História I'm your Daddy now - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Hyung Won, Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Jimin!top, Jungkookbottom!, Tentativadecomédia
Visualizações 87
Palavras 1.559
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sim, é o primeiro cap e já vai ter briga, SORRYY
Ah gente, o nome do Jimin vai continuar sendo PARK JIMIN, e a do Jungkook sendo JEON JUNGKOOK ok



HW- HyungWon

Capítulo 1 - Você será o passivo


SEXTA-FEIRA

>JIMINIE<

No exato momento que eu acordei, eu estava indo de encontro com o chão do meu quarto. Maldito Jeon. Em movimentos rápidos, consegui equilíbrio e cai em pé, aqui é 007 rapa, ele não tem nada a ver com isso mas tudo bem.

Olhei para cama e lá estava ele, parecendo uma estrela do mar, com a boca aberta, e saliva descia pela mesma. Fiz uma cara de nojo, mas até que ele tava fofinho, dava 'pra ver os seus dentinhos de coelho.

Cheguei bem perto de seu ouvido e o acordei carinhosamente

- ÔÔÔÔÔÔÔÔ JÃOOO BISCOITOOO!!

JK- EITAA PORRAA!!! ~ Jungkook deu um pulo e caiu da cama ~ A-ahh ~ Escutei seu gemido de dor, não fique excitado PARK JIMIN!!

- Vingança ~ Cruzei os braços, dando uma gargalhada diabólica

JK- O que eu te fiz cara? ~ Jungkook choramingou enquanto se levantava, passando a mão na cabeça ~ Bom dia 'pra você também ~ Emburrou a cara. Foi em direção ao banheiro com um enorme bico nos lábios. Quem quer que o visse, não diria que ele é um completo pervertido

- Amorzinhooo ~ Falei manhoso

JK- Que foi desgraça

- Desculpa ~ Fiz uma cara pidona

JK- Não ~ Começou a se despir e eu fiz o mesmo. Quando ele se despiu por completo, sem querer bateu no shampoo que fica em cima da pia. Ele se abaixou, empinando a bunda na minha direção, pude ver a sua entrada rosinha e 'definida'. Arfei um pouco alto de mais, pois ele se virou e me olhou com cara de duvida. Corou violentamente quando percebeu a posição que estava, entrou no box rapidamente. Escutei o barulho da água batendo contra o chão. Dei uma risada soprada e entrei no box também, fechando-o logo em seguida

Coloquei minha mão ao lado de sua cabeça, já a outra foi para o seu quadril, fazendo-o suspirar. Senti sua mão gelada tocar a minha. Comecei a beijar sua nuca, depois dei uma mordida na sua clavícula. Jungkook colocou sua mão na minha cabeça, em sinal de que estava gostando. Comecei a alisar sua bunda, até chegar na sua entrada.

JK- J-Jiminie n-não ~ Percebi o nervosismo em sua voz.

- Esta tudo bem ~ Colei meus lábios na sua orelha, comecei a arfar pensando no quão ele seria apertadinho. Quando ia adentra-lo com meu dedo, a porta do banheiro foi aberta

HW- Appa? Omma? ~ Escutamos a voz fininha e doce de nosso filho. Jungkook me empurrou levemente e foi até a porta do box, abrindo-a um pouco, para HyungWon ver apenas seu rosto

JK- Oi meu bebê? Aconteceu algo?

HW- Eu 'tô com fome

JK- Espere mais um pouco, daqui a pouco o papai vai fazer seu café da manhã ~ Fez enfase no papai

HW- 'Ta bom ~ Escutei a porta do banheiro ser fechada. Jungkook olhou para mim e fechou a porta do box. Deu um sorriso perverso e me prensou na parede

JK- Você agora você vai aprender quem é o Daddy, Baby (A: Não se preocupem, eu falei que não vai ter lemon) 

 

//\\//\\//\\//\\//\\//\\/\\ 

 

Coloquei o café da manhã na mesa

HW- PANQUECASSSS ~ Won atacou a comida com os olhos arregalados, me assustando. Também né, faz muito tempo que eu não faço panquecas. Acordei dos meus pensamentos com um puta tapa na minha bunda

- Ei doido!

JK- Que foi? ~ Jungkook perguntou gargalhando. Fiz um sinal com a cabeça, mostrando que Won estava ali, bem na nossa frente ~ Besteira, um dia ele será como o papai aqui, não é Won? ~ Colocou suas mãos nas costa do nosso filho, este que fez um " humm?" ~ Você será pega- ~ Interrompo a conversa com um grande tapa na mesa, claro que com uma força moderada, senão eu teria partido a mesa no meio. Won e Jungkook me olharam assustados. Olhei para Won com um sorriso doce, já para Jungkook um olhar nada bom, percebi isso quando vi seu rosto ficando pálido a cada segundo.

- O que ia dizer Jungkook? ~ Falei com os olhos quase pegando fogo

JK- N-N-N-N-Nada ~ Colocou suas mãos em baixo da mesa, e olhou para as próprias coxas. Ficamos me um silêncio confortável, escutava-se apenas Won mastigando

- Mastigue direito filho ~ levei um guardanapo até o canto de sua boca, limpando-a

JK- EITA SENHOR, tô atrasado! ~ Se levantou da cadeira rapidamente olhando o relógio ~ Já vou ~ Deu um beijo na testa de Won, depois deu um selinho na minha boca ~ Até mais tarde ~ Saiu apressado da cozinha.

Eu as vezes tinha muita pena de Jungkook. Ele dava tão duro no trabalho, só para ver eu e Won felizes e saudáveis. Ele sempre chega cansado do trabalho, e toda vez bem tarde. Mesmo quando ele está mal ou muito cansado da noite de trabalho em seu escritório, ele insiste em ir. E o pior, muitas pessoas da empresa que ele trabalha são homofóbicas. Quase todos não gostam dele, acho que ele tem no máximo quatro amigos.

Me lembro que até brigamos por causa disso

FLASH BACK ON

-VOCÊ SÓ FICA NA MERDA DESSE ESCRITÓRIO!!

JK- MAS VOCÊ SABE PORQUE!! Eu só quero o seu bem-estar ~ Falou tentando pegar no meu pulso, mas eu fui a pessoa mais babaca do mundo, e dei um tapa no seu rosto

-VOCÊ É UM COMPLETO IDIOTA JUNGKOOK!! É TODA HORA A MESMA COISA. VOCÊ PRECISA VIVER JUNGKOOK!!! ~ O empurrei para fora do quarto, fechando a porta com força, trancando-a em seguida. Me encostei na mesma, e fui de encontro com o chão aos poucos. Escutei passos do outro lado

JK- Jiminie, me desculpe, e-eu ~ Interrompe a si mesmo. Passou uns segundos e os passos começaram novamente, passos lentos que ficavam cada vez menos inaudíveis. Até que cessaram de vez.

Fiquei um tempo ali, sentado no chão, até que resolvi ir deitar. Me cobrindo dos pés a cabeça

//\\//\\//\\//\\//\\

Acordei com um barulho alto de trovão, sentindo também uma geleira forte no quarto. Me levantei e olhei para a janela, estava chovendo muito, vez ou outra caia um relâmpago forte. Foi nesse momento que lembrei o que tinha acontecido, Jungkook. Arregalei os olhos e sai as pressas do quarto. Fui até a sala e vi uma cena de partir o coração

Jungkook estava todo encolhido no sofá, sem nenhum cobertor ou almofada para conforta-lo, ele se tremia muito, seus dentes batiam uns nos outros com rapidez, seu rosto estava pálido, com bochechas coradas em um tom forte, nariz completamente vermelho juntamente com os olhos, que estavam inchados, e dava para ver lagrimas secas pelo seu rosto

Coloquei a mão na boca, o arrependimento tomou conta da minha mente. Varias lagrimas grossas desceram pelo meu rosto. Joguei meu orgulho para a puta que pariu e corri até ele

-J-Jungkook? ~ Coloquei minha mão em seu rosto, percebi o quão gelado ele estava. Mais lagrimas vieram ~ Jungkookie ~ Balancei ele, e nada. Meu desespero já era perceptível

JK- J-Jiminie? ~ Sua voz saiu fraca e baixinha. Ele olhou para mim com os olhos semi-abertos ~ V-vá dormir, e-está muito frio ~ Ele falou em um fio de voz, tentando me empurrar para longe de si. Mas ele estava tão fraco que eu sequer me movi

-Pare de ser tonto ~ Abracei ele, escutei um gemido de dor, ele devia estar bastante sensível ~ Me desculpe Jungkook ~ Colei nossas bocas, fiz o mesmo na testa,

JK- A culpa não é sua ~ Me abraçou, quero dizer, tentou me abraçar

- Shhh, vamos 'pro quarto ~ Peguei ele no meu colo, senti ele me apertar com "força" e seu rosto foi até meu pescoço. Do nada ele começa a chorar e soluçar

JK- D-desculpe ~ Ele começou ~ Eu sou realmente idiota, devia ter te ouvido, e-eu sou um péssimo marido, me desculpe ~ Me apertou mais ainda nos seus braços

- Jungkookie olhe para mim ~ O encostei na parede próxima, ele fez o que eu pedi ~ Não é culpa sua, eu entendo que você só quer me ver feliz e saudável, eu que fui tolo, eu só queria atenção ~ Dei uma risadinha envergonhada

JK- V-você só quer a-atenção?

- Sim ~ Passei meu nariz no seu pescoço, sentindo seu cheiro doce. Fui puxado mais para si com as suas pernas em minha cintura

JK- Então você terá ~ Sussurrou e me beijo intensamente, eu cedi aquele beijo e comecei a andar até nosso quarto

FLASH BACK OFF

E foi exatamente isso que aconteceu. Foi nesse dia também que eu fiquei grávido do HyungWon, estávamos tão concentrados no prazer que esquecemos da camisinha.

E foi quando Won completou 1 ano que eu já queria outro filho. Mas eu queria que Jungkook tivesse-o agora. Mas ele não quer, fica dizendo que é o "Appa" e eu a ''Omma''. 

Mas eu vou mudar isso. Hoje mesmo vou mudar a cor do meu cabelo alaranjado para prateado, mudar meu visual, e começar a malhar um pouco mais, só para ele ficar com tesão, e ficar implorando para mim. Vou ficar com uma aparência de superior

Só espere Jungkook, de agora em diante você sera o passivo, você vai implorar por mim, vai querer que eu esteja dentro de você. isso eu lhe garanto


Notas Finais


EU SEI QUE TA UMA BOSTA TÁ? Tava com mô preguiça de fazer. Mas tá ai
Proximo cap ainda não tem lemon sorry


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...