História Imagine BTS - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine
Exibições 23
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Imagine bem hot com o j hope.
Ja to avisando.

Capítulo 3 - A competição de dança (J-Hope)


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 3 - A competição de dança (J-Hope)

Acordei com o sol bem nos meus olhos, peguei meu celular e olhei a hora - Droga! - Pensei.  Já estava atrasada pra minha aula de dança, caminhei para o banheiro com certa pressa e tomei um banho com a água morna, coloquei uma legging uma regata por cima do top e fui em direção a cozinha onde peguei minha bolsa e sai as pressas. A academia de dança estava agitada quando cheguei, após perguntar aos meus colegas fiquei sabendo que aconteceria um tipo de “competição de dança”, nossa professora disse que era um exercício novo parar testar nossas habilidades, mas nós não competiríamos com nossos colegas, mas sim com a academia do outro lado da rua, a academia era de meninos, a nossa, de meninas. Nós nos aquecemos um pouco esperando eles chegarem, quando chegaram, todas as meninas começaram a olhar os meninos, já percebi uma rivalidade nos olhares dos garotos. Um deles ficou me encarando quando parou do outro lado da sala, fiquei um pouco incomodada, sabia quem era ele, seu nome era Jung Hoseok, ou J-Hope, como todos o chamavam, ele era o melhor dançarino da academia dos meninos. A nossa professora anunciou como seria, duas rodadas, as mulheres começavam e depois a vez dos garotos tentariam vencer os movimentos das meninas. Mas alguém tinha que ir primeiro né? J-Hope se apresentou para ir primeiro, todas as garotas ficaram com medo na hora, nem uma delas tinha coragem de enfrentá-lo. Cansada dos olhares do garoto, dei um passo a frente me pronunciando como sua competidora, ele ficou me encarando com uma cara de desafio, como se dissesse “Vamos ver se você é capaz”, ficamos frente a frente e apertamos nossas mãos, seu olhar não saí de cima de mim. Agora era a hora, a professora contaria até três e daria play na música.

- 1, 2 , 3! - Berrou a professora.

Comecei a dançar enquanto a música me levava, só seguindo sua batida, J-Hope agora com os olhos cravados em mim, me desafiando mais, mostrei a ele quem ele estava desafiando, chegando bem próximo dele fazendo vários movimentos em seu redor, ele apenas riu. 

E a música parou, eu estava totalmente suada, ele deu um passo a frente e esperou a contagem, fez vários movimentos em volta de mim também, até chegar bem perto e falar em minha orelha, fazendo com que minha pele fique totalmente arrepiada “Você acha que é capaz de me vencer?”, e foi voltando para o outro lado da sala, sem tirar os olhos de mim.

- Muito bom pessoal! Vocês foram incríveis mesmo! Mas como isso é uma competição, alguém foi melhor. - Disse o professor.

Eu não tirava os olhos dele, o provocando da mesma forma.

- Parabéns (seu nome), você venceu a competição pois teve mais precisão e habilidade em seus movimentos, mas você foi bem também, J-Hope. - Anunciou o professor.

Ele me olhou com raiva dessa vez, e eu dei uma risada de leve o provocando. 

Após a competição, avisei a professora que ficaria até mais tarde na academia e ela me permitiu, me parabenizando novamente pela vitória. Coloquei a música, fechei os olhos e dancei, dancei e dancei. Estava totalmente perdida em meus movimentos quando sinto duas mãos em minha cintura. Abri os olhos assustada, quando me virei, lá estava ele, seus olhos nunca paravam de me desafiar.

- Você é boa na dança, mas será que é boa em outra coisa?

Disse isso me empurrando pra parede da sala, me prendendo nela e me deixando sem escapatória.

- O que você tá fazendo? - Disse tentando sair.

- Vou te mostrar quem é que manda.

Sem falar mais nada me deu um beijo totalmente selvagem, suas mãos estavam percorrendo minhas costas me arrepiando por completo. Ele tirou minha regata e começou a passar as mãos por meus seios ainda cobertos pelo top. Gemi baixo em seu ouvido, ele tirou meu top e deu vários chupões em meus seios, joguei minha cabeça para trás de tanto prazer. Então comecei a tirar sua blusa deixando seu peitoral a mostra, ele foi passando as mãos por minhas coxas, devagar foi subindo e quando estava quase em minha intimidade, ele para.

- Quer que eu continue? - Me olhou com um olhar safado.

- Vai de uma vez.

- Sem pressa princesa.

Tirou minha legging e suas mãos fizeram caminho para a minha calcinha, que já se encontrava encharcada.

- Já tá assim meu amor? Então vou te deixar mais molhada ainda.

Tirou minha calcinha com rapidez, e seus dedos logo encontraram minha entrada, penetrou um dedo fazendo meus gemidos ecoarem pela sala. Continuou com os movimentos de vai e vem até eu implorar por mais. Eu já estava quase chegando no céu, e ele foi diminuindo os movimentos.

- O que você tá fazendo? - Berrei.

Ele apenas me deus um sorriso malicioso, sem tempo para eu pensar penetrou mais um dedo eu gemi muito alto me segurando na parede, chegando no meu “céu”. 

Me beijou velozmente, com nossas línguas lutando por espaço, tirei sua calça e vi seu membro já se sobressaltando em sua cueca box preta. Ele me levantou e colocou-me bem no meio dele, fazendo nossas intimidades ficarem coladas, mas ele ainda estava de cueca, fiquei louca para ter ele em mim.

 

- Vai logo J-Hope!!!

- Mas é claro.

Ele tirou sua cueca mostrando seu membro totalmente animado, ele começou a empurrar devagarinho, me torturando.

- Vai mais rápido por favor!!

- Implora pra mim.

- J… Jung - Disse sem forças.

Seus movimentos aumentaram, me prensando mais e mais contra a parede, ele estava chupando meu pescoço e eu estava quase chegando a meu ápice de novo. Ele empurrou mais forte dessa vez, ele chegou no meu ponto mais sensível e diminui a velocidade, me torturando novamente.

- J-HOPE, NÃO FAZ ISSO. - Eu disse totalmente sem fôlego

- Gemi meu nome princesa.

Ele estocou mais rápido, chegou no meu ponto sensível mais uma vez, e denovo e denovo. Estava chegando no meu “céu” pela segunda vez.

- J…J..HOPE - Gemi alto.

Me beijando e me colocando no chão devagar, ele olhou fundo nos meus olhos.

- Você é oficialmente boa em dança e em outras coisas também. - Sorriu maliciosamente.


Notas Finais


Esse foi meio hot demais kkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...