História Imagine BTS - All loves - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~LLya_Bolinho

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Drama, Fluffy, Hoseok, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Namjoon, Rap Monster, Romance, Shoujo, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 24
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Pansexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, desculpa mesmo todos esses dias sem atualizar nenhuma fanfic, eu estava bem sem criatividade mesmo, mas já estou com o roteiro do Imagine JK e YG prontos. Esse capítulo não está muito comprido, mas não irá demorar muito para sair o próximo.

Boa leitura e muito obrigada por não desistirem de mim.

Capítulo 4 - Day Two - First Part


Saí em disparada até a porta, mas dei de cara com o peitoral de alguém.  Me distanciei e olhei para o indivíduo que havia bancado o muro e me barrado. Namjoon, fala sério!  Ele me olhava com uma expressão preocupada, mas que me passava medo.

 

–Quem é você? É uma staff? –ele perguntava enquanto eu dava passos para trás tentando me distanciar dele que se aproximava cada vez mais. –O que veio fazer aqui? Achei que o combinado fosse descanso absoluto a partir das 22h. Ah, você não fala coreano...Do you speak english? Estranho...-franziu o cenho. –Você parece coreana.

 

Ótimo, o que estava ruim tinha acabado de piorar. Não bastava todos os meninos terem acordado e estarem observando o interrogatório de Namjoon, mas agora Namjoon estava falando inglês enquanto vinha em minha direção.

Parei de andar de ré apenas quando senti minhas costas se chocarem com algo.

 

Virei para trás e vi Yoongi, ele estava sério e com um cara de sono.

 

–Cadê seu crachá? –ele perguntou sério e com a voz enrouquecida.

 

Tentei desviar para o lado e vi Jungkook ainda com as cobertas nas costas, sentado na cama e observando a cena atentamente com Jimin –q estava mexendo no celular- ao seu lado.

 

Tentei o outro lado. MAS SERÁ POSSÍVEL?! Jin. Nunca pensei que odiaria tanto vê-lo bem ao meu lado.

Um silêncio tomou o quarto. Os meninos todos me olhavam enquanto eu olhava quieta para o chão pensando em uma desculpa que me tornasse menos criminosa possível. De repente ouvimos o som de uma galinha e em seguida um som típico efeito de jogo vindo da direção direita onde estava Jungkook e Jimin.

 

Todos olharam para Jimin que estava jogando algo em seu celular. Aproveitei o momento de distração e passando ao lado de Namjoon corri em direção a porta, mas ele agarrou meu braço –doeu, tá? -  e me jogou para Yoongi que me jogou na cama a sua direita fazendo Jungkook dar um pulo e ir pra cama do Taehyung.

 

Yoongi estava por cima de mim e segurava meus pulsos na cama me fazendo submissa a ele enquanto me encarava com a expressão mais fria a qual já tinha visto.

 

–Você fala coreano? –perguntou Jin enquanto se aproximava da cama onde eu estava.

 

Hesitante, fiz que sim com a cabeça.

 

–Qual o seu nome? –Namjoon perguntou mais calmo parando atrás de Yoongi.

 

O olhei morrendo de medo. Eu tremia e as palavras pareciam fugir de mim.

 

Quando na minha vida, eu imaginei que encontrar o BTS seria assim?

 

–K-ki-ki... –fui interrompida por um cacarejar. Novamente, o jogo de Jimin, acho que era algo como uma fazendinha. Ele parecia estar vidrado naquele jogo sem perceber minha presença.

 

–JIMIN! –Suga o repreendeu.

 

–Ta, ta! Vou tirar o volume. –respondeu tedioso.

 

–"ki..."? –insistiu Jin.

 

Quando abri minha boca para dizer, uma porta se abre e de lá sai J-hope. Ótimo, minha esperança!

 

–Mas o que que é isso...- diz Hoseok.

 

–Uma invasora!  -respondeu Taehyung enquanto apontava pra mim.

 

–Gente, vocês nem sabem se a coitada é invasora mesmo. –isso mesmo! Por isso amo o Hobi ♡ pera, "coitada"? –Vamos deixa-la solta, ta, Yoongi? –falou pegando no ombro de Yoongi. –E perguntar com calma. –Yoongi o olhou, depois me olhou, bufou e então me soltou.

 

Me senti muito mais confortável para explicar como fui parar ali. Agora sim, poderia explicar minha história e quem sabe eles falem com as staffs deles e elas me dizem onde fica meu quarto! PERFEITO! Isso estava ótimo!

Ou era o que eu pensava.

 

–Amarrem ela na cadeira pra que ela não tente fugir. –disse J-hope sério. Parecia até que havia trocado de personalidade com Yoongi, que por sinal, estava com um sorriso vitorioso no rosto.

Aprendam uma coisa, crianças.

A vida pode até ser um mar de rosas, mas toda rosa tem espinhos.

No meu caso, essa rosa possuía 7 espinhos bem firmes. E eu tinha certeza eu eles não cederiam tão facilmente.

Me amarraram, sentaram à minha frente e me mandaram falar toda a história. Até Jimin largou o celular para ouvir.

Contei que meu nome é Kim Jisun, que eu tenho 19 anos, que era uma grande fã e como fui para ali no quarto deles.

Eles todos começaram a rir de mim enquanto eu ficava com uma cara de paisagem sem entender o motivo dos risos.

–Você sabia que tem todas suas informações no crachá, né? –disse Jin se recompondo.

–Si-sim...-respondi ainda processando.

–Pois lá tem tudo mesmo. –Namjoon disse limpando o que eu acreditei ser uma lágrima. –Inclusive o número do seu quarto. –ele terminou de falar e todos riram novamente.

Não acredito.

–Era só você olhar o prédio que tivesse o mesmo nome que estava escrito ali, tipo “Block A”. –disse Yoongi que também ria da minha pessoa.

É sério?

Eu não sabia mais explicar a mim mesma qual era minha expressão facial no momento. Eu me sentia uma completa tapada. Como em todo esse tempo eu não tive o raciocínio de olhar meus dados escritos no crachá?

Parabéns, Jisun. 


Notas Finais


Muuuuito obrigada por ler, xuxu <3 Não esquece de comentar o que achou ou alguma ideia. Comenta qualquer coisa ae, isso me incentiva muito a continuar pois sei que vocês estão gostando^^ Até o próximo! Beijos da tia Po satanubbie <3

Conheça também minhas outras histórias:
Imagine Jungkook:
https://spiritfanfics.com/historia/magnetic-love--imagine-jungkook-8271022

Imagine Yoongi:
https://spiritfanfics.com/historia/the-love-contract--imagine-yoongi-8900462


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...