História I'm Not Okay- "Tudo pode dar certo,e dar errado também." - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Veil Brides (BVB), My Chemical Romance, Pierce The Veil, Sleeping With Sirens
Personagens Andrew "Andy" Biersack, Ashley Purdy, Bob Bryar, Christian "CC" Coma, Frank Iero, Gabe Berham, Gerard Way, Jack Fowler, Jacob "Jake" Pitts, Jaime Preciado, Jeremy "Jinxx" Ferguson, Jesse Lawson, Justin Hills, Kellin Quinn, Mike Fuentes, Mikey Way, Personagens Originais, Ray Toro, Tony Perry, Vic Fuentes
Tags Andy Biersack, Breeane Hills, Breerard, Denis Shaforostov, Kellin Quinn, Vic Fuentes
Exibições 14
Palavras 1.182
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Volteeeii
Então gente,os paranauê tão se desenrolando uhuuul
~Dancinha escrota feliz~

Capítulo 16 - Aceita?


Narradora.

Ele estava ali,olhando para a garota ruiva desacordada no chão.
Ele estava sorrindo como um louco,estava pensando no quão preocupados todos ficariam com ela,que estava sangrando pela coronhada que havia recebido.
Ele então foi caminhando calmamente,abrindo todos os chuveiros fazendo que o vapor aumentasse.
Foi até a porta e trancou a mesma,passando uma barra de ferro que carregava com sigo,no lugar aonde se abria a porta,para que ninguém conseguisse abrir.
Rindo,o homem foi até o corpo desacordado de Breeane, pegou uma toalha branca que estava pendurada e jogou em cima da garota.

-Ah,Daniels Hills... Você é tão nova,não merece passar por isso,mas infelizmente por culpa do seu pai,você vai sofrer muito em minhas mãos.-Falou e ajeitou a toalha na garota,a toalha antes branca,estava ficando vermelha em pouco tempo.

-Tente não morrer,eu ainda tenho muitos planos para você, Breeane.
O homem disse e foi até o canto do vestiário,com facilidade ele pulou uma janela e saiu correndo até seu carro...
Um Toyota preto...

Do lado de fora do vestiário, todos estavam ficando loucos,a aula já havia acabado a muito tempo,e Breeane não havia saído de lá de dentro.
O professor de educação física, desesperado,pediu para que os amigos de Breeane, que estavam igualmente desesperados tentassem falar com ela,o professor então foi correndo até A sala dos professores na esperança de encontrar alguém, e encontrou.

-Gerard!-Ele falou meio alto.

-O que foi?

-Preciso da sua ajuda,para arrombar a porta de um dos vestiários.-Falou meio rápido, já puxando Gerard pelo braço.

-O que?!Por que?!

-Há uma aluna presa lá dentro,as portas estão trancadas por dentro não sei como,nós tentamos falar com ela,mas ela não responde,e há água já saíndo de lá de dentro!-falou apavorado.

-M-Mas qual aluna,já sabem?-Gerard perguntou já mais preocupado.

-Pelo o que me disseram,Breeane Daniels Hills, do segundo ano.

O coração de Gerard acelerou,e ele entrou em pânico.

-Meu deus,vamos logo!-Falou e saiu correndo até a quadra,em pouco tempo já estava de frente para Frank, Johnnie, Luke, Etan e Amber, que estava chorando.

-Conseguiram falar com ela?!-Perguntou já tentando abrir a porta.

-Nós tentamos,mas ela não Responde!!-Frank falou passando as mãos no cabelo.

-O que está acontecendo?!-Fred surge ao lado do professor de educação física que chegou com uma barra de ferro.

-Nós temos que abrir isso...-Gerard falou,ignorando totalmente a pergunta que o professor de história havia feito. Sem pensar duas vezes pegou a barra de ferro da mão do outro professor e começou a bater com força nas dobradiças da porta. Ele estava um misto de emoções,estava com raiva,Ódio, medo... Principalmente medo,medo de que talvez,fosse perder a garota que estava dentro daquele vestiário.

-Tá quase!!-Johnnie exclamou,e então, depois de um chute,a porta cedeu,não por completo,mas Gerard conseguiu entrar correndo,não conseguia ver muita coisa por causa do vapor,mas o que viu,fez seu coração falhar uma batida.
Ela estava caída, desacordada,e sangrando, no chão. Só deu tempo de gritar um "Chamem uma ambulância!".
Ele se jogou de joelhos no chão e tomou o corpo de Breeane nos braços, ficou assustado ao ver ela assim,e ficou assustado por estar chorando. Gerard nunca foi de chorar,ele poderia contar nos dedos quantas vezes já chorou.

-Meu deus!!-Frank botou a mão na frente da boca e arregalou os olhos,e uma lágrima escapou dos mesmos.

-D-Deve ter caído e desmaiado com o impacto...

-Não... Não estaria sangrando assim.-Gerard disse e se lavantou com ela em seus braços, não se importou de como estava vestida,ele estava em choque,puxou aquela toalha molhada e com sangue e a cobriu com outra toalha.

-A ambulância está a caminho!-informou Fred assustado,foi até Breeane e passou seus dedos em sua bochecha.

-O que aconteceu com você minha Pequena...-Ouviu se o soluço de Frank, que estava incrivelmente branco e chorava muito olhando para ela,foi inevitável não lembrar de quando ela quase morreu,Frank havia se apegado de mais a ela,e imaginou,mesmo que não fosse o que ele queria,a imagem dela em um caixão,era a segunda vez que se passava essa imagem em sua cabeça.
Todos sabiam que ela estava somente desmaiada,porém estava perdendo muito sangue. E não era normal.

P.O.V. FRANK

-Frank, acalme-se.-Fred estava falando isso a mais de duas horas.

-Me acalmar?!?Me acalmar?!? A minha amiga tá nessa porra de hospital e eu não tenho notícias dela a mais de duas horas, não peça para que eu me acalme, será em vão.-falei me levantando da cadeira da sala de espera do hospital.

- Tá bom... Não precisa se estressar amor...

-O que?!-me virei para ele.

-O-O que,o que?

- Você me chamou de... Ah deixa pra lá. Saco.-Disse e me joguei na cadeira ao seu lado

-Sabe,eu acho estranho ele estar tão abatido por causa dela.

-Hm?

-Gerard, olha pra ele,parece que vai morrer se ninguém aparecer para dar notícias sobre ela.- Olhei para ele e realmente ele parecia muito mal.

-Ele parece mal...

-Sim.

Um momento depois,um homem de jaleco branco aparentando ter meia idade entrou na sala,todos nós (Eu, Fred, Luke, Johnnie, Etan e Gerard.) Nos levantamos na esperança de ter notícias de Breeane.

-Parentes de Breeane Daniels Hills?- Graças a Zeus!!

-Sim!- Fred disse.- Como ela está?

-Bom,tirando o machucado da cabeça ela está bem,perdeu uma quantidade considerável de sangue,mas agora está bem.-Falou e eu suspirei aliviado.

-A gente pode vê-la?-Perguntei.

-Sim,mas apenas um,caso ela acordar e ver o quarto cheio pode até se assustar.-Todos nós nos entre olhamos, até eu ir perto de Gerard,ficando na sua frente.

-Vai.- Falei.

-Tem certeza?

- Tenho sim. Vai logo.-Falei e dei um meio sorriso,ele sorriu e bagunçou minimamente meu cabelo.

P.O.V. GERARD

Segui o médico até o quarto em que Breeane estava,eu me sentia estranho (Não que eu não seja.)
Ela me deixava estranho,eu não consigo explicar,eu nunca me sentia assim ... Vejo que vou me foder legal.

- Daqui a pouco eu volto,para ver se ela está bem,qualquer coisa me chame.- O doutor falou e eu assenti,ele saiu do quarto e me deixou sozinho com ela.
Olhei para Breeane, que estava com o lado esquerdo da cabeça enfaixado e com um pequeno curativo acima da sobrancelha. Ela estava com os olhos fechados.
Me sentei em uma poltrona ao lado da cama do hospital, respirei fundo e peguei em sua mão.

- Você me deu um susto pequena.

-Desculpa.-Ergui meu olhar e vi que ela estava com os olhos abertos. Sorri.

- Você está bem?- Perguntei me aproximando dela.

- Agora estou.- Sorriu fraco.

- O que aconteceu?

- Eu não me lembro bem,eu estava de baixo do chuveiro e senti como se tivesse alguém atras de mim,eu ia me virar mais minha cabeça doeu e eu caí.- Disse botando a mão no curativo na cabeça.

- Me deixou preocupado.

- Juro que não foi minha intenção...-Ficamos nos encarando,mas caímos na gargalhada logo depois.

-Ai,minha cabeça.-disse rindo.

-Eu ainda não acredito que quebrei aquela porta.

-Que porta?

-Do vestiário,estava trancada.

-Eu não tranquei... Sei lá... Você quebrou mesmo?!

-Quebrei um pouco da dobradiça,e chutei daí quebrou.

-Tudo isso por mim? Cara,obrigada.- Rimos.-Não, é sério,nem sei como te agradecer.

-Eu sei.- olhei para ela.

-Hm,o que é?- É agora

-Aceita sair comigo?

-...


Continua...

   


Notas Finais


DESVIA DAS PEDRA CUZAUN!!
POSTEI E TO VAZANDO,FALOU PRO CEIS SUAS PFTS
ALGUM ERRO FOI MAL,FLW!!
(^^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...