História Imagine bts - Capítulo 147


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 363
Palavras 564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Incesto
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 147 - Nunca ouse me chamar de oppa pt. 2


Fanfic / Fanfiction Imagine bts - Capítulo 147 - Nunca ouse me chamar de oppa pt. 2

P.o.v s/n 

Passei noites em claro pensando como e quando chamar Jungkook de Oppa, na hora que está eu e ele sempre chega alguém, principalmente quando veem suas putas ele nem percebe que estou ali, mas como não sou de desistir fácil do que quero, e eu quero Jungkook oppa. 

 

- ___ Arrume o quarto do Jungkook antes do jantar. – disse a mais velha fechando a porta. 

 

Não consigo conter o sorriso em meu rosto, rapidamente coloco uma blusa preta que vai até minhas coxas e amarro com um laço, solto meus cabelos castanhos escuros longos e caminho em direção ao quarto do Jungkook. 

Passando pelos corredores ouço duas vozes, supostamente de Jungkook e da vadia da Sally, o que ouço faz meu coração se partir no meio. -  Ela é insignificante para mim Sally... Boba demais – risos podia se ouvir.

 

Aquelas palavras doeram dentro de mim, que nem facadas em meu peito, como estava a dois passos do quarto do maior, entro e deito na cama chorando. – Ele esta certo... sou boba e inocente demais...  sempre  fui boba...  amar é a pior coisa do mundo... a partir de agora vou esquece-lo ... ele não merece meu amor.... – penso limpando minhas lágrimas, e me levanto e começo a fazer meus afazeres. 

 

5 minutos depois  ....

 

Após terminar tudo, lavo meus rosto porque estava suando demais , limpo tudo para não deixar qualquer tipo de suspeita, caminho rapidamente até a saída e bato minha cabeça em alguma que quase cai ao chão, mas mãos seguram minha cintura. – Aiii !! – abri meus olhos e vi Jungkook rindo e me olhando, sinto minhas bochechas pegarem fogo. – ta olhando oque! – cruzo os braços. – suas bochechas gordas. – ele riu. – aish me erra tá! – emburro e saio andando batendo os pés. 

 

Kookie: ___ volte aqui! – disse autoritário .

- porque você não vai com a Sally, oppa. – tampo minha boca. 

Kookie: Oque você me chamou ! – o mesmo segurou meu pulso. 

- ..... – so consegui olhar para baixo. 

Kookie: Perdeu a língua. – o mesmo me emburra contra parede, segurando meu queixo. 

- oppa ! – encaro seu olhar.

 

Quando olhei nos olhos do maior fiquei hipnotizada e pelo visto não somente eu, ele desceu sua mão ate meu pescoço e aproximou lentamente seu rosto do o meu. Sinto uma pressão em meu pescoço. 

 

Jungkook beija com um beijo possesivo e necessitado, durante o beijo ele da mordidas leve no meu lábio inferior. Paramos devido a falta de ar, me joga no chão com agressividade me deixando sem reação.

 

- vou ti mostra oque é ser um Oppa de verdade – formou um riso maléfico em seu rosto. 

 

Kookie: Oque você me chamou ! – o mesmo segurou meu pulso. 

- ..... – so consegui olhar para baixo. 

Kookie: Perdeu a língua. – o mesmo me emburra contra parede, segurando meu queixo. 

- oppa ! – encaro seu olhar.

Quando olhei nos olhos do maior fiquei hipnotizada e pelo visto não so eu, ele desceu sua mão ate meu pescoço e aproximou lentamente seu rosto para o meu. Sinto uma pressão em meu pescoço. 

 

Jungkook beija com um beijo possesivo e necessitado, durante o beijo ele da mordidas leve no meu lábio inferior. Paramos devido a falta de ar, me joga no chão com agressividade me deixando sem reação.

- vou ti mostra oque é ser um Oppa de verdade – formou um riso maléfico em seu rosto. 

 

 


Notas Finais


so digo uma coisa so vem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...