História I'm not lonely - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias INX
Personagens Bon Kuk, Ji Nam, Jun Yong, Personagens Originais, Sang Ho, Win
Tags Inx
Visualizações 15
Palavras 1.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Poesias, Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - ✓12


Fanfic / Fanfiction I'm not lonely - Capítulo 12 - ✓12



Ji Nam


Me sento na cama de JunYong e fico esperando o mesmo e com certeza quando chegar no carro, vou bater no BonKuk por ele ter desligado na minha cara, onde já se viu isso!?

Saiu dos meus pensamentos ao ouvir a porta sendo aberta, olho para a mesma e vejo JunYong, ele estava meio envergonhado!? Ele vestia uma blusa branca e por cima, uma blusa xadrez (branca preta e azul), uma calça meio colada azul e meio rasgada no joelho... Ele estava lindo.


*Jun* : Por que está me olhando tanto?

Ele pergunta ainda de cabeça baixa.

*Ji* : Hum? É... Nada, vamos, agorinha a festa começa.

Me levanto da cama.

*Jun* : Hum... É... Okay.

Ele caminha até um espelho e se olha, depois olha para mim.

*Jun* : Vamos?

*Ji* : Claro.


Saímos do quarto do JunYong com cuidado para não chamarmos a atenção de ninguém, fomos até o carro do BonKuk e vejo ele mexendo no celular, abro a porta para JunYong que entra no automóvel e logo abro para mim mesmo e entro no carro.


*Bon* : Finalmente, pensei que ficaria aqui até amanhã.

*Ji* : Para de reclamar e vamos!

*Bon* : Okay.


Ele liga o carro e fomos em direção a festa, as vezes olhava para JunYong que mantinha sua atenção na janela, Será que o que eu fiz foi certo? Sei lá, acho que ele não queria ir para a festa.


*Bon* : Ji Nam, Ji, Nam, Ji Nam!!

*Ji* : Oi? Que? Onde?

Ouço uma risada do banco de trás e sorrio por fazer o JunYong rir.

*Bon* : Olha ali.

Ele aponta para um canto e eu observo com atenção... Era...

*Bon* : O Win tá ali!!! Eu tô bonito?

Caraca, nem deixa eu pensar quem era.

*Bon* : Me responde!!

*Ji* : E...

*Jun* : Você está bonito BonKuk, mas o importante é mostrar seu caráter.

Olho para JunYong e ele sorri para mim, e no mesmo instante sinto minhas bochechas corarem.

*Bon* : Muito obrigado JunYong, viu Ji Nam, tu deveria aprender com ele.

BonKuk sai todo feliz do carro e vai na direção do Win.

*Ji* : Ai meu Deus, bom, então... Vamos?

*Jun* : Sim.


Ele sorriu e eu pego a chave do carro porquê o BonKuk esqueceu, saimos do carro e fomos em direção a festa, quando olho para dentro da mansão... Caralho, que tanto de gente, olho para trás de mim e vejo JunYong todo encolhido atrás de mim, acho que ele nunca foi em uma festa.

A música estava muito alta, pessoas dançavam ao centro da festa, no andar de cima como sempre, havia pessoas se pegando, olhei para o canto da casa e vi muitas cervejas, energético, uísque, ponche e outras coisas que não conseguia identificar, tinha salgadinhos, batatas fritas e outras coisas, olhei novamente para JunYong que olha tudo atentamente.


*Ji* : Vamos então?

Falo gritando para o mesmo ouvir.

*Jun* : É... Eu não sei onde iremos.

*Ji* : Está com fome? Vamos comer.


Nem espero o mesmo responder e pego em sua mão, vou até onde servia tudo e pego algo para comer, JunYong apenas observava mas não pegava nada.


*Ji* : Pega aí, você bebe alguma dessas bebidas?

*Jun* : Eu nunca bebi nada alcoólico antes.

*Ji* : Quer experimentar?

*Jun* : Humm... Acho que sim.


Pego duas latas de cerveja e entrego uma para JunYong, abro a minha e bebi um gole, olho para o menor que fazia uma careta, acho que não gostou.


*Ji* : Vem, vamos dançar!?

*Jun* : Eu não sei dançar, aqui tá muito barulho, vamos para fora por um tempo?

*Ji* : Okay.


Seguro novamente em sua mão e levo o mesmo para de trás da casa, como eu já conhecia cada lugar da casa do Win, iria ser fácil de saber onde era as coisas.

Me sento em uma cadeira quase de frente a piscina e JunYong faz o mesmo, fico bebendo e o menor ficava olhando tudo em volta.


*Ji* : Você não sai muito, não é?

Já estava falando normal já que onde estavamos não tinha tanto barulho.

*Jun* : Minha Omma não deixa muito, ela fala que eu tenho que garantir um futuro primeiro, antes de tudo.

*Ji* : Ela é meio chata em, você precisa curtir mais.

*Jun* : É... Talvez seja bom olhar meu futuro.

*Ji* : JunYong, e se o futuro não chegar? Precisamos viver o hoje, não o amanhã.

*Jun* : E se o futuro chegar?

*Ji* : Você prevê o futuro para saber?

Ficamos calados, bebo mais e JunYong fica me olhando.

*Jun* : Eu não gostei muito disso.

*Ji* : Aos poucos você se acostuma.

*Jun* : Entendi.

Ele bebe mais, mas sempre fazia caretas que me fazia rir.

*Jun* : Isso é muito forte.

Começo a rir.

*Jun* : Não ria.

Ele faz um bico e eu paro, olho para seus lábios e vi que os mesmos estavam completamente vermelhos.

*Jun* : O que está olhando?

Desvio meu olhar para outro lugar.

*Ji* : Nada.

*Jun* : Ah...


E assim ficamos em silêncio, eu tomando cerveja enquanto JunYong observava tanto o céu quanto a piscina.


*??* : Olha nosso casal favorito.

Olho para trás e vejo Win seguido pelo BonKuk, JunYong ao mesmo instante corou me fazendo rir.

*Bon* : Pensei que vocês estariam lá dentro dançando.

*Ji* : O ar aqui está melhor.

*Jun* : Lá está muito abafado.

*Win* : Entendi, querem nem dançar um pouquinho?

*Ji* : Estou de boas.

*Win* : Não querem comer nada?

*Jun* : Eu quero.

*Win* : Vamos.


Ele vai até JunYong e puxa seu braço para dentro da festa, eu olhava de longe até ver os dois sumindo na multidão.


*Bon* : Você gosta dele, né?

*Ji* : Quem?

*Bon* : Do JunYong, fico surpreso de vocês não estarem transando, você é meio rápido quando você gosta de alguém.

*Ji* : Tu bebeu demais.

*Bon* : Eu te conheço.

*Ji* : JunYong é muito inocente, não quero tirar isso dele.

*Bon* : Sabia que tinha algo aí!

*Ji* : Okay, parou!

*Bon* : Sabia que deveria tentar se aproximar mais dele.

*Ji* : Somos amigos.

*Bon* : Já beijou ele?

*Ji* : Tu virou do FBI agora?

*Bon* : Fala logo.

*Ji* : Sim.

*Bon* : Eu sabia...

*Ji* : Então por quê pergunta?

*Bon* : Deixa eu falar!? Então, fica só nos beijos e na hora que aumentar o clima, pah.

*Ji* : Acho melhor tu procurar um psicólogo, sério.

*Bon* : Pense no que eu te falei.


Suspiro e BonKuk se levanta da cadeira indo para dentro da festa, abaixo minha cabeça e fico pensando no que BonKuk falou... Não é uma má ideia, mas... Sei lá, tenho medo de machucar JunYong...


*??* : Pois é, está ótima a comida...

Levanto a cabeça e vejo JunYong se aproximando ao lado do Win.

*Win* : Cadê o BonKuk?

*Ji* : Ele saiu agorinha.

*Win* : Vou matar ele.

Win sai todo estressado enquanto JunYong se senta ao meu lado todo sorridente.

*Ji* : Esse sorriso todo é por quê você comeu algo?

*Jun* : Sim, quer?

Vejo que em suas mãos há uma caixinha cheia de batatas.

*Ji* : Sim.

Pego uma batata e começo a comer-lá.

*Ji* : É, realmente está boa.

Pego mais algumas.

*Jun* : Eu disse.

Ele fala todo sorridente.

*Ji* : É... 

*??* : Seu idiota, por que tu sumiu?

Era Win quase matando BonKuk.

*Bon* : Eu não sumi, só estava procurando algo para beber.

*Win* : Duvido.

*Jun* : Bom... Win... Onde fica o banheiro?

*Win* : Ji Nam, mostra o banheiro para ele, não quero que ele veja eu matando o BonKuk.

JunYong arregala os olhos e eu riu.

*Ji* : Ele está brincando, vamos!


Seguro em sua mão para que o mesmo não se perca e adentramos a festa novamente, subimos os degraus e fomos até um banheiro, JunYong entra e eu fico na porta, esperando o mesmo, desço as escadas rapidamente para poder pegar outra cerveja e logo subo e por sorte, JunYong não havia saído, fico ali esperando, bebendo até ouvir a porta sendo destrancada, ela é aberta e vejo JunYong lavando as mãos, meus olhos caíram para suas coxas e logo para sua bunda... Talvez o álcool já estava domindo minha mente... Mas, eu não posso fazer isso com o JunYong... Mas e um beijo? Não seria nada demais.

Me aproximo por trás do mesmo, e na hora que eu me encontrava atrás dele, ele se vira de uma vez, fazendo nossos lábios se tocarem, ele se afasta de uma vez.


*Jun* : Me d-desculpa...


Interrompo o mesmo com um beijo, puxo sua cintura para mais perto, peço passagem com a língua e assim começamos um beijo bem calmo, as mãos do JunYong iam para meu ombro, mesmo com o gosto de cerveja que havia em minha boca, parecia que o mesmo não se importava, o beijo começou a ficar mais quente, passo minhas mãos em suas coxas e as aperto...







_Continua?_









Notas Finais


Roupa do JunYong e do Win : http://weheartit.com/entry/289850576


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...