História Imagine BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 60
Palavras 959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A imagem de capa não tem nada a ver com a historia, so coloquei por que não sei fazer capa

Capítulo 1 - O pior e o melhor dia da minha vida


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 1 - O pior e o melhor dia da minha vida

                    (S/n) on

Eu estava com nojo de mim mesma, estava com nojo de olhar para baixo e ver o meu corpo marcado, sentia náusea so de pensar no que tinha acontecido ha umas horas atrás. Quis chorar, gritar, pedir ajuda para a primeira pessoa que passase por ali, mas todos achariam que eu era louca e so estava inventando tudo. 

Estava agachada chorando histericamente ate que sinto uma mão no meu ombro

???: -Você esta bem?- disse o desconhecido para mim, eu não conseguia enchergar direito por causa das lágrimas, mas assim que ele tocou a minha pele, eu recuei, pedindo para não me machucar. Ele me encarou e disse:

???: Eu não falo português, você falar inglês? 

Fiz que sim com a cabeça ainda chorando, quando as lágrimas não atrapalhavam mais a minha visão sobre aquela pessoa ate então desconhecida, eu finalmente o encarei, me assustei por um minuto, ele era...

         Algumas horas atrás...

22:00 

Eu estou voltando da casa da minha melhor amiga Thalita apos fazer um trabalho desgastante, não conhecia a rua e estava de noite, mas não estava com medo, estava usando o Waze para chegar em casa rapidamente, porem sou impedida de fazer tal ato quando sinto duas mãos, gigantescas mãos, me pegarem pela cintura e me prensarem na parede, sendo assim, impedida de sair.

(S/n): -Por favor não faça nada comigo! Eu te dou meu dinheiro se você quiser!- disse desesperadamente para o sujeito à minha frente.

???: - Ah gracinha-disse passando a mão no meu rosto- o que eu quero esta dentro do seu shorts por baixo de um pano

Entrei em desespero, eu nunca havia feito aquilo antes e não queria fazer naquele momento.

Comecei a chorar muito e gritar enquanto ele tentava me beijar e ficava passando a mão pelo meu corpo tentando abrir as minhas grossas pernas. 

Ele me deu um tapa na cara dizendo que se eu quisesse sair viva dali eu teria que fazer tudo o que ele mandar.

Assenti com a cabeça e abri as pernas, ele abaixou brutamente o meu short junto com a calcinha, começou à penetrar três dedos com força, me fazendo chorar, ele rasgou a minha camisa e tirou meu sutiã, me deixando completamente nua, ele, enquanto mordia um dos meus seios e massageava o outro de uma maneira bruta que doía de um jeito absurdo, retirou sua calça juntamente à sua cueca fazendo seu membro saltar para fora.

Engoli em seco quando ele começou a passar seu membro na minha intimidade, ele me jogou no chão do beco onde estávamos e me penetrou com força, eu não parava de chorar enquanto sentia o sangue escorrer pelas minhas pernas, ele começou a depositar chupões em meu pescoço e eu comecei a me esforçar para não vomitar ali mesmo.

Depois de 2 horas agonizantes e chorosas, ele finalmente saiu de dentro de mim, enfiando seu membro sujo na minha boca, estocando a mesma fazendo com que eu me engasgasse, depois de se desfazer na minha boca, eu cuspi tudo levando um tapa na cara do sujeito. 

???: - Gostosa, tão apertadinha! Se não estivesse tão cansado, concerteza entraria pela outra entrada- disse me olhando malicioso- Vou deixar você por aqui mesmo, mas é melhor você não fugir! Bom, do jeito que eu fui forte você não deve estar nem conseguindo levantar ou andar direito!- Gargalhou o demonio em forma de gente- é bom você estar preparada pois mais tarde tem mais!- ele me virou de costas e deu um tapa forte em minha bunda, feito isso foi embora....

Começo da historia...

10:00 am

...Kim Namjoon, líder do grupo de kpop, BTS.

Eu ainda estava chorando e o encarando ate que ele disse:

Namjoon: -O que aconteceu? Por que esta chorando? 

Então eu contei à ele sobre tudo o que aconteceu horas atrás, ele ouvia tudo com cara espantada, no final disse que o conhecia e parabenizei o BTS pelas suas musicas.

Ele apenas me encarou, perguntou meu nome e quantos anos eu tinha e perguntou onde eu morava, respondi tudo e ele quis saber se eu conseguia me levantar, ate entao eu ainda não tinha tentado me levantar, quando me pûs de pé, minhas pernas falharam me levando ao chão, percebi que minhas pernas estavam cheias de sangue, e minha intimidade ardia de um jeito que nunca havia ardido antes, Namjoon percebendo minha dificuldade, me pegou no colo estilo noiva e me carregou ate uma van.

Quando estávamos nos aproximando da van, 6 garotos saíram da mesma e me olharam preucupados, o resto do BTS.

Jin: -Ai meu Deus você esta bem?

Jungkook: -O que aconteceu?

Jimin: -Por que sua perna esta cheia de sangue? 

Taehyung: -Por que você não esta conseguindo andar?

Expliquei tudo novamente, depois da explicação, todos me abraçaram e disseram que estava tudo bem.

Eles me levaram de volta pra casa e no caminho fomos conversando, logo estavamos ate trocando telefones! Mesmo sabendo que seria uma amizade difícil, achei que valia a pena tentar.

Eles me deixaram na porta de casa, ja estava conseguindo andar mais ou menos e adentrei no condomínio.

Chegando no meu apartamento, minha mãe me abraçou fortemente, chorando, comecei a chorar tambem e contei tudo ate quando eu conheci os meninos, ela disse para eu lembrá-la de agradecê-los mais tarde, mas por enquanto ela cuidaria de mim e dos machucados, me deu uma pomada para eu passar e passou o resto do dia cuidadando de mim

         No outro dia...

Acordei com meu celular tocando, estava cansada e dolorida, mas sorri quando vi quem estava me ligando 

~ligação~

(S/n): -Oi Kook! 

Kook: -Oi (S/n)! Ta melhor? 

(S/n): -Estou sim obrigada!

Kook: -Ah que bom.. Então! Nos vamos passar ai mais tarde para te pegar para tomar sorvete tudo bem?

(S/n): -Claro! Tchau Kookie beijos, vou desligar!

Kook: -Ok tchau beijos e até mais tarde!

~fim da ligação~ 

É... Parece que meu dia hoje vai ser bem animado.





Notas Finais


C alguem leu essa historia que so fiz por que sla, nao saía da minha cabeça, obg, n fiz essa historia no intuito de favs ate por que não espero nenhum fav, fiz por que eu queria escrever essa historia que não saía da minha cabeça! Entao so vou escrever novamente qndo a minha cabeça maluca criar outra paranoia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...