História Imagine BTS - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 62
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, eu sei que era pra eu estar postando um capítulo de my secret love for you, mas eu estou sem tempo hoje para escrever o próximo capítulo, então como eu já escrevi tudo my dear neighbor, eu vou estar postando no lugar de mslfy hoje. Espero que não se importem.
Boa leitura,

Capítulo 17 - My dear neighbor pt 7


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS - Capítulo 17 - My dear neighbor pt 7

-Você fica linda sem maquiagem, não sei por que usa. Ele estraga a pele.
-O que você quer dizer com estraga a pele?
-Resseca, da espinha...
-Li algo do tipo em algum lugar.
-Então devia parar de usar e usar só em ocasiões especiais.
-Ocasiões especiais você quer dizer aqueles jantares?
-Sim.
-Hm... A propósito. -Levantei a mão nossa que estava entrelaçada uma no outra e chacoalhei. -Por que ainda estamos de mãos dadas? Não que eu ache ruim, só não estou acostumada com você sendo, sla.
-Então acostume.
-Como?
-Você não disse que apenas agradecer me não era suficiente? Então, sinta se como se estivesse retribuindo um favor.
-Você não disse que eu estaria retribuindo se eu deixasse você dormir abraçado comigo?
-Quer tanto soltar a minha mão?
-Não. -Me amaldiçoei por ter respondido rápido  de mais. Ele sorriu satisfeito. -Os outros vão achar que somos namorados.
-Qual o problema?  Quer começar uma relação então? Assim não vai ter problema.
-O que eu faço com você?
-Você podia começar me beijando e depois quando chegássemos em casa podíamos dar continuidade.
-Eu só não te empurro pra longe de mim pq senão eu vou acabar ir junto. -Olhei para as nossas mãos.
-É o destino querendo nos unir.
Revirei os olhos e ele riu. Caminhamos por cerca de dez minutos e chegamos em uma doçaria.
-Você gosta de bolo?
-Gosto. -Falei soltando as nossas mãos e fui olhar os bolos. Pareciam todos tão saborosos. -Mas porque viemos em uma?
-Você só tomou café, devia estar com fome.
-Está tentando me engordar? -Ri
-Pode escolher um.
Olhei para as vitrines e me apaixonei pela torta de chocolate. Apontei para a vitrine e Yoongi abaixou ao meu lado.
-Vai querer mais algum?
-Não, esse está bom. -Sorri para ele.
Ele pediu dois pedaços para o moço e fomos se sentar na mesa que tinha.
 Nós passamos uma boa parte da tarde lá conversando. Não sabia que podia ter tanto assunto com ele, a cada hora ele mostrava o quão fofo e divertido ele podia ser. Claro, tirando suas brincadeiras maliciosas que uma hora ou outra ele fazia para me provocar. Depois que saímos  da doçaria fomos em uma praça onde tinha um lago grande. A gente sentou lá e ficou observando as coisas a nossa volta, dessa vez sem falar nada. Apenas escutando o silêncio da noite. Me escorei nele e fechei os olhos sentindo o vento em meu rosto. Estava fresco aqui fora.
-É realmente uma pena a gente não ter se dado  bem antes. -Ele disse fazendo um leve cafuné em minha cabeça.
-Em pensar que todo o ódio que eu sentia por você se dissipou em algumas horas.
-Ainda bem que eu não sou mais odiado então. -Ele riu. -Eu sempre gostei de você,  então sempre amei te provocar mas talvez eu tenha exagerado em algumas coisas que fez você entender mal.
-Se você não tivesse feito nada daquilo. -Suspirei. -Te achei bonito a primeira vista, como você pode ter feito aquilo comigo? Ein? Aish...
-Não fique brava do nada. -Ele fez biquinho
-Eu não estou brava. -Ri.
-Vamos? -Ele se levantou e me ajudou a levantar, segurando em minha mão logo em seguida.
O percurso foi silencioso até chegarmos em nosso apartamento.
-Então... Até amanhã. -Eu disse soltando as nossas mãos. Eu abri a porta do meu apartamento e entrei, colocando a chave do lado de dentro pronto para fechar e trancar mas Yoongi continuava parado lá.
-Vai ficar ai?
Ele nada me respondeu, apenas se aproximou de mim e me beijou com um certo desejo,  como havia feito de manhã. Eu dei alguns passos para trás e ele para frente. Minha mão foi até as suas costas e empurrou a porta fechando-a e com algumas dificuldades trancando-a. Minha mão subiu até a gola de sua camisa, desabotoando cada botão que ela tinha, em seguida tirando ela de seu corpo. Me afastei um pouco dele e analisei aquele abdômen definido. Aquilo era de mais para mim. Mordi o canto do meu lábio ao ter aquela visão maravilhosa. Yoongi apenas se aproximou novamente e voltou a atacar os meus lábios, enquanto iamos para o  meu quarto esbarrando nas coisas que tinha pela casa. Min começou a distribuir beijos em meu pescoço enquanto tirava minha blusa e jogava para qualquer canto da casa.


Notas Finais


Gente, amanhã ou talvez essa semana inteira que vai vir eu não vou conseguir postar. Hoje porquê eu vou sair e volto só amanhã cedo e o resto da tarde eu vou passar o dia com a minha irmã por ser aniversário dela. E essa semana porquê eu tenho prova :( Então fica meio conplicado escrever e postar algo. O máximo que eu vou conseguir fazer e postar my dear neighbor que já está escrito. Então por favor, não abandone a fic. Eu voltarei.
Espero que vocês tenham gostado desse capítulo. Até ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...