História BTS - Blindfolded - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Colégio, Exo, Kpop, Magia, Romance
Exibições 511
Palavras 607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoy c:

Capítulo 2 - Quero ver eles novamente....


Fanfic / Fanfiction BTS - Blindfolded - Capítulo 2 - Quero ver eles novamente....

 ~~No capitulo anterior~~

Apenas suspirei pensando se ia ver eles novamente ou não, quando fui ver já eram 16:00, pensei muito neles, eu queria sair pra conhecer a cidade, então fui me arrumar.

                                                        (Començando esse cap)

Eu já estava meio arrumada então só passei um batom vinho e um blush e alisei algumas mechas de meu cabelo, pequei a chaves, nem peguei meu celular, queria aproveitar.

 

Eu não parava de pensar nos meus amigos, nunca tive uma amizade tão verdadeira quanto a deles, mas queria esquecer isso,  balancei minha cabeça rapido tentando me livrar daqueles pensamentos, mas assim que abro a porta, acho que nem precisava balançar a cabeça, só de ver como a cidade era bonita já fiquei parada com a boca e olhos abertos.....BEM abertos, quase engoli uma mosca.

                                      

Seul realmente me impressionava, não sei se é por ser outra pais, outra cultura e etc, só sei que estou amando. Enquanto eu passeava vi um colegio, parecia ser apenas para maiores de 14 ou algo assim, era bonito, vejo dois meninos na porta conversando, um tem cabelos um pouco vermelho  ou vinhos, sei lá, e o outro castanhos claros, suas vozes eram familiares, mas tinha tanta gente conversando ali desde que cheguei que era facil uma voz ser familiar, então só segui em frente.Me lembrei  de uma amiga que tinha aos meus 14 anos, acho que foi a unica que conseguiu alcançar o mesmo nivel da Loréna,Arthur e Lucas, o nome dela é Isabella

Bom, já que falei dela, vamos lá...

                                       ~~FlashBack ON~~

-OIE AMIGA- eu digo quase gritando

-OI MIGA TUDO BOM?-Ela diz no mesmo tom que eu, nos estavamos brincando ao falar assim, claro.

-Só  espero que vc não cofunda a palavra ''amoeba'' com ''katana'' denovo,  pois não tem nada ligado com nada- Digo rindo e ela retribui rindo mais ainda.

                                                                                        ~~FlashBack OFF~~

Parei em uma praça, senti que alguém me observava, mas acho que é normal, tenho  traços diferentes por ser brasileira, é natural eles observarem isso, então nem liguei, por um tempo..Pois esse ''alguém'' que me observava fazia isso por muito tempo, resolvi me apressar, levantei do banco que estava e sai andando um pouco rapido e sinto que esse alguém também esta me seguindo, apresso e aperto o passo mas ele não desiste, resolvo correr, então brevemente chego em casa, e tranco a porta, eu sentia essa pessoa me seguindo até eu pisar em casa, quem era? seja quem for, eu realmente não tenho interesse.

 

Uns minutos depois batem na porta, olho na TV que transmite  oque as cameras filmam, e vejo que é minha mãe, dou um suspiro de alivio, ninguém quer um cara que tava correndo atrás de ti na porta de casa né.

 

-Filha - Diz minha Omma

-Sim? -Respondo de costas arrumando  o sofá, que eu tinha acabado de bagunçar pulando e rolando nele, por ser muito dorminhoca e sonolenta eu amo qualquer lugar que de para dormir.

-A escola não conseguiu arrumar um novo uniforme pra amanhã muito menos hoje,mas tente ir com uma roupa parecida - Ela diz me mostrando foto do uniforme, eu tenho umas roupas parecidas com a do uniforme então estava tudo okay, não sei o motivo, mas me veio na cabeça aquelas patricinhas de filmes me zoando por não ter uniforme, eu ri sozinha disso minha mãe fez uma cara de '' Wtf? '' mas apenas continuei a arrumar o sofa.

 

Fui organizar meu material para amanhã, eram 22:00 hrs e eu deveria acordar as 6:00, então terminei de arrumar o material, coloquei um despertador, pois mesmo se minha mãe me acordar não vai adiantar nada, eu vou continaur dormindo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, perdão qualquer erro.
Bye <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...