História I'm with you - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Another
Personagens Kouichi Sakakibara, Mei Misaki, Personagens Originais
Tags O Início
Exibições 64
Palavras 671
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo pequeno somente para não deixar de atualizar, aqui em casa está muito corrido, provas, trabalhos,vestibulares, ENEM, enfim, terceiro ano não é brincadeira kkkk...
OBS: Gente estou me surpreendendo com vcs <3 muito obrigada pelo apoio #titia_ama_vocês <3, por favor, não deixem de comentar, isto incentiva muito nós, autores, a escrever e agradar vocês, se estiverem achando chato, monótomo ou exagerado, podem me falar, aceito críticas com todo amor e respeito por suas opiniões <3
OBRIGADA MEUS AMORES <3

Capítulo 3 - Revelations


 

- Sakakibara-Kun, -ele se vira para Mei e a olha - o que você queria conversar comigo?

Sakakibara

Minhas mãos tremem, sinto meu corpo arrepiar, o medo me percorre, "Meu deus, o que direi a ela?" é somente o que penso e em fração de segundos consigo finalmente dizer algo:

- O-o que?- Digo fingindo não saber de nada e instantaneamente lembro do meu sonho e coro.

- O que você disse que queria conversar comigo? Lembra? Você me mandou uma mensagem na qual dizia que precisava falar comigo e era "urgente". 

- Aaaaaah! - Minto - Bom, é que eu  quero comprar um hamster e queria sua ajuda para escolher um, e colocar um nome nele também, estou totalmente sem idéias para algo assim, (risos) - Minto todo atrapalhado tentando manter a calma e não deixar brecha alguma de que estou mentindo.

- Sakakibara-Kun? Você está realmente bem? - Mei diz isto olhando no fundo dos meus olhos- Isto não se parece com seu comportamento... E, há alguns dias atrás você disse que tinha pânico de roedores...

- Ah, não, não - eu a interrompo procurando argumentos - eu amo hamsters, mas tenho pavor de ratos...

- Bom, se você diz...

Ufa... Escapei do interrogatório ileso, se bem que acho que Mei não levou muito a sério o que eu disse... 

(...)

Logo após almoçarmos, para alimentar minha mentira, chamo Misaki para irmos à um PetShop para comprar o tal Hamster, depois de andar em várias lojas finalmente acho um que era como eu imaginei, se parecia com o Hantaro, e como eu amava Hantaro, decidi colocar este nome no roedor... 

Voltando para minha casa, começa uma chuva intensa, muito forte, eu e Mei chegamos em minha casa totalmente molhados.

- Misaki? Quer tomar um bano,, logo logo a chuva passa e você poderá ir, tem umas roupas antigas da minha tia por aqui posso procurá-las para você, não é saudável você ficar assim toda molhada... 

- Ai Kouichi, muito obrigada, era justamente o que eu precisava!

Entrego uma toalha a ela e a acompanho até meu quarto, por ser uma suíte imaginei que seria mais confortável para ela.

-Mei, aqui é o banheiro, pode ficar à vontade, vou buscar as roupas e as colocarei na cama. Tudo bem?

- Sim Sakaki, ok.

Busco as roupas e decido fazer uma sopa, coloco as verduras para cozinhar e levo as roupas até o quarto. Quando abro a porta me deparo com o lindo corpo nu de Mei, ela está se secando, e então me desespero e coro instantaneamente.

- Céus, me perdoe Mei, eu devia ter batido antes... Que vergonha, desculpa...

- Tudo bem Sakaki... - Ela diz meio sem graça-  Calma (risos)

Saio mais rápido que um jato e lembro-me do sonho, que maldito e lindo sonho... "Droga Kouichi, pare de ver Mei desta forma, olhe só para ela, tão inocente, pura e você aí... Pervertido", penso.

Volto para a cozinha e termino de preparar a sopa. Nós comemos e vejo que Mei não está bem, coloco minha mão em sua testa e, droga, Mei está com febre... Pego umas aspirinas e quase a forço a tomar, logo Mei acaba pegando no sono, não demora muito até que sua mãe ligue, eu explico toda a situação e digo que não há como Mei ir embora, sua mãe diz que não tem problema e me agradece por estar cuidando de sua filha.

Cuidadosamente carrego Mei até o meu quarto e a deito na cama, a cubro com alguns cobertores e fecho todo o quarto para que fique confortável, saio do quarto e quando me dou conta, já são quase 08:00 p.m., vou para o banheiro fora do meu quarto, tomo um banho, organizo a cozinha e passo no quarto para ver como Mei está, ela parece um anjo dormindo, tão linda, tão pacata... Minha doce Mei...

Após ficar babando por alguns minutos, vou ao quarto de visitas e durmo por lá mesmo, não demora muito até que eu apague de vez.


Notas Finais


Meio chato né? Prometo postar o próximo o mais rápido possível. Juro. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...