História I'm your destiny...? {Markson} - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark
Tags Gay, Got7, Jackson, Jark, Mark, Markson, One-shot, Romance, Shoujo, Texting, Yaoi
Exibições 158
Palavras 4.629
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Essa é a primeira história que posto sozinha, então conto com o apoio de vocês pra saber se querem mais. ^^
Boa leitura ❤ Espero que gostem.

~Funny 💋

Capítulo 1 - Destiny?


Fanfic / Fanfiction I'm your destiny...? {Markson} - Capítulo 1 - Destiny?

<P.O.V Mark>

Tudo estava desmoronando em minha vida. 

Me mudei de minha cidade natal para ficar com meu namorado, entrei em um curso na faculdade que eu não gostava pra ficar mais com ele, e o pior de tudo foi que ele terminou comigo no meio da faculdade e dizendo que me traiu.

Já não sabia mais oque fazer, estava sozinho (pois não tinha amigos aqui), fazendo algo que não gostava e com o coração partido.

Tudo que eu fazia era chorar, tanto em casa deitado na minha cama, quanto na faculdade nas mesas do refeitório.

Sentia falta dos abraços de minha omma e dela dizendo que tudo iria dar certo (mesmo eu achando que no momento eu não acreditaria nela).

Até que algo estranho aconteceu, no final da aula eu encontrei uma carta na minha mesa da faculdade. 

Fui para casa e lembrei da carta, a peguei na minha mochila, e na carta estava escrito "Para Mark". Sem pensar muito abri e a li.

"Oi Mark tenho percebido que anda muito triste. 

E alguém bonito como você não deve andar chorando por aí, e sim com seu belo sorriso a alegrar as pessoas a sua volta.
Então eu decidi que vou realizar 5 desejos seus... claro que se você quiser xP
Se estiver interessado mande uma mensagem pra mim: 9xxx-8922
"

Achei aquela carta bem estranha, mas também engraçada. Sem ao menos perceber um leve sorriso aparecia em meu rosto, peguei meu celular e mandei a mensagem.

~Mensagens On~

 Oi...

???- Aí meu Deus,  não achei que fosse falar comigo de verdade 😱

 Rs, qual seu nome?

??? - Jackson.

Bonito nome ^^

Jackson- Obrigado ^//^

Então... como pretende realizar meus pedidos?

Jackson- Vou fazer tudo que estiver ao meu alcance, se não conseguir fazer só vou te pedir para escolher outra coisa.

Posso pedir qualquer coisa?

Jackson- Sim, só não trago amor de volta em 3 dias.
Jackson- Aí, desculpa... 😖

Tudo bem rs, como sabe o que aconteceu? 

Jackson- Eu estava por perto quando aconteceu.

Desculpa ter feito você ver tudo aquilo...

Jackson- Você não tem que se desculpar... Eai, já sabe qual o primeiro pedido?

Uhum, eu quero doces 😊

Jackson- Sério? doces? Que fofo kkkkk
Jackson- Seu pedido é uma ordem mestre!

acho que já vou ir dormir, boa noite jackson.

Jackson- Boa noite Mark.
~Mensagens Off~

Fui tomar banho e logo depois deitei e dormi, acordei cedo e lembrei do meu pedido pra Jackson.

Foi um pedido bobo eu sei, mas queria ver se ele realmente iria realiza - lo.

Cheguei na faculdade no mesmo horário de sempre fui para meu lugar, e em baixo da minha mesa havia uma sacola cheia de doces. Peguei meu celular na mesma hora e mandei uma mensagem para Jackson.

~Mensagens On~

 Aí meu Deus Jackson, você realizou mesmo meu pedido.

Jackson- Você duvidou de mim??? ;-; #Xatiadu

 kkkk desculpa, mas é difícil confiar em alguém que você nem conhece xP

Jackson- realmente...

Ah o professor chegou, nos falamos depois. Tchau Jackie ^^

Jackie- Boa aula Markie.
~Mensagens Off~

Na aula toda só conseguia pensar em qual seria meu próximo pedido, mas em algum momento meus pensamentos foram parar em Jackson. 

Eu não sabia nada sobre ele e nem ele sobre mim, mas em tão pouco tempo ele conseguiu me fazer esquecer sobre o meu ex e o término horrível.

Quando percebo o sinal toca marcando o intervalo, pego meu celular e mando mensagem para ele.


~Mensagens On~

Ei Jack já sei qual é meu próximo pedido.

Jackie- Você parece mais feliz ^^, qual é?

Quero saber mais sobre você.

Jackie- Sério?

 Uhum.

Jackie- Ok. Mas vamos fazer assim, tudo que eu falar sobre mim você fala o mesmo sobre você, pode ser?

 Pode.

Jackie- Ok deixa eu ver...
Jackie- Meu nome é Jackson Wang, tenho 22 anos. Nasci na China mas vim para a Coréia estudar, moro aqui a uns 4 ou 5 anos. Não tenho muitos amigos aqui ainda. Nunca namorei ninguém porque ninguém tinha me chamado a atenção. Eu amo pizza e filmes de terror. Não sei mais oque falar...

Meu nome é Mark Tuan, tenho 23 anos u.u. Nasci nos estados unidos, mas vim para a Coréia quando ainda era pequeno. Não tenho amigos nessa cidade (pois me mudei esse ano xP). Só tive um namorado e bom... você sabe. Eu amo doces e filme de terror, mesmo eu sendo muito medroso, e também gosto muito de desenhos desenhos de criança e bichinhos de pelúcia.

Jackie- Wow nós dois não somos coreanos.
Jackie- E como assim você é mais velho que eu? ;-;

pois é  kkkk

 Ah, tenho que ir pra sala, até mais Jack.

Jackie- Boa aula Markiepooh.
~Mensagens Off~

Por algum motivo Jackson ter me chamado de Markiepooh me fez corar.

Voltei para a sala e agora eu prestava menos atenção na aula que da primeira vez. Queria falar mais com o Jackson, me sinto bem com ele.

O que ele quis dizer com "ninguém me chamado atenção"? Ele está gostando de alguém? 

Aish, tô pensando de mais acho.


♡●♡●♡●♡

[Alguns dias se passaram e os dois continuaram conversando]

A aula acabou eu arrumei minhas coisas rapidamente e fui pra casa.

Tomei um banho e arrumei um pouco a casa. Depois de muito tempo eu finalmente estou de bom humor novamente, até meus sorrisos voltaram, tudo graças ao Jackson.

Percebi que ultimamente tenho pensado muito nele, sem ao menos conhece - lo pessoalmente. Mas decidi não me importar já que ele me fazia tão bem.

Fui assistir a um filme já que me sentia bem, liguei a TV e estava passando rei leão, eu amava esse filme quando era pequeno.

Deitei no sofá e meu celular começou a vibrar avisando que chegou mensagens.

~Mensagens On ~
Jackie-
Oi Markiepooh ♡♡
Jackie- Oque tá fazendo? -w-

Oi Jackie ^^, tô assistindo rei leão U.U

Jackie- Nem me chama pra assistir com você ;-;

Vem ué :) 

 Pera 

 Você sabe onde eu moro? 

Jackie- Não kkkkk, mas adoraria ir aí Markiepooh ;3

 kkkkk, e você oque tá fazendo? 

Jackie- Nada, só conversando com você ^^

Que amor kkkk

Ah lembrei que queria perguntar uma coisa

Jackie- Oque?

Porque Markiepooh?

Jackie- ah '///'
Jackie- Eu tinha um ursinho quando era mais novo, eu dormia todas as noites com ele, e eu chamava ele de pooh

 E porque juntou meu nome com o do ursinho?

Jackie- quando te vi... te achei tão fofo quanto o ursinho xP
Jackie- E adoraria dormir todas as noites com você >\\\<
Mark- ownt que fofo

(Posso ter respondido isso mas tenha certeza que na hora que li meu coração acelerou e eu fiquei completamente vermelho)

 Jackie melhor parte do filme *u*

Jackie- HAKUNA MATATA

 exatamente kkkkk

Jackie- É lindo dizer
Jackie- Hakuna matata

 Sim vai entender

Jackie- Os seus problemas você deve esquecer

isso é viver, é aprender

Jackie- Hakuna matata

Hakuna matata

Jackie- kkkkkkk

 kkkkk

Jackie- tenho que ir dormir Markiepooh, já escolheu o 3° pedido?

Hmmm

 Já 

Jackie- Oque é?

 Quero me encontrar com você

Jackie- '///'

 Se você quiser claro xP

Jackie-Claro que eu quero Markiepooh ♡♡♡

Yaaaay ^^

Quando?

Jackie- Sábado, pode ser?

Claro, já estou ansioso :D

Jackie- Eu também kkkk, boa noite Markiepooh, durma bem ♡ =3

Você também Jackie, Boa noite <3

~Mensagens Off~

Quando olhei pra tv vi que o filme havia acabado, olhei a hora e já era bem tarde. 

Sempre que começo a conversar com Jackson não percebo o tempo passando. Ele consegue me fazer rir por horas, e até mesmo fazer meu coração acelerar com poucas palavras. Não vejo a hora de finalmente conhecer ele pessoalmente.

Fui dormir para acordar cedo amanhã, infelizmente amanhã ainda tem aula, mas é sexta então quer dizer que sábado está perto.

Acordei tarde, não consegui dormir direito porque fiquei pensando no encontro com o Jackson. 

Peguei meu celular e vi que estava atrasado peguei uma roupa qualquer e vesti saindo rápido. 

Quando cheguei na escola vi que tinha mensagens do Jackson.


~Mensagens ON~
Jackie- Bom dia Markiepooh ^^
Jackie- Markie...

 Bom dia Jackie, que foi?

Jackie- Porque você tá com a blusa ao contrário?

 Acordei tarde e coloquei a roupa com pressa >\\\<

 Nem tive tempo de comer ;-;

Vou ir no banheiro arrumar a blusa, já venho.

Jackie- Ok
~Mensagens Off ~

Sai correndo para o banheiro antes que o professor chegasse, quando voltei esbarrei em um menino loiro menor que eu, pedi desculpas ele olhou pra mim e sorriu.

Fui para minha mesa e sentei quando percebi que tinha uma sacola debaixo da minha mesa. Dentro tinha alguns doces e um bilhete.

~Bilhete~
Não é bom ficar sem comer Markiepooh.
Espero que goste desses doces ^^ ♡.
~Off~


Comecei a sorrir e senti minhas bochechas queimarem com esse simples ato do Jackson. Ele veio aqui, queria ter visto ele, mas mesmo se eu visse não saberia quem ele é.

♡●♡●♡●♡

As aulas acabaram e nada de mais aconteceu no dia. Saí da faculdade e fui andando em direção a minha casa, mas na metade do caminho comecei a pensar no encontro e ficar ansioso, então decidi ir ao shopping comprar alguma roupa para amanhã.

Chegando no shopping comecei a andar pelos corredores pensando no Jackson, até que decidi mandar uma mensagem para ele.

~Mensagens ON~

 Oiiii Jackie ^^

Jackie- Oi Markiepooh, que milagre você vir falar comigo U.U

 Mas eu falo com você todo dia '-'

Jackie- Não. Que milagre você me chamar pra conversar kkkk

 Ata

 Tá fazendo oque?

Jackie- Nada ><

?

Jackson me fala.

Jackie- kkkk calma Markie, tô comprando roupa pra usar amanhã, só fiquei com vergonha xS

 Você tá no shopping? 

Jackie- Uhum, porque?

 Eu também o.O

Jackie- Ué, veio comprar roupa também?

 Na verdade...

 Vim sim >\\\<

Jackie- Que fofo, você também está ansioso? ^^

Claro, encontro com o crush amanhã -3-

Jackie- Crush? 😙

 aaaah

 Tenho que ir...

Jackie- Porque?

 Tem

Jackie- ?

 Tem uma uma girafa se engasgando ali

bye

-Mensagens não lidas-
Jackie- Aish, tão fofo, e tão ruim em arranjar desculpas
Jackie- Até amanhã Markiepooh ♡♡
~Mensagens OFF~

Qualquer um que olhasse pra mim agora acharia que eu estava doente de tão vermelho. Decidi ir comprar um sorvete para me acalmar, na fila vi aquele menino loiro que esbarrei hoje mais cedo, ele me viu também e sorriu, mas logo pegou o sorvete e foi embora. 

Peguei meu sorvete e fui andando pelo shopping a procura de alguma loja que chamasse minha atenção.
Comprei uma camiseta branca, um calça jeans rasgada nos joelhos, uma touca preta e um casaco jeans rasgado em vários lugares, sai do shopping e fui pra casa. Quando eu saí já estava de noite, fiquei um pouco surpreso, não sabia que tinha passado tanto tempo lá dentro.

Já em casa tomei um banho e vesti meu pijama, lembrei que não combinamos um lugar para nos encontrar. Peguei meu celular e mandei mensagem para Jackson.

~Mensagens ON~

 Ei Jackie 

Jackie- Oi Markiepooh ♡

 Onde a gente vai se encontrar amanhã? 

 e que horas?

Jackie- Ah é
Jackie- Conhece o parque perto da faculdade?

 Uhum

Jackie- Então a gente se encontra lá 12h, pode ser?

 Uhum.

Boa noite Jackie ^^

Jackie- Boa noite Markiepooh ^^
Jackie- Durma bem ♡

Você também ♡ Até amanhã

~Mensagens OFF~

Deitei ansioso e depois de alguns minutos acabei pegando no sono.

Acordei meio lerdo e fui olhar a hora, eram 10h, eu estava muito atrasado. 

Levantei da cama correndo e fui tomar ao banheiro, tomei banho e lavei meu cabelo, sai e fui seca-lo. Peguei a roupa que comprei e vesti, coloquei um tênis de cano médio e passei meu perfume.

Estava pronto pra sair, peguei minhas coisas e olhei a hora no meu celular, eram 11:50, sai de casa e fui em direção ao parque.

Cheguei no parque e não tinha ninguém por lá. Esperei alguns minutos em pé, depois sentei em um balanço e esperei mais um pouco. 

Não demorou muito e alguém veio por trás e cobriu meus olhos. Involuntariamente por achar que era o Jackson eu sorri e coloquei minhas mãos por cima das dele.


-Oi Markiepooh -ele disse sussurrando com sua voz grossa em meu ouvido me fazendo arrepiar e corar um pouco.


Segurei as mãos dele e tirei dos meus olhos para olhar para ele, e eu tenho certeza que o sorriso que ele me mostrou naquela hora era a coisa mais bonita que eu já tinha visto em toda minha vida.


-WOAH.
-Que foi Markie?
-Você é o menino loiro que eu esbarrei quando estava entrando na minha sala aquele dia, e que sorriu pra mim no shopping.
-Pois é -disse com um sorriso ainda maior em seu rosto.
-Você é muito bonito...-disse sem perceber que estava falando aquilo alto.
-Obrigado.

Na hora não entendi porque ele respondeu, mas depois percebi que tinha falado alto e corei muito forte cobrindo meu rosto com as mãos.


-Ei Markie, não precisa ter vergonha. Pelo menos não perto de mim ok? -sua voz mesmo grossa era doce oque me fazia sentir realmente bem.

Olhei para ele e assenti com a cabeça e logo ele voltou a sorrir pra mim.


-Vamos? -ele estendeu sua mão pra mim e eu a segurei andando do lado dele.
-Aonde vamos?
-No shopping, pode ser?
-Uhum.


Fomos para o shopping de mãos dadas, o tempo todo conversávamos e ele me fazia rir. Chegamos lá e fomos na área de jogos.

-Quer ir no que primeiro Markie?
-Hmmm, aquele. -apontei para um daqueles jogos de bater nas toupeiras, Jackson sorriu e passou a mão nos meus cabelos.
-Então vamos.

Eu peguei um "martelo" e Jackson pegou o outro, ficamos batendo e rindo toda vez que o outro errava.

Saindo desse brinquedo fomos naquele que você joga as bolas de basquete. Jackson já tinha me falado que jogou basquete na época da escola, então achei que seria divertido ir lá com ele.

-Eu fiz mais cestas que você -dei uma leve risada.
-Não valeu, você é mais alto -ele fez bico e eu ri com o que ele falou. -Quer ir onde agora?
-Lá -apontei para uma daquelas cabines para tirar foto.
-Ok -ele segurou minha mão e fomos até a cabine.

Entramos juntos e fizemos caretas para tirar as fotos, quando vimos elas rimos juntos, um da cara do outro.

-Quer fazer oque agora Markie?
-Não se... -antes que eu terminasse de falar minha barriga roncou de fome, o que me fez corar e sorrir sem graça.
-Acho que vamos comer, vem. -ele que ainda não havia soltado minha mão, me levou até a praça de alimentação.
-Vai querer comer o que?
-Ainda não sei, e você?
-Acho que vou comer hamburguer, pode ser?
-Uhum.

Sentei em uma mesa enquanto Jackson foi pegar nossos lanches.
Comemos juntos e ficávamos brincando com as batatas.

-Quer fazer oque agora?
-Escolhe você jackie.
-Vamos no cinema então.
-Uhum -segurei a mão dele e andei animado- Vamos assistir oque?
-Hmm não sei ainda, quer escolher? -parei de andar e segurei a mão dele mais forte -Oque foi Markie?

Não consegui dizer nada nem me mover, eu só olhava pra frente sem acreditar no que eu estava vendo.
Jackson olhou na mesma direção que eu olhava e percebeu porque eu estava assim, o meu ex estava bem ali. Sim, o cara que me traiu e terminou comigo na frente da faculdade inteira.

-Quer ir embora Mark?
-D-Desculpa Jackie -algumas lágrimas desciam por meu rosto.
-Ei, não chora. Eu tô aqui com você. -ele me abraçou e eu apoiei minha cabeça em seu ombro, já estava me sentindo melhor quando de repente ouço uma voz.
-Olha quem tá aqui -disse rindo.

Nessa hora meu corpo já havia congelado e eu não conseguia falar, Jackson ficou ao meu lado e segurou minha mão.

-Nossa você não perde tempo Mark, já com outro em tão pouco tempo, tinha que ser essa puta que você é. -abaixei minha cabeça e senti as lágrimas caírem, Jackson soltou minha mão oque me assustou um pouco.
-Quem você pensa que é pra falar com ele assim? -ouvi a voz de Jackson e levantei minha cabeça para olha-lo -depois de todas as merdas que você fez você ainda tem a coragem de chamar ele de puta, quando sabemos quem é a verdadeira.
-Você devia ter visto a cara dele quando eu disse que traia ele, ele ficou vermelho e os olhos cheios de lágrimas, foi tão engraçado. Mas diz Mark, você adorava gemer bem alto pra mim né? Como uma verdadeira put...-antes que ele pudesse terminar Jackson avançou e deu um soco no rosto dele, o derrubando no chão.

Antes que ele pudesse levantar do chão o segurança do shopping veio e fez com que eu e o Jackson saíssemos do shopping.

-Me desculpa -Jackson disse olhando para o chão -Queria que hoje fosse um dia bom pra você, e acabei arranjando uma briga.
-Tudo bem, também não queria chorar na sua frente.... Obrigado por me defender. -puxei sua mão e entrelace nossos dedos secando minha lágrimas com a outra mão -Não queria que esse dia acabasse tão cedo... podemos ir à algum outro lugar?
-Claro, a gente pode ir para minha casa e assistir um filme. Pode ser?
-Claro.

Fomos para casa do Jackson, chegando lá ele pediu pra mim escolher um filme na sala enquanto ele fazia pipoca e pegava refrigerantes. Escolhi um filme de terror, mesmo que fosse meu gênero preferido eu ainda me assustava com o filme, não demorou muito e ele apareceu com pipoca e refrigerantes.

Ele colocou tudo na mesa de centro e deitamos no sofá, ele deitou do meu lado e me abraçou.

-Que filme escolheu Markiepooh?
-Uma chamada perdida, já assistiu?
-Não, mas conheço o nome.

O filme começou e logo nos primeiros minutos já me assusto fazendo com que Jackson risse de mim.

-Para de rir -disse manhoso e batendo nele com uma almofada.
-Não dá, você é muito fofo. -Eu corei na hora.
-S-Sou nada.
-É sim. Você não sabe o quanto eu queria poder ficar do seu lado assim antes. -ele acariciou meu rosto.

Nesse momento eu já não prestava mais atenção no filme, e sim nas palavras e respiração dele.

-Ei Jackie...
-Oi
-Posso fazer o 4° pedido? -disse corando.
-Claro, dependendo do que for posso fazer agora Markiepooh.
-E-Eu quero u-um... Aish não consigo falar -cobri o rosto com as mãos.
-Ei Markie, não precisa ter vergonha comigo okay? -ele segurou meu rosto virado para o dele e eu assenti.
-E-Eu quero um beijo s-seu Jackie... -eu corei e olhei para baixo mas sem virar o rosto -Se você também quiser claro -sussurrei mas sei que ele ouviu.

Jackson levantou meu rosto e acariciou o mesmo chegando mais perto e selando nossos lábios. Os lábios dele eram doces oque estava me fazendo perder os sentidos, ele pediu passagem com a língua e eu cedi, era um beijo calmo e bom... muito bom.

Nos separamos quando o ar fez falta, Jackson colou sua testa na minha e sorriu olhando em meus olhos.

-J-Jackie, eu acho que deveríamos parar com isso. -Jackson me olhou confuso e um pouco assustado.
-Porque Markie, eu fiz algo de errado?
-Não, pelo contrário, você fez muitas coisas certas e... eu me apaixonei por você Jackie, mas sinto que isso possa ser só uma brincadeira pra você, e não quero ser um peso pra você, não quero ser o menino apaixonado que vai te prender por culpa de uma brincadeira. -ele me olhou sério e falou.
-Mark, isso não é uma brincadeira. -ele respirou fundo e continuou -Eu te vi no meu primeiro dia na faculdade você estava andando com o celular na mão e rindo, logo depois entrou na sua sala. O seu sorriso naquele momento era a coisa mais linda que eu já havia visto, me apaixonei assim que te vi, mas pouco depois descobri que você namorava, mas continuei apaixonado por um bom tempo. Quando eu finalmente havia desistido eu vi aquela cena horrível do seu término, e me desculpa, mas eu fiquei feliz, finalmente eu teria alguma chance com o menino que eu me apaixonei. Tentei falar com você várias vezes, mas você sempre estava chorando então decidi tentar te animar, nem que pra isso tivesse que esquecer meus sentimentos. Isso nunca foi uma brincadeira Markie, eu sempre te amei, esse tempo todo só queria estar ao seu lado... Não me deixe agora Markiepooh, por favor -pela primeira vez eu não via o Jackson com um sorriso, pelo contrário ele chorava, oque me fazia sentir muito mal.
-Me desculpa Jackie eu não sabia, eu não vou te deixar. Me desculpa. -eu o abracei o mais forte que consegui colocando meu rosto em seu pescoço.
-Promete? -disse secando as lágrimas que continuavam a cair.
-Prometo.

Ficamos daquele jeito por um tempo até ele se acalmar.

-Markie.
-Oi.
-Posso fazer um pedido pra você? Não precisa fazer nada se não quiser.
-Claro, oque é?
-Markie -ele olhou em meus olhos e pude ver seus olhos vermelhos pelo choro -eu te amo, tudo que eu sempre quis era poder estar ao seu lado, e agora que estou não sei se consigo mais ficar longe de você, eu realmente acho que eu nasci pra ficar com você. Eu te amo cada vez mais e não quero que saia do me lado nunca mais. Markie, você quer namorar comigo? -eu fiquei surpreso mas sorri na hora e o abracei.
-Ai meu deus, eu quero Jackie, eu também te amo -o beijei de um modo que parecia necessitado.
-Desculpa, não esperava te pedir em namoro então tenho nada pra você.
-Não tem problema Jackie.
-Tive uma idéia, espera aqui. -Jackson se levantou e entrou em quarto perto da sala onde estávamos, logo ele voltou com dois band-aids nas mãos. -Amanhã eu compro um anel de verdade. -ele colocou o band-aid em meu dedo, e eu coloquei o outro em seu dedo. Começamos a nos beijar, era um beijo intenso e apaixonado.

Eu nunca iria esquecer aquele dia, muito menos o Jackson.

[2 anos se passaram]

Hoje é nosso aniversário de 2 anos de namoro. Durante esses dois anos Jackson fez tudo que podia por mim, ele era dedicado e carinhoso, eu realmente o amo mais que tudo.

Decidi que nesse aniversário eu faria uma surpresa para ele e tudo já estava preparado.

Acordei e fui a cozinha preparei um café da manhã com tudo que Jackie gostava, coloquei em uma bandeja e fui levar para ele no quarto. (Ah sim, nós estamos morando juntos já faz um tempo)
Coloquei a bandeja na cama ao lado dele e fui acorda-lo com beijos em seu rosto.

-Ei, amor acorda. -Jackson ouviu minha voz e sorriu mesmo sem abrir os olhos, passou seus braços envolta do me pescoço e me deu um beijo.
-Bom dia Markiepooh -disse com a voz rouca por acabar de acordar.
-Bom dia Jackie. -ele se sentou na cama e esfregou os olhos para se acostumar com a claridade, logo percebendo a bandeja ao seu lado sorrindo para mim.
-Que fofo, não precisava fazer isso Markie.
-Hoje é um dia especial -sorri para ele que me deu mais um beijo e foi comer oque eu preparei logo em seguida.


Ele comeu, nós conversamos, arrumamos a casa, almoçamos e depois deitamos na sala para assistir um filme e eu acabei dormindo, mas acordei na hora certa.

Falei para ele ir se arrumar que iríamos sair, ele perguntou onde íamos e eu disse que seria surpresa.
Tomei um banho e me troquei, peguei tudo que precisava e fui para a sala me encontrar com Jackson que já me esperava lá.

-Você está lindo Makie -ele disse boquiaberto me encarando.
-Obrigado, você também -disse corando, e era a mais pura verdade.

Jackson usava uma calça jeans preta rasgada nos joelhos, uma camiseta cinza com estampa de uma banda americana e uma camisa preta de manga comprida na qual ele puxou até um pouco acima de seu cotovelo.

-Vamos?
-Onde?
-Quando chegarmos você vai descobrir. -Jackson me mostrou a língua e eu ri com a atitude infantil, mas extremamente fofa.

Entrei no carro e Jackson também,  dirigi até um parque que eu descobri por meio de um amigo (sim, agora tenho amigos. Tudo graças ao Jackie).

Saímos do carro e fui até o porta malas pegar as coisas que havia preparado enquanto ele se arrumava. 

Peguei uma cesta de pequinique e uma toalha grande para colocar no chão. Jackie me viu meio atrapalhado segurando as coisas e veio me ajudar.

Andamos um pouco até chegar perto de um lago, este que refletia a imagem da lua e das estrelas fazendo um belo cenário.
Esticamos a toalha e coloquei os pratos que preparei em cima da mesma, todos eram os preferidos dele. Sentei ao lado dele que olhava a lua com um sorriso.

-Oque tá olhando amor?
-A lua... ela me lembra eu mesmo as vezes.
-Como assim?
-Você sabe... ela não tem luz própria, mas perto do sol ela brilha tanto quanto uma estrela. É assim que me sinto com você, sinto que ao seu lado posso ter o brilho de uma estrela, sinto que você é meu sol, você é oque faz meu mundo girar, e seu amor me aquece. Eu te amo Markiepooh -ele me beijou e eu sorri, Jackson sempre tão bom com as palavras, ele emocionaria qualquer um que o ouvisse.
-Eu também te amo Jackie. Quer comer? Eu que fiz. -ele sorriu e pegou um prato chinês que uma vez ouvi ele dizer que sentia falta.
-Nossa, é até melhor do que eu lembrava. Obrigado Markie -ver que eu conseguia fazer Jackson feliz realmente me animava, eu me senti inseguro muitas vezes durante esses dois anos, mas ele sempre percebia e fazia questão de mostrar que eu era único para ele.

Olhei o relógio e achei que agora seria a hora apropriada para terminar a grande surpresa.

-Ei Jackie, tem mais uma última coisa que eu preparei.
-Oque é?
-Lembra quando nos conhecemos? Eu estava deprimido e sem rumo, mas logo você apareceu em minha vida e me deu um caminho para seguir. Eu não tinha amigos e estava sozinho, mas você me ensinou oque era ser amado de verdade, me ensinou a ser menos tímido e a fazer amizades, me transformou do menino deprimido e solitário para o Mark alegre e amado. Suportou quando eu estava de mal humor e principalmente minhas crises de carência, sempre com um sorriso no rosto. Durante esses dois anos de namoro, eu não fui o melhor namorado, nem mesmo a melhor pessoa, mas você sempre esteve ao meu lado, me dando muito amor e carinho, sempre me apoiando e me defendendo... -parei um pouco para ver ele, e vi seus olhos marejados.
-Markie...-o interrompi.
-Desculpa não terminei ainda. Lembra quando nos conhecemos e você falou que realizaria 5 pedidos?
-Claro bebê, como eu esqueceria? Mas porque?
-Eu fiz 4 pedidos, posso fazer o 5° pedido?
-Claro -fui até a cesta de pequinique e peguei uma pequena caixinha preta me ajoelhando ao lado dele.
-Eu te amo, e sei que vou te amar para sempre. Descobri que meu lugar é ao seu lado, e eu não quero nunca sair dele. Então -abri a caixinha mostrando duas alianças de ouro branco, pude ver a surpresa evidente no rosto do Jackson oque me fez sorrir -Jackson Wang você aceita se casar comigo? -consegui ver lágrimas caindo pelo rosto dele, mas logo ele me deu um beijo necessitado, que só nos separamos quando o ar fez falta, e olhamos para os olhos um do outro sorrindo -e então?
-Sim, sim, claro que eu aceito me casar com você Mark Tuan -coloquei uma aliança no dedo dele, e ele no meu. Nos beijamos incontáveis vezes e deitamos na toalha.

Nós ríamos por motivo nenhum e olhávamos um ao outro com um sorriso no rosto. Nesse momento tudo que sentíamos era felicidade, uma felicidade que não poderia ser explicada nem com todas as palavras existentes.

Eu amo ele, e sei que ele também me ama. Não sei se foi coincidência meu término acontecer quando ele estava quase desistindo de me amar, mas se não foi eu agradeço o destino por nos juntar dessa forma. 

Eu sei que vou amar e cuidar dele até depois de nossas mortes.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Perdi uma parte da história e tive que reescrever, não acho que ficou tão bom quanto antes, mas o importante é que vocês gostem.
❤❤❤❤❤❤

~Funny 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...