História I'm in love with you...but i can't confess |YOONMIN| - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jimin, Jin, Jungkook, Minga, Namjin, Rapmonster, Suga, Taekook, Yoongijimin, Yoonmin
Exibições 71
Palavras 2.173
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Amigo de Jimin? |Capítulo 16|


Fanfic / Fanfiction I'm in love with you...but i can't confess |YOONMIN| - Capítulo 16 - Amigo de Jimin? |Capítulo 16|

Pov Jimin

Suga sentou-se a meu lado, e como ele era o único que não tinha tomado o pequeno almoço, eu fiz-lhe companhia, pois toda a gente estava a ver televisão.

- Hey Jiminie podes me passar a manteiga, se faz favor? - ele pediu de uma forma tão carinhosa e doce... E para completar a cena, deu um sorriso gengival.

- Claro... Toma. - dei-lhe e passei a minha mão pelo seu cabelo.

Suga acabou de tomar o pequeno almoço, e Jin decidiu que hoje iríamos ao shopping.

- A sério Jin? - Suga não gostou da ideia.

- Sim a sério, e se não quiseres eu puxo-te pelo braço até à carrinha! - Suga fez cara feia.

- Anda lá Yoongito! - J-Hope cruzou os braços.

- Anda lá amor. - eu estendi a minha mão.

- Okay... Eu vou. - ele pegou na minha mão.

Saímos de casa e entramos todos felizes para a carrinha e Suga continuava chateado por ir ao shopping.

- Não fiques assim, vai ser divertido! - bati-lhe de leve na perna.

- Okay, eu vou por um sorriso na cara... - ele beijou minha bochecha, e eu corei, pois não estava à espera disso.

Depois de meia hora, chegamos no shopping. Suga teve algumas dores durante o caminho... Ainda bem que ando sempre com os comprimidos dele atrás de mim.

Tae veio ter com Suga a dizer que ele precisava de lhe mostrar uma coisa, enfim, eu não entendi... E lá foram eles os dois, eu fui para a beira de Jin.

Pov Yoongi

Tae tirou-me da beira do Jimin, e espero que seja por uma boa causa. Ele disse o que era quando me começou a puxar, mas eu não entendi nada.

Ia a entrar na loja quando sou puxado novamente, deixando Tae sozinho.

" Hoje toda a gente me ama e me puxa. "

- Olá Suga... - eu reconhecia esta voz era a... Hyuna.

"Não, eu tenho que ir ter com Jimin... Se a Tracy não está com ela, se calhar foi atrás de Jimin."

Eu ia começar a correr, mas sou impedido por Hyuna.

- Onde vais, ainda agora nos encontramos e já te vais embora amor? - ela passou um dedo pelos meus lábios. - Sabes a tamanha saudade que eu tenho de beijar os teus lábios? - ela estava a aproximar-se. - Já que Jimin não está a ver vou aproveitar para voltar a ter o que é que meu... - ela ia-me beijar, mas nós ouvimos um grito... Era Jimin.

Tracy estava a agarrá-lo pelos cabelos e pelo pescoço e estava a obrigá-lo a ver Hyuna a tentar beijar-me.

"Pior cena da minha vida... Eu mato-te Hyuna... "

- J-Jiminie... - eu falei com a voz rouca e ia começar a andar até ele, mas sou novamente parado por Hyuna.

- DEIXA-ME EM PAZ HYUNA! - empurrei-a contra parede. Observei melhor e Tracy estava com uma faca na mão.

Assim que vi a faca corri o mais rápido possível até lá.

"Ver Jimin a chorar desesperadamente daquele jeito fazia com que eu quisesse morre, naquele momento. "

- Suas putas, vocês vão sofrer... - foram as últimas palavras antes de eu tirar a faca a Tracy, prender-lhe os braços e encostar a faca na sua garganta. Ela estava a tremer muito... Medo... Devia de ter pensado nisto antes de fazer.

- Jimin sai. - ele olhou para mim.

- Eu não vou sair daqui... O teu penso... - ele limpou as lágrimas.

- O penso não importa! O que te passou pela cabeça Tracy? - eu libertei-a e larguei a faca.

- Eu... Tu és um veneno para a Hyuna, e queria que sofresses... E porque não tentar tirar-te uma das coisas mais preciosas que tens na tua vida... - ela andou a volta de Jimin e, que ainda estava sentado a recuperar fôlego e depois foi buscar a faca. 

- Ninguém mexe nele, ou vocês as duas podem se considerar mortas... E já agora a Wendy... É a mais adulta de vocês as três, mesmo sendo mais nova, tens uma mente muito melhor. - eu ia para a beira de Jimin mas algo me fez tropeçar.

- Tu... És... Meu... - Hyuna levantou-se e pegou em mim

Eu dei-lhe um soco na barriga e corri até Jimin. 

Hyuna vinha a rastejar até nós mas foi impedida por Tracy.

Tracy levantou-a e elas foram-se embora. Até que enfim!

- Jimin deixa-me ver o teu pescoço. - ele levantou a cabeça e viu-se claramente que ele tinha marcas de mãos nele. Eu passei a minha mão por seu pescoço e ele arrepiou-se todo.

- S-Suga vamos t-ter com os o-outros... - eu ia falar, mas Tae aparece.

- Suga porque fugiste d... - ele parou de falar quando viu o Jimin. - O que se passou? Porque é que ele tem o pescoço com marcas de mãos? Não me digas que foi a... - Jimin interrompeu-o.

- Tracy... Ela também me puxou os cabelos... Mas eu estou...bem. - ele levantou-se sozinho, e quando viu Jin, foi a correr para ele para o abraçar.

"Porque é que ele não me abraçou? "

Levantei-me e fui ter com o resto do grupo, Tae ainda entrou dentro de outra loja. Logo que cheguei encheram-me de perguntas e então eu contei tudo o que tinha acontecido.

Ainda estávamos a andar no shopping, quando um rapaz pára Jimin.

- Olá Jimin, não me estás a reconhecer? - Jimin olhou para ele tristonho, mas logo sorriu.

- Kwan à quanto tempo! - ele abraçou-o.

"Que ciúmes do caralho... É só um amigo... Só um amigo... "

De repente senti uma pinga se sangue cair na minha mão, então sem avisar ninguém fui à casa de banho.

Entrei lá e tirei o penso... Passei água, e pus um novo, porque eu, por precaução, decidi que vou sempre levar sempre um comigo.

Tratei do penso e encostei-me à pia. Por um momento fiquei tonto, mas depois voltou tudo ao normal.

De repente recebi uma mensagem do Jimin...

"O que será que ele quer?"

Mensagens on

Jimin: Onde é que estás Suga?

Suga : Num sítio...

Jimin: Suga diz-me... Por favor, estou preocupado contigo... E o teu penso?!??

Suga: Não te precisas de preocupar. Eu daqui a pouco já vou ter com vocês.

Jimin: Eu não acredito em ti... Aposto que não vais sair do sítio onde estás... Suga diz-me!!!

Suga: Estou numa das casa de banho do shopping... A casa de banho mais perto de ti, ou onde encontraste o Kwan.

Jimin: Foste para a casa de banho para aliviar o ciúmes foi? Que fofinho *.*

Suga: Não, eu fui tratar do penso, só isso. Olha porque é que estamos a falar por mensagem quando eu posso sair da casa de banho e falar contigo pessoalmente?

Jimin: Não sei também... Anda ter comigo, com o Khan e com o resto da banda. Nós estamos na gelataria.

Anda logo, te amo <3

Suga: Okay... Também te amo muito <3

Mensagens off

Agora vou ter que sair da casa de banho...

Cheguei à beira da gelataria que Jimin me tinha indicado e, eu encontrei o Kwan agarrado a Jimin. Que cena linda, maravilhosa, só me apetece dar um murro no Kwan...

Jimin tirou-o da sua beira quando me viu, e correu até mim.

- Suga! Onde é que estiveste? Deixaste toda a gente preocupada. - ele ia por a mão na minha bochecha, mas eu desviei-me e sentei-me à beira de Hope.

- Como eu já te disse, fui mudar o penso. - disse isso, e comecei a falar com Hope, deixando Jimin a olhar para mim surpreso pelas minhas ações.

- Suga não queres nada para comer? - Jimin pôs a sua mão em cima da minha e deu um leve sorriso. Eu tirei a minha. 

- Não quero. Obrigado. - eu ia virar a minha cara, mas Jimin impediu com as suas fofinhas e pequenas mãos. Ele aproximou-se, deixando-me vermelho, e colou os nossos lábios. Deixou todos paralisados com aquilo, eu abaixei a cabeça.

- Eu vou buscar um café. - levantei-me e Jimin veio atrás de mim. Fiz o meu pedido, e nós os dois ficamos à espera do café, em silêncio até que Jimin decide quebrá-lo.

- Suga... Porque foste à casa de banho? - ele olhou intensamente para os meus olhos.

- Como eu já disse, eu fui mudar o penso, mais nada. - eu olhei para ele e virei a cara logo em seguida.

- Achas que eu vou acreditar nisso?

- Acho que devias acreditar Jimin! Quer dizer eu salvei-te e tu nem me abraçaste, mas foste logo ter com Jin que só chegou depois de a Tracy e a Hyuna se irem embora. E agora chega o teu amiguinho Kwan... E aposto que ele tem sentimentos por ti.... - eu disse furioso, deixando Jimin espantado com o meu ataque de ciúmes.

- Em primeiro lugar, não conheces o Kwan por isso não podes dizer que ele gosta de mim e em segundo lugar no momento que Jin apareceu eu não queria olhar para ti, porque Hyuna estava quase a beijar-te e tu nem te desvias-te. - ele fechou os punhos.

"Ui, o menino Jimin está a ficar com raiva de mim é? "

- E tu nem te conseguiste defender, da Tracy... ela é mais forte que tu agora? - uma senhora chegou com o meu café, e eu fui embora deixando o Jimin ali parado com uma cara de cão abandonado. Todos foram ter Jimin, exceto Hope que ficou à minha beira.

- Suga que se passou? - Hobi pôs a sua mão no meu braço.

- O Jimin... Pensa que eu ia deixar a Hyuna me beijar... Ele agora também anda com o Kwan... E depois nem me agradeceu por o salvar da Tracy... Sou sempre eu o mau da história. - depois de dizer isto Jimin, Kwan e os outros vieram ter comigo e com Hope.

- Vamos para casa Suga? - Jin disse e pôs a sua mão no meu ombro.

- Até que enfim... Pensei que nunca mais ia ouvir alguém a dizer isso. - levantei-me e comecei a andar o mais depressa possível para a carrinha. E assim todos entraram e fomos para casa.

Pov Jimin

Chegamos a casa! Suga entrou e foi logo para o quarto.

"Ele não olha para a minha cara... Ele está mesmo chateado comigo? "

-Hey Jin, achas que podemos pôr o nosso plano em prática? - Jin espantou-se.

- Meninos vamos sair outra vez? - todos acharam estranho mas concordaram. - Suga não quer ir, nem Jimin vamos só nós okay, queridos... E já agora Kwan, tu também vens connosco. - Jin puxou-o até à porta.

- Xau Jiminie! - foram as últimas palavras de Kwan antes de Jin fechar a porta.

- Pronto calma Jimin, agora vais ter com Suga e terás o que sempre quiseste... Ou se calhar não? - eu suspirei e entrei no quarto.

- Suga, amor, estamos sozinhos em casa. - eu aproximei-me dele.

- E o que tem? - ele cobriu a cabeça dele, com os lençóis da cama.

- Podemos terminar o que a Lily interrompeu no outro dia... - eu pus-me em cima da barriga dele.

- Não quero. - ele tirou-me de cima dele com muito cuidado.

- Porquê Suga? - eu cruzei os braços e sentei-me na cama.

- Porque n... - beijei-o intensamente, ele espantou-se mas logo cedeu.

Eu sentei-me no colo de Suga, e comecei a rebolar e senti uma mão a apertar minha bunda.

- J-Jimin não vamos fazer isto a-aqui... - ele já dizia com dificuldade.

- Eu não quero saber Suga... - eu ia tirar-lhe a camisola mas ele tirou-me de cima dele, e foi logo  para a casa de banho, e trancou-se.

Comecei a ouvi-lo a gemer o meu nome...

"Porque é que ele não quis que eu fizesse 'esse trabalho'? "

- Jimin... Não devias de ter feito isso... - ele gemia cada vez mais alto, estava a chegar ao orgasmo sozinho... E eu estava ali sentado a ouvir aquilo.

Depois de algum tempo ele saiu, e deitou-se na cama, sem se quer se importar se eu estava ou não ali.

- Suga porque é que não quiseste fazer aquilo comigo? - eu deitei-me em cima de seu peito.

- Eu só não estou nos meus melhores dias, e não me obrigues a fazer coisas que eu não quero. - ele falou com uma frieza inacreditável.

- Okay... Podes pelo menos olhar-me, dizer que me amas, dar-me muito beijinhos e... - ele interrompeu-me

- Okay tem calma... Vamos ver um filme. - ele levantou-se e foi fazer duas sandes e um sumo de laranja, e eu fui escolher o filme.

"Não era este o meu plano, mas é melhor que nada..."

Depois de prepararmos tudo, deitamo-nos na cama, e Suga abraçou-me por trás, fazendo-me carinhos na minha cabeça e dando pequenos beijos nela.

Tirando o que Hyuna e Tracy fizeram, hoje foi gratificante. Agora é só esperar por Jin e os outros... Eles foram à praia, amanhã sou eu e o Suga que vamos. 

Continua... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, e peço imensa desculpa por ontem não ter postado nenhum capítulo é que tenho andado um pouco doente 🙊
Gostaram muito deste capítulo 🌚?

Bye Bye, For Now! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...