História Imagine Bts - O Lado Negro De Bangtan Boys (Em Revisão) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Aventura, Drama, Horror, Romance, Sexo, Suspense
Visualizações 272
Palavras 2.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uhu, olha eu aqui com mais outro capítulo pra vcs hehehehehe
Li os comentários do capitulo anterior e percebi que tinha muiitaa gente curiosa hehehehehe
Agora vão poder descobrir qual a surpresinha que A S/N / teve hehe
Boa leitura amores ♡♡♡

https://spiritfanfics.com/historia/7-crimes--yoonseok-9345848 ==> FIC DE YOONSEOK

https://chat.whatsapp.com/IxIyh6yOTe29LNKkWdLfG5 === GRUPINHO DO WHATS PARA OS LEITORES

Capítulo 22 - Eu não sou uma invasora!


                     No Capítulo Anterior: 

                          - AAAHH - Gritamos assustadas e então nos viramos rapidamente em direção ao armário caído

Hana: M-MINHA NOSSA!

S/N: M-MEU DEUS, QUE SUSTO! - Sussurro ofegante enquanto encarava o armário

Até que escuto um outro barulho vindo atrás de nós, só que dessa vez, estava bem mais próximo, e logo uma voz masculina falou, me fazendo congelar totalmente

               - O que estão fazendo aqui?

S/N: E-eu conheço essa voz. - Sussurrei paralisada

Respirei fundo, tentando não entrar em pânico diante daquela situação, e então tomei coragem, logo me virando para frente, e me deparando com quem eu menos esperava

                                   XXX

S/N: T-Tae?

S/N: O-oque está fazendo aqui? - Perguntei assustada

V: Eu que devo perguntar o que vocês estão fazendo aqui! - Falou com uma expressão totalmente séria, o que me deixou um pouco preocupada, pois parecia que nossa presença ali, não estava o agradando nenhum pouco

V: Não deviam estar aqui, ainda mais essa hora da madrugada. Não ouviram o alarme de incêndio? Por que nao saíram logo daqui?- Continuou sério

As palavras de Tae me deixaram com um grande embrulho no estômago, como ele sabia que o alarme havia disparado? Ele não estava ali quando aquilo tudo aconteceu.

Balanço minha cabeça confusa logo me tocando de que Tae não estava ali quando o alarme havia disparado. Ele havia saído com Hoseok. Espera, Como ele apareceu aqui Tão de repente? Ele não estava com Hoseok? Como ele sabia que estávamos ali?

S/N: V-você não estava com Hoseok? Onde ele está? - Perguntei confusa

V: J-hope e eu acabamos de chegar aqui na escola e fomos diretamente ao seu quarto te procurar, mais quando chegamos lá, não a encontramos, e ele logo se tocou de que você havia vindo pra cá, e então me mandou vir atrás de você!

Então Hoseok veio.

S/N: M-mais se ele veio com você, onde ele está então?

V: Quando vinhamos em direção aqui, ele acabou se lembrando de que havia esquecido de algo em casa, e acabou me pedindo para que viesse, pois ele teria que voltar.

S/N: O-oh! - Exclamo emburrada

V: Vejo que já encontrou seu uniforme não é mesmo? - Disse desviando o olhar para o uniforme que se encontrava em minha mão

S/N: S-sim! - Susurro dobrando meu uniforme e então o coloco no bolso da calça, que por incrível que pareça, coube perfeitamente, devido ao bolso ser extremamente grande

V: Então não irá mais precisar de minha ajuda. - Falou em tom seco

S/N: Mais o Hoseok que me ajudaria! - Contesto

V: Mais ele não está aqui, não é? - Questionou erguendo a sobrancelha

Mais ele me prometeu...

Abaixo minha cabeça me sentindo atingida por suas palavras, enquanto Hana, assitia a tudo calada

V: Então, não vão sair?

Algo me fez perceber, que, por o jeito que ele falava, parecia estar querendo nos expulsar dali

Desvio meu olhar para Hana, e a fico encarando, enquanto me sentia um pouco desconfortável com as palavras de Tae

S/N: Bem, acho melhor nos irmos Hana! - Sussurro, e então pego na mão dela, e saio a puxando dali, para fora do vestiário, enquanto Tae, nos encarava de forma intimidadora

Hana: Acho que ele não gostou nenhum pouco de nos ver ali! - Cochichou em meu ouvido enquanto caminhávamos a frente de Tae, indo em direção a saída do local

S/N: E você acha que eu não percebi? - Cochicho de volta

Hana: Eu não sei você, mais acho que deve haver alguma coisa ali! - Cochicha novamente em meu ouvido, mais a hora em que me aproximo do ouvido dela, para responde-la, Tae nos chama a atenção, fazendo uma expressão séria

V: Ei!

V: Do que você estão cochichando? - Perguntou com semblante sério

- Nada - Respondemos ao mesmo tempo

V: Nada? - Perguntou de forma divertida

V: Eu vi vocês cochichan....

O momento em Tae iria nos questionar, uma voz gritou do pátio da escola, e logo várias vozes se aproximaram de nós juntamente ! feixes de fortes luzes de lanternas, rodeando nos três. Sim, eram os malditos vigias

Vigia: Olha só, quem encontramos por aqui, se não é a invasora! - Falou em tom vitorioso o vigia que havia me pegado e levado a diretoria

S/N: Eu já disse, não sou uma invasora! - Exclamo começando a ficar exaltada

Vigia: E vocês dois? O que estão fazendo aqui? Estavam tentando ajuda-la a fugir? - Falou com semblante sério enquanto encarava Tae e Hana

V: O que? - Perguntou de forma divertida

V: Claro que não senhor, Vigia! - Falou dando ênfase a "Senhor Vigia"

Hana: N-não é nada disso o que você está pensando! - Exclamou trêmula

Vigia: Acha mesmo que acredito nas palavras de vocês três? - Soltou uma risada sarcástica

Vigia: O diretor foi complemento um tolo, ao acreditar nesse moleque! - Desviou o olhar para Tae, que logo passou a encarar o vigia com um olhar totalmente fora do normal, me deixando completamente amedrontada

V: Meça suas palavras antes de falar assim comigo! - Tae o lançou um olhar extremamente assustador, e logo fechou os punhos, revelando algumas veias em seu pescoço, o que me passou um grande insegurança e fez crer que, a qualquer momento, ele poderia agredir o vigia

S/N: T-Tae por favor não! - Exclamo assustada e então tomo a frentes dele

S/N: N-Não é uma boa hora pra isso! - Seguro nos ombros de Tae, e o empurro delicadamente para trás, o deixando distante do Vigia

Vigia: Tem toda razão senhorita! - Desvia o olhar para mim

Vigia: Bem, Acho que o diretor irá ficar muito feliz em vê-la novamente não acha? Ou melhor, em vê-los! - Solta uma risada vitoriosa

De repente sinto uma mão agarrar e apertar meu pulso, rapidamente desvio meu olhar para trás e vejo Hana me encarando com uma expressão de puro medo

S/N: Não se preocupe, vai ficar tudo bem! - Sussurro para ela e então sinto alguém me empurrar por as costas, me fazendo caminhar

Vigia2: Vamos logo! - Exclamou

...

Vigia: Encontramos esses três no corredor perto do pátio, estavam ajudando a invasora a fugir da escola! - Cruzou os braços se encostando na parede e então e apontou para mim

V: Isso não é verdade! - Contestou

S/N: E eu não sou uma invasora! - Exclamei exaltada

Hana: O senhor não pode acreditar no que ele diz!

Falamos nos três ao mesmo tempo

Dire: SILÊNCIO - Gritou e bateu em sua mesa de forma brusca, nos fazendo calar imediatamente

Dire: O que os três estavam fazendo as quatro horas da madrugada, andando por a escola, juntamente a uma garota que foi dada como invasora? - Falou cada palavra pausadamente, de forma séria, deixando o clima, ainda mais tenso

Tae e Hana ficaram em um grande silêncio, mais logo vi por as veias expostas no pescoço de Tae, que ele estava totalmente exaltado com alguma coisa que o diretor havia falado

S/N: Eu não sou invasora! - Exclamei e logo vi seu olhar severo sobre mim, me fazendo engolir seco

Dire: A senhorita foi liberada para voltar até a lavanderia, pegar seu uniforme e trazê-lo a mim!

Dire: Onde está? - Me encarou de forma severa novamente

S/N: Aqui! - Falei em um suspiro e então enfiei minha mão, no bolso da calça, logo puxando meu uniforme dali, e o desdobrando.

O vigia arregalou os olhos enquanto olhava para a cena, e então começou bufar

Vigia: O que? Isso só pode ser uma brincadeira senhor diretor! - Contestou

Vigia: Essa garota ficou sumida o dia inteiro juntamente a esse garoto, e logo depois os dois, ou melhor os dois e mais uma outra garota são pegos bisbilhotando por a escola no meio da escola a madrugada!

Vigia: O senhor não acha que tenha uma pitada de travessura?

Dire: É, tem razão, talvez sim!

S/N: O QUE?

Dire: Silêncio! - Falou impaciente enquanto colocava as mãos nas veias de sua testa

S/N: Senhor diretor, o senhor está vendo tudo por o lado errado!

S/N: Deixe-me explicar, ou pelo menos tentar! - Franzo minha testa

Hana: Por favor diretor, escute ela! - Implorou

Dire: Tudo bem, tem dois minutos para me contar o ocorrido! - Suspira pesadamente

S/N: Está bem. - Respiro fundo

 S/N: Naquela hora em que eu e Tae havíamos saído daqui, fomos diretamente a lavanderia, e logo chegando lá, abri a secadora, aondo eu havia deixado meu uniforme juntamente com meu lençol, mais quando olhei, ele não estava mais lá, e logo então...

Mordo meus lábios me sentindo um pouco desconfortável, ao lembrar do que Tae tentou fazer naquele momento na lavanderia

Eu não posso contar isso

Respiro novamente

S/N: E logo então um outro amigo meu apareceu, e disse que iria me ajudar a procurar, e depois disso, o fizemos, procurando em todas as partes, mais não encontramos nada. - Suspiro fundo tentando tomar meu fôlego de volta

Dire: Então, só isso?

S/N: Não!

Dire: Um minuto! - Exclamou olhando para o relógio em seu braço

Oh céus

S/N: Ele me disse que iria voltar uma outra hora para me ajudar a procurar, pois iria ter que sair com Tae, para fazer algo, e logo depois ele me deixou em meu quarto, e me pediu para que eu não saísse até ele voltar. Hana ficou comigo me fazendo companhia, e então ficamis trancadas no quarto até tarde da noite esperando ele voltar, mais não tivemos nenhum sinal dele, e então ficamos a até de madrugada esperando ele voltar, mais, ele não voltou, então resolvi sair do quarto para ir a lavanderia procurar sozinha, mais Hana, disse que iria comigo, e então fomos nós duas juntas. Não tivemos chances de procurar em todos os lugares pois os vigias apareceram e nós nos escondemos, mais assim que ele saíram voltamos a procurar, e por grande sorte, acabei o encontrando no vestiário dos garotos.

Dire: Está querendo me dizer que seu uniforme sumiu de um lugar, e de repente foi para em outro? Sendo esse o motivo do seu sumiço o dia inteiro?

S/N: Sim diretor!

Dire: Bem, essa história está muito mau contada, mas enfim, irei librerar os três!

Uma onda de alívio e paz tomou conta de meu corpo, e então logo nos lenvantamos da cadeira, indo em direção a porta, até o diretor nos chamar a atenção

Dire: Mas! - Exclamou sem completar

Dire: Se isso se repetir novamente, ou se vocês forem pegos andando de madrugada por a escola novamente, serão punidos. Fui bem claro?

- Sim diretor - Falamos os três ao mesmo tempo

Dire: Dispensados!

Rapidamente Tae abriu a porta, e logo saímos os três, sem deixar de reparar na cara de bobo do vigia que parecia estar de queixo no chão, e se sentindo derrotado, por não ter conseguido fazer o diretor mudar de idéia.

Hana: Vocês viram a cara dele? - Sussurrou segurando o riso

S/N: Sim, Vi. Parecia tão desgostoso! - Sussurro e começo a rir baixinho enquanto nós três seguiamos o nosso caminho, em direção ao dormitório

V: Àquele idiota mereceu! - Exclamou

S/N: Acho que depois dessa, ele nunca mais vai querer sair por ai, inventando mentiras sobre as pessoas.

Hana: Com certeza não!

S/N: Enfim, chegamos! - Indago enquanto parava em frente a porta do dormitório das meninas

Oh, me sinto tão aliviada agora.

S/N: Nem consigo acreditar que escapamos dessa!

V: Devia me agradecer, eu que cuidei de tudo! - Exclamou irônico

S/N: O que? - Pergunto incrédula e então dou um leve tapa nos ombros de Tae

S/N: Você não abriu a boca pra dizer um ái!

Ele volta os olhos pra mim e então abre um leve sorriso, o que me deixou um pouco, surpresa, pois não o tinha visto sorrir antes.

E de repente, o silêncio reinou sobre todo o lugar, enquanto nós nos entreolhavamos e desviavamos o olhar rapidamente.

Hana: Bem, eu vou subir agora, estou muito cansada! - Sussurrou quebrando o silêncio e então adentrou ao dormitório, deixando-me sozinha do lado de fora, juntamente a Tae

S/N: Já está mais que tarde, acho melhor eu ir também. - Sussurro e então dou as costas, logo entrando ao dormitório, até que sou surpreendida, por uma mão puxando meu braço, e me fazendo voltar para o lado de fora

S/N: Tae? O que está fazendo? - Pergunto confusa e então ele se aproxima, me fazendo caminhar para trás, até que sinto minhas costas baterem levemente contra a parede, e ele se aproxima ainda mais, já me prensando contra a mesma

V: Já te disse que ficou linda com minhas roupas? - Sussurrou enquanto colocava suas mãos aos lados da parede, me deixando entre elas

S/N: S-sim, você já me disse! - Sussurro baixo enquanto sentia meu rosto corar

V: Pois bem, acho que não faz mau repetir mais algumas vezes não é? - Fala me olhando nos olhos, enquanto aproximava o rosto dele do meu, me deixando cada vez mais corada

S/N: T-Tae, eu preciso dormir, estou cansada e amanhã tem aula! - Abaixo minha cabeça, envergonhada, desencontrando nossos olhos e então o empurro lentamente para longe de mim

V: Vocês quiz dizer mais tarde não é? - Perguntou rindo do que eu havia falado

S/N: S-sim isso, mais tarde! - Falo emendando o que eu havia errado

E novamente Tae se aproxima de mim, segurando meu rosto com a mão, e o erguindo, me fazendo olhar para ele

V: Você fica linda usando minhas roupas! - Sussurrou com sua voz rouca, enquanto aproximava nossos rostos mais uma vez, e então começo sentir sua respiração baixa se aproximar ainda de meu rosto.

                                      ...


Notas Finais


Antes de qualquer coisa, quero avisar a vocês meus caros leitores, que estou trabalhando em um outra fic, e adivinha do que é?
YOONSEOKAAAAAAAHHHH MEU OTP SUPER SUPREMO CARA
Comecei a escrever agora, e se vcs poderem ou até quiserem, poderiam dar uma olhadinha para ver como ta?(Link No começo)
Eu fico extremamente agradecia
Espero que compartilhem nossas história, pois nossa família ja começando a crescer, e vcs não sabem o quanto estou feliz
Obg a todos por me acompanharem
Beijão


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...