História Imagine BTS ( Jin ) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Adolescência, Amor, Aventuras, Bts, Paixão, Sexo
Exibições 104
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, por falta do que fazer cá estou eu fazendo mais um capitúlo, espero que gostem e aqui começa a sofrencia da garota, tadinha momento BAD, enfim amores..
Imagine, crie e divirtam-se!
Boa leitura <3

Capítulo 4 - Castigo?


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS ( Jin ) - Capítulo 4 - Castigo?

Eu estava curiosa, ele era um garoto meio desobediente no meio de tantos garotos e garotas certinhos, eu precisava saber quem ele era, de quem era filho e porque fez aquilo, mas não poderia chegar perguntando tudo isso, ele iria me achar uma pessoa do FBI querendo saber da vida dele, eu estava muito curiosa, eu sou muito curiosa, curiosidade é minha vida.. Parti para a Cozinha, pedi para a So-Young minha babá dizer para meus pais que me retirei para ir ao toalhete, já que eu não levaria muito tempo para falar com o garoto mistério que estava brigando com sua mãe, eu sai disparadamente correndo pelos corredores tentando o encontra-lo até que duma janela enorme vejo um garoto sentado no jardim, ele estava sentado na grama, de cabeça baixa, ouvindo musica. Fui correndo ver oque era até que chego lá em um minuto.

O-o-oi, sou a S/N  - Falei meio tímida

Ah, oi S/N, sou o Jin, você é a nova filha dos Grellew certo? - Perguntou ele me estendendo a mão..

S-sou sim, você é filho de quem? - Falei o comprimentando e sentando ao lado dele na grama..

De minha mãe - Falou ele sério

A-ah.. - Falei sem graça

Brincadeira, sou filho da Denise, meu pai se chama Leule, desculpa é que sou meio idiota as vezes - Falou ele soltando uma risada..

Ah, tudo bem, eu já ouvi falar da sua familia, os Fhillips certo? - Perguntei

Sim, seu pai é melhor amigo do meu, eai, oque vem fazer aqui? - Ele me perguntou enquanto tirava o fone do celular

Eu gosto de observar o céu, lembro de meus antigos pais, porém vim aqui também para te perguntar algumas coisas - Eita, falei oque não devia, era para eu ir perguntando sem ele perceber e agora..

Perguntas? Ok, pode começar - Falou ele tirando o olhar do celular e focando em mim

E-e-eh, porque estava brigando com sua mãe? - Perguntei torcendo para ele não ficar com raiva de mim

Ah, não nem me lembre desta mulher, não é possivel que não possa ficar em paz sem ter uma conversa sobre ela, adeus garota! - Falou ele levantando e saindo do jardim..

PENSAMENTO ON*

Eu não deveria ter perguntado eu sei, porém porque ficar tão bravo? Oque será que ela fez pra ele? Não é possivel que ele ficou com raiva de mim por isso, tenho que consertar isso!!!

PENSAMENTO OFF*

Sai correndo atrás dele, não porque queria saber mais, queria que ele me desculpasse, ele é tão legal, parece tanto comigo, seria um ótimo amigo..

Encontrei ele encostado em uma parede com cara de raiva, fiquei pedindo desculpas pra ele, mas ele não me respondeu, ficava aumentando o volume das musicas, acho que nem me ouviu direito então fui falar mais perto do ouvido dele, com aquela barulheira meus pais ouviram e vinheram eles e todos os convidados, ao chegar lá me viu bem proxima ao Jin com a boca proxima ao ouvido dele, lá na Coreia namoro com menos de 15 anos é falta de respeito e trás vergonha a família, sem nem me escultar meus pais me levaram até meu quarto, e começaram a me dar um sermão enorme..

Você é nova aqui, nós entendemos, porém sendo nova ou não, não era pra ficar perto daquele garoto, ele tem 15 anos você tem 13, ele é um descontrolado que já tentou milhões de coisas ruins aos pais, ele não é do seu nivel nem da sua idade, não envergonhe nossa família! Seu tempo de namorar irá chegar até porque tudo tem sua hora!! Agora desça novamente peça desculpas e finja estar tudo bem.. - Falaram eles.

Ok, ok! - Falei descendo com eles - Olha, me desculpem sou nova aqui e não sei como as coisas funcionam, me desculpem novamente e é isso.. - Falei meio com raiva..

Após aquilo passou-se algumas horinhas que passaram rápido pois eu fiquei ouvindo umas musicas que eu havia baixado e quando chegou ás 20:00 todos foram embora, eu da porta com meus pais fiquei observando eles irem, ficamos dando tchau, eu sempre mantendo meu foco no Jin, aquele garoto me chamou a atenção..

Após eles irem entramos, as empregadas domésticas foram limpar tudo e subimos para o andar de cima, eram 20:33, eu havia ido tomar um banho, enchi a banheira deixando a água numa temperatura boa, coloquei rosas pois elas relaxam.. O banho inteiro não parei de pensar no Jin, então resolvi sair do banheiro e ir pro meu quarto atualizar alguns capitúlos da minha fanfic, fiquei lá no site durante 2 horas, já estava com sono e não conseguia escrever um capitúlo se quer, não tinha nenhuma criatividade na minha mente, apenas Jin, Jin, Jin, esse garoto não sai de dentro de mim..

Após ver que eu não tinha nenhuma criatividade desisti e fui deitar para dormir, até porque amanhã era Segunda-Feira e começam minhas aulas, eu iria acordar ás 08:00 para ir para o colégio preciso dormir ou acordarei um zumbi amanhã.. Peguei meu Notbook coloquei na NetFlix coloquei na sessão criança e adormeci assistindo Bob Esponja..


Notas Finais


Haha, que capitúlo, tomara que eles se entendam né..? Beijinho, até amanhã acho que agora apago meu fogo e paro de postar por hoje.. É muita ansiedade pra mim <3
Até mais gente, se não for pedir muito adicione aos favoritos e comentem! Adoro muito vocês^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...