História Imagine BTS - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 84
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Um dia bom


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 10 - Um dia bom

Mais um dia se iniciava e eu me esforçava pra acalmar minha mente à respeito dos eventos de ontem. Sabe aquele tipo de coisa que gruda na cabeça e que você fica pensando e revivendo à toda hora? Pois é...a ligação e as mensagens de ontem tavam nessa situação. Talvez quando eu chegasse no prédio e visse os garotos, me distrairia e esqueceria do assunto. Saí mais cedo de casa pra poder vê-los antes do trabalho.

Cheguei uma hora antes e logo fui pro apartamento deles. Bato na porta...ninguém responde...bato de novo e consigo ouvir uma voz que parecia ser do Jimin, resmungando baixo atrás da porta. A porta se abre e realmente é ele...sem camiseta (foto de capa). Dou uma leve travada ao vê-lo desse jeito e meu olhar fica perdido, passando pelo seu rosto e seu abdômen, sem saber pra onde olhar.

Ele estava com cara de sono e, após abrir a porta, esfregou seus olhos tentando se adaptar à iluminação do corredor e me ver melhor.

- (S/N)! Achei que fosse o staff vindo nos chamar mais cedo. - disse ele surpreso me lançando um sorriso, ainda com os olhos meio fechados por conta da claridade do corredor.

- Oi Jimin, desculpa, não sabia que estavam dormindo. - falei ainda sem saber pra onde olhar e cruzei meus braços, tava me sentindo muito exposta, apesar de ser ele quem estava sem camiseta.

- Quer entrar? - ele pergunta. Faço que sim com a cabeça, sem nem perceber o que estava fazendo. 

Ele me olha estranho, esperando eu entrar...eu nem havia reparado que tinha aceitado entrar, então ele me puxa pelo pulso pra dentro e fecha a porta. Vou em direção ao sofá e me sento, evitando olhar na direção dele.

- Que foi? Tá com medo? Eu não mordo não. - falou rindo - Só se quiser, é claro.

Eu o olhei com a expressão mais natural que pude fazer naquela hora, que não deve ter sido das melhores. E meu maldito olhar não conseguia parar de se desviar pro abdômen definido dele. Dessa vez ele reparou e vi que seu rosto mudou. Ele veio até o sofá e se sentou ao meu lado, bem próximo de mim.

Só imagina o meu estado numa situação dessas, eu tava quase morrendo com ele ali tão próximo e sem camiseta.

- Os outros ainda tão dormindo? - perguntei tentando distrair ele. Me afastei um pouco indo pro lado no sofá.

- Sim, eles estão. - falou Jimin me observando.

- Ah...que horas eles vão levantar? - tentei prolongar o assunto, enquanto ia aos poucos deslizando mais pra longe, até encostar no braço do sofá.

- Ei, por que tá se afastando? Já falei que não vou morder até que você me peça. - ele deslizou pra perto de mim, me empurrando contra o braço do sofá. 

Eu estava encolhida ali sem saber o que fazer. Se eu estava tentada a ceder às provocações dele? Com certeza, mas não era isso que eu queria, tava querendo ser amiga deles...Ele passa seu braço por cima de meus ombros e aproxima o rosto de meu pescoço.

- Jimin...e-eu não... - não conseguia falar direito com ele ali me apertando forte e sentindo a sua respiração. Mordo meu lábio inferior e fecho os olhos na tentativa de me acalmar. - Jimin...não quero isso...

Ele se afasta e tira seu braço dos meus ombros.

- Desculpa, eu não consegui me controlar, não quero te forçar à fazer nada. Eu só achei que...pelo jeito que você me olhou...sabe? - ele falou baixinho, ainda me observando.

- É que você é bonito pra caramba... - ele deu uma risadinha - e será que não poderia pôr uma camiseta? - digo, finalmente com coragem pra olhar pra ele.

Ele se levanta e quando ía virar o corredor onde estavam os quartos dá de cara com Namjoon. Namjoon o observa e me vê no sofá, volta seu olhar pra Jimin com um ar desconfiado.

- O que tava acontecendo aqui? - pergunta pra Jimin com um olhar julgador.

- Nada, a (S/N) veio nos visitar e eu tava indo acordar vocês...e pôr uma camiseta. - fala Jimin meio sem jeito.

- Aham, sei. - diz Namjoon soltando uma gargalhada. - Bom, acabei de te ajudar com a parte de acordar os outros, (sua risada tinha sido bem alta) agora vai logo botar uma roupa, tem uma garota aqui.

Jimin sumiu apressado no corredor.

Alguns segundos depois, J Hope, Jungkook e Jin também aparecem na sala.

- Qual foi a piada? - pergunta J Hope, com cara de sono, para Namjoon.

Estavam todos encarando Namjoon tentando entender a risada exagerada dele, ainda não haviam notado que eu estava por lá.

- Calma gente, é que a (S/N) tá aqui - disse Namjoon apontando pra mim - achei que vocês gostariam de vê-la. Vou chamar o Tae e o Suga, nem assim eles acordam. - ele vai pro corredor dos quartos.

- Oh, bom dia, (S/N)! - diz Jin.

- (S/N)!! - grita J Hope de forma escandalosa e alegre.

Jungkook me cumprimenta com um aceno e um sorriso de lado.

Realmente, o dia já estava bem melhor só de passar uns 15 minutos no apartamento deles. Tudo prometia que esse seria um bom dia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...