que eu gosto do McDonalds são as batatas fritas, o resto eu só taco o foda-se.

Enquanto o Kyuhyun pagava as contas no caixa, eu e Minhee ficamos esperando ele pagar a conta do lado de fora, e nós vimos uma mulher que aparenta ter uns 50 anos e ela era bem esquisita... Até as roupas dela eram esquisitas, ela chegou na gente e disse:

- Ola meninas, vocês querem ver o futuro de vocês?- perguntou a mulher, eu ia dizer não mas a Minhee...

- QUERO, QUERO.- falou Minhee animada.

- vamos lá então.- falei.

- Então me da a sua mão mocinha.- falou a mulher olhando para a Minhee.

Então Minhee deu a mão para a mulher e ela(Mulher) fechou os olhos, como se tivesse lendo os pensamentos da Minhee, ela ficou tipo uns 30 segundos na mesma posição, logo depois ela abriu os olhos e disse a ela:

- Toma cuidado em quem confia, por que se não você pode ser enganada.- falou a mulher olhando para a Minhee.- Agora é a sua vez.- falou olhando para mim.

Dei a minha mão para ela e fez a mesma coisa, e logo depois dos 30 segundos ela disse:

- Você ira encontrar um rapaz em Londres, e o relacionamento entre vocês dois sera muito agradável.- falou a mulher... Ah ta, vou fingir que acredito.

- Que legal.- falei fazendo um sorriso fraco, de repente o Kyuhyun apareceu.

- Vamos meni... quem é você?- falou Kyuhyun olhando para a mulher.

- Ela prevê futuro.- falou Minhee animada.

- ah...- falou Kyu confuso.

- Posso prever o seu futuro também?- Perguntou a mulher olhando para o Kyu

- Sim.. claro.- falou Kyuhyun.

Flashback OFF 

- ISSO NÃO É REAL.- Gritei.-....Isso... não é real... nunca foi real.- sussurrei sentando no chão e me encostando na cama.

Fiquei 15 minutos assim, e pensando em tudo que eu fiz durante esse tempo que estive na Coréia depois de morar 1 ano e 8 meses em Boston... Eu nunca pensei que iria chegar a esse ponto de ficar ouvindo teorias toscas sobre o meu destino; eu nem sei quanto tempo a minha vida vai durar; eu não sei se eu vou casar, ter filhos e um emprego digno; eu não sei se vou ter que deixar todos que eu amo para trás para evitar que eles se machuquem por minha causa; eu não sei qual é o meu destino... Eu acho que o meu destino é apenas... A morte...

Me levantei, peguei uma tesoura que estava em cima de uma mesa e comecei a brincar com essa tesoura... Essa tesoura é parecida com a tesoura que a minha mãe tentou me matar quando eu tinha 12 anos. As lembranças apenas aparecem em minha cabeça e ainda brinco com essa tesoura que esta extremamente afiada, e ao mesmo tempo eu andava em direção ao espelho e ainda as lembranças me atormentavam.

'Flashback' ON

- "Joo EunJin, você assina isso para nós por favor."- falou Jung Jisoo me entregando um papel. [Petição para que Jehnna se matasse]

- "Você pintou o cabelo sua peste." - falou me puxando pela camiseta quando eu tentava correr. [momento em que quase foi morta pela mãe].

- "Jehnnie, por favor, não me deixe." - Falou Minhee chorando. [estava internada no hospital por causa de sua 1° tentativa de suicídio].

- "Você precisa de ajuda". - Falou Chaerin olhando para mim e segurando os meus pulsos. [Esse momento foi quando Chaerin, Sandara e Minzy descobriram que Jehnna sofria bullying].

- "Come, eu quero ver você bonita, mas também eu quero ver você saudável".- Falou Rocky apontando um hashi com comida na minha cara. [ela tinha anorexia nervosa, pois ela ficou tão deprimida que chegou ao nível dela parar de comer].

- "Quando eu voltar do trabalho, que tal eu, sua mãe, Minhee e você sairmos para tomar sorvete?".- falou meu pai alegre. [ultimo momento que Jehnna teve com seu pai antes dele morrer em um acidente de trabalho].

- " Adeus, Eunjin ~risos~".- falou Jisoo me empurrando para o rio abaixo. [ela foi jogada de uma ponte durante uma excursão escolar em Busan].

- " Primeiro, você precisa engordar um pouco".- falou Kyuhyun respondendo a minha pergunta. [foi quando Kyuhyun queria ensinar golpes de artes marciais para a Jehnna].

- "Acabe com aquela Jisoo priminha".- falou Mary me abraçando. [o dia em que Jehnna estava retornando para a Coréia].

- "Eu quero dizer que não sou mais Joo Eunjin". - falei empurrando Jisoo da escada abaixo. [quando Jehnna realizou a sua primeira etapa da vingança contra Jisoo].

- "Se você contar isso para alguém, eu acabo com você".- falou Jisoo me ameaçando. [o bullying de Jehnna começou com uma chantagem].

'Flashback' OFF

E depois de não aguentar mais ouvindo essas frases vagando em minha mente, eu acabei dando um murro no espelho de tanta raiva que eu estava e também eu senti a tesoura cair no chão e o celular tocando [era Kyuhyun ligando] e mesmo assim eu passei a ignorar todos os sons me minha volta e olhando para aquele espelho quebrado e sentindo aquele sangue escorrendo em minha mão e meio que estou como eu posso dizer... fora da realidade, a sensação era boa e comecei a escutar assobios em minha mente... Era legal... Pois parece muito com o assobio do meu pai, logo depois, eu ouvi gritos, provavelmente era da Hani mas eu ignorei, e em seguida, minha visão ficou completamente preta.

POV'S Hani

- JEHNNA.- falei correndo até ela quando eu vi ela sangrando daquela maneira. - SOCORRO.- gritei desesperada depois que ela caiu em meus braços, mas por sorte os meninos estavam por perto.

- O que que aco.... AI MEU DEUS.- gritou Junhoe indo em minha direção.

Junhoe tirou o paletó dele e colocou na mão da Jehnna para que o sangramento pare.

- JACKSON, AVISE A DIRETORA QUE A JEHNNA ESTA SANGRANDO, JOSH CHAMA A AMBULÂNCIA.- falou Junhoe desesperado.

Jackson sai do quarto correndo, Joshua pegou o celular para ligar para a ambulância e Vernon ficou ali, paralisado e olhando para a Jehnna. 

~25 Minutos depois~

Depois de minutos de desespero, e graças a Deus a Jehnna sobreviveu, e agora é só esperar o medico responsável nos avisar se da para a gente visita-la. E também eu vejo Minhee chorando sem parar e era muito triste ver aquilo, pois eu estava com vontade de chorar também, mesmo não conhecendo a Jehnna direito. Ela deve ter sofrido muito pra fazer esse tipo de coisa...

- Cara, qual era o problema dela? por que ela fez isso?- perguntou Miyeon 

- Eu não sei... ela aparentava ser feliz.- falei

- Tem boatos que a Jehnna tem transtorno bipolar.- falou LE

- Sério? Quem disse isso?- Perguntei.

- Gayoung.- falou LE

- Se esse boato veio da Gayoung, então é verdade, pois ela sempre olha a ficha dos novatos.- falou Miyeon 

- Mas ela não toma remédio não?- perguntou LE

- Eu nunca vi ela tomando remédio.- falei

- Então ta explicado o porque ela tentou se matar.- falou LE

- Mas a pergunta é, por que ela tem transtorno bipolar? ela pode ter tido momentos ruins no passado, assim como todas nós.- falou Miyeon.

- Não vejo a hora de visitar a Jehnna.- falou LE 

- Verdade.- falei.

POV'S Minhee

Hoje é o meu pior dia da minha vida, Por que a Jehnna fez isso? o que aconteceu que ela ficou assim?... Espera.... ELA NÃO ESTAVA TOMANDO OS REMÉDIOS... Aquelas crises de raiva... Deve ser por que ela não tomava seus remédios... AHHH JEHNNIE, POR QUEE?? comecei a chorar mais ainda. E logo em seguida o meu celular toca[era o Kyuhyun].

Ligação ON

- Alo.- falei.

- Alo, Minhee o que aconteceu com a Jehnna, eu liguei varias vezes pra ela e ela não atende.- falou Kyuhyun preocupado.

- Kyuhyun, a Jehnna tentou se mata de novo.- falei chorando.

- O QUE??- falou Kyuhyun assustado e suspirando. - Em que hospital que ela esta??- perguntou Kyuhyun.

- Eu acho que é no St Thomas' Hospital, pois é o hospital mais próximo do colégio.- falei quase parando de chorar.

- Ok, estou indo ai, tchau.- falou Kyuhyun desligando o telefone.

Ligação OFF

~2Hrs depois~

Finalmente o médico deixou eu visitar a Jehnna, eu fui correndo para o hospital.
Chegando no hospital eu fui ate a recepção perguntar para a recepcionista onde que é o quarto que a Jehnna esta.

- Ola em que eu posso ajudar? - Perguntou a recepcionista.

- Ola, eu quero visitar uma paciente.- falei

- E... cadê os seus pais?- perguntou a recepcionista.

-... eu vim sozinha.- falei.

- Me desculpe mocinha, mas só vai poder visitar algum paciente acompanhada de um responsável.- falou a recepcionista.

- Por favor, ela é minha irmã.- falei 

- Mas onde estão os seus pais?- perguntou a recepcionista.

- A minha mãe esta na cadeia, e o meu pai morreu quando eu era criança... Eu e a minha irmã moramos em um colégio interno.- expliquei.

-... E como é o nome da sua irmã?- perguntou a recepcionista.

- Jehnna Joo.- falei.

- Ata, eu vou fazer uma ligação e já volto.- falou a recepcionista pegando o telefone, eu acho que ela vai ligar pra diretora.

1 Minuto se passou e a recepcionista disse:

- Tudo bem, você pode ir, quarto 310 fica no corredor a direita.- falou a recepcionista.

- Ok, obrigada.- falei me curvando para a recepcionista.

Fui até o corredor onde a recepcionista me falou e comecei a procurar o quarto que a Jehnna esta. Fiquei olhando para as portas e falando um monte de vez o numero do quarto da Jehnna.

- 310, 310, 310, 310, 310 {...} - falei olhando para as portas dos quartos.- AH, finalmente.- falei quando eu achei o quarto onde a Jehnna esta.

Abri a porta do quarto e vi ali a Jehnna dormindo... ela estava muito pálida, fechei a porta do quarto e fui até a Jehnna, peguei uma cadeira que tinha no quarto e sente do lado da Jehnna e fiquei uns 30 segundo olhando para a Jehnna... e depois eu comecei a ver se ela estava bem.

- Jehnnie?- falei cutucando a Jehnna.- Jehnnie? ta acordada?.- perguntei.
De repente eu ouvi alguém batendo na porta, abri a porta e era um daqueles garotos que começou a andar com a Jehnna.

- Ola, aqui é o quarto da Jehnna né?- perguntou o garoto.

- Sim, é sim, entra.- falei.

O garoto entrou e eu me sentei novamente na cadeira que esta do lado da Jehnna, o Garoto também pegou uma cadeira e sentou do lado da Jehnna[no outro lado da cama] e disse:

- Você é a irmã da Jehnna né?- perguntou o garoto curioso.

- Sim.- falei.

- Ata, eu sou o Vernon.- falou o garoto.

- Prazer, Minhee.- falei.

- Igualmente.- falou o Vernon sorrindo.-... eu posso te fazer uma pergunta?.- falou o Vernon me olhando.

- Sim, claro, pode falar.- falei.

- Tem boatos no colégio que a Jehnna tem transtorno bipolar... Isso é verdade?- perguntou Vernon.

- É...É verdade sim... quem que espalhou esse boato?- perguntei curiosa.

- Supostamente foi a jornalista do colégio.- falou o Vernon.

- Ata...- quem será que é essa jornalista?- eu vou comprar algo pra mim comer e já volto.- falei me levantando da cadeira.

- No final do corredor tem maquina de refrigerante e salgadinho.- falou o Vernon.

- Ok, obrigada pela sugestão, com licença.- falei me curvando a ele e saindo do quarto.

POV'S Vernon

Enquanto a Minhee foi comprar salgadinho, eu comecei a olhar para a Jehnna e me perguntando o que aconteceu com ela para que ela chegue a esse ponto... Comecei a acariciar o rosto dela e ao mesmo tempo, resolvi contar o que eu tinha pra falar.

- Então... Eu tenho uma novidade... Tem haver com os nossos poderes... Eu e o Joshua descobrimos que nós temos mais que um poder, por exemplo, eu posso controlar a mente das pessoas, o Joshua além de ser forte demais, ele não reage a dor, doenças ou algo parecido, a LE pode soltar pedras vulcânicas e solta fogo pela boca, tipo dragão... Só a Hani que não manifesto mais nenhum poder e eu não sei se você manifesto também...

De repente, entra uma mulher ou uma garota baixinha, asiática e com cabelos pretos, logo depois ela disse:

- Ola.- falou a mulher tirando o casaco dela com o sotaque que aparenta ser japonês.

- Desculpa moça, mas eu acho que você entrou no quarto errado.- falei depois que reconheci o sotaque dela.

- ... Essa garota é a Jehnna Joo né?- perguntou a mulher olhando e apontando o dedo para a Jehnna e o sotaque realmente era japonês.

- Sim.- falei.

- Então estou no quarto certo.- falou a mulher sentando na cadeira.

- ... Mas... Quem é você?- perguntei

- Eu sou Inoue WooHee, sou tia adotiva da Jehnna.- falou WooHee estendendo a mão para mim.

- Prazer, Vernon, sou amigo da Jehnna.- falei dando um aperto de mão a ela.

De repente, Minhee entrou no quarto:

- WOOHEE.- falou Minhee abraçando Woohee animada.

- Oi Minie.- falou Woohee abraçando Minhee.

- A Jehnna não acordou né?- falou Minhee preocupada.

- Infelizmente não.- falei.

- Ela vai acordar logo.- falou Woohee.

POV'S Jehnna

Acordei no céu... eu acho... e minha visão estava branca e um pouco embaçada, fiquei um bom tempo olhando para o teto, e olhei para o lado e vi Woohee, Minhee e Vernon que aparentemente, estavam distraídos e falei:

- To morta né?- perguntei.

- JEHNNIE.- falou Minhee 'pulando' em cima de mim e me abraçando.

- Não Jehnna, você não esta morta.- falou Woohee alegre.

- Oi pra você também WooHee.- falei rindo e logo depois Minhee Saiu em cima de mim. - Oi Vernon.- falei sorrindo

- Oi.- falou Vernon sorrindo.

- Sua doida você assustou a gente.- falou WooHee me dando bronca.

- Me desculpe... eu fiz isso sem pensar.- falei me sentindo mal.

- Tudo bem, o importante é que você esta viva.- falou Vernon positivo. De repente o Minghao entrou correndo dentro do quarto e disse.

- CHEGUEI, CHEGUEI, CHEGUEI.- falou Minghao descansando e respirando ao mesmo tempo.- O que eu perdi?- perguntou Minghao aliviado.

- MINGHAO.- falou Minhee abraçando Minghao

- Oi Minhee.- falou Minghao abraçando a Minhee e logo depois Minghao e Minhee se soltaram 

- Eu estou bem agora, não se preocupem.- falei rindo devido a maneira que Minghao chegou no quarto

- Aquela doida da recepcionista não queria deixar eu entrar... Só por que eu sou chinês.- falou Minghao revoltado.

- Aff, aquela vaca daquela recepcionista achou que eu tinha 12 anos.- falou Woohee em um tom de irritada.

- Claro, com essa cara de criança e com esse tamanho, é claro que vão te confundir com uma criança.- falou Minghao zoando WooHee

- Só não te bato por que maltrato aos animais é crime.- falou WooHee "ameaçando" de bater nele.

- Minghao!.- falei chamando a atenção dele, pelo fato dele não ter visto o Vernon.

- Ah, ola, eu sou Minghao.- falou Minghao cumprimentando o Vernon

- Ola, prazer, Vernon.- falou Vernon dando um aperto de mão no Minghao.

- Mas pera ae, como vocês dois souberam que eu cortei a minha mão com um espelho?- perguntei 

- KyuHyun.- Falou WooHee 

- E como ele soube disso?- perguntei curiosa novamente

- Eu contei pra ele...- falou Minhee com medo que eu grite com ela.

Eu apenas fiquei olhando para o nada apenas querendo sair desse hospital e ao mesmo tempo querendo aceitar que eu estou aqui, pois com certeza eu tenho um motivo para estar aqui... Talvez seja para começar tudo de novo e tentar me libertar, e eu não posso fazer isso apenas me suicidando ou sendo uma rebelde...

- JEHNNA.- Gritou WooHee me sacundindo.

- ... Sim.- falei um pouco lerda.

- Você ouviu o que nós falamos?- perguntou Minhee

-... não.- falei sem entender nada. 
Depois de um tempo, uma enfermeira do quarto disse:

- Ola, o horário de visita acabou, então eu peço que por favor se retirem do quarto.- falou a enfermeira.

- Tudo bem então.- falou Minghao pegando o casaco dele.

- Nos vemos amanhã Jehnnie.- falou Minhee me abraçando.

- E o KyuHyun vai vim pra cá de madrugada.- Avisou WooHee.

- AH, e avise aquele garoto la.. O Vernon que o horário de visitas acabou.- falou Minghao

- Ok, podem deixar que eu aviso.- falei.

- Tchau Jehnna.- falaram Woohee, Minghao e Minhee ao mesmo tempo.

- Tchau.- Falei.
Me levantei da cama e fui até o banheiro me olhar no espelho e... Que porra, uma espinha na minha testa, tirei a espinha apenas com a unha do dedão, já que a minha outra mão esta enfaixada. Depois que tirei aquela espinha na minha testa, eu senti que tinha alguém no quarto então eu disse:

- Vernon?- falei, eu tenho certeza que é ele que esta no quarto.

- Oi.- falou Vernon aparecendo no meu lado e eu acabei me assustando.

- O horário de visitas acabou.- falei com a cabeça baixa.

- Ta assusta?- perguntou Vernon me olhando.

- To.- falei erguendo a cabeça.

- Desculpa por te assustar.-  Falou Vernon.

- Vernon, é melhor você ir embora, o horário de visitas acabou, e a qualquer mo....- falei levando o Vernon ate a porta até que eu me dei de cara com Hani, LE e Joshua no quarto.- O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO AQUI?- perguntei chocada com que eu vi.

- Nós viemos aqui para te ver.- falou Joshua animado.

- E com esses poderes a gente pode fazer o que quiser.- falou LE deitando na cama.

- SAI DA MINHA CAMA.- falei expulsando LE da minha cama.- Gente, o horário de visitas acabou.- falei

- e...?- Perguntou Hani fazendo cara de "e dai?"

- Por favor, saiam! a enfermeira vai volta pro quarto a qualquer momento e vão pegar vocês aqui.- falei apontando o dedo para a porta.

- Gente, eu acho que tem alguém vindo para cá.- falou Vernon sem reação.

- AI MEU DEUS, ONDE A GENTE VAI SE ESCONDER.- falou Hani desesperada.

- Aish!- falei.- se escondam no banheiro rápido, rápido.- falei empurrando eles até ao banheiro.
Logo depois, me deitei rapidamente na cama e comecei a agir como se nada tivesse acontecido e comecei a ouvir risadas vindas do banheiro.

- ~suspiro~ Idiotas.- falei em coreano.
De repente, a enfermeira entra no quarto.

- Oi mocinha, como você esta?- perguntou a enfermeira.

- Estou bem, obrigada.- falei.
A enfermeira colocou um medidor de pressão no meu braço e começou a medi-lo depois de uns 5 segundos a enfermeira tirou aquele medidor do meu braço e pegou uma seringa e colocou no meu braço, doeu um pouco mas não foi aquela dor exagerada.
Logo depois a enfermeira tirou a seringa do meu braço e disse:

- Irei fazer mais um exame de sangue, dependendo do resultado você pode ter alta.-  Falou a Enfermeira guardando um vidrinho com o meu sangue.- qualquer coisa é só me chamar.- falou a enfermeira.

- Ok, obrigada.- falei.

- de nada, com licença.- falou a enfermeira saindo do quarto.

- Ela já foi?.- perguntou Hani que apareceu do nada no meu lado.

- Já...- falei

- Finalmente enhm.- falou LE saindo do banheiro junto com os meninos.

- Gente por favor, vão embora, o horário de visita acabou.- falei implorando para que eles saiam do meu quarto, pois eu não quero se eles se deem mal por minha culpa.

- Mas antes de nós ir, temos uma coisa pra te mostrar.- falou Joshua.

- O que?- falei

- Nós temos mais de 1 poder... tipo, vários poderes... Menos a Hani que não manifestou mais nenhum.- falou Joshua

- Sim, foi descoberto que o Vernon pode controlar a mente das pessoas, eu posso soltar pedras vulcânicas e o Joshua não reage a impactos, doenças e um monte de coisa, as únicas que não manifestaram mais nenhum poder são você e a Hani.- Explicou LE.

- Ou você manifestou e não falou nada para a gente?- perguntou Vernon.

- Não... não manifestei mais nenhum poder.- falei.

- E eu e o Vernon criamos um laboratório naquele nosso clube e la descobrimos um monte de coisa sobre nossos poderes, e as meninas pesquisaram livros sobre os tipos de poderes.- Falou Joshua.

- E cara, um superpoder que eu queria ter era voar, seria muito legal eu voando por aí.- falou LE alegre.

- Gente, nós temos que ir, amanhã a gente volta.- falou Hani 

- Ok, nós vamos voltar amanha ok?- perguntou LE

- Ok.- falei

- Tchau Jehnna.- falou todo mundo que começaram a dar as mãos uns aos outros, principalmente para a Hani

- Tchau pessoal.- falei. Logo depois todo mundo sumiu.

~11 HORAS DEPOIS~

11 horas se passaram e WooHee voltou a me visitar a 5 horas atrás. E agora eu estou tentando dormir, mas por sorte tinha gibis no quarto onde eu estou e é só lendo alguma coisa que eu posso dormir.
Depois de alguns minutos lendo aquele gibi, eu finalmente fiquei com um pouco de sono, me deitei na cama para ver se eu consigo ter mais sono ainda, quando eu tava quase caindo no sono eu tive uma dor de cabeça bem forte, sei la, parecia que alguém tinha dado uma marretada na minha cabeça, mas ignorei e tentei voltar a cair no sono.
De repente, senti alguém se aproximando de mim, abri lentamente os meus olhos e vi uma sombra de um homem e por conta disso acabei "pulando" de susto, depois que acordei direito eu vi que era o KyuHyun.

- Ola Kyu.- falei me acalmando.

- Ola.- falou KyuHyun rindo.- Esta melhor agora?

- Sim.- falei.

- Que ótimo, eu tenho uma novidade pra você.- falou KyuHyun animado.

- Sério? o que é?- perguntei curiosa.

- O que você acha de você e MinHee visitar seus avós no ano novo?- falou KyuHyun animado.

- Mas...- falei chocada.

- No contrato diz que você não podia morar com os seus avós, mas também não diz que você não pode visita-los.- Falou KyuHyun sorrindo.

-Kyu!- falei abraçando ele, estou tão feliz por isso. Finalmente vou ver os meus avós de novo.

- Agora durma um pouco.- falou KyuHyun depois que sai do abraço dele.

Logo depois me deitei na cama e finalmente consegui cair no sono...

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


espero que vocês tenham gostado do capitulo, eu vou lançar mais uma fanfic e vou escrever o novo capitulo do "Do not give up"

~obrigada por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...