História Imagine com Rap Monster - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Rap Monster
Tags Bangtan Boys, Bts, Casamento, Imagine, Kim Namjoon, Rap Monster, Romance
Exibições 116
Palavras 1.835
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E ai gente , como estão??

Aqui vai uma Oneshoot , pedido da ~OnlyOneSUGACube, espero que goste!!

Tínhamos uma página " Kpop Pedidos Pneshoot" , onde poderiam fazer pedidos , mas infelizmente a página foi deletada!!
Faremos novamente , e se não conseguirem mandar seus pedidos pela página , podem mandar mensagem fazendo o pedido !!
Pedimos para que ativem as notificações para receberem quando a história for enviada!!

Bom, aproveitem!!
Beijoss

Capítulo 1 - Weeding day (capítulo único)


Fanfic / Fanfiction Imagine com Rap Monster - Capítulo 1 - Weeding day (capítulo único)

Aquela semana estava uma correria! 
A semana dos últimos preparativos para o casamento.
Só de lembrar de que dali sete dias eu estaria oficialmente casada com Namjoon, sentia um frio na barriga!
Depois de ver como andavam as coisas no salão de festas, decidi ir tomar um café para tentar esfriar minha cabeça.
Sentei-me bem na mesa onde Namjoon me pedira em namoro.
Enquanto tomava a minha xícara, ficava olhando para a grande janela de vidro, perfeitamente limpa, e lembranças começavam a passar como filme em minha memória.
De repente me vi no colégio , sentada ao lado do garoto mais inteligente da escola.
Um menino que se expressava através de palavras cantadas, ou rimas. Um menino que tinha o boletim impecável!
E eu, só uma garota comum que tinha uma queda por esse menino que podemos chamá-lo de : único.
Sentia vergonha por passar a maior parte do dia com a cabeça apoiada em uma das mãos , com o olhar fixo na parede , pensando naqueles olhos e naquelas covinhas.
Sentia vergonha porque eu não era nada perto dele. Meu boletim não era como o dele, me matava de estudar e as vezes passava ralando em determinadas matérias . Então não me achava uma boa menina para estar com um garoto daquele.
Estudei com ele até o colegial , depois me formei , fiz faculdade e em 2012 consegui um emprego em uma empresa chamada Big Hit.
Não foi fácil conseguir aquele emprego, fiz algumas entrevistas , uns cursinhos e outras coisas até eles verem que meu currículo estava perfeito para trabalhar!
Comecei a trabalhar de maquiadora profissional, queria maquiar os artistas.
Eu maquiava poucas pessoas no começo e nem eram grupos que haviam debutado ainda. Eram só alguns trainees .
Até que em 2013 me chamaram para maquiar um grupo que debutaria em Julho.
Chegado àquele mês, fui apresentada a cada membro da banda, e quando conheci o líder daquele grupo , quase enfartei.
- ( S/N) ?? É você ? Como está diferente! - ele disse surpreso e fez uma curta reverência com a cabeça.
- Sim... Como lembra de mim?- perguntei ainda mais surpresa por saber que ele sabia da minha existência.
- Estudamos juntos , não?
Assenti com a cabeça ainda não acreditando que se lembrava de mim.
Aquele dia foi , um dia de emoções.
Eu percebia que enquanto maquiava delicadamente o rosto de Namjoon, ele dirigia seu olhar sempre para mim, mas não dizia nada.
Eu ficava o dia todo maquiando pessoas , às vezes até arrumando o cabelo e desenhando o figurino de alguns artistas. Sempre estava morta no fim do dia.
Eu ficava horas sem comer, mas todos os dias , as quatro da tarde , Namjoon vinha com um lanche embrulhado e me entregava.
Muitas atitudes dele me deixava confusa.
E aqueles sentimentos de uma garota que gostava do menino , que sentava a sua frente na sala de aula, voltaram aos poucos.
Até que um dia mais calmo, estava com menos pessoas para maquiar , e voltaria mais cedo para casa.
Quando já estava arrumando minhas coisas , prestes a ir embora, Namjoon me parou.
- O que vai fazer hoje ?- ele me perguntou.
- Vou para casa descansar...
Ele segurou minha mão e começou a me puxar para um lugar.
- N-Namjoon, o que você está fazendo??
- Vamos tomar um café.
- Mas agora? E se te reconhecerem na rua?
- Não vão... As pessoas ainda não estão tão fãs assim da gente ainda.
Ele disse numa tranquilidade , nem parecia que estava preocupado que tinha debutado recentemente.
Viemos ao mesmo café onde estou agora. Sentamos na mesma mesa onde estou sentada agora.
Naquela tardinha , estávamos conversando normalmente até que de repente ele segurou minhas mãos e olhou fixamente para meus olhos .
- (S/N)... Você sempre pensou que eu não sabia sobre você , mas na verdade eu sabia. Gostava de você , mas eu era um menino muito concentrado com meu futuro profissional, então me dedicava muito a livros e estudos.
Eu podia sentir minhas bochechas começarem a arder, e ouvia cada palavra dele.
- Desculpe não ter dado a atenção que você merece, durante esse tempo .... 
Ele tirou uma coxinha do bolso , e a colocou a minha frente.
Espera ... UMA COXINHA?
- Ahh... Namjoon... O que é isso?
- Uma coxinha ué!
- Ok , mas por que você está me dando isso??
- Coma e veja...
- Por acaso tem veneno aqui?
- Não! - ele riu - não se preocupe...
Receosa e totalmente confusa , peguei a coxinha e a encarei.
Estávamos falando sobre ele gostar de mim e de repente ele me da uma coxinha!!! Como assim???
Comi um pedacinho da coxinha e vi algo brilhando dentro da mesma.
Curiosa, afundei meu dedo dentro do salgado e retirei uma aliança prateada. Depois , retirei outra aliança.
As limpei com guardanapo e encarei Namjoon.
- Por que em uma coxinha?
- Foi ideia do Taehyung!
Começamos a rir e então ele segurou em minha mão.
- Faz muito tempo que comprei isto... E acho que é a hora certa de te pedir ...
Ele pegou uma das alianças e a segurou.
- Eu quero casar com você um dia, mas vamos começar com calma- ele riu fraco.
- Se estiver brincando comigo , eu juro que bato em você!
Ele começou a rir e por fim disse:
- Não brinco com os sentimentos de ninguém , (S/N)... Então , você aceita?
Balancei a cabeça positivamente , e ele  então colocou a aliança no meu quarto dedo da mão direita.
Depois eu coloquei nele , e saímos do café para dar uma volta.
Ele me puxou e me abraçou enquanto caminhávamos.
Já era noite e nós dois conversávamos e riamos juntos.
Aquela noite , foi quando nos beijamos pela primeira vez.
Alguns anos passaram e eu posso dizer que sempre fui feliz com Namjoon. Nunca me arrependi de ter aceitado sua proposta.
Claro , tínhamos nossas brigas e discussões pequenas, mas sempre nos reconciliávamos.
Namjoon era uma pessoa direta, sempre tendo certeza de seus sentimentos . Bom, pelo menos em relação a mim!
Um certo tempo depois, trocamos nossas alianças prateadas , por douradas!
Todas as vezes que lembro de como ele me pediu em casamento , deixo um sorriso no canto dos lábios , e deixo meus olhos fixados em algum lugar.
Ele me pediu através de uma letra. Fui muito pega de surpresa!
Estávamos conversando sobre a mixtape que ele estava produzindo. Estávamos em seu estúdio, ele estava em frente ao computador, e eu estava sentada em uma cadeira ao lado.
- Você gostaria de ouvir alguma faixa?- ele perguntou virando-se para mim.
Assenti e ele clicou em uma das faixas.
A música começou e ele ficava olhando para mim , como se esperasse algo.
O Rap começou e eu prestava atenção na letra.
Ele dizia estar apaixonado por alguém, e que agora acreditava no amor.
Perto da música acabar , ele se levantou , saiu do estúdio e quando voltou , carregava um buquê em suas mãos e ficou a minha frente.
No final da música dizia assim:
" (S/N) , do you marry me?"
Já estava chorando com aquela letra linda, desabei com aquele final e quando ele me mostrou a caixinha com as alianças douradas.

Essas lembranças vinham , enquanto terminava minha xícara.
Recebi uma ligação de uma mulher de uma loja de vestidos de festas.
Ela me pediu para ir no lugar , para a última prova e os últimos ajustes.
Então paguei o café, e saí.
*Uma semana depois *
Tudo já estava pronto , tudo em seu seu lugar!
Já tinha feito o cabelo agora estou fazendo a maquiagem.
Meu vestido me esperava no provador do salão, junto de meu par de sapatos.
Minha mãe disse que com certeza já estariam todos os convidados no salão.
Com a maquiagem feita , coloquei meu vestido com a ajuda da minha mãe e fui levada até o carro que aluguei para me levar ao salão.
Ao chegarmos , fiquei esperando o momento de eu entrar.
- A cerimônia já começou!- disse minha mãe.
Meu coração estava acelerado , ficava estralando os dedos a todo o momento, sentia borboletas na barriga.
A ficha ainda não caiu que vou casar! E com Namjoon, minha paixão de escola.
- Filha- minha mãe me despertou de meus devaneios.
Virei o olhar para ela .
- Está na hora ...
Uma mistura de sentimentos tomou conta de mim.
Queria rir, queria chorar, queria entrar logo, queria sair correndo... Ah não podia! Assim ia deixar o coitado sozinho no altar!
Respirei fundo e saí do carro com cuidado para não amassar o vestido e não desmanchar meu penteado.
Quando saí, minha mãe veio atrás de mim e ajeitou a calda do meu vestido.
Meu vestido era rodado , como vestidos de princesas . As mangas eram feitas de rendas , e a parte de cima do vestido também, onde marcava um pouco meu corpo.
A saia tinha pedrinhas brilhantes espalhadas e chamativas.
Tinha vários detalhes maravilhosos pelo vestido.
Ajeitei minha saia e recebi um buquê de orquídeas brancas.
Minha mãe entrou às pressas, e depois de alguns minutos, meu pai veio sozinho .
Nem havia me casado ainda mas ele já estava emocionado. Ele passou a mão por meu rosto e começou a me dizer coisas como "lembro-me de quando era menina" ou " ainda não acredito que vai se casar e nos deixar".
Consegui conter as lágrimas de emoção e tristeza ao mesmo tempo. Até que o momento chegou.
As grandes portas se abriram , e peguei no braço do meu pai pronta para entrar.
Caminhamos pelo Hall do salão e chegamos ao lugar onde a cerimônia estava acontecendo . A atenção de todos os convidados voltou para mim.
Mas eu não os percebi. Meu olhar tinha apenas uma direção .
Lá estava ele , lá no fundo no altar .
Com um terno escuro , uma gravata com um tom para combinar. Seu cabelo estava de um jeito diferente, poderia dizer que estava mais normal, em uma cor comum.
Ele estava com as mãos entrelaçadas e parecia tão nervoso como eu.
Quando me viu , não se moveu mais.
E como se estivesse apenas eu e ele naquele imenso salão , caminhei até ele lentamente . Ofereci um sorriso , e ele retribuiu exibindo aquelas covinhas no qual me apaixonei.
Namjoon não é muito de chorar , mas naquele momento , nenhum de nós resistiu.
Poderia eu imaginar que um dia estaria com um vestido desse , caminhando até um altar onde minha paixão da escola , estaria me aguardando para respondermos um sim?
Nunca passou pela minha cabeça!
Mas estou aqui , tão perto de usar um anel diferente em minha mão esquerda , e pertencer a uma pessoa.
Pertencer a Kim Namjoon, até que a morte nos separe.
 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...