História Imagination - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Lily Collins, Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Drama, Melhores Amigos, Romance, Shawn Mendes
Exibições 135
Palavras 1.165
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, trouxe uma fanfic para vocês e espero que gostem!
Eu juro que nunca sei o que escrever aqui, então boa leitura minhas bebês e não esqueçam de comentar o que acharam! ❤

Capítulo 1 - Todo começo, tem fim?


Narrador P.O.V

Alice 6 anos / Shawn 7 anos

Era mais um dia normal ensolarado em Los Angeles, Alice brincava com as suas bonecas no quintal de sua casa para aproveitar os últimos dias de aula antes de voltar para o colégio. Antes de almoçar, a menina percebeu um caminhão se aproximando e se assustou, assim que ele parou na casa ao lado, ela deu um jeito de se aproximar.

Puxou um banquinho até a cerca, e com um pouco de dificuldade viu três homens deixando caixas no quintal. Bolou um plano para ver o que tinha naquelas caixas, mas logo perdeu o interesse quando um carro estacionou logo atrás e revelou um casal, com um bebê no colo e por último um menininho com os braços cruzados.

Ele era bem branco, suas bochechas rosadas por natureza e seus braços magros atraíram a atenção da menina, que pareceu fixada ao vê-lo. Resolveu então tacar uma pedra para chamar atenção, plano falho pois a pedra foi parar longe, mas o menino percebeu sua tentativa e sorriu.

Alice então com vergonha, correu até a área da piscina onde seus pais estavam e avisou a mãe sobre a chegada dos vizinhos novos. Com todas a bondade do mundo, Ellen resolveu ir ajudar e é claro, Alice foi junto para conhecer o menino novo.

Ao se aproximar, ela foi se escondendo atrás da mãe com vergonha do que havia feito anteriormente.

— Olá, eu sou Ellen sua vizinha. — Ellen disse com toda a simpatia do mundo e o casal logo se aproximou com um vasto sorriso no rosto. — Essa é a minha filha Alice.

Alice saiu atrás de sua mãe e sorriu revelando as janelinhas em sua boca, o menino porém não havia percebido sua presença lá e continuava de costas, tentando ajudar os homens com as caixas.

— Olá. Eu sou Karen e esse é o meu marido Manuel. — a moça sorriu simpática e bagunçou o cabelo de Alice. — Essa é a minha filha Ally e o meu filho. — olhou em volta. — Shawn venha aqui.

— Oi mãe. — sua voz doce ecoou e logo seu olhar se encontrou com o da garota, que abriu um sorriso vergonhoso.

— Shawn essas são Ellen e sua filha Alice. — Karen falou. — Por que vocês dois não vão naquele parquinho que vimos na esquina meu amor?

— A Alice vai adorar não é? — a menina assentiu e puxou o garoto pelo braço.

Os dois caminharam em silêncio até o parque, de vez em quando Alice olhava de relance para Shawn que percebia e sorria. Ao chegarem no parque, Shawn puxou a garota pelo braço até o balanço.

— Então… — ele começou a puxar assunto. — Você tem quantos anos?

— Seis anos. E você?

— Sete, eu sou mais velho que você. — ele debochou e a menina abaixou a cabeça envergonhada. — Mas eu gostei de você, vamos ser amigos?

— Tipo pra sempre?

— É né.

— Jura de dedinho? — ela perguntou e o menino levantou o dedinho, então se entrelaçaram e foram brincar.

A amizade entre crianças se faz em um piscar de olhos, desfaz-se num estalar de dedos, mas é a mais franca e pura que existe.

[...]

Alice 12 anos / Shawn 13 anos

As férias haviam acabado de chegar, Alice estava voltando para casa mais uma vez sem o melhor amigo, todo dia era assim, Shawn a acompanhava até a entrada e na saída, simplesmente desaparecia. Mas tudo bem, ela entendia, sabia que Shawn estava ficando um homem formado e que várias garotas o querem do lado.

Por outra parte, isso a incomodava, a maneira que ela olhava para Shawn não era mais de seis anos atrás. Um sentimento criou, era recíproco e pouco usado, mas nunca deixou de ver como o seu melhor amigo, seu confidente.

Após chegar em casa, ela se trocou rapidamente e foi para a sacada, esperar mais uma vez  o menino chegar e contar as novidades. Não demorou muito para ele chegar, da sua janela Alice ficou observando ele trocar de camisa e é claro, babou um pouco ao ver o físico do garoto se formando.

— Se continuar me olhando assim, vou dizer que está apaixonada. — Shawn apareceu do nada na sacada e Alice se assustou, levando um tombo para trás.

— Por você? Nem se me pagarem dez mil reais. — respondeu debochada e Shawn revirou os olhos. — Você é tão nojento.

— Eu? Sou um anjo.

Já Ah Peter Raul, quem não te conhece que te compre!

— Tá, mas antes eu preciso da sua ajuda. — ele disse todo animado e Alice acabou se animando também. — Sabe a Ashley?

— Ashley Carter? — Alice perguntou e o garoto assentiu. — Hum, o que tem ela?

— Eu meio que… beijei ela hoje. — o sorriso de Alice se fechou, tudo que ela queria fazer era chorar, só ai ela realmente percebeu o melhor amigo. Olhou para baixo para tentar esconder a tristeza e começou a fungar. — Alice? Você está bem?

— Shawn você tem certeza que a Ashley é a melhor garota pra você?

— Alice West você está com ciúmes? — ele perguntou com um sorriso no rosto e Alice negou com a cabeça. — Então é o que? Inveja?

— Inveja de quê? — suas pernas ficaram trêmulas, seu medo era de Shawn descobrir o amor platônico que ela sentia.

— De quê eu perdi o BV e você não! — a menina suspirou aliviada e Shawn a encarou curioso.

— Nada a ver seu idiota! Pra quê eu vá perder meu BV se eu não quero?

— A é?

— É. — bufou irritada. — Agora dá licença que eu vou fazer coisas mais importantes.

— Tá bom Alice, eu vou ir beijar a Ashley.

Pela primeira vez em sua vida, Alice nunca sentiu um peso tão grande em seu peito, após fechar a janela, encostou suas costas na parede e começou a chorar. Quando a gente percebe que está gostando de outra pessoa, temos em mãos um dos maiores problemas dos enamorados: ser amado de volta. Então aí a gente percebe que o problema nem é achar alguém pra amar. É fazer com que essa pessoa também nos ame.

[...]

Alice 14 anos / Shawn 15 anos

Primeira festa que Alice estava indo, fazia tanto tempo que não trocava uma palavra com Shawn e aquilo a machucava, de uma maneira que era impossível explicar. Estava aguardando Alana aparecer para seguirem rumo ao destino tanto esperado. Ao tocarem a campainha, o corpo todo da menina estremeceu inteiro, e antes deu uma espiadela pela janela para observar o vizinho.

Tentativa falha.

Desceu as escadas correndo e ao abrir a porta, revelou uma ruiva totalmente estressada e com uma expressão nada boa.

— Da próxima vez que eu ficar esperando aqui meia  hora eu vou arrancar seus olhos fora! — Alana gritou impaciente e Alice revirou os olhos.

— Tá vamos garota automutiladora! — disse rindo e saiu.

Mas o destino é traiçoeiro, ao pisar em frente a casa de Shawn, Alice se deparou com o mesmo beijando ferozmente uma garota que bem mesmo ela conhecia. E foi ai que ela realmente percebeu, que havia perdido o melhor amigo. 


Notas Finais


Então gostaram? Prometo voltar logooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...