História Imagine - Kim Taehyung - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X
Personagens BamBam, Hyung Won, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Joo Heon, Jungkook, Ki Hyun, Mark, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Show Nu, Suga, V, Won Ho, Youngjae, Yugyeom
Tags Drama, Namjin, Romance, Yaoi
Visualizações 258
Palavras 1.822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry amores, meu PC quebrou, por isso não postei quarta >.<

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
>.< <3

Capítulo 40 - I am the monster


Fanfic / Fanfiction Imagine - Kim Taehyung - Capítulo 40 - I am the monster

*S/n On *

 Acordei cocei os olhos, olhei para o lado e vi que Tae estava lá, eu não sabia bem onde eu estava pois definitivamente eu não estava em casa, oque será que aconteceu? Fiquei olhando Tae dormir, ele estava fofo , estava com um biquinho na boca, percebi que nossas mãos estavam entrelaçadas, fazia tanto tempo que eu sentia saudade disso. Como nada que é bom dura para sempre, ouvi o som do meu celular tocar, fazendo Tae acordar e coçar os próprios olhos, peguei meu celular e era meu Appa.

**Ligação on**

Eu: Oii Appa.

Appa: Oii filha, vou chegar daqui a meia hora na casa.

Eu: Okay, venha com cuidado. Beijos

Appa: Beijos my Angel.

** Ligação off**

 Tae ficou me encarando como se não tivesse entendido nada que eu havia falado.

Tae: Quem era?- falou ajeitando os cabelos e sorrindo.

Eu: Não interessa.- eu juro que eu não queria ser grossa, é só que , como ele consegue agir como se nada houvesse acontecido?

Tae: Grossa.

Eu: Olha que fala- acabei pensando alto demais , tampei a boca. Tae me encarou sorrindo- Aish, tô indo.

Tae: Vai pra onde ?

Eu: Pra casa.

Tae: Vou com você .

Eu: Prefiro ir sozinha, não gosto de andar com desconhecidos.- Saí do quarto peguei minhas roupas e chamei um Táxi.. Todos estavam acordados.

Nam: Onde você passou a noite amor?

Suga: Custava ligar?

Thay: O Tae é outro que saí e não liga.

Nara: Será que ele dormiu bem? Aish, nem pra me avisar, nem parece que sou namorada dele.- falou brava.

Kook: Onde você dormiu?

Eu: Calma gente. Primeiro eu só lembro de ter saído com o Wonnie pra ir beber e depois eu só lembro de ter acordado em um Hotel. Tae havia me levado pra lá já que eu estava bêbada.

Suga riu.

Suga: Você não tentou beijar ele né?

Nara: Já foi dar em cima do meu macho?

Eu: Primeiramente não fui eu quem decidi dormir com ele, foi ele quem quis dormir comigo.- Ela fez uma cara de raiva e puxou meu cabelo- GAROTA QUAL O SEU PROBLEMA?- falei puxando os cabelos dela.

Tae: Gente tem um.....- ele nos viu e foi tentar separar- parem com isso.

Jin: Vai S/n arregaça.

Hoseok: Façam as apostas.

Kook: S/n ganha.

Appa: Oque está acontecendo aqui?- falou em tom auto.

Nara: Appa, ela quem começou.- falou apontando pra mim e meu appa me olhava com os olhos arregalados.

Eu: Appa?

Appa: Eu posso explicar S/n.- Olhei pra ele

Eu: EXPLICAR OQUE? EXPLICAR QUE TEM OUTRA FILHA E NÃO ME CONTOU? ME EXPLICAR QUE TRAÍU MINHA OMMA OU ALGO ASSIM? - Sorri sarcástica- NÃO VALEU.

Nara: Oque está acontecendo aqui?

Eu: É simples, Hello irmãzinha .- pegeui minha bolsa e minha blusa de frio que estava no sofá- Eu vou sair, é melhor do que ficar aqui.

Appa: Filha Esper..- Cortei ele.

Eu: Eu e mais quantas são suas filhas?- falei saindo e fechando a porta, eu havia pego pesado com elee eu sabia disso, mais como ele pode ter feito isso, ter tido uma filha e não ter nem  comentado? Será que minha Omma sabe? Devo contar? Não. Decidi ir para o Hospital vêr minha Omma , wonnie estava no quarto dela.

Eu: Olá Omma, Olá Wonnie.

Omma: Oi meu amor, estava chorando? 

Eu: Não Omma, Não estava .

Omma: Oque aconteceu?

Eu: Nada- Wonnie me encarava sério- Omma o Appa vai vim daqui a pouco.

Omma : Okay.

Wonnie: Então, a senhorita vai receber alta logo, logo.- Minha Omma sorriu de ponta á ponta

Omma: Obrigado Doutor.

Wonnie: Que isso- falou sorrindo reluzente - S/n podemos conversar?

Eu: Claro - falei sorrindo e saindo com ele.

Wonnie: Aconteceu algo?

Eu: Não. Eu já falei que está tudo bem.

Wonnie: Está mesmo?

Eu: Não...Não está.....- falei olhando pro chão.

Wonnie: Oque aconteceu?

Eu: Te conto depois.

Wonnie: Okay.- fui até o quarto da minha Omma e dei um beijo nela e fui pra casa, chegando lá todos me olharam.

Appa: Filha vamos conversar?- Olhei pro lado Nara estava chorando, Tae estava abraçando ele eu ignorei a pergunta do meu Appa. Subi para o primeiro quarto que vi e entrei. 

Eu sabia que vindo pra Coréia minha vida iria mudar, mas eu não sabia que ficaria tão díficil assim, quem diria que eu iria conseguir Amar realmanete um garoto que é um Idol, teria conhecido vários grupos que eu amo, é não ficou tão ruim assim. Mas poderia ser Mais facíl, porque tem que ser tão dícil ? Como posso ser irmã de uma pessoa que eu odeio e esse sentimento e recíproco? Fiquei encarando o Teto até ouvir alguém bater na porta.

Eu: Eu não quero abrir, então me deixe em paz.

Tae: Sou eu S/n, Abre a porta.......... Por favor.- fui até a mesma e abri, Tae me abraçou e eu comecei achorar e ele fez cafuné nos meus cabelos empurei ele um pouco.

Eu: Por que você me confudi tanto? Diz quer ser meuamigo e agora diz que num quer, diz que me ama e logo diz que não me ama. Caramba Kim Taehyung, eu amo você e você não me ama então pare de fingir que se importa. - Tae sorriu e balançou a cabeça em negativo.

Tae: Quem disse que eu não te amo? Quem disse que eu não me importo?- ele levou uma mecha do meu cabelo pra trás e depositou a mão em minhas bochechas, nos aproximamos e ficamos nos olhando, olhei para a boca dele e fui me aproximando ele olhava para minha boca e para meus olhos, eu já sentia sua respiração, até ouvir algo na porta olhamos e Mark estavalá, nos separamos.

Mark: Oque é isso?

Eu: Podemos conversar?

Mark: A sós?- olhei para Tae que saiu do quarto, Mark estava com o semblante triste.- Não me peça isso hoje por favor, eu deixo passar, só não me peça pra terminar por favor.- Olhei pra ele e concordei com a cabeça.

*Mark on*

Eu havia visto fotos de S/n e Tae entrando em um Hotel de mãos dadas, me senti horrível ao ver aquilo, meu vôo foi adiantado, assim que cheguei na casa do BTS, descobri que S/n estava triste fui ver ela e vi ela e Tae quase se beijando, pedi pra ela não pedir para terminarmos pelo menos NOT TODAY.

* Mark off*

*S/n on *

   Mark desceu comigo e sentou domeu lado no sofá, Nara pediu pro Tae sentar ao lado dela.

Eu: Vamos conversar?- meu pai já deixou a postura ereta.

Appa: A sós?

Eu: Não, eles são minha familia e eles tem esse direito.

Appa: Okay filha..... Bom, depois que você nasceu eu e sua Omma tivemos uma briga feia, e eu acabei traíndo , eu não sabia da existência de Nara fui descobrir alguns meses antes de você vir , eu contei pra sua Omma e por isso ela veio , me desculpa filha.

Eu: Appa, como você pode fazer isso?- Nara estava muito triste, eu não posso falar que a odeio, eu só não gosto dela, porém isso não quer dizer que eu não me importe com ela.- Você já pensou pelo que ela passou? Nara sofreu sem ter um pai. A mãe dela teve que fazer um trabalho por dois- Nara me encarava assim como os meninos, ninguém nunca achou que eu me importava com ela- Ela Também sofreu Appa.

Appa: Eu sei e eu realmente sinto muito por isso.

Nara: Sabe....... quando eu tinha 6 anos minha Omma morreu- falou deixando lágrimas caírem- Eu não tive um pai, S/n você tem tudo oque qualquer um quer sua vida é perfeita então por que fica querendo tirar o pouco que eu tenho?- eu olhei pra ela.- POR QUE VOCê QUER TUDO OQUE EU TENHO? VOCÊ É BONITA, CONSEGUE OUTROS HOMENS ENTÃO POR QUE NÃO DEIXA O MEU EM PAZ?

 

Eu: EU NÃO POSSO, AISH, EU AMO ESSE IDIOTA- falei apontando para o Tae, Todos estavam me encarando e eu olhei para o Mark- Eu sinto muito Mark, mais essa é a verdade. -Senti lágrimas no meu rosto- Você não tem nada a falar?

Mark: Oque eu posso falar? Falar pra me escolher? Eu sei que você não iria falar isso, mas eu não posso dizer que eu apenas gosto de você, por que é mais que isso, só que você não me encherga- ele me olhou triste- Eu te amo, só que o cúpido errou a flexa.

Mark pegou as coisas e foi embora , Tae me olhou por um tempo, pensei que ele iria tomar alguma iniciativa mais nada, ele nem ao menos tentou falar algo, peguei minha chave e carteira e saí de lá. Quando eu ia abrir a porta vejo Jay Park.

Jay: Oii Amor?

Eu: O que está fazendo aqui?

Jay: Eu vim te ver.- falou me puxando para uma beijo, cujo o qual eu não cedi- Senti saudades.

Eu: Ahh, Vai se fuder Jay.- Tae estava encarando com cara fechada , assim como os outros.

Saí andando com a cara fechada, Jay estava me seguindo.

Jay: Por que estava chorando ? Por que está triste?- ignorei ele , Comecei a lembra do começo de tudo, e acabei chorando- Vem Cá- falou me puxando e me abraçando, Jay era um cara sexy e isso era nítido, eu o chonheci quando tinhamos 6 anos, ninguém gostava dele , até eu decidir virar amiga dele ele era solitário, ele morou na coréia, mas logo foi para o Brasil, ele era uma pessoa boa.- Eu senti saudades meu amor.- Esqueça tudo o que aconteceu antes e lembre-se que eramos amigos e  me conte- contei pra ele- Então quer dizer que vocÊ está namorando.

Eu: Eu te contei um monte de coisa e você só me diz isso? Quer saber vamos voltar- voltamos e eu  abri a porta para Jay entra , só estava a Thay, Suga e o Tae na casa .

Thay: Quem é?

Eu: É o Jay Park.

Suga: O idiota que te traiu?- Jay ficou sem jeito.

Eu: Eu já perdoei ele. Voltamos a ser amigos.

Tae: Esse foi o idiota que traíu você?

Jay: E se foi algum problema?- eles estavam se olhando feio.

Tae: Tem sim- ele foi pra cima do Jay e deu um soco no rosto dele, Jay deu outro no rosto do Tae, Tae iria dar outro em Jay que já estava sangrando, porém eu entrei na frente, fazendo Tae dar um soco em mim. Coloquei a mão no lugar e estava sangrando um pouco.

Jay: Olha oque você fez- Falou vindo até mim- você está bem?

Saí de perto dele e fui para perto do Tae.

Eu: Eu estou bem TaeTae- falei sorrindo

Tae: M.....Me.....perdoa.

Eu: Eu estou bem- falei fingindo não sentir dor. Tae se afastou mais ainda.

Tae: E.....Eu....Sou .....um monstro....- falou deixando lágrimas rolarem- Me perdoa...

 

Continuaaa................

 


Notas Finais


Ahhh Quem goxtou?

Gente oque está acontecendo com o Tae??

>.< Comentem Mochi's <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...