História BTS - Blindfolded - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Colégio, Exo, Kpop, Magia, Romance
Exibições 428
Palavras 293
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Por ser um bônus é bem curto, mas daqui a umas horas posto um cap normal okay?

Capítulo 4 - Bônus


Fanfic / Fanfiction BTS - Blindfolded - Capítulo 4 - Bônus

- S/N seu pai chegou ! -Diz minha mãe

- QUE? CADE ELE? - Digo animada dando pulinhos

-Na sala

Eu sai correndo pelas escadas, quase cai quatro vezes

 -APPA! -  Pulo em meu pai

- Filha! - Ele me abraça - Hey, que tal me mostrar a cidade?

- Sim, a mamãe já te viu faz tempo?

-Cheguei quando ela estava arrumando a casa e vc estava dormindo, fui resolver as coisas e voltei agora

-Okay, vamos

 

Eu mostrei a  cidade pra ele, nos divertimos muito

 

Que tal apostar corrida? - Diz meu pai

Eu me lembro do meu primo, foi por causa dessa brincadeira que ele morreu

- Acho melhor não..

- Então vamos comprar alguma coi...

Pela terceira vez alguém da minha familia morre na minha frente, E ATROPELADO

Entrei em desespero, chorei, gritei, todos ao meu redor olhando e a maioria tentando salvar ele de alguma forma, mas ele  estava morto, seu corpo gelado, seu coração não batia, não respirava, eu só chorava com umas trinta pessoas tentando me acalmar.

Apareceu uma moça, ela era meio baixinha, aparentava ter por volta de 30 anos, cabelos curtos, pretos e com franja, sua pele sinceramente não era das melhores mas era até que cuidada, era bonita, mas nem tanto, estava um pouco pra cima do peso normal. Ela me abraçou.

Eu JURO que foi um abraço de mais de cinco minutos

É comprovado que o maximo tempo de um abraço é de 3 segundos, se for mais, é verdadeiro, muito mais que verdadeiro no meu caso de mais de cinco minutos.

Eu não sei como ela conseguiu,mas só com um abraço ela me acalmou,mas eu continuava soltando poucas lagrimas e gemidos, quando olho pro lado meu pai não esta mais lá.


Notas Finais


PAH
MISTERIO
Hehe
Obrigada por ler, até mais <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...