História I'm yours - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zayn Malik
Tags Zayn Malik
Visualizações 6
Palavras 3.353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom gente, sempre tive vontade postar uma fanfic e já escrevi várias mas sempre mantive apenas para mim! Resolvi escrever essa especialmente para publicar e espero muito que vocês gostem!
Como faço curso preparatório para entrar na faculdade, não terei um dia certo para postar novos capítulos mas prometo que publicarei pelo menos um por semana.
Usei esse capitulo mais para fazer uma apresentação geral dos personagens que estarão presentes durante toda a história, por isso, ele será um pouco maior do que os outros!
Nessa fanfic não há coisas muito fora do normal já que é realmente minha visão sobre o Zayn, seu comportamento e como imagino um relacionamento com ele, então é algo realmente bem pessoal.
Espero que gostem da fanfic, e por favor, se puderem, favoritem, comentem e falem comigo, isso vai me ajudar muito para que eu escreva uma história que agrade a mim mas também a vocês!

Capítulo 1 - Novas oportunidades


Fanfic / Fanfiction I'm yours - Capítulo 1 - Novas oportunidades

Acordei com o despertador tocando e me despreguicei desejando mais cinco minutos na cama, porém me levantei e fui para o banheiro tomar um banho. Quando sai do chuveiro, me enrolei na toalha e penteei meus cabelos e voltei para o quarto para escolher a roupa que usaria na escola hoje e acabei separando uma calça jeans clara e uma blusa de manga comprida preta e meu vans preto.

Arrumei minha cama, peguei minha mochila e então desci para cozinha onde meus pais estavam sentados a mesa tomando café da manhã.

-Bom dia-eu disse sorrindo e beijando o topo da cabeça de meu irmão.

-Bom dia Lice-meu irmão respondeu sorrindo.

-Bom dia minha filha, o que quer comer?-minha mãe perguntou colocando uma xicara para mim na mesa.

-Acho que vou só tomar um café-eu disse me servindo.

-Precisamos sair mais cedo hoje Alice, uns cinco minutos-meu pai disse fechando o jornal.

-Tudo bem pai-eu disse dando um gole no meu café.

Quando terminei de tomar meu café, lavei minha xicara, escovei os dentes e avisei meu pai que estava pronta.

-Tchau mãe-eu e meu irmão dissemos juntos e então entramos no carro.

-Até mais-minha mãe disse para nós e em seguida se debruçou na porta do carro e deu um beijo rápido em meu pai.

Quando se tem uma mãe brasileira e um pai inglês as diferenças acabam ficando nítidas, principalmente quando se tem filhos.

Em meio a elas, meus cabelos escuros como os da minha mãe, porém lisos como da família de meu pai chamavam atenção em contraste aos meus olhos verdes que havia puxado do meu pai.

Com meu irmão, Rafael, não era diferente! Seus olhos também eram verdes e quando deixava seu cabelo maior do que o usual, pequenos cachos se formavam puxando a família de minha mãe, porém eram tão loiros que pareciam brancos como do meu avô paterno.

Meu pai deixou Rafa primeiro na escola e então partimos para a minha escola e quando paramos na frente, meu pai abriu a carteira e me deu o dinheiro para o lanche da semana.

-Boa aula minha princesa-ele disse sorrindo.

-Tchau pai, bom trabalho-eu disse rindo.

Subi as escadas e fui em direção ao meu armário e peguei os livros de biologia, inglês e italiano e então fui para a sala aliviada por hoje ter todas as aulas com as meninas.

Entrei na sala e Emily e Kate estavam sentadas encostadas na parede ao lado da janela e havia um lugar para mim entre elas.

-Bom dia!-eu disse.

-Segunda feira é um dia difícil, pelo menos temos quase todas as aulas juntas -Kate disse.

-Nossa, se não fosse assim ia ser difícil aguentar -Emily disse.

Emily e Kate eram minhas melhores amigas na sala, obvio que me dava bem com grande parte da turma, porém, a nossa sintonia era incrível.

Emily era como um amuleto para mim já que nossa relação foi boa desde o começo, pois estavamos juntas desde a 6ª serie, na verdade, boa parte da minha sala do ensino médio já era conhecida pelo ensino fundamental. Emily tinha a pele clara e os cabelos negros e usava uma franja que apesar de parecer um corte infantil servia apenas para destacar seus grandes olhos azuis e um sorriso encantador que combinava com sua personalidade. Possuia um corpo parecido com o de sua mãe, não era muito alta, magra e com bustos e bunda um pouco avantajados, e com os treinos de ginastica acabou conseguindo um corpo definido.

Kate era o tipo de amiga que eu poderia chama-la a qualquer momento para me alegrar, sua presença era sinônima de risadas e boas memórias! Apesar de ter esse jeito todo extrovertido e às vezes meio “largado”, era muito inteligente e dedicada à escola. Kate tinha a pele extremamente clara e possuía cabelos loiros na altura do ombro e olhos incrivelmente negros, cujo quais eram capazes de te fazer se perder na escuridão que carregava no olhar. Ela possuía pernas grossas e bustos e bunda proporcionais ao seu tamanho, e havia adquirido um corpo malhado após começar a treinar conosco na academia da escola.

Ficamos conversando por mais uns dez minutos até a professora entrar na sala e começar a aula. Quando o primeiro período acabou, saímos para o intervalo e fomos para o pátio para aproveitarmos o solzinho que tinha saído.

Sentamo-nos perto do pessoal da nossa sala, entre eles, James, Mike, Daniel, Zayn, Lily, Stella e Luna. Ficamos conversando até o sinal bater e nos obrigar a voltarmos para sala, mas agora seria mais tranquilo já que todos teriam a mesma aula, que no caso era inglês, pois era uma matéria obrigatória.

Com a mudança de sala, não consegui sentar na mesma fileira que as meninas, então acabei sentando na frente de Zayn, atrás de Emily e ao lado de Kate.

Quando a aula começou, concentrei-me em copiar tudo que o professor colocava na lousa já que suas provas costumavam ser difíceis e queria fechar o ano com boas notas. Durante a aula senti Zayn começar a mexer em meu cabelo, e apenas tombei minha cabeça em sua carteira e o vi sorrindo e eu apenas mostrei minha língua para ele e então voltei a copiar a teoria.

-Bom, vamos para a parte boa da aula-o professor disse esfregando as mãos para limpar o giz.

-E tem parte boa?-uma voz masculina no fundo da sala disse.

-Um trabalho dupla que substitui a prova, não sei, acho que pode ser bom- o professor disse apoiando-se na mesa.

Nesse momento todos se entreolharam animados, porém alguns cochichavam dizendo que não poderia ser tão fácil.

-Basicamente, cada dupla terá um tema dentro da gramatica inglesa tendo que criar um material contendo resumos, exercícios, resoluções e além disse fazer uma explicação oral para as crianças do fundamental- o professor disse parecendo satisfeito com o que tinha elaborado.

-Volta para a prova-a mesma voz masculina disse.

O professor riu junto com a sala e então começou a separar os temas colocando todos na lousa e explicando de forma rápida mais ou menos o que queria.

-Professor, você que vai escolher as duplas?-Mike perguntou.

-Obvio, não seria tão fácil-o professor disse pegando uma folha de sua mesa.

-Mas não está fácil-uma garota disse.

-Quero propor uma interação entre a sala, daqui cinco meses vocês começaram o ultimo do ensino médio e acho interessante que todos tenham um bom convívio-ele disse.

Realmente, apenas cinco meses nos separavam do nosso ultimo ano no ensino médio, e tudo estava passando tão rápido que às vezes até me esquecia.

-As duplas serão Jade e Luiza, Bruno e Felipe, Julia e Cody, Stella e Vivian, James e Vitoria, Alice e Zayn, Melissa e Daniel, Lottie e Mike, Kate e Andrea, Emily e Rebecca- o professor começou dizendo.

Apenas olhei para trás e juntei as mãos agradecendo e então vi Zayn rindo. Seria bem melhor não fazer o trabalho com um completo estranho.

-Rapidinho turma, já libero vocês! Terão seis semanas para preparar esse trabalho, e a apresentação oral será feita na ultima semana de aula, na próxima aula passo os dias certos para vocês, mas comecem a se organizar-o professor disse pegando sua bolsa e saindo da sala.

-Pelo menos não ficou tão sozinha-Zayn disse juntando suas coisas.

-Ainda bem!-eu disse.

-Vamos tentar adiantar nessas duas semanas para depois ficarmos mais tranquilos para as outras provas-ele disse.

-Tudo bem, vamos tentar começar hoje?-eu perguntei.

-Acho bom! Depois do almoço te mando uma mensagem-ele disse saindo da sala.

Comecei a juntar meu material, e avisei as meninas que estava indo para a minha aula de italiano já que elas ficaram combinando com seus parceiros o dia que começariam o trabalho.

Entrei na sala para a aula de italiano e sentei-me nas primeiras carteiras e abri meu livro apenas esperando a professora chegar para da inicio. Na escola em que estudo, Liberty High School, éramos obrigados a fazer aulas de línguas estrangeiras, podendo fazer uma por ano, ou uma a cada dois.

Eu havia feito francês nos dois primeiros anos de ensino médio pois fiquei completamente apaixonada pelo idioma, porém acabei tendo que mudar de turma e então escolhi o italiano, que por sinal, me cansava a mente por ser bem difícil.

Quando a aula acabou, peguei meu material e fui para a entrada da escola esperar as meninas para conversamos um pouco como sempre.

-Eu não sei como você consegue falar português, espanhol é muito difícil- Kate disse chegando perto de mim e bufando.

-São línguas totalmente diferentes-eu disse rindo.

-Que? Claro que não! Vocês conjugam muito verbo-ela disse fazendo cara feia.

-Conjugamos! Mas o português é mais difícil, meu irmão ainda confunde muita coisa-eu disse.

-Ele tem sorte de ser tão novo e já saber dois idiomas-ela disse.

-Nem me fala! O que achou desse trabalho?-eu perguntei sentando no corrimão.

-Sinceramente? Eu gostei porque prefiro fazer isso do que ter que estudar pra matéria dele envolvendo todos os temas-ela disse.

-Eu também acho muito melhor-eu disse.

-Cheguei-Emily disse prendendo o cabelo em um coque.

-Por que demorou?-Kate perguntou.

-Estava combinando com a Rebecca o horário que vamos nos encontrar hoje-Emily disse.

-Nossa, eu vou começar hoje também-eu disse passando a mão na testa.

-Você deu sorte de cair com o Zayn, ele é de boa-Emily disse.

-Nenhuma de nós caiu com gente chata-Kate disse.

-Ainda bem-Emily disse.

-Ia ser muito azar! Eu vou indo, mais tarde nos falamos-eu disse descendo as escadas e colocando os fones de ouvido.

-Até amanhã-as duas disseram juntas.

Em 15 minutos estava em casa, e quando entrei vi que meus pais já estavam almoçando com o meu irmão.

-Oi família-eu disse colocando a mochila no chão e tirando o fone.

-Demorou hoje filha-minha mãe disse.

-Fiquei conversando com as meninas sobre o trabalho-eu disse lavando as mãos na pia da cozinha.

-Sobre o que?-meu pai perguntou.

-Vamos ter que montar um material e uma aula para as crianças, mas é em dupla- eu disse me servindo.

-Nossa que difícil-meu irmão disse arregalando os olhos.

-Pois é Rafa, não é fácil-eu disse dando de ombros.

-E deixa eu adivinhar, sua parceira é a Emily ou a Kate?-meu pai perguntou rindo.

-Dessa vez não, foi o professor que escolheu as duplas, acabei ficando com o Zayn-eu disse sentando-me.

-Ah, o Zayn é tão bonitinho-minha mãe disse.

-Ele já veio aqui não já?-meu pai perguntou.

-Ele é da mesma turma de amigos, veio umas vezes sim-eu disse.

-É mesmo! Ele estudou com você no fundamental né-meu pai disse.

-Sim, ele mesmo! Acho que vamos começar o trabalho hoje, porque depois temos provas-eu disse.

-Melhor adiantar mesmo, boa sorte-meu pai disse se levantando da mesa.

-Daqui a pouco te mando o relatório das finanças-minha mãe disse.

-Tudo bem, estou indo para o escritório-meu pai disse beijando o rosto de minha mãe.

-Tchau pai-meu irmão disse fazendo um Hi-Five com ele.

-Até mais-meu pai disse beijando o topo da minha cabeça.

-Rafa, termina de comer e vai se arrumar para você ir estudar-minha mãe disse levantando da mesa.

-Ta bom!-ele disse.

Terminei de almoçar e então arrumei a cozinha para minha mãe enquanto meu irmão lavava o seu prato e o meu.

-Lice, vou precisar ir ao banco resolver umas coisas para o seu pai, se for começar o trabalho fala pro Zayn vir aqui-minha mãe disse quando cheguei na sala.

-Ok mãe!-eu disse.

-Seu irmão vai ficar aqui estudando, se ele precisar de ajuda, já sabe né?-ela disse.

-Sim, sem problemas-eu disse sorrindo.

-Obrigada minha linda, vejo você depois e trago algo para vocês comerem-ela disse saindo e me jogando um beijo com a mão.

Subi para o meu quarto e me joguei na cama e então fui ver que tinha mensagens no grupo com as meninas e uma do Zayn perguntando sobre o trabalho, e então avisei a ele que precisaríamos começar em casa, e marcamos para as 15h00min.

Dei uma ajeitada no meu quarto e deixei meu MacBook carregando e então fui para o quarto do meu irmão.

-Rafa, precisa de ajuda?-eu perguntei.

-Lice, eu não consigo fazer essa conta-ele disse bravo.

-Por que não me chamou?-eu perguntei sentando ao seu lado na cama.

-Ah, porque eu queria tentar-ele disse.

-Tudo bem, já tentou, agora vou te ajudar-eu disse tirando o livro de sua perna.

Ajudei Rafa a resolver seus exercícios de matemática e quando vi já era 15h10min e então a campainha tocou.

-Quem é?-meu irmão perguntou.

-Meu amigo, vamos fazer o trabalho no meu quarto, qualquer coisa me chama ok?-eu disse levantando da cama.

-Tudo bem-ele disse sorrindo.

Desci as escadas correndo e então fui abrir o portão para o Zayn.

Zayn sempre chamou muito a minha atenção, na verdade, acho que de boa parte das meninas por sua pele clara, cabelos negros, um sorriso maravilhoso e olhos castanhos claros que às vezes pareciam cor de mel. Ele não era muito alto, mas também não era baixo, era magro e tinha algumas tatuagens pequenas, um brinco na orelha e um piercing no nariz. Sua presença era extremamente prazerosa, já que ele era muito amável e atencioso e por isso eu gostava muito de conversar com ele.

E ah, meu primeiro beijo foi com ele.

-Ei, desculpe a demora-ele disse entrando.

-Ta tranquilo, vamos ficar la em cima-eu disse subindo as escadas.

-Seu irmão ta aqui?-Zayn perguntou.

-Sim, ali no quarto-eu disse apontando.

Zayn foi até o quarto de Rafael e então o cumprimentou e depois seguiu para o meu e então sentou-se na minha cama do meu lado.

-Como ele cresceu-Zayn disse.

-Pois é já ta com oito anos-eu disse.

-Nossa, fazia tempo que não vinha aqui-ele disse.

-Acho que quase um ano-eu disse.

-Talvez até mais-ele disse.

-Bom, vamos começar?-eu perguntei pegando meu MacBook.

-Sim! Já pensou em alguma coisa?-ele disse tirando seu iPad da mochila.

-Pior que não, sorte que pegamos um tema fácil-eu disse.

-Acha voz passiva e ativa fácil? Que ótimo-ele disse.

-Sim! Muito fácil pra montar os exercícios e explicar também-eu disse.

Começamos a pesquisar a parte teórica da matéria e fomos juntando tudo até conseguirmos uma boa base e só então começamos a ler e ver o que era válido e poderia ser usado. Zayn estava sentado no chão encostado na minha cama e eu estava encostada a cabeceira quando meu celular começou a tocar e era o Justin.

****

-Hey Jus-eu disse animada.

-Lice, cheguei só agora da escola-ele disse.

-Como foi seu dia? Suas provas já começaram né?-eu perguntei soltando o MacBook.

-Sim, acho que fui bem nessas duas primeiras! E meu dia foi bom, metade dele passou rápido, e o seu?-ele disse rindo.

-Ta sendo bom, mas como sempre, o italiano me fez querer me matar-eu disse.

-O importante é que você fala francês-ele disse.

-Melhor língua sim, eu amo-eu disse.

-O que ta fazendo?-ele perguntou.

Somente nesse momento percebi Zayn olhando para mim e só então lembrei que ele estava lá.

-Ai Jus, to fazendo um trabalho com um amigo agora, posso te ligar depois?-eu perguntei coçando a cabeça.

-Que amigo?-ele perguntou confuso.

-Depois te ligo-eu disse.

-Tudo bem, se eu não atender é porque fui pra academia-ele disse.

-Ok- eu disse desligando o celular.

****

-Desculpa-eu disse olhando para o Zayn.

-Relaxa, não me importo-ele disse.

-Não, tudo bem, vamos continuar-eu disse colocando o MacBook no colo de novo.

-Você ainda é amiga dele?-ele perguntou.

-Do Justin?-eu perguntei.

-Sim-ele disse.

-Aham, não tem como não sermos-eu disse rindo.

-Acho legal a amizade de vocês-ele disse.

-Obrigada, só é ruim por causa da distancia-eu disse.

-Imagino-ele disse.

Continuamos procurando e quando já tínhamos uma boa base e conseguido resumir algumas coisas, resolvemos parar e darmos uma descansada.

-Acho que já conseguimos dar uma adiantada-ele disse sentando na minha cama.

-Depois a gente só monta uns exercícios, mas ai fica mais fácil-eu disse.

-Sim, mas deu uma cansada-ele disse rindo.

-Imagina ter que fazer isso todos os dias-eu disse olhando para ele.

-Já pensei em ser professor, acredita?-ele perguntou.

-Sério?-eu perguntei rindo.

-Sim, sei lá, mas deve ser difícil-ele disse.

-Nunca te imaginei falando isso-eu disse.

-Nem eu me imaginava pensando nisso-ele disse rindo.

-Cara, já estamos indo para o ultimo ano-eu disse.

-Passou muito rápido! Você ta pensando em fazer veterinária ainda?-ele perguntou.

-Então, não sei, to meio confusa-eu disse.

-A gente fica um tempo achando que vai fazer uma coisa, e na hora do vamos ver sempre ficamos assim-ele disse.

-É então, acho que vou ficar um ano parada pra pensar-eu disse.

-Queria ter essa opção-ele disse.

Continuamos conversando e quando vimos já era quase 18h00min, e então escutei barulho da minha mãe chegando.

-Vamos descer, acho que minha mãe trouxe comida-eu disse saindo da cama.

Zayn veio me seguindo e quando chegamos a cozinha, meu irmão já estava lá.

-Oi Zayn, como você ta?-minha mãe disse sorrindo.

-Oi Dona Isabela, como a senhora está?-ele perguntou.

-Dona? Por favor! E eu estou bem e você?-ela perguntou enquanto passava o café.

-Estou bem-ele disse.

-Conseguiram adiantar o trabalho?-minha mãe perguntou olhando para mim.

-Sim! Acho que já estamos mais tranquilos-eu disse.

-Separamos as explicações já, agora fica tudo mais fácil-Zayn disse.

-Seria legal se vocês explicassem na minha sala-Rafa disse.

-Acho que vão ser para crianças mais velhas-eu disse.

-Ah, que droga-Rafa disse.

-A gente pode explicar pra você também-Zayn disse olhando para meu irmão.

-Eu quero-ele disse animado.

Continuamos conversando até o café ficar pronto e então nos sentamos para comer. Quando terminamos, Zayn se ofereceu para lavar a louça e enquanto isso tirei a mesa.

-Muito obrigado pelo café Lice-Zayn disse secando a mão.

-Imagina, não precisa agradecer-eu disse me encostando na mesa.

-Quando chegar em casa, te mando mensagem e passo as coisas que estão no meu iPad-ele disse se aproximando.

-Ok, obrigada-eu disse sorrindo.

Fomos até o portão e então Zayn subiu em sua bicicleta e nos despedimos e então entrei e fui para a sala.

-Zayn pediu para te agradecer pelo café-eu disse.

-Ele é uma graça-minha mãe disse.

Apenas sorri e então fui para o meu quarto, pois queria conversar com Justin. Então acabamos ficando no FaceTime por quase duas horas.

Justin era meu melhor amigo desde que eu tinha nascido já que nossos pais, William e Marcus, eram amigos de adolescência, e com isso, nossas famílias acabaram ficando extremamente unidas e acabaram abrindo uma rede de restaurante presente em Londres e no Canadá (BH factory).

Apesar de sermos separados por um oceano, isso não mudava em nada nossa amizade já que conversávamos todos os dias, o dia inteiro sendo por mensagens, telefonemas, via FaceTime, Skype ou qualquer outra coisa que pudéssemos usar para nos comunicarmos, sem contar as viagens que fazíamos uma vez por ano para nos vermos.

Segundo nossos pais, nós devíamos namorar por causa de nosso grude e nossa sintonia totalmente fora do normal, mas nós realmente nos víamos como irmãos, então apenas levávamos na brincadeira. Porém, Justin era realmente lindo! Sua pele clara combinava com seus olhos e cabelos castanhos que entravam em perfeita sintonia com seu sorriso, que chegava a ser tão lindo como o de uma criança! Ele tinha um corpo definido já que havia começado a malhar a algum tempo e era um amante da musica e sabia tocar vários instrumentos e tinha um canal no youtube onde postava vídeos cantando e com isso, estava ganhando fama em sua cidade.

**

-Jus, preciso desligar.

-Tudo bem, ai já são quase nove horas né?

-Sim, preciso tomar um banho e deitar.

-Tudo bem, amanhã conversamos mais.

-Sim! Qualquer coisa me manda mensagem.

-Pode deixar princesa, dorme bem.

-Alguém esta fofo hoje.

-Sempre sou com você Lice.

-Te amo, dorme bem!

-Eu também te amo.

**

Desliguei a ligação e fui para o banheiro e liguei o chuveiro e quando coloquei meu corpo embaixo da água senti todos os meus músculos relaxarem e senti que ia cair com por aquela sensação incrível.

Sai do banho e escovei meus dentes e então coloquei meu pijama e separei minha roupa para o outro dia, e então deitei em minha cama e não demorei nada para dormir.


Notas Finais


Preciso dizer que postar um fanfic é difícil, tive que revisar todo o conteúdo mas confesso que estou feliz com o resultado (tirando a capa hahahahahha).
Quero que saibam que qualquer comentário, crítica, conselho serão muito bem vindos!
Assim que puder solto mais um capitulo, beijossss.
Comentem para eu saber o que estão achando.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...