História BTS - Blindfolded - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Colégio, Exo, Kpop, Magia, Romance
Exibições 723
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie, desculpa qualquer erro, é minha primeira fic

Capítulo 1 - ''Perdão, qual é seu nome?''


Fanfic / Fanfiction BTS - Blindfolded - Capítulo 1 - ''Perdão, qual é seu nome?''

Meu nome é (S/N) e estou me mudando hoje para Coreia do Sul, quer saber o motivo? eu te explico.

 

                           (Casa da S/N 6:30 da manhã)

                                                                             (S/N ON)

-Filha, acorda -Diz minha omma mexendo levemente meu ombro

-Hm? -Digo ainda de olhos fechados

-Daqui a 3hrs vamos para Coreia.

-Que? -Digo sonolenta, eu estava surpresa, porém com sono, então não consegui demonstrar tanto espanto

-Eu estava pensando nisso a uns dias e queria que fosse surpresa,eu já arrumei uma parte da sua mala, mas tenho que arrumar a minha, então levante pois falta 3 hrs pro voo

-Okay - Digo finalmente abrindo os olhos que permaneciam fechados a conversa inteira, e depois os esfregando tirando o branco da visão, estava com sono porém ansiosa então brevemente levantei

 

Minha mãe já estava se banhando, então como não podia perder tempo arrumei o resto da mala,peguei uma roupa que iria usar hoje, uma  blusa preta de manga longa e listras brancas com uns ''fios'' saindo pela blusa, como se fossem um pompom, era fofo,uma calça rasgada jeans,e um all star cinza, eu já estava com meu colar já que nunca tiro ele, como só faltava o banho e coisas que só irei fazer depois dele, fiquei perdida em meus pensamentos até que...

 

-Filha, já terminei o banho, agora vá vc -Diz minha mãe aparecendo meio que, do nada?

-Okay omma -Dei um pulo pra tras quando ela apareceu pois estava destraida mais fui bem rapida para responder e para ir me banhar, depois de tudo só fiz uma especie de tiara de tranças no topo de minha cabeça com meu proprio cabelo e apenas uma base e rimel já que uso oculos e ia esconder meu rosto de qualquer maneira.

 

Se passaram duas horas e quinze minutos, já entramos no carro em direção ao aeroporto,chegamos lá faltando 10 min pro avião decolar, eu dormi durante uma boa parte da viagem já que acordei cedo e estava com sono, e acho que já falei varias vezes que estou com sono mas okay

 

Estamos, finalmente, em Seul, na Coreia do Sul, eu estava super feliz e reparava em cada centimetro da cidade em quanto andanva para minha nova casa. Minha mãe nem chegou direito e já queria comprar tudo, como acabamos de chegar ainda não temos o dinheiro, mas ela ficava olhando as coisas mesmo assim e eu aproveitava pra dar uma fuigida li e aqui, mas nunca tão longe assim, então ela nem dava sermão.

Em uma dessas ''fugidinhas'' eu simplesmente não olhava pra frente e sim pras casas, paisagem, tudo, menos as coisas que vinham em minha direção, ou melhor, as pessoas.

ENTÃO,agora que já sabem como estou na Coreia, vamos ver o que vai acontecer agora, afinal eu estava explicando enquanto andava pelas ruas de Seul, continuando...

 

Eu estava andando pela rua, como eu disse, não olhava para frente, até que sinto umas partes do lado direito de meio corpo doerem, como se tivesse trombado com alguém, e, sim, trombei com alguém.

 

-Ai! -Digo colocando a mão no meu ombro que doia

 

-Perdão, eu não te vi - dizia uma voz masculina, eu não vi seu rosto pois estava olhando para meu ombro, em momento algum olhei para ele, não sei o motivo, simplesmente não estava com vontade

 

-Tudo bem, eu também estava olhando para outras direções-termino de falar e uma voz um pouco de longe grita meu nome, já sei, minha mãe, nem sabia quem era o cara então só me despedi e fui.

 

-Onde estava? suas ''fugiddinhas'' demoraram mais desta vez- Diz minha mãe, ela parecia preocupada, acho que dei um susto nela

 

-Acabei esbarrando em um cara, só isso.

 

-Okay então, vamos pra casa logo

 

Nos andamos uns 10 min e já chegamos lá, amanhã seria meu primeiro dia de aula, mas ainda estava cedo, 14:00, é estranho acordar cedo, parece que o tempo nunca passa e que vc poderia ter aproveitado mais, pelo menos eu penso isso.

 

Minha mãe saiu para resolver tudo, meu colegio, dinheiro,trabalho, essas coisas, meu pai não veio, ele ainda vai vir mas vai demorar uns 2 dias segundo minha omma.

 

Arrumei minhas coisas e fiquei pensando, eu era colega de todo mundo mas amigo mesmo só tinha 3, Loréna e Arthur, que eram um casal de namorados, e Lucas, sempre nos divertimos muito juntos, vou sentir muita saudades, a Loréna vai vir aqui nas férias pois alguém da familia dela mora aqui, ela nunca disse quem mas okay, o Arthur tbm tem familia coreana mas enquanto a ele eu não sei...

Eu e o Lucas sempre ficamos atras da Loréna e o Arthur falando coisas como ''MEU OTP'' ''AWN QUE BUNITINHOS'' e essas coisas

 

                                                                          ~FlashBack ON~

- S/N socorro, vou pedir a Loréna em namoro -Arthur dizia em uma mensagem do face

-SOCORRO, TO MAIS NERVOSA QUE VC

 

Ficamos falando e rindo um pouco antes dele pedir, mas quando ele pediu acho que eu fiquei mais feliz que os dois juntos

 

-Loréna, vc quer namorar comigo?

-E vc ainda pergunta? é claro que eu quero idiota

 

Ele me perguntou oque fazer, eu respondi ''beija ela'' eu estava brincando, e ele foi pra cas dela beijar ela mesmo, e quando ela soube que eu que mandei ele ir fazer isso me agradeceu, eu estava feliz.

 

O Lucas não estava, mas eu sou o pombo correio do nosso grupo, sempre que um fala uma coisa, mesmo que não seja necessario eu falo isso pro resto deles,então eu falei pra ele pouco tempo depois, só sei que eu estava muito feliz com eles, e nos brincamos falando que eu sou a filha de ''Loar''(Loréna  e  Arthur)

                                                 ~FlashBack OFF~

Apenas suspirei pensando se ia ver eles novamente ou não, quando fui ver já eram 16:00, pensei muito neles, eu queria sair pra conhecer a cidade, então fui me arrumar.

 

Continua?


Notas Finais


Espero que tenham gostado, bye <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...