História Imagine BTS ( Jung-kook ) - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Colegial, Imagine, Jung Kook
Exibições 131
Palavras 704
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores, mais um capitúlo triste porém terá mais ou menos uma explicação, leiam!
Imagine, Crie e divirtam-se!! Boa leitura amores ^^

Capítulo 49 - Socorro ajudem minha filha!!!


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS ( Jung-kook ) - Capítulo 49 - Socorro ajudem minha filha!!!

Eu estava muito nervosa, tinha que me controlar, agora sim eu não tinha aonde ir, andei  pelas ruas tentando pensar onde iria, lembrei que sai com a Mijim sem ela tomar banho, pensei na minha irresponsabilidade de nem ter dado comida a ela, nem um mísero café da manhã conseguimos tomar, eu começei a me dessesperar pois Mijim começou a chorar, eu sai correndo com ela pelas ruas, eu me sentia inútil e fraca, me senti insana em estar com uma criança correndo sem olhar para os lados, estavamos correndo em uma passarela quando chegamos numa avenida, não tinha nenhum carro pasando, mas tinha duas entradas para carro, uma que vinha da esquerda outra da direita, estavamos na metade da avenida que realmente era bem extensa quando eu escuto um barulho de moto, vinha uma moto a muita velocidade eu não conseguia pensar em mais nada apenas empurrei Mijim para o outro lado da avenida para ela não se machucar mais eu não consegui sair dali foi tudo muito rápido..

O choque com a moto foi tão forte que a ultima coisa que consegui ouvir foi a Mijim me chamando e com minhas ultimas forças falei ''Ajudem minha filha'' eu não conseguia me mecher, estava doendo muito, o Motoqueiro fugio me deixando jogada toca machucada no meio da avenida, pessoas que vinham me viram e desceram do carro, chamaram uma ambulância, fui levada e no caminho eu vi uma luz branca, muito, muito forte, eu achava que era algum dos para-médicos porém quando eu fechei e abri os olhos vi uma mulher, com assas, era um anjo muito bonito, eu começei a achar que estava tendo alucinações porém eu perguntei.

 Quem você é? - Eu perguntei

Olá, seja super bem-vinda, aqui é o céu, o lugar de paz.. - Falou ela calma

Oque? Eu não posso ficar aqui, tenho minha filha para criar, por favor deixe-me voltar! - Falei dessesperada como sempre

Este é teu desejo? Ok - Após ela falar isso ela me deu um abraço e logo eu acordei numa cama de hospital, eu abri meus olhos e olhei para os lados vendo onde estava a Mijim, o Kook estava numa poltrona ao meu lado.

Como você tem a coragem de vir aqui depois daquilo!? Cade a minha filha? - Falei gritando, mas eu estava meio rouca então não foi tão alto..

Ele levantou e me disse pegando na minha mão - Eu tenho que te explicar oque realmente aconteçeu aquele dia, me esculte depois tire as conclusão!

Eu não quero escultar, já bastou eu vi tudo oque aocnteçeu, quero saber agora onde está minha filha!!! - Falei não deixando ele falar

A Mijim está na casa dos meus pais, acharam seu telefone quando foi atropelada e meu nome ainda estava com ''amor'' então me ligaram e eu fui busca-la.. Sei que pareceu uma traição aquele dia porém tenho como lhe provar que não foi eu, pelas camêras que você mesma instalou, porém eu irei lhe contar oque aconteçeu e que você não precisava estar nesta situação por isso.. - Ele falou..

Aquele dia depois que você saiu eu fui para o nosso quarto me trocar pois como sempre eu saiu as 13:00 pra serviço, ela começou a dar em cima de mim, eu não dei moral pra ela então ela foi para a cozinha tirar o café da mesa, ela me pediu ajuda na cozinha e eu fui ver oque ela queria quando cheguei lá ela falou para eu ir pegar a Mijim que estava na sala ela me seguiu, ela viu você abrir a porta e se agarrou a mim, eu não revidei o beijo em momento nenhum então eu a empurrei e fui te explicar porém você saiu correndo toda com raiva ai eu a despedi e fui atrás de vocês duas, mas no dia seguinte quando fui na casa do seu pai ele começou a me chingar e falou que iria pegar a arma dele eu sai correndo.. Eu tentei te explicar por telefone, mas sempre que eu ligava pra casa dos seus pais eles atendiam e desligavam ao ver que era eu.. E como eu falo e sempre cumpro eu não amo nenhuma outra mulher no mundo.

 


Notas Finais


Tá, pelo menos eles estão se explicando né >< Bom dia e até logo ! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...