História I'm in love with you...but i can't confess |YOONMIN| - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jimin, Jin, Jungkook, Minga, Namjin, Rapmonster, Suga, Taekook, Yoongijimin, Yoonmin
Exibições 100
Palavras 2.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Acabaram as escondidas? |Capítulo 13|


Fanfic / Fanfiction I'm in love with you...but i can't confess |YOONMIN| - Capítulo 13 - Acabaram as escondidas? |Capítulo 13|

Pov Yoongi

No momento em que Tae disse aquilo, apeteceu-me dizer a verdade... Que eu namorava com Park Jimin, e que ele era meu, mas como sempre, algo impediu-me, mas hoje foi Jimin quem me impediu.

- Acho que está no momento da verdade, não é Yoongi? - ele agarrou a minha mão e ficaram todos espantados, inclusive os que já sabiam do namoro. Assenti com a cabeça.

- Eu e Yoongi estamos a namorar. - Hobi cuspiu toda a água que estava na sua boca.

- Amigos, eu ouvi direito? O meu shipp, Yoonmin, é real? - Kook disse com os olhos brilhantes.

- Sim Kookie, o teu shipp é real. - Jimin respondeu, e olhou para mim com um olhar sexy.

- Mas só começaram hoje, ou estavam a namorar escondido? - perguntou Hobie deixando-me espantado por ele saber que aquilo não era de agora.

- Já estamos à mais de uma semana... Desculpem por nós vos termos mentido, mas queríamos ver como corriam as coisas, e até agora tem corrido bem, não é amor? - disse Jimin abraçando-me.

- Sim, eu desde que conheci Jimin que sempre senti algo diferente em relação a ele. E mais tarde eu descobri que amava esta "cenoura" do meu lado. - ele beijou-me e todos bateram palmas.

- Também te amo "alface".

- Okay pombinhos, vamos festejar este namoro que toda a gente queria que acontecesse? - disse Jin, saindo a correr para ir à padaria comprar um bolo.

- Acham que de... - Nam foi interrompido.

- Vai logo trengo! - disse Tae o empurrando até à porta. Ele conseguiu alcançar Jin e ir com ele comprar as coisas para festejar e aposto que iriam demorar um pouco, porque já era de noite.

Fiquei eu, Kook, Tae, Hope, Lily e Jimin, e como sabíamos que eles iam demorar muito decidimos falar sobre alguma coisas... E vocês já devem imaginar o que eles falavam.

- Oh Tae, tu já tiveste relações sexuais com Kook? - perguntou Lily, deixando ambos corados.

- Pronto é para dizer a verdade não é? - todos responderam que sim. - Tae já ficou de pau duro, e eu tive que o masturbar o problema é que depois fui eu, e então, acabamos por transar, e foi bem bom, só que depois eu andei com umas dores no cu... - Kook ia continuar, mas foi interrompido por Suga.

- Okay, já chega Kook, já percebemos que foi maravilhoso, mas não é preciso dares tantos detalhes m... - fui interrompido.

- E onde foi a primeira vez de vocês? - perguntou Jimin, que estava muito interessado no assunto.

- Nós fomos no shopping uma vez, sozinhos, e eu fui convidado para fazer uma dança sexy, e Tae ao ver aquilo, já sabem o que aconteceu... Tive que resolver aquele problema.

Pov Jimin

Suga estava a ficar perturbado com o que Kook estava a dizer. Eu abracei-o e beijei a testa dele, os outros ao verem aquilo pararam de conversar, e viraram as atenções para nós.

- E vocês os dois já fizeram? - perguntou Tae.

- Nós fomos interrompidos por Lily... - ela ficou espantada, com o que Suga disse.

- Eu interrompi-vos?

- Sim, quando vinhas falar comigo e entraste no quarto. - disse Suga, fazendo-me corar violentamente.

- Ui, interrompeste o casal Lily? - Kook começou-se a rir com o que Tae disse.

- Calem-se, e afinal de contas eu e o Suga, queremos que a nossa primeira vez seja especial... Ao contrário de vocês que já fizeram e ainda por cima num shopping. - eu cruzei os braços, e Kook veio para cima de mim para me fazer cócegas.

Continuamos a conversar, mas desta vez de coisas não tão inapropriadas, porque se Jin ou Nam ouvissem esta conversa paravam. Depois de meia hora os nossos "pais" chegaram.

- Desculpem meus amores, mas ficamos indecisos em que champanhe trazer. - disse Nam, fazendo toda a gente rir.

- E bolo também foi difícil de arranjar, porque eu queria de chocolate e tinha de muitos sabores, e eu não conseguia encontrar o chocolate. - Jin coçou a cabeça e toda a gente riu novamente. 

- Só para mim e para Kook ninguém fez isso. - disse Tae fazendo um bico que foi desfeito por Kook.

- Tem calma amor, nós não precisávamos de festejar, estes dois é que são o oposto e nunca ninguém pensaria que eles ficariam juntos. - Kook abraçou Tae, e os dois foram para a mesa.

- Estou a pensar no que Kook disse, e é mesmo verdade! Eu e o Suga somos totalmente diferentes e mesmo assim amamo-nos. - Suga beijou-me e eu corei, por ouvir Nam a bater palmas.

- Como todos dizem "os opostos atraem-se". - disse Jin, olhando para Nam, que logo sorriu e foi para a cozinha, para abrir a champanhe.

- Isso também vai dar coisa... - disse Lily, fazendo Hope cair na gargalhada. Eles os dois eram os únicos solteiros...

"Nam e Jin para mim já são um casal por isso é que eles são só os únicos solteiros."

- Oh vocês os dois. - eles olharam para mim. - Quando é que vão arranjar alguém?

- Eu ando a falar com uma rapariga que se chama Bela, mas ainda não a conheço bem. - disse Hope ficando bem vermelho.

- E não me contas nada? - disse Suga furioso, cruzando os braços.

- Também não me contaste que namoravas o Jimin, por isso também tenho o direito à ter os meus segredos preciosos. - disse Hope dando uma chapada levezinha no braço de Suga.

- E tu Lily? Ainda sem ninguém? - perguntei, porque apesar de tudo ela é uma pessoa carinhosa.

- Eu já namoro há um ano, o nome dele é Brad, ele é alto, e musculado, tem o cabelo preto e os seus olhos são azuis... Ele foi um anjo na minha vida, apesar de ser muito ciumento. Quando me vê a conversar com Kook por telemóvel os ciúmes sobem-lhe à cabeça. - a Lily dizia aquilo com olhar extremamente apaixonado.

- Isso faz-me lembrar um pessoa, que está sentada, neste momento, ao meu lado. - dei uma leve chapada no braço de Suga, porque eu sei que ele se estava a referir a mim.

- Oh meus queridos amigos, vamos para a mesa comer o bolo e beber a champanhe para festejarmos este acontecimento? - disse Jin ficando à nossa espera de braços cruzados.

Nós os três logo nos levantamos e fomos festejar.

Pov Yoongi

Fomos para a mesa, e eu não sou muito de bebidas mas Jimin bebeu muito... Tive que pegar nele ao colo e levei-o até ao nosso quarto.

Chegamos no quarto... 

- Hey Jiminie, importas-te se eu te der um banho? - perguntei, e corei violentamente.

- Claro meu amor, minha vida, minha sanita entupida. - fiquei confuso com o que ele disse, mas levei-o até à casa de banho.

Depis-lhe a camisola, e em seguida, as calças... Eu não conseguia parar de observar os seus abdominais e também no quanto seu membro era grande e...

"Para de pensar coisas porcas Yoongi!"

- Mete-te na banheira amor. - apontei para a banheira que estava cheia de água quente para ele entrar e relaxar.

- Anda comigo. - ele tentou puxar-me, mas não conseguiu.

- Vai, entra lá. - disse o pegando no colo e enfiei-o na banheira.

- És mau Suguinha!

- Eu sei, bate na porta quando já tiveres acabado o banho. E mais uma coisa... Enrola uma toalha antes de saíres da casa de banho. - saí de lá e vesti o meu pijama e comecei a mexer no meu telemóvel.

"Eu pensei que Jimin não bebia, mas afinal estava muito enganado..."

Depois de meia hora ele saiu, e cumpriu tudo o que eu disse.

- Toma o teu pijama, e hoje dormes na tua cama. - disse e atirei-lhe o pijama, e ele fez uma cara feia.

- Porque não posso dormir contigo? - ele vestiu as calças e veio para cima de mim. Eu peguei-o e pus-o na cama dele. Ele adormeceu.

"Um anjo que caiu do céu e que está a dormir agora, à minha frente. Cabelos laranjas que não tinham sido secados logo estavam colados na testa dele, os seu lábios cheios e rosados, que davam vontade de morder e os músculos que ele tinha e que não conseguia parar de o observar."

Vesti-lhe a camisola e tapei-o, e mesmo que eu tivesse pedido a Jimin para dormirmos separados, eu não resisti e deitei-me à sua beira, abraçando-o.

- Eu sou difícil de resistir não é amor? - Jimin riu um pouco.

- Eu não acredito que estavas acordado e que não me disseste nada. - ia levantar-me, mas ele agarrou a minha mão e puxou-me para eu me deitar à beira dele.

- Desculpa, eu queria dormir contigo, mas tu não querias e eu não vi outra forma de tu te deitares à minha beira. - ele fez um biquinho e eu mordi-o beijando-o em seguida. 

Adormecemos os dois abraçados, pois estava um pouco de frio e Jimin começou a tremer e eu fui buscar mais uma manta e tapei-o, mas ele puxou contra si para o abraçar, e eu assim o fiz.

Pov Jimin

Acordei com uma pequena dor de cabeça, e sentia a respiração quente de Suga a bater-me nas costas... Era a melhor sensação de sempre!

Levantei-me com um pouco de dificuldade porque tinha medo de acordar Suga, mas consegui.

"Parece que tomei banho ontem."

Decidi fazer as minhas higienes pessoais e vestir umas calças de ganga, uma t-shirt branca, uma casaco de fato de treino e umas sapatilhas brancas. Saí da casa de banho e vi que Suga estava a espreguiçar-se.

- Bom dia príncipe, e obrigado por me ajudares ontem a tomar banho. - disse corando, porque se calhar ele viu-me nu, mas não sei, nem me apetece saber.

- Oh olá amor e de nada. - ele deu-me um pequeno beijo. - Dói-te muito a cabeça?

- Um pouco, mas é normal, não te preocupes. - fiz-lhe uma carícia nos seus cabelos esverdeados.

"Ele está sempre a cuidar de mim, ele é incrível e é o 'meu príncipe encantado'."

Ele levantou-se e andou até à casa de banho, demorou meia hora a sair, e vestiu uma roupa simples e trouxe-me um comprimido para não me doer tanto a cabeça.

- Hey Jiminie, toma isto, não te vai doer tanto a cabeça se tomares isto. - ele deu-me o comprimido e um copo de água. Eu tomei aquilo e voltei-me a deitar na cama novamente, mas Suga não deixou, porque me começou a empurrar da cama.

- Suga deixa-me dormir...

- Anda meu anjo, temos de comer, para depois sairmos para passear um pouco, deram-nos o dia de folga hoje... Anda lá Jimine! - ele cruzou os braços e ficou bravo.

- Não fiques assim meu amor, eu já me levanto! - eu levantei-me e o beijei, o deixando imóvel, porque ele não esperava por esse beijo.

Saímos de mãos dadas, e agora podíamos andar assim, pois toda a gente sabia. Chegamos à sala e estava lá Nam e Jin a conversarem.

- Bom dia paizinhos. - disse Suga, recebendo um sorriso de ambos, e sentando em seguida.

- Bom dia Omma! Bom dia Appa! - abracei-os e sentei-me ao lado se Suga.

- Então dormiram bem os meus pombinhos apaixonados? - perguntou Jin dando outro sorriso mas este era com mais felicidade.

- Eu dormi, apesar de estar com uma pequena dor de cabeça. - pus a mão em minha cabeça, porque começou a doer um pouco.

- Eu vi que ontem o Suga te carregou até ao vosso quarto, e que aposto que ele te ajudou a tomar banho. - disse Nam, apontando para Suga que ficou corado.

"Eu cada vez acho mais que ele ficou com uma imagem de mim nu, e que cada vez que tocam nesse assunto ele se lembra dessa imagem."

- Sim, eu ajudei-o a despir a roupa, ele fez o resto, porque ele não estava assim tão bêbado. - ele olhou para mim e agarrou a minha mão.

- Vamos chamar os outros para tomar o pequeno almoço, se não nós hoje não aproveitamos o nosso dia de folga. - disse Jin mandando que Nam se levanta-se e fosse chamar os outros, e lá foram eles. 

Eu e Suga ficamos a trocar carinhos no sofá. Eu pus a minha cabeça nas pernas dele, e Suga começou a brincar com os meus fios de cabelo.

- Tu és mesmo perfeito sabes? - eu fiquei corado que nem um pimento.

- Não digas essas coisas, porque eu fico sem jeito. - escondi o meu rosto com as minhas mãos, que logo foram tiradas por ele.

- Não escondas a tua cara vermelha, fica bem fofa! - ele apertou as minhas bochechas.

- Aish! Para Hyung! Tiraste o dia para me dizer coisas fofas é?

- Sim, e eu farei isso até ao fim dos meus dias, amor. - ele beijou-me, e nesse momento alguém tossiu.

- Desculpem interromper o momento, mas todos estão aqui para comer e só faltavam vocês. - disse J-Hope sorrindo por ver que seu melhor amigo estava mais alegre e fluído, desde que namorava comigo.

- Já vamos! - respondemos em conjunto. 

Fomos para a cozinha e hoje o pequeno almoço era panquecas! Eu AMO panquecas de Jin, mas também gosto muito das de Suga. Acabamos de comer, pegamos no que queríamos levar e sai os de casa para irmos dar um passeio que duraria o dia inteiro.

"Estou ansioso para saber o que se irá passar hoje!"

Continua...


Notas Finais


Como vêem os pombinhos estão cada vez mais apaixonados. Lily não era uma má pessoa como Jimin pensava.. Ou será que está a fingir?
Espero que tenham gostado!
Obrigada pelos favoritos!! ❤❤❤

Bye Bye, For Now! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...