História I'm Ready ( Namjoon Fanfiction ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster
Exibições 28
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Touch On My


Ouvi a porta batendo e dei de cara com ele Kim Namjoon, meu tio, não de primeiro grau, meu pai contou a historia de que meu avô adotou ele depois que seus pais morreram num acidente. Não vejo a 10 anos ele era bonito, alto e tinha um sorriso de quebrar estruturas, eu tava molhada só de ver ele apertando a mão do meu pai, Kim Taehyung, e cumprimentando minha mãe Hani, brasileira. Então sou descendente, tenho curvas diferentes das coreanas e isso me deixa triste, queria ser fina e não ter bundão e nem peitos grandes.
Tremi quando ele apertou minha mão e me beijou no rosto. 
Namjoon POV.:
Assim que vi S/N me espantei, ela tinha se tornado uma linda mulher, cabelos longos pretos e curvas de deixar de pau duro qualquer cara, mais conheço os caras da Coréia então sei que eles não iam achar o mesmo que eu. Eu amo as brasileiras, já transei com uma e foi o melhor foda da minha vida. Sei que é errado imaginar incesto, deus tenha piedade da minha alma.
S/N não tinha traços asiáticos e isso fazia o meu interesse aumentar ainda mais. 
S/N POV.:
Estava usando uma camiseta larga do meu papai e um shorts azul curto. Papai odiava minhas roupas porque nas férias eu ia pra Brasil, fazer compras e ir à alguns shows com minha mãe, mesmo amando a cultura coreana eu era 99% brasileira ainda. 
- Pode passar o tempo necessário. Mamãe falou pra Namjoon que retribuiu agradecendo. 
Subi pro meu quarto e tomei um banho pro jantar. Usei uma saia e uma blusa xadrez vermelha. 
Desci as escadas e sentei na mesa, Namjoon já estava lá vestindo shorts jeans e camisa de botões. Oh deus ele era tão sexy. 
Sentei na mesa tentando evitar de encará-lo e cutuquei qualquer coisa no celular. 
- Que cheiro bom. O que eu vou comer hoje? Namjoon interrompeu o silêncio. 
Eu por favor. Respondi em pensamento. 
- Surpresa. Mamãe falou pondo a panela na mesa e meu prato com peixe e ovos. 
- Parece delicioso.
Mamãe tossiu. - Filha! Sem celular na mesa. Mamãe odiava isso mais ja era mania. Levantei rápido e vi Namjoon olhando pra minhas coxas. Pus o celular no bolso e sentei rápido. 
- Já conheceu nossa filha?
Corei. 
Papai perguntou acenando com o dedo pra mim. Continuava com a cabeça baixa olhando o peixe e pegando um garfo. 
- Sim. Namjoon respondeu me olhando. Bebi um pouco de suco no canudo e engoli seco. 
- Ela era uma bebezinha quando a vi pela primeira vez. 
Odiava quando alguém falava desse jeito. 
- Odeio quando falam desse jeito. Falei encarando o peixe. 
- Desculpe. Namjoon respondeu sério. 
- Aconteceu alguma coisa filha ?
- Só odeio peixe. 
- Desculpe eu tinha esquecido. Mamãe falou se desculpando. Amanhã vou ao supermercado e seu pai vai ter hora extra. Queria ir busca você na escola. 
- Eu posso ir sem problemas. Namjoon falou me olhando. 
- Isso seria maravilhoso, Obrigada Namjoon. Mamãe respondeu sorrindo.
- Posso subir estou sem fome. 
- Claro filha, mas não vai esperar a sobremesa? 
- Não. Obrigada mamãe. 
Todos olhavam pra mim que subi as escadas como um furacão. 
Porque Namjoon me deixava desse jeito? 
Sua boca, como queria beijar. Mesmo sabendo que era errado eu o queria. Deitei na cama e imaginei sua boca percorrendo meu corpo. Ouvi alguém bater na porta. 
- Entra. Imaginei ser mamãe. 
Era Namjoon segurando uma taça de sorvete. 
Merda! 
Levantei rápido da cama e fiquei de pé. 
- Sua mãe pediu pra trazer isso. 
- Obrigada. Peguei a taça de sua mão e dei uma colherada. 
Ele se sentou na minha cama. 
- Aconteceu alguma coisa? 
Perguntou. 
- Acho que minha vida pessoal não o diz respeito. 
- Desculpe, só queria ajudar. 
Fui até a mesinha e dei mais uma colherada de sorvete. 
- Você era uma mocinha e agora...Cresceu tão rápido. 
Ai deus! 
Revirei os olhos. 
- Eu já disse obrigada pode sair. 
- Tudo bem... Namjoon se levantou e foi em direção da porta. 
- Espera! Falei. 
Eu me odeio. 
Fui em sua direção e o beijei. Forte e intenso. Minha mão na sua nuca. Peguei suas mãos e coloquei na minha bunda. Ele retribuiu apertando me deixando molhada. Namjoon beijava meu pescoço. Ele saiu do beijo e me pós em frente a cama com as mãos sobre ela me deixando exposta a ele. Fiquei naquela posição com ele subindo minha saia vendo minha calcinha azul de renda. Porra como eu o queria, dentro de mim AGORA. 
 Senti seu pau  no meio das minhas pernas. Passando de leve por cima do shorts e da minha calcinha que estava enxarcada. Ele apertava minha bunda dando tapas. 
- Ah! Gemi baixinho. 
Ouvi um zíper abrindo e me levantei empurrando na cama. Abri sua camisa e percorri sua barriga dando beijos até apalpar seu volume. Eu amava aquilo. 
Ele gemendo enquanto mantinha os olhos fechados. Que visão maravilhosa. Tirei seu pau de fora da calça e dei uma volta na ponta com a língua. 
- Oh... Isso baby...
Queria chupa-lo mas não podia. Mesmo estando com um lago na calcinha não estava preparada agora. 
Me levantei e desci a saia. 
- Pode sair. 
- WTF ? O QUÊ? NÃO, NÃO POR FAVOR! 
- Sai! Apontei pra porta. Ele fechou o zíper e saiu. Bati a porta e me deitei na cama. Abaixei de novo a saia e enfiei meus dois dedos na minha intimidade... 
Continuei os movimentos rápidos .
- Aahh que gostoso... Ooh...
Cheguei ao épice num orgasmo frenético. 
Eu estava acabada, cansava muito rápido. Eu e minha asma de primeiro grau. 
Fui ao banheiro e tomei um banho demorado. Deitei na cama e peguei num sono pesado. 
Namjoon POV.:
Droga, eu estava de pau duro, só queria comer a S/N de quatro... Porra, porque ela fez isso? Sei que queria porque quando sai ela se tocou, pensando em mim. Como era bom saber e ver isso através da fechadura. Olhei pra trás e não vi ninguém. Abri novamente o zíper e comecei a masturbação ali mesmo. Caralho que tesão. Gozei na mesma hora que ela parou. Nos tínhamos sincronia. Sujei toda a porta. Tirei a camisa e limpei. Desci as escadas quase caindo com as pernas bambas. 

 

 


Notas Finais


esse é meu primeiro smut, peguem leve por favor, sorry pelos erros, meu teclado é uma bosta, fiz hot no primeiro cap. sou muito piranha sim, quer ver coisa fofa assiste ursinhos carinhosos ... bjs de língua amores ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...