História I'm Here — Imagine ( BaekHyun ) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun
Tags Baekhyun, Exo, Fanfics Baekhyun, Romace
Visualizações 77
Palavras 1.215
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu resolvi fazer um imagine mesmo, senão iria ficar muitas palavras em um só capítulo , bjs

Capítulo 2 - II.


Fanfic / Fanfiction I'm Here — Imagine ( BaekHyun ) - Capítulo 2 - II.

 Acordei com barulhos de vozes masculinas em um quarto branco que definitivamente não era meu, e sim de uma cama de hospital.

— Eu sempre falo pra ela não ir trabalhar quando estiver doente, mas ela não me escuta. — Disse BaekHyun para um médico muito bonito que estava ali.

— Logo ela irá melhorar BaekHyun, ela só está com febre. — Disse o médico que tinha uma prancheta em mãos.

— É que eu me preocupo bastante com ela, sabe. Ela é a minha única pessoa próxima, e também a segunda pessoa que eu amo. — Disse BaekHyun com um olhar triste.

Me sentei naquela cama e estiquei meus braços ainda tentando entender como que o BaekHyun tinha um amigo médico e nunca tinha me contado. Que filho da mãe !

— Olá MinYoung, como se sente ? — Disse o tal médico me olhando com um belo sorriso no rosto.

— Estou bem, Senhor. — Dei uma pausa para olhar seu paletó branco. — Kim JunMyeon. — Disse sorrindo amigável.

— Oh, pode me chamar de SuHo. — Disse o mesmo estendendo as mãos para que nós comprimentassemos, e assim estendi a minha dando um breve aperto de mão em suas mãos brancas e frias.

— Então, eu vou ter que fotografar uma modelo agora, daqui a pouco eu volto, okay Sweet ? — Disse BaekHyun me dando um beijo na testa e indo até a porta do quarto que eu estava.

— Cuide bem da minha MinYoung em ! — Disse BaekHyun se referindo ao SuHo.

— Claro! — Disse SuHo sorrindo e acenando para BaekHyun que já estava saindo.

— Ele realmente gosta muito de você. — Disse o SuHo rindo de BaekHyun.

— Somos melhores amigos... Como vocês se conheceram ? — Disse perguntando para SuHo que havia sentado na poltrona do lado da minha cama.

— Um amigo nosso nos apresentou, não sei se você conhece ele. Ele se chama KyungSoo. — Disse olhando para mim.

— Uma vez o BaekHyun me fez sair com ele, e confesso que fiquei com medo. — Disse rindo.

— KyungSoo é um cara legal, ele só é um pouco tímido, aí acaba dificultando as coisas, mas depois que você o conhece tudo fica mais legal. — Ele riu. — E você? Como conheceu o BaekHyun ?

— Digamos que eu e o BaekHyun fomos saídos do útero de nossas mães no mesmo dia, porém o BaekHyun é três dias mais velho e faz questão de jogar isso na minha cara, nossas mães eram vizinhas e melhores amigas, e aí viramos melhores amigos desde então. — Disse sorrindo.

— " Eram ? " Como assim ? — Perguntou SuHo mais atentamente.

— Minha mãe faleceu ano passado. — Disse me lembrando de minha mãe que sempre que BaekHyun vinha em casa ele fazia questão de chama-la de tia.

— Ah, me desculpe. Causei uma primeira má impressão né ? — Disse o mesmo coçando a nuca meio envergonhado.

— Não, pelo contrário. Você é bem legal. — Disse sorrindo e assim fez o mesmo.

— Sério ? Que bom que achou isso ! — Disse ele sorrindo amigável.

— Sim. — Retribui o sorriso.

— Não que eu queira te expulsar, mas você nao tem outros pacientes para atender não ? — Disse meio envergonhada pela pergunta.

— Na verdade não, hoje o hospital não tem muito movimento, e BaekHyun me fez jurar que cuidaria de você. — Disse ele rindo.

— BaekHyun é muito protetor, ontem ele teve a ideia de fazermos um acordo de apresentarmos amigos para nós dois, já que ele tem medo que alguma vez na vida eu fique sozinha e não tenha ele para cuidar de mim. — Disse rindo.

— E ele já te apresentou alguém ? — Disse ele atento à cada frase dita por mim.

— Não exatamente. Na verdade, ele apresentou você, mas não foi nesse sentido. Então sei lá. — Disse confusa.

— Me sinto honrado. — Disse colocando a mão no peito.

— A gente até poderia se " conhecer melhor " , porém você deve ser comprometido ou algo do tipo. — Sorri de canto.

— Eu comprometido ? Só se for com o meu trabalho. — Disse ele rindo.

— Você só pode estar de brincadeira. — Disse fazendo um " O " com a boca. — Você é muito bonito, como não tem uma namorada ? — Disse chocada.

— Uma vez eu tive uma namora na faculdade, e ela sugeriu que a gente se casasse ou terminasse. E eu terminei por que ela estava antecipando muito as coisas. — Disse ele pensativo.

— Você teve razão em terminar daí. — Disse sorrindo.

— Sim. — Ele disse ainda pensativo.

— Bom, eu estou cansada, então eu vou dormir um pouco. — Disse quebrando o silêncio.

— Então eu vou para a sala de descanso. — Disse ele já se levantando.

— Você pode ficar aqui se quiser, se não eu posso acordar e apertar o botão e você vir aqui correndo achando que é algo sério e tals. — Disse me ajeitando na cama.

— Hm, okay então. — Ele sorriu e se sentou na poltrona.

Acordei com alguém mexendo nos fios que estavam ligadas ao meu braço, e me assustei quando vi que era SuHo tentando trocar o soro.

— Desculpe, eu tentei fazer isso sem te acordar, mas você não parava de se mexer. — Ele riu.

— Ah, de boa. — Ri.

— Sabe, BaekHyun me disse várias coisas sobre você, e eu vi que tudo é verdade. — Disse ele sorrindo.

— O que BaekHyun falou de mim ? — Disse atenta.

— Que você é uma pessoa fácil de se apaixonar. — Disse ele.

— O que quis dizer com isso ? — Perguntei meio envergonhada.

— Você é uma menina diferente das outras, enfim. Tá com fome ? — Ele perguntou se levantando.

— Sim. — Disse sorrindo.

— Vou buscar comida, fique ai e não saia. — Ele se retirou.

Como será que está o BaekHyun agora ? Ele deve estar tendo momentos difíceis sem eu pra ajuda-lo.

BaekHyun ON



— Vamos garota, pegue minhas lentes e minhas câmeras. — Disse para a estagiária.

— Eu tenho nome ta. — Disse ela irritada.

— Dane-se. — Disse já impaciente.

Ai que saudades da Sweet, como sera que ela está ?

MinYoung ON.



SuHo ja tinha entregado a minha comida do hospital, que por sinal era ótima é muito saudável ao mesmo tempo.

— O que é isso ? — Disse me referindo a sacolinha que ele tinha em mãos.

— Coisas que você não pode comer ainda, mas eu vou te dar. Será nosso segredo. — Disse ele sorrindo. — Mas terá uma condição.

— Qual? — Disse atenta.

— Você não poderá contar para o BaekHyun, e teremos que sair amanhã. — Disse ele sorrindo.

— Okay , oppa. — Disse sorrindo.

— Agora sou seu oppa ? — Disse ele sorrindo.

— Sim. — Disse sorrindo mostrando os dentes.

— Enfim, tenho um paciente agora, irei te ver mais tarde. — SuHo saiu.

  Resolvi ligar para BaekHyun, mas ele nao estava me atendendo. Que estranho, ele sempre me atende.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...