História ~ Imagine ~ (Kook/Baek/Tae) Atualizada - Capítulo 22


Escrita por: ~

Visualizações 215
Palavras 3.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Genteeeeeeee
Eu sei que demorei! Me desculpa😭
Novas regrinhas e avisos nas Notas finais!

Capítulo 22 - Hot 🔥


Fanfic / Fanfiction ~ Imagine ~ (Kook/Baek/Tae) Atualizada - Capítulo 22 - Hot 🔥

~~~ No capítulo Anterior ~~~

- Jungkook... Por acaso, eu... Tinha um namorado?

- Você lembrou? Ai meu coração! Que bom!

~ ele me deu um abraço ~

- Lembrei do que? Eu realmente tinha um namorado?

- Isso é uma dedução sua? Ah... pensei que você tivesse se lembrado...

- Então eu tenho mesmo? Quem é?

- Tem certeza que você quer saber?

- Querido, a gente tá falando do meu namorado! Imagina o quanto ele deve estar triste!

~ ele riu ~

- E ele está mesmo!

- Viu? Por que eu ainda pensaria 2 vezes antes de pedir para saber quem é?!

- Humm... verdade! Ele deve estar super feliz por sua atitude!

- Como você vai saber? Ele não ta aqui! Em fim... quem é o meu namorado?

- O seu namorado... sou eu.

~~~~~~~

- O seu namorado... sou eu...

Naquele momento, eu senti que eu iria desmoronar, oque eu faço agora? Estou apaixonada pelo Tae, mas... oque eu sinto pelo Jungkook? Meu deus o que eu faço? Eu volto a namorar com o Jungkook? Ou devo dizer pra ele que eu não sinto mais a mesma coisa de antes? Meu pai do céu oque eu faço? Meu coração estava a mil, e depois de deixar Jungkook parado e quieto por uns 2 minutos, decidi o que eu ia fazer.

- Jungkook, eu espero que me perdoe, eu realmente não lembrava que você era meu namorado...

- Tudo bem! É normal, você perdeu a memória e tal.

- Mas espero que me perdoe novamente agora.

- Por que?

- Desde o dia em que eu acordei na enfermaria, a pessoa que eu mais fiquei junto, foi o Taehyung, e novamente me desculpe, pois eu acho que criei sentimentos por ele, e eu sei que esses sentimentos são recíprocos...

- S/n, não me diga que...

~ ele se calou ~

- V-Você está... apaixonada pelo Tae?

- Me desculpa Jungkook...

- Mas... você... não sente... nada por mim?

~ Eu não respondi, apenas abaixei minha cabeça. ~

- Nós ainda... podemos ser... amigos?

- S-Sim...

- Eu entendo, você perdeu a memória, e se aproximou dele, acho que eu faria a mesma coisa se eu tivesse no seu lugar e me aproximado da Na Bong Sun.

- Que bom que você entende!

~Ele sorriu ~
 

Mas então o professor entrou na sala e disse:

- Alunos por Favor sentem-se a aula vai começar.


Nós sentamos e então ele iniciou a aula.

~~~ Quebra de Tempo ~~~
 

A aula de produção havia acabado...
Eu realmente era namorada do Jungkook? Por que ninguém me disse? Eu não consigo nem dizer oque o kook pode estar sentindo agora... Tadinho... Imagina... Eu Namorar uma garoto, e num tombo ele perde a memória, não se lembra de mim nem nada, começa a gostar de outra garota e agora descobre que ele era o meu namorado.

Mas uma coisa que não sai da minha cabeça: Como é possível eu não me lembrar de nada? É como se eu tivesse nascido no dia que eu acordei no hospital, é muito estranho... vou ver com o médico para fazer uma ressonância cerebral, para ver se tem jeito da minha memória voltar... Em fim...


Minha aula de cenografia já ia começar, e minha pergunta é: Será que eu estava aprendendo alguma coreografia? Vish, me lasquei ...

Entrei na sala, avistando meu mozão do Tae Tae♡

- Oi Tae Tae

- Oi minha Gati... amor

~ Ele fez um coração com os dedos♡ ~

~ Eu ri ~

- Ok, vou te per5mitir falar sem te dar patada.

- Hum, não sei se confio... tô brincando! Oi Gatinha!!!!

- Oi Fofucho! A gente estava aprendendo alguma coreografia? Eu não me lembro...


- Ah! Não, mas o professor disse que nós vamos fazer uma apresentação de dança, antes do jogo de basquete da faculdade de esportes! Vai ter olheiros lá! E se eles gostarem de alguém, eles vão nos tornar proficionais, sem ter que precisar terminar a faculdade!Então temos que caprichar! A coreografia vão ensinar hoje!

- Caraca!!! Ai Que top!! Ah, então se eu for uma desses alguéms, eu não vou ser mais Produtora! Na verdade eu até que gosto de dançar!

- E você dança muito bem!

- Ownch obrigada!

~ Fiz um biquinho mandando beijo, ele me puxou, me colocando em seus braços e colada no corpo dele, e então me deu um selinho rápido ~

- Ei!

- Você disse que ia me dar um selinho antes! Lembra?

- Aaaaaaaataaaaaaaa! Foi mal, tinha esquecido... Mas... Pelo amor de Deus, mas que beijo foi esse?

- Ahn? Foi ruim oque você quer que eu faça?

- Não foi ruim seu bobo! Se você quiser me beijar tem que ser assim!

Eu puxei ele pela camisa para nós perto de mim, dando um beijo que eu tenho certeza que ele ficou surpreso! Rsrsrs 

Ele pediu passagem de língua e eu cedi, nosso beijo parecia aqueles chicletes que "estouravam" na boca.
Nossas línguas dançavam na boca um do outro.

Ele explorava cada canto da minha boca, até que paramos por causa da falta de ar que se criou entre nós.

- Hum Hum!

~ O professor fez uma tosse forçada para nós nos tocarmos que a aula ia começar. ~

- Desculpa professor

~ Eu e o Tae dissemos ~

- Eu estou brincando! Além do mais vocês são adolescentes! Estão na idade de namorar mesmo!

- Professor...nós... já temos 20 anos!

- Oh! Sério? Bom, ainda estão de qualquer forma na época de namoro mesmo!

~ Ele riu ~

- Ah! Tive uma idéia! Como vocês sabem, nós iremos fazer uma dança antes do jogo de basquete, daqui a dois dias! Eu ia escolher 2 pessoas para fazerem o casal principal, mas eu sei que vocês dois 


~ Ele apontou pra mim e para o Tae ~

- São ótimos dançarinos e ainda são um casal?! Melhor ainda! Vocês dois vai interpretar a parte principal do casal!

- O que?! Sério!?

~ Eu perguntei animada ~

- Claro que sim! Vocês dois dançam muito bem! Em fim, já que temos o casal, vamos começar a ensaiar então!

Ele nos ensinou qual seria a coreografia da dança, se nós erravamos um se quer passo, ele mandava TODO MUNDO fazer de novo, até mesmo aqueles que estavam dançando perfeitamente.

~~~ Quebra de tempo ~~~

Depois que acabou a aula, eu tive que ir para casa, pois eu estava completamente suada, fui de carona com o Tae. A Na bong Sun, ficou na faculdade pois tinha que resolver algumas coisas lá, e depois iria para casa.

Eu cheguei em casa e me despedi do Tae com um selinho, entrei no Ap e fui tomar banho, mas adivinha! O chuveiro não estava saindo água.

Aish! Como eu vou tomar banho? Ah! Já sei!

Me vesti novamente e bati no Ap do Tae, ele me atendeu, mas... ele estava apenas com uma calça cobrindo a parte debaixo, com o cabelo molhado e seu Abs lindo com gominhas♡ , exposto, ele secava seu cabelo que estava molhado com uma toalha e então disse:

- Oi meu amor

~ Eu cobri meu rosto de tanta vergonha ~

- M-Me desculpa! Depois eu volto!

Eu fui sair de perto ainda com as mãos no rosto e bati de cara na parede, que fez com que eu tirasse as mãos e visse aquele Deus, daquele jeito me olhando, cobri meu rosto de novo.

- Meu amor, por que você tá com vergonha? Eu sou seu namorado!

~ Ele disse enquanto tirava minhas mãos do meu rosto, mas eu fechei meu olhos com força ~

~ Ele riu ~

- Aiai S/n... ok, já que não vai abrir os olhos me diga: o que veio fazer aqui?

- E-Eu... ia pedir... se eu podia... é... sabe... tomar banho no seu Ap...

- Por que?

- É por que... acho que o meu chuveiro está quebrado, pois não está saindo água...

- Hum... sei...

- É verdade!

~ Eu acabei abrindo meus olhos, ele sorriu malicioso e eu fechei novamente ~

- Pode entrar

- Obriga*interrompida*

- Mas! Com uma condição!

- Aish, qual seria a condição?

- Abre seus olhos

- Quer saber? Esquece, eu vou tentar arrumar meu chuveiro! tchauuuu

~ Ele segurou meu pulso e me colou com ele ~

Naquele momento eu fiquei imóvel, eu sentia seu Abs molhando a minha blusa, sentia sua respiração bater em meu rosto, eu via seus cabelos pingando água sobre mim e sentia seu calor temporal, que por sinal era muito quentinho, me dava vontade de ter ele pra mim, eu queria ele, eu desejava ele, mas estava espantada de estarmos tão colados, eu conseguia até sentir seu menbro, que parecia estar excitado, encostar em minha parte íntima.

Eu não sabia o que fazer, oque falar, não sabia de nada, eu apenas queria ele, mas não podia me jogar pra cima dele e começar a "devora-lo".

- E-Eu... é é é... m-me d-desculp-pa, e-eu já-á v-vou

Eu tentei me soltar daqueles lindo e musculosos braços, mas não deu certo, Tentei de novo, mas falhei. Ele não queria me soltar.

- Vo-Você p-pode m-me sol-tar por fa-favor?

- Porque?

Ele disse de um jeito tão calmo e sexy que me fez arrepiar inteira.

- Você disse que queria tomar banho, sinta se a vontade.


~ Ele me soltou e deu um espaço para eu entrar no Ap. ~

Eu naquela altura devia estar fazendo cosplay de tomate, de tanta vergonha que eu estava. Ele estava tão próximo de mim aquela hora, que eu congelei.


- Toma

~ Ele me deu uma toalha ~

- Ah, obrigada... onde fica o banheiro?

~ Ele pegou em minha mão delicadamente e me levou até a porta do banheiro. ~

- S/n

- Hum? Ah obrigada!

Eu segurei rapidamente seu rosto e dei um selinho, e quando me virei para entrar no banheiro, ele me puxou e começou um beijo calmo e profundo.

Aquele beijo tinha o melhor gosto do mundo, era a única coisa que eu precisava dele, era um beijo necessitado e dava para ver em seus olhos que aquilo ainda não era o suficiente.

Ele queria algo a mais, ele queria prazer, mas não era o prazer normal, era o prazer sexual.

Ele enrosco minhas pernas em sua cintura ainda me beijando, ele segurava com força mas delicado as minhas coxas, me prendo na parede e não parava aquele beijo.

Quando paramos por falta de ar, ele começou a dar beijos quentes, sedutores, molhados em meu pescoço, ele dava chupões leves, depois mais fortes, com certeza tinha deixado marcas.

Aquele prazer e amor todo que eu recebia em meu pescoço era tão prazeroso que eu acabei soltando um leve gemido.

E quando eu dei aquele gemido, senti o corpo dele arrepiar, seus olhos não demonstravam mais que amor agora, demonstravan necessidade e luxúria.


Ele deu um sorriso de canto e começou a me beijar novamente, me desencostou da parede, me levando na direção da cama.


Ele me deitou delicadamente na cama, mas sem parar de me beijar, mas antes que ocorresse mais alguma coisa, ele se aproximou do meu ouvido e disse:


- Você quer parar?


- Só me fode!


- Mas que BabyGirl safada


- Por favor Oppa...


- Com todo prazer minha BabyGirl


Ele retirou a minha blusa calmamente, em seguida eu arqueei minhas costas para que ele abrisse o fecho do meu sutiã.


Meu sutiã e minha blusa foram jogados em um canto do quarto desconhecido.


- Seus seios são lindos e muito apetitosos.


Ele começou a chupar o meu peito, o que me exitava muito!


Ele fazia movimentos circulares com a língua em volta do bico do meu peito, e acariciava o outro com a mão levemente, sem me machucar.


Depois de um tempo chupando meu peito, ele me deu um beijo, e começou a descer para o meu pescoço, em seguida para o meio dos meus seios, fazendo uma trilha de beijos até o meu umbigo, e então,  me arrepiei mais quando ele chegou próximo de minha intimidade.


Ele desabotoou o meu short e o retirou rapidamente, me deixando apenas com a calcinha me cobrindo, para me tortura, ele começou outra trilha de beijos, mas dessa vez foi até a minha intimidade.


Ele deu um beijo sobre o único fino paninho que  cobria minha intimidade, o que me fez dar outro gemido, e para me torturar ainda mais, ele retirou minha calcinha bem lentamente, ahhhhhhh que Oppa malvado! 



- Está molhada assim, por minha causa BabyGirl?


- Oppa... Sim...


~ Eu mal conseguia falar, pois eu sentia sua respiração bater na minha intimidade, me exitando cada vez mais ~


- Hum... Bom saber que só com poucas brincadeiras você já se exita toda!


~ Ele deu um sorriso malicioso e safado ~


- Daddy... pare de me torturar...


- Mas eu nem comecei...


~ Deu um sorissinho quadrado lindo ~


Ele delicadamente começou a beijar minha intimidade, o que me fazia suspirar gemidos, querendo mais e mais, mas ele me torturava. Ele começou a lamber devagar e lentamente, me torturando mais, eu queria que ele me chupasse logo.

E num ato inesperado ele começou a me chupar, eu me entreguei. Meus gemidos eram baixos, mas eu já recebia muito prazer. 

Ele dançava com sua língua dentro de mim, era uma sensação tão gostosa, tão gostosa,  meus gemidos começaram a aumentar mais e mais. 

Ele chupava o meu clitóris, o que me exitava mais, ele fazia movimentos circulares dentro de mim, enfiava sua língua o mais fundo que conseguia e mexia ela lá dentro. 

Ele ficou fazendo isso ate que eu cheguei em meu ápice. Ele engoliu tudo, o que me deixou espantada e disse:


- Seu gosto é muito bom BabyGirl!



Ele para finalizar começou a estocar minha intimidade com seus dedos finos e grandes, ele estocar cada vez mais rápido, mais rápido até que cheguei ao meu ápice, gozei de novo, ele lambeu o meu gosto e então subiu em cima e mim e me beijou, me fazendo sentir o meu próprio gosto. 



Só que eu inverti as posições e disse:


- Quietinho Oppa, agora é a minha vez!


Eu dei um sorrisinho malicioso pra ele, ele apenas assentiu com a cabeça. Ele se deitou, eu me sentei em cima dele e comecei a rebolar em cima de seu menbro, que por sinal já estava duro. Comecei a torturar ele igualzinho ele fez, dei um beijo nele e comecei a trilha de beijos até chegar na calça que o cobria.


Ao contrário dele, eu ranquei aquela calça que estava escondendo sua varinha mágica junto com a sua box, seu menbro saltou pra fora, ela estava dura, era grande e grossa, eu realmente necessitava ela dentro de mim, mas eu tinha que me aguentar.


Comecei a deslizar minha mao de cima pra baixo, bem devagar, ele arfava, a cada vez que eu descia e subia novamente. Seu menbro ja estava pulsante, ele com certeza também queria me fuder.


Comecei a acelerar o meu gesto, ele arfava de prazer, subia e descia, subia e descia, parei de fazer aquele gesto e comecei a abocanhar ele, era realmente muito grande, mas eu tentava enfiar ele inteiro, eu sentia seu menbro encostar na minha garganta, mas ainda sim eu continuava cada vez mais rápida, eu até conseguia já colocar seu menbro inteiro na boca. Seu menbro começou a pulsar, até que ele chegou ao seu ápice e se desfez em minha boca, eu engoli tudo e beijei ele.


- S/n, eu não aguento mais! Eu posso te fuder?


- Só me fode Oppa!


Ele segurou seu menbro e colocou sobre a minha entrada, era realmente muito grande, por que quase não entrou em mim, doía de mais, já que era a minha primeira vez. Ele percebeu que estava doendo e começou a estocar lentamente, eu me acostumei e disse quase gritando.


- Oppa! Mais rápido!


Ele se animou e começou a estocar, doía, mas era muito bom ao mesmo tempo. Ele estocar fundo e rápido.


- Oppa ahhhhhh ... Ahhhhhh mais... rápido, mais rápido! ahhhhh


Eu quase não conseguia falar de tantos gemidos que eu dava, cada gemido meu era mais alto, era muito bom! Ele estocava mais rápido, mais rápido, ele chegou no seu ápice, mas continuou me fudendo até que eu cheguei no meu e ele se jogou do meu lado. Nós dois estávamos ofegantes. Ele me abraçou e disse:


- Essa foi a primeira e melhor foda da minha vida!

- É sua primeira vez também? Que bom! Concordo! Foi muito bom!



~ O telefone dele apitou ~


- Vish! Esqueci que os meninos também moram aqui... será que eles ouviram?


~ Ele leu a mensagem e riu ~


- Eles não ouviram kkk


- Como sabe? E por que está rindo?


- Olha isso!


~ Ele me deu o celular dele ~


A mensagem era do Jin falando:


- Tae, eu e os garotos fizemos arte, estamos de detenção aqui na faculdade, vamos voltar só no fim da tade, a detenção acaba as 15:00 horas, mas eu e os garotos vamos no mercado! -


- Meu Deus, oque eles fizeram? Tem detenção na faculdade? Não sabia disso!


- Nem eu kkkk, Mas pelo jeito né?


~ Eu e ele começamos a rir ~


- Que tal a gente dar um cochilo então?


~ Tae sugeriu ~


- Pode ser!
 

~ Ele me deu um beijo, eu virei de costas para nós dormirmos de conchinha ~


- Eu te amo S/n!


~ Ele disse e me deu um beijo no pescoço ~


- Eu te amo Tae!


Eu me virei e a gente se beijou profundamente, mas quando a falta de ar de fez entre nós me virei novamente e dormimos de conchinha.

Acordei primeiro que o Tae, que fofinho que ele é dormindo♡Até parece inocente! Lool

Me levantei e fui no banheiro tomar banho, mas logo a porta do banheiro foi aberta e a carinha de sono mais fofa acompanhado de um biquinho entrou no nós.

- Por que não me acordou?

~ Ele fez bico ~

- Você estava tão lindo dormindo! Não quis te acordar! 

- Hum... ok, vou deixar passar!

Começamos a tomar banho, muitas mãos bobas, mas normal, mas derrepente vi tudo ficar branco.


~~~ Sonho Off ~~~

Eu acordei, mas... eu não estava com o Tae, nem no quarto dele, nem no meu, nem no box do banheiro, eu parecia estar em um quarto de hospital. E então eu me lembrei: Eu desmaiei na sala.

Espera! Tudo isso foi um sonho?! Não foi real?! Eu me lembro de tudo! Eu não perdi a memória, eu estou bem! Não acredito! A melhor coisa da minha vida foi apenas um sonho?!
























Meu deus! Foi tudo apenas um sonho...



~~~ Continua ~~~


Notas Finais


Gente, obrigadaaaaa pelas 100 Curtidas❤❤❤❤❤😍😍😍😍😍

Pegadinhaaaaaaaaaaaaa!! Pra quem não percebeu lá no capítulo 18, depois que a Na bong Sun terminou s narrar eu coloquei lá "Sonho On"!
Peguei vocêssssssssss!!! Desculpaaaaa

Mas agora meus avisinhos:


Teve gente que disse que o Jimin não aparecia muito na Fic .
Ele vai aparecer muito ainda! Só que ele não vai ser um concorrente, ok?
Ele vai ser só um amigo, eu coloquei o nome dele no título da história, pq como na sinopse eu disse: Vai ter traições, amor e *Amizades verdadeiras*
Entenderam? Não posso explicar mais que isso, se não eu vou dar mais spoiler😂


Vou postar agora todos os domingos, a tarde ou a noite!


Gente, esse é um pouco triste, mas né.A história vai ter no máximo 35 Capítuos e no mínimo 30 Capítulos.
Ou seja, vai acabar logo logo!


Esse é o último! Eu só queria pedir que vcs dessem uma olhadinha na minha outra história !
É sobre o nosso Maknae de Ouro♡
" A Nerd e O popular "
Capítulos todos os domingos também! Tá super legal gente! Já está com 2 capítulos!

 https://spiritfanfics.com/historia/a-nerd-e-o-popular-imagine-jungkook-9775772

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Logo logo eu e uma amiga minha vamos postar uma outra história: Imagine Taehyung !O título é " o garoto do Capuz cinza"!
Ainda não tem nenhum capítulo, mas brevemente vamos postar! Vai estar super legal!

Obrigada por ler até aqui!!
Beijos da Miah❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...