História Imagination - Capítulo 17


Escrita por: ~ e ~jeonarmy

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Block B
Personagens Personagens Originais, Suga, Zico
Tags Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Ficção, Heterossexualidade, Jiho, Lia, Min, Min Yoongi, Suga, Yoongi, Zico
Exibições 104
Palavras 1.891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTE NÓS VOLTAMOS NOS DESCULPEM NÓS AMAMOS VOCÊS

então gente,
depois de mais de um mês nós voltamos com esse cap

nós queriamos ter feito um capitulo maior e melhor, mas aconteceu uns imprevistos (((criatividade bateu forte))) e nós mudamos um pouco o rumo das coisas então as ideias para os proximos capitulos, precisam desse capítulo para fluir

espero que gostem, e perdoem pela demora
POSTAMOS E SAIMOS CORRENDO

Capítulo 17 - Capítulo Dezessete


Fanfic / Fanfiction Imagination - Capítulo 17 - Capítulo Dezessete

Yoongi desfrutava de seu rámen depois de um longo dia conhecendo os vizinhos, que eram até agradáveis por sinal. O primeiro que conheceu foi Taehyung, que praticamente o arrastou até onde ocorria uma "reunião" para que os novos moradores se enturmassem. E foi nessa reunião que Yoongi conheceu Hoseok e Namjoom, garotos quase da sua idade que foram muito simpáticos com ele. Todos passaram a tarde jogando conversa fora e depois cada um foi para seu respectivo quarto.

Quando já estava sem nada para fazer, apenas deitado em seu mais novo sofá, Yoongi ouviu seu celular tocar e pôde ver que era Lia . Estranhou porque a garota não costumava ligar àquela hora, então atendeu rapidamente.

— Oi, tá tudo bem?

— Sim, eu só queria ver se a gente pode dar uma volta

— Por mim tudo bem mas o JiHo não vai falar nada?

— Eu já falei com ele, não se preocupa. Então eu te vejo na esquina de casa daqui à pouco?

— Okay. Já to indo. — desligou  o telefone e foi se arrumar.

[...]

Depois de um tempo Lia saiu de casa, com a intenção de voltar apenas no outro dia, dando a seu irmão a desculpa de ir dormir na casa de uma amiga. Esperava pacientemente pela chegada de Yoongi e, enquanto isso, aproveitou para pensar no rumo que sua vida estava tomando. Tudo parecia igual e diferente ao mesmo tempo. Ela vivia sua vida como sempre viveu, mas a presença de Yoongi, de alguma forma, afetava toda sua rotina. Se pegava pensando nele em momentos aleatórios, tinha vontade de sair com ele ou simplesmente esquecia da existência do mesmo repentinamente. Era bizarro. O que mais estaria por vir?

Seus pensamentos foram  interrompidos quando Yoongi chegou abanando uma mão em frente a seu rosto.

— Hey, Lia! Já te chamei umas três vezes, não ouviu? — Yoongi perguntou, fazendo uma expressão quase fofa.

— Ah, oi. Tava pensando aqui, desculpa.

— Posso perguntar em que estava pensando? Não precisa responder.

— Nada de mais, esquece. Mas pra pra onde a gente pode ir? — era muito mais fácil para ela desconversar do que expor seus pensamentos à ele.

— Vamos só ficar andando por ai? — olhou para ela esperando uma resposta e recebeu um breve murmuro concordando com sua idéia — Vamos indo então.

Os dois ficaram andando em silêncencio por um tempo, apenas observando as casas das ruas em que passavam. Não haviam pessoas vagando pelas ruas -como eles estavam fazendo- então não tinha movimento, ou som, algum nas ruas. Yoongi já estava se cansando do silêncio entre os dois e pensou que seria melhor arrumar alguma coisa para fazerem.

— Que tal se a gente passasse um tempinho no parque? —  sugeriu, vendo a garota pensar por um instante.

— Okay. Mas por que um parque a essa hora? — perguntou curiosa.

— Não sei, mas eu sempre acabo lá quando não tenho nada pra fazer. Eu gosto da tranquilidade.

— Entendi. Acho que chegamos. — disse apontando para frente, onde se localizava o parque tão frequentado por Yoongi.

— Pois é. — suspirou e andou em direção ao mesmo lugar de sempre. — Senta aqui. — deu duas batidinhas no lugar ao seu lado do banco.

— O que acha daqui? — Yoongi perguntou com um sorriso singelo nos lábios, observando o local.

— É calmo, mas muito vazio pra mim.

— Entendo. Lia...

— O quê?

— O que você acha que o JiHo faria se descobrisse que a gente tá... — Yoongi não sabia que palavra usar. Porque ele não sabia o que acontecia entre os dois. Então apenas gesticulou com a mão como se dissesse "você sabe né".

— Sei lá, deixa ele.— Disse indiferente e começou a rir discretamente.

— Por que tá rindo?

— É que é engraçado o fato de nenhum de nós saber o que acontece entre a gente. — olhou para ele de esguela e deu um sorriso chamando sua atenção. — Então... o que acontece, é pra valer?

— Hm. — Yoongi não respondeu. Apenas assentiu com a cabeça e lançou um sorriso em direção a garota, que retribuiu com um sorriso igualmente sincero. — Acho que já ta tarde. Quer ir embora?

— Tanto faz, eu não vou voltar pra casa hoje mesmo. —  Lia respondeu com um dar de ombros. 

— Como não vai voltar pra casa? —  Yoongi perguntou exasperado, vendo a garota dar um sorrisinho que denunciava que ela havia aprontado alguma. — Lia, o que você disse pro seu irmão?

— Disse que ia dormir na casa de uma amiga.

— Você tava planejando dormir na minha casa sem me falar nada?

— Basicamente isso. Você não se importa né?

— Só você mesmo...

Lia observou por alguns segundos o rosto calmo e pacífico de Yoongi por uns instante, e quis, naquele momento, ser capaz de ler mentes pra saber o que se passava por tudo em sua cabeça; seus pensamentos, confusões e até mesmo suas loucuras. Respirou fundo e sentou-se na grama, sentindo o olhar do garoto queimar sobre si. Apoiou o corpo sobre os braços e observou o céu vazio, apenas com o brilho da lua. Sentiu o calor do corpo de Yoongi atrás de si puxando-a para sentar se entre suas pernas e sorriu com a atitude do mesmo. 

Ficaram algum tempo em silêncio, apenas curtindo a presença um do outro e vez ou outra, trocando alguns beijos. 

— Yoongi, posso te perguntar uma coisa? — ele suspira e balança a cabeça positivamente.

Lia se afasta e vira de frente para o garoto.

— Você já amou alguém?

Yoongi pareceu surpreso por um segundo. Não pela pergunta, mas a forma simples como perguntou, como se estivesse perguntando “você gosta de pizza?”. Sentiu-se confuso, normalmente a resposta sairia simples e rapidamente, mas agora começara a duvidar sobre isso. Era estranho, pois achava que não havia nada que não soubessem um do outro. Mesmo assim, incerto e timidamente ele respondeu:

— Não... — Lia sorriu fraco e olhou para suas mãos concordando com a cabeça.

Yoongi a observou por alguns longos minutos e desejou que a imagem do rosto da garota banhado pela luz da lua ficasse gravado pra sempre em sua memória. Quando foi que havia procurado imperfeições em Lia e não encontrou?

— Vamos para casa? — ele perguntou com um tom baixo.

— Vamos. — sorriu e o abraçou de lado enquanto saiam do parque.

[...]
Após mostrar brevemente o apartamento à garota, Yoongi simplesmente sentou no sofá e ficou olhando para um canto qualquer, esperando Lia se juntar a ele. Nenhum dos dois sabia puxar assunto ou, sequer, tinha algo para comentar então apenas ficaram em silêncio por um tempo.

— Fiquei sabendo de uma festa que vai ter aqui no prédio, pela  inauguração e tal, sabe? — Yoongi comentou, quebrando a quietude atual do lugar.

— Aham, o que tem?

— Não sei direito quando vai ser mas deve ser essa semana mesmo. Quer vir?

— Pode ser. Ai você me avisa o dia, ok? — Lia respondeu e obteve um aceno positivo em troca. — Mas eu já vou avisando que vai passar vergonha se quiser dançar comigo. — Após dizer isso a garota sentiu suas bochechas corarem levemente.

— Por que? Não sabe dançar?

— Eu só gosto de improvisar um pouco, mas quase sempre sai um desastre. 

Yoongi parou pra pensar um instante, em seguida se levantando e alongando o corpo como se fosse disputar uma corrida.  Lia apenas lhe dirigiu um olhar confuso esperandde uma explicação.

— Levanta, eu tive uma ideia. — O garoto parou o que estava fazendo e estendeu a mão para ajudar Lia a se levantar também. — Vamos dançar.

— Q-que? — Lia agora parecia nervosa e um tanto temerosa diante da ideia de mostrar seus movimentos desengonçados para alguem tão de repente. — Eu acabei de dizer que não sou boa nisso, e aqui nem tem alguma coisa pra gente ouvir música e.. 

— Eu não ligo. — Yoongi disse simplesmente, interrompendo-a. — Eu quero ver se você é tão ruim quanto diz. Eu sou um lixo dançando e estou aqui, disposto a passar vergonha, então escolhe qualquer música ai no seu celular, okay?

— Aish. Tá bom então. — resmungou vendo que não tinha escolha e procurou uma música boa em seu celular.

Yoongi ficou feliz por convencer a garota a dançar junto a si, apenas por diversão. Já conhecia bastante dela e continuava curioso todos os dias para saber algo a mais; e como Lia mencionou sua "habilidade" com a dança ele se viu mais uma vez curioso. Estavam sozinhos e sem nada pra fazer, então talvez essa fosse sua chance de descobrir outra coisa sobre ela.

[...]

— Eu definitivamente sou um desastre! — Lia disse aos risos, ofegante.
Jogou-se no chão enquanto se abanava com a mão.

— Eu não acredito que você tem coragem de falar isso mesmo depois de me ver dançando. — Yoongi riu e fez o mesmo trajeto da garota, deitando-se ao seu lado — Park Lia, isso é uma ofensa pra mim.

— Ah, para com isso. Você é fofo dançando — provocou rindo.

— Há-há, engraçadinha — Yoongi subiu em cima da garota dando um sorriso de lado.

You're the direction I follow to get home
(Você é a direção que eu sigo para chegar em casa)
When I feel like I can't go on, you tell me to go
(Quando eu sinto que não consigo ir em frente, você me diz pra ir)
And it's like I can't feel a thing without you around
(E é como se eu não pudesse sentir nada sem você por perto)
And don't mind me if I get weak in the knees
(E não ligue se eu ficar enfraquecida nos joelhos)
Cause you have that effect on me, you do
(Porque você causa esse efeito em mim, você causa)

Aproximou-se lentamente fazendo suas respirações se mesclarem numa sintonia perfeita. Observou o rosto de Lia tentando memorizar cada traço, cada expressão e cada curva. Afastou o cabelo que caia levemente sobre o rosto da garota e a viu corar levemente com tal ato. Soltou um riso nasalado e juntou seus lábios calmamente. Lia afundou seus dedos no cabelo de Yoongi, desejando que fossem seus corpos fundindo-se um no outro.

— Eu amo você... — Lia sussurrou enquanto fechava os olhos lentamente. 
Yoongi suspirou e a puxou para deitar-se em seu peito enquanto, lentamente, estabilizava-se

Everything you say
(Tudo o que você diz)
Everytime we kiss I can't think straight, but I'm ok
(Toda vez que nos beijamos eu não consigo pensar direito)
And I can't think of anybody else
(E eu não consigo pensar em mais ninguém)
Who I hate to miss as much as I hate missing you
(Que eu odeie ter saudade o tanto quanto eu odeio sentir sua falta)

Lia abriu os olhos preguiçosamente e sorriu pensando na noite anterior. Apesar de seu dia não ter sido tão agradável, após ligar pra Yoongi e estar na sua presença, sentiu como se tudo tivesse ficado mais divertido novamente. Como se finalmente pudesse ser feliz outra vez. Pensou em JiHo, provavelmente estaria preocupado. Respirou fundo e virou para o lado na expectativa de encontrar Yoongi ali. Porém tudo que encontrou foi um vazio. O vazio de seu quarto. Em sua casa. Apenas ela.

"Por que diabos Yoongi me trouxe de volta pra cá?"

So please, give me your hand
(Então, por favor, me dê sua mão)
So please, give me your lesson on how to steal
(Então, por favor, me dê uma lição de como roubar)
Steal a heart, as fast as you stole mine
(Roubar um coração, tão rápido como você roubou o meu)
As you stole mine
(Como você roubou o meu)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...