História Imagination - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lily Collins, Magcon, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Lily Collins, Nash Grier, Shawn Mendes
Tags Drama, Melhores Amigos, Romance, Shawn Mendes
Exibições 93
Palavras 1.438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá manas.
Antes de voces me matarem, leiam o capitulo e o motivo nas notas finais. é importante.
Boa leitura gatas

Capítulo 3 - Fight


Fanfic / Fanfiction Imagination - Capítulo 3 - Fight

As primeiras aulas haviam passado voando, mesmo a todo momento Hayes e Alice se entre olhando, nenhum tomou coragem de ir falar com outro, mas também nenhum estava esperando a reação do outro diante aquilo. Alice ainda estava confuso pelo momento mais cedo com Shawn, o garoto não parecia mais aquele de antes, ele andava com um sorriso malicioso nos lábios, seus músculos estavam definidos (ela gostou disso) e seu jeito de falar estava diferente, realmente ele não era mais o Shawn de antes.

Shawn ainda não entendia o porquê Alice ter andando furiosa depois da “conversa”, ele a chamou, gritou desculpas, mas a garota nem se quer olhou para trás. Durante todas as aulas, o rapaz ficou distante, imaginando, como seria se ele e Alice ainda estivessem se falando, provavelmente ele não viraria popular porque a morena não gosta dessas coisas e como sempre fez de tudo para agradá-la, mas nada disso adiantou. — pensou.

O sinal para o intervalo soou alto, Nash e Matthew esperavam a boa vontade do amigo na porta, Shawn levantou-se num suspiro pesado e caminhou até os dois, que murmuraram um “aleluia” e seguiram até o refeitório. Ao adentrarem, logo foram até a mesa dos amigos, porém Shawn notou que faltava duas pessoas ali e uma delas era Ashley.

Ele não podia falar que não sentia nada a mais além de atração, porque ele sentia. Ashley foi a primeira garota que ele beijou, fez sexo e a primeira, que o fez sorrir sem precisar contar piadas toscas. Mas ele também não podia negar que estava cansado das brigas constantes, dos ciúmes involuntários e da selvageria que ela travava seus amigos.

Quando finalmente suspirou derrotado, varreu o local com um olhar até parar nela, que sorria enquanto conversava com a loira. Shawn mordeu o lábio inferior e se remexeu na carteira, ele tinha que tirar Alice da cabeça e pedir desculpas para Ashley, assumir logo um relacionamento prestável e viver a vida, mas não era simples. Esses últimos anos foi difícil para ele viver longe da amiga, desde que chegou aqui Alice foi a única a se importar com ele (até a chegada de Ashley), ele sabe que foi um extremo babaca quando não a procurou mais e deixou que a popularidade subir a cabeça.

— Você tem que aprender a disfarçar direito. — Nash disse traindo a atenção do amigo, Shawn levou seu olhar até ele que tinha no seu rosto, um sorriso debochado. — Vamos acabar morrendo se continuar entregando que esta hipnotizado na morena. — riram. — Aprenda com o papai Nash como olhar sem ninguém percebeu senhor Mendes.

— Oh claro. — Shawn falou prendendo o riso. — Você esta enchendo a escola de baba olhando para a bunda da loira... Alana.

— Mas é claro! — Nash se defendeu. — Já viu o tamanho daquilo?

— Tem razão, aquilo é um presente enviado do céu. — gargalharam.

 

Na fila da cantina, Alana tagarelava todo o instante e como sempre, Alice apenas fingia que ouvia e concordava com a cabeça rindo. Ela ama sua amiga, mas tem vez que a loira passa dos limites de uma conversa normal. De repente, foi tirada de seus pensamentos com um empurrão, sentiu sua bumbum bater contra o chão e gemeu baixo de dor. Ao levantar seu olhar, viu Ashley, Taylor e mais duas garotas desconhecidas por si rindo, menos Ashley que mantinha na sua expressão um sorriso vitorioso.

Alana ajudou a amiga se levantar, mordia o lábio inferior de tanta raiva, ela odiava aquelas garotas mais que tudo, Alice prendia o choro pois a pancada havia sido muito forte e não por medo, uma West nunca sente medo. Alana trocou olhares com Hayes que se aproximou e puxou Alice para perto de si, no entanto a loira se aproximou de Ashley ficando apenas alguns centímetros de seu rosto, e por voluntariamente sua mão socou seu rosto.

O local inteiro gritou “briga, briga”, Alana agarrou os cabelos de Ashley e a jogou contra o chão, ficando por cima e distribuindo socos e tapas. Taylor até tentou entrar no meio, mas quando a loira revirou um tapa estalado, a mesma se distanciou e foi procurar Nash, para ele e Shawn ajudassem a amiga.

Alice estava desesperada, era o primeiro dia de aula e Alana já inventou de brigar, ainda mais ela sendo o pivô. Vários corpos foram a atropelando, quando se deu conta estava para trás e não conseguia ver o que acontecia. Primeiro, que todos os brutamontes do time de futebol ficaram a sua frente e segundo, mesmo se não estivessem ali o tamanho não ajudava muito.

Ela fechou os olhos com forças desejando para que alguma autoridade chegasse logo ali, até sentir uma mão segurando seu braço. Abriu os olhos marejados lentamente e viu Hayes, com um expressão preocupada. Por impulso Alice o abraçou, ela tinha medo de que os pais de Alana rabugentos como ninguém a mandassem para longe, por isso precisava afundar seus medos num abraço, e Hayes mesmo não sabendo disso devolveu o gesto de forma carinhosa, pela primeira vez em muito tempo se sentiu segura.

Por algum motivo, que ela não sabia o qual, lembrou da última vez que se sentirá assim, foi com o Shawn. Droga, tudo envolve ele? — pensou. Se desgrudou de Hayes envergonhada, olhou novamente para frente e viu que Shawn segurava Ashley e Nash, Alana e enquanto isso, as duas trocavam palavreados de baixo calão.

— Alana! — Alice abraçou a amiga, que fez o mesmo sem tirar os olhos de Ashley. — Onde você estava com a cabeça? Quer ser expulsa?

— E eu ia deixar ela fazer aquilo com você? Jamais! — a loira respondeu confiante.

Nash mordeu o lábio inferior e pensou: “céus, ela é demais.” Mas logo viu Taylor se aproximar de cara fechada. Nash era diferente de Shawn, ele se sente na obrigação de estar ao lado de Taylor, mesmo não querendo mais. Logo, ele passou o braço por cima do ombro da namorada bufando e quando olhou para as duas amigas, Alice murmurou um “obrigada” e saiu puxando Alana dali.

(...)

— Você viu a cara da Taylor quando eu dei um tapa nela? — Alana repetia isso a todo instante e por mais que Alice não queria, gargalhava toda vez.

— Achei estranho o diretor não te chamar. — a morena comentou fitando seu lápis, estavam na aula de artes.

— Grey, estamos no ensino médio, ninguém se importa com duas meninas brigando. — ditou. — Isso é extremamente comum. — completou.

— Se você diz. — Alice deu de ombros e voltou a fitar o lápis.

(...)

Ashley estava na enfermaria junto a Taylor, a garota gemia de dor pelos arranhões que Alana havia dando. Enquanto isso, Nash e Shawn esperavam as garotas perto do carro, impacientes, pois fazia dez minutos que o horário havia dado e elas não apareciam.

 — Olha que os viadinhos ainda não foram embora. — Hayes chegou debochando. — Estavam me esperando né? Estou lisonjeado.

— Fica quieto Hayes. — Shawn ordenou, ele nunca foi muito com a cara do Grier mais novo, porém o suportava por conta de Nash e aquilo ia andando, até vê-lo abraçado com a Alice hoje, não era ciúmes, ele podia jurar que não era. — Finalmente. — disse assim que as meninas se aproximaram, deu um selinho rápido em Ashley e adentraram no carro.

— Que tal irmos no cinema? — Nash propôs. — Fazer uma atividade de casais.

— Desculpa ser o dono da obviedade, mas estou aqui! — Hayes disse arrancando o gargalho das garotas.

— Mas ninguém te chamou. — Shawn completou fazendo Hayes bufar e revirar os olhos.

O loiro então olhou pela janela e viu Alice junto a Alana descer do ônibus, Alana xingava o motorista enquanto Alice ria e tentava para-la. Ordenou que parasse o carro, era tudo que Shawn mais queria ouvir, despediu-se do pessoal e correu em direção as duas, que agora caminhavam em direção a suas casas.

— Alice oi! — Hayes se aproximou e Alice sorriu envergonhada, ao lembrar que foi ele que ela abraçou. — Olá...

— Alana. — a loira completou mordendo o lábio.

— Então o que aconteceu? — o loiro perguntou.

— Fomos expulsar do ônibus. — as duas responderam. — No primeiro dia.

— Nossa. — Hayes arqueou a sobrancelha e gargalhou. — Bom, pelo menos terão a minha ilustre presença.

— Ah claro. — Alice disse rindo.

Shawn levou o olhar até Hayes chegar nas garotas, ele não havia visto que elas estavam lá se não, jamais pararia o carro. Ele havia se esquecido que tinha outras pessoas além de Nash no carro quando travou o maxilar vendo Alice sorrir junto a Hayes, parecia que ele ia matar o loiro somente com o olhar, ele não queria ninguém com a Alice, muito menos Hayes que conseguia ser pior que Nash.

Alice é boa demais pra ele. — pensou.


Notas Finais


primeiramente quero agradecer a todos que não abandonaram a fic,eu sou grata a voces e prometo nunca mais deixar sem atualizar.
Nesses ultimos meses, meu mundo virou de cabeça para baixo, minha melhor amiga Alana sofreu um acidente e entrou em coma, fiquei muito mal porque nos conhecemos a mais tempo que qualquer pessoa no mundo. Fiquei com medo de perde-la, toda vez que tentava escrever alguma coisa, eu me perdia nas lembranças e começava a chorar, ela é a minha principal fonte de inspiração. Nunca imaginei que a medicina do Brasil ajudaria, mas milagres acontecem certo? Ela esta bem, saiu ontem cedo e hoje ja consegui escrever um capitulo, esta meio fraco eu sei, mas por favor me perdoem!
Mas voltando, EU NUNCA MAIS VOU ABANDONAR AQUI, estou até pensando em começar uma nova e quero saber de voces, querem mais uma fanfic?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...