História Imagine BTS - WINGS - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bst, Bts, Imagine, Imagine Suga, Jikook, Namjin, Sugaxleitor, V-hope, Wings, Yaoi
Exibições 17
Palavras 2.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu queria agradecer a quem favoritou a Fanfic! É meu primeiro Imagine e olha que eu nem gosto de ler Imagines(que menina contraditória ashuahsushsk).
TAMBÉM QUERIA AGRADECER MUITO A ~LadyParkJ UNNIE PELA LINDA CAPA QUE ELA FEZ PRA FIC(Tiamu sua Foda)!
Também gostaria de indicar a Fanfic "Daddy Messages", pq foi lá que eu comecei a ganhar inspiração pra essa Fic.
ESSA É APENAS A PARTE 1, ainda vou postar a parte 2!
Tchau, até as notas finais S2

Capítulo 2 - 2. Fun Boyz - Pt. 1


*VOCÊ*
- Você realmente acha que vou te deixar sair com pessoas que conheceu ontem? - sua mãe perguntou, finalmente tirando a atenção da louça que lavava. Ela te encarava com um olhar sarcástico.
- Hm... Sim? - sua resposta a fez revirar os olhos.
- Como você pode confiar tanto em um garoto que conheceu ontem em uma praça?
- Eu sinto que posso confiar nele... E nos outros também. Vamos omma! Por favor deixa eu ir no parque com eles! - você fez uma carinha de cachorro pidão. 
- Ai meu Deus... O que eu estou fazendo? - ela murmurou - Tudo bem... Você pode ir, mas não chegue muito tarde e mantenha o celular ligado para o caso de eu te ligar. Leve o seu oxigênio na mochila e se precisar, não hesite em usá-lo, entendeu?
- Muito obrigado omma, você é a melhor! - você a abraçou e subiu rapidamente para o seu quarto. Logo Yoongi estaria chegando para te buscar e sua ansiedade era enorme.
Depois de escolher colocar uma calça jeans, uma camiseta preta, seu casaco com estampa xadrez em tons de azul e seus tão adorados Converse All Star, você pôde ouvir a campainha tocar e seu coração disparou, exatamente como você fez, em direção à porta.
- Hm... Oi - Yoongi disse surpreso ao te ver.
- Então você deve ser Yoongi... - sua mãe surgiu ao seu lado. Ela encarava o Min intensamente, este não parecia nem um pouco intimidado.
- A senhora deve ser a omma da (S/N)...Prazer em conhecê-la senhora... - ele fez menção para que ela se apresentasse.
- (Insira o nome da sua mãe aqui). Cuide bem da minha filha Min, senão eu irei te bater... Muito. - ameaçou - Brincadeirinha! Até logo e não voltem tarde, crianças! - ela praticamente te empurrou porta afora e acenou com a mão.
Quando vocês dois estavam longe da visão da sua mãe, Yoongi comentou:
- Sua omma dá medo... 
- Pode ficar tranquilo. Ela não morde... Pelo menos não se você não provocá-la - você respondeu, arrancando uma risada baixa do seu acompanhante.
********
- Demorou, Min Suga - o garoto de cabelos róseos riu.
- Não enche, Jin - Yoongi ignorou o comentário do mais velho e cumprimentou todos ali presentes - Sua mãe deixou você vir JungKook? - ele direcionou sua atenção ao mais novo, que assentiu com a cabeça.
- Oi (S/N)! - o baixinho, vulgo Jimin, te abraçou. Os outros também te deram "Olá" e, só então, vocês finalmente adentraram o parque.
- Vamos em qual primeiro? - perguntou Taehyung animado.
- Que tal a montanha-russa? - Hoseok respondeu o mesmo com outra pergunta. Os dois começaram a discutir sobre qual brinquedo ir primeiro, mas então Namjoon se meteu, dizendo:
- A (S/N) deve escolher! - ele apontou para você. Que respondeu levantando as mãos constrangida:
- Não precisa! Escolham entre vocês mesmos! - de repente uma voz soou atrás de você.
- Escolhe um logo! Pare de ficar bancando a garota fofinha - Yoongi estava rindo.
- Quer saber? - sua certeza de que aquilo era um desafio te enchia de determinação - Vamos na montanha-russa!
Você saiu puxando JungKook, que estava do seu lado no momento. Ele pareceu surpreso, assim como os outros.
********
- Aí está a garota que eu queria ver - disse o Min, enquanto se sentava ao seu lado na montanha-russa. Após os cintos serem colocados, o brinquedo começou a andar e subir lentamente.
- Ai meu Deus! - o grito de Hoseok ecoou atrás de vocês dois. Você virou sua cabeça para encará-lo, e o mesmo tremia de medo. Parecia que desmaiaria a qualquer momento. Isso fez você e todos os outros rirem alto.
Então o momento esperado chegou. O brinquedo começou a ranger quando os carrinhos chegaram ao ponto mais alto.  
- Puta merda! - Namjoon xingou em inglês.
Os gritos de todos davam um aspecto lindo àquela cena. Você nunca tinha vivido um momento tão estranhamente feliz. Tanto que só percebeu que começou a perder o ar poucos segundos antes de o brinquedo parar. Ao sair dele você estava tonta. Abriu rapidamente a mochila e retirou o pequeno e fino tubo transparente de dentro da mesma, o fixando nas suas narinas, para logo depois girar a pequena alavanca que liberou o oxigênio para dentro de seus pulmões.
- Tá tudo bem? - Jin perguntou, visivelmente preocupado.
- Tá tudo bem, sim... Só perdi um pouco o fôlego(nota: "A menina quase morre e diz isso, me poupe.")... Não foi nada de mais. Vamos em outro brinquedo agora?
*JEON JUNGKOOK*
Depois de irmos em mais alguns brinquedos todos juntos, resolvemos nos separar. Jimin estava caminhando ao meu lado na direção da lanchonete sem dizer uma só palavra. Resolvi quebrar o silêncio que pairava entre nós, mas este foi mais rápido.
- Como está indo em casa? - ele perguntou.
- Eu vou levando... Ainda não contei para os meus pais - falei, abaixando a cabeça.
- Eu tenho certeza de que eles vão aceitar Kookie. Vai ficar tudo bem! - Jimin pegou a minha mão delicadamente e deu um pequeno sorriso.
- Eu agradeço a Deus todo dia... Por ter você e os hyungs na minha vida - ele corou e apertou a minha mão mais forte.
- Para. Assim vou ficar com vergonha...
- Me obriga, baixinho! - eu ri, colocando a mão na cabeça dele(N/T: "Não pensem merda!").
- Eu vou te bater, pirralho! - ele esbravejou e continuamos o caminho conversando coisas aleatórias e provocando um ao outro.
********
- Vou querer dois hambúrgueres e dois refrigerantes, por favor! - Jimin pediu à moça no balcão, que assentiu com a cabeça enquanto anotava tudo.
- Será que os outros vão querer também? - perguntei.
- Eles que venham comprar, oras! Já não basta o sorvete que compro 'pra' todo mundo quase todo dia? - ele deu uma pequena risada após o último comentário.
- Nós ouvimos, tá? Park Jimin, seu imprestável! - Suga caminhava até nós, junto dele estavam (S/N) e todos os outros.
- (S/N)! Está se divertindo? - perguntei a ela, que se sentou ao meu lado, seguida de um Min observador.
- Estou sim! Acredita que fazem mais de sete anos que eu não venho a um parque de diversões? - seu sorriso foi sincero.
- O que tem na mochila? - perguntou Tae, curioso.
- Ah? Meu aparelho de oxigênio, para o caso de eu ficar sem ar - os outros se entreolharam.
- Por isso você usou ele depois da montanha-russa? - Jin perguntou preocupado. Suga olhou para ela surpreso.
- Você devia ter me dito sobre isso, (S/N)! - ele estava visivelmente irritado.
- E-eu não queria te preocupar Yoongi! - ela respondeu aflita.
- Calma Suga! - Namjoon interviu e parou a possível discussão. Todos pareciam sem graça.
- Desculpem... E-eu vou ao banheiro - (S/N) se levantou, deixando a mesa. Levantei e fui até ela. Jimin me seguiu, assim como Jin também.
- Não me diga que você vai chorar como nos Doramas? - o Park perguntou à (S/N), que deu um sorriso enquanto se contorcia e respondeu:
- Claro que não! Eu quero realmente ir ao banheiro... - ela ficou visivelmente vermelha.
- E eu pensando que ia ter que te consolar... Parece que você é uma menina forte! - o hyung mais velho começou a rir.
- Vamos voltar para a mesa então, hyungs? - me pronunciei finalmente - Te esperamos lá, (S/N)! - agarrei os braços dos dois e saí puxando-os.
- 'Aish', Kookie! Eu sei andar, tá? - Jimin reclamou.
- Calado Par... Opa, desculpa! - esbarrei em alguém - Espera... Mark hyung?
- Ah! Oi JungKook! Jimin e Jin também! - ele exclamou.
- Como está indo a vida de casado hyung? - perguntou Jimin. Mark olhou para trás e sorriu.
- Eu e Jackson nos entendemos muito bem, sabe? Apesar dele falar demais às vezes... - fomos interrompidos por um Jackson que segurava um bicho de pelúcia gigante.
- Consegui para você, Markie Pooh! - ele entregou o urso para Mark, que deu um sorriso enorme - Ah! Oi meninos! - Jackson pareceu finalmente nos notar ali.
Após mais alguns cumprimentos, o casal "Markson" se despediu de nós e foi embora.
Quando chegamos na mesa, notei que (S/N) já havia voltado, e esta conversava animadamente com os meninos.
- Parece que todos estão se dando bem novamente! - Jin riu e sentou-se ao lado de Namjoon. Eu e Jimin voltamos aos nossos lugares. Ele tocou minha mão e deu um lindo sorriso, que me fez derreter por dentro.
- Jimin, você e JungKook são um casal? - a pergunta de (S/N) me fez voltar à realidade.
- Hm... Acho que... - interrompi a resposta do mesmo.
- Sim - Jimin me olhou. Um misto de felicidade e surpresa podia ser visto nos olhos dele.
- Mas os pais do Maknae não sabem - Hoseok falou, meio triste.
- Eu vou contar para eles! Eu vou, está bem? - respondi irritado. (S/N) me olhou no fundo dos olhos. Ela parecia feliz em saber que eu estava com o Jimin, mas a mesma também tinha ficado decepcionada pelo modo de como eu falei com o Hope - Desculpe Hyung. Eu não queria ser grosso...
- Não foi nada JungKook, você sabe que pode contar comigo para qualquer coisa. Quero dizer, não só eu, mas todos nós!
- Sim, eu sei hyung! Por isso eu confio em vocês.
*KIM TAEHYUNG*
Depois do lanche, nos separamos mais uma vez. Eu e Hoseok seguimos na direção das barracas de jogos com prêmios.
- Quer alguma coisa, hyung? - perguntei a ele.
- Não, e você? - ele respondeu. Olhei ao redor a procura de algo interessante. Saí cantarolando uma das músicas que Namjoon tinha feito até uma barraca que dava pelúcias como prêmio. Um pequeno leão me chamou a atenção.
- Hyung! Eu quero aquele leão - apontei na direção da pelúcia, enquanto fazia uma expressão séria.
- Tudo bem. Vai lá então que eu te espero aqui - ele disse tranquilo.
- Quero que VOCÊ consiga 'pra' mim, seu burro! - o empurrei de leve e o mesmo começou a rir.
- Tudo bem, eu vou - ele continuou a rir. Após alguns minutos tentando acertar a bola no buraco certo, Hoseok finalmente conseguiu o leão.
- Que leão endiabrado! Levei horas para conseguir ele. Você me deve uma Tae! - ele reclamou enquanto me entregava o leão.
- Que nome daremos à ele? - perguntei, sem dar importância às reclamações do hyung.
- Sei lá! Você escolhe... - ele olhou bem para o leão em meus braços - Jimin, talvez?
- Aish! Que nome horrível hyung! - eu falei, gargalhando alto.
- Pensando bem... Você está certo, é um nome horrível! - ele também entrou na brincadeira. Seguimos caminhando um pouco mais até encontrarmos com Jin e Namjoon na porta da casa assombrada.
- Os hyungs vão andar nisso aí? - perguntei, quase rindo.
- Escolha do Namjoon, não me mete nessa história aí não - Jin reclamou.
- Vocês são dois estranhos! - completou Hoseok, me puxando para fora dali.
Andamos mais um pouco e demos de cara com a (S/N) e com o Suga. Estes esperavam na fila da roda gigante.
- Os pombinhos vão andar na roda gigante? - perguntei, dando uma risada. 
- Calado, Taehyung - para a minha surpresa, quem me mandou calar a boca não foi o Min Soneca, e sim a (S/N). Arregalei os olhos e respondi:
- 'Aish', que grossa!
- Podia ter ficado sem essa! - Hoseok riu da minha cara.
- Calado, Jung Hoseok! - agarrei o braço do mesmo e dei tchau ao "Casal das Patadas".
Comecei a procurar algo para fazer, quando vi que já tínhamos andado em quase todos os outros brinquedos.
- Não tem nada para fazer hyung... Que droga.
- "Mani, Mani, Mani" - ele começou a cantar uma das músicas que Suga e Namjoon fizeram e dançá-la também. Algumas pessoas pararam para ver o "Show de Jung Hoseok". Comecei a cantar uma das partes da música que eu me lembrava e dançá-la também.
Ficamos lá, dançando igual a dois idiotas no meio do parque, enquanto algumas pessoas paravam para ver.
********
- Cansei hyung! - eu disse, enquanto me jogava na cadeira da lanchonete.
- Se você cansou, imagina eu! - ele deu um sorriso. Fitei seus olhos por alguns segundos em silêncio. Nós dois coramos.
- Ainda não demos nome ao leão... - olhei para a pelúcia em cima da mesa - Alguma idéia?
- Nenhuma Tae... Nenhuma.
- 'Aish', como você é um imprestável hyung! - brinquei.
- Eu sei que você me ama! - corei mais uma vez com as palavras dele.
 


Notas Finais


Vou postar capítulo uma vez por semana, então, até semana que vem meus Cookies ~le manda um beijo~
S2
AH E... ESCOLHAM UM NOME PARA O LEÃO DO TAE!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...