História Imagine Derek Hale - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Visualizações 49
Palavras 1.276
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo Novo pra vocês, espero que estejam gostando da estória

Boa leitura à todos >.<

Capítulo 7 - Tragedy...


Os policiais recarregaram suas armas e sairam do carro.
 
Eles deram alguns passos, enquanto eu ia atras deles, cautelosa. Alguns passos à frente e enfim chegamos na porta da casa, um dos policiais, o que parecia ser mais forte, disse para mim ficar do lado de fora, caso alguma coisa acontecesse,  um dos policiais foi investigar o carro que ficava em uma garagem, abriu o portão com facilidade, nem me pergunte como, pois também não sei. Enquanto os outros esperavam algum sinal, um ficou do lado direto da porta e o outro do lado esquerdo.

*Ellie(mãe) off*

*(S.N) on*

Eram mais ou menos 16:00 da tarde, sim, eu durmo muito, na verdade eu tinha acordado algumas outras vezes umas horas atrás, mas acabei dormindo depois. Enfim, acordei com Derek me sacudindo, foi estranho, na hora me assustei, acordei no desespero, e perguntei:

(S.N) -"Meu Deus, o que houve pra me acordar desse jeito?", perguntei, confusa.

Derek -"Eu não tenho tempo para explicações, somente siga-me e não faça barulho.", falou, enquanto me ajudava a levantar.

(S.N) -"Espere, deixe eu ao menos colocar uma roupa decente...", disse, indo em direção ao armário.

Derek -"Não porra, não temos tempo!", disse, me puxando pelo braço.

Ele me puxou até fora do quarto, qualquer passo um pouco mais barulhento, olhava para mim, eu realmente não estava entendendo o que estava acontecendo, antes de descer, ele disse:

Derek -"Se quer saber o que estava acontecendo, olhe na janela, vai entender.", disse.

No corredor do segundo andar havia um porta que dava para o quarto do Derek, onde tinha uma janela pouco grande, nao fui no quarto que estava, pois a janela ficava dava para o lado esquerdo da casa, enfim, fui até o quarto dele e espiei pela janela, tinha um carro de polícia, sai do quarto, fui até a direção de Derek, que estava perto de descer as escadas, e perguntei:

(S.N) -"Por que tem um carro de polícia na frente de casa?", disse, confusa.

Derek -"Porque a senhorita ligou para sua mãe.", falou, debochando. "Como ela não é burra nem nada, foi até a delegacia e pediu para um policial rastrear a chamada, imagino que seja isso.", disse.

Sem nem me deixar falou, me pegou no meu braço e fomos descendo as escadas, com a maior delicadeza, peso de pena. A escada aparentava ter mais ou menos uns 18 degraus, estávamos perto de pisar no último, quando Derek ouve um barulho vindo da porta, ele me colocou perto do parapeito da escada e disse:

Derek -"Se acontecer alguma coisa comigo, pegue a chave do meu carro que esta naquela escrivaninha que esta do lado da porta dos fundos, entra em meu carro e foge daqui.", falou baixinho.

(S.N) -"Eu não sei dirigir Derek.", disse.

Derek -"Mas pelo menos sabe alguma coisa sobre. Vai ficar tudo bem...", falou.

(S.N) -"E você? O que vai fazer?", perguntei.

Derek -"Não se preocupe comigo... eu vou ficar bem.", disse.

(S.N) -"Promete?", perguntei.

Ele assentiu, quando a maçaneta se abria, ele me deu um beijo na testa e falou:

Derek -"Corre!!", gritou.

Eu pulei os degraus, peguei a chave, e vi a cena por alguns instantes. Um dos policiais apontou a arma para ele, disse:

Policial -"Mãos para cima!!", gritava. "Derek Hale, você está preso!", disse.

Eles não haviam me visto, mas minha mãe que estava do lado de fora me viu, imagino, abri a porta, nem me importei em fechar, corri até o carro, entrei e bati a porta com impacto, quando liguei o carro, vi os policiais tirando Derek de dentro da casa, algemado, levando-o até o carro de polícia. Olhei para trás, ele estava com a cabeça para baixo. Engatei a primeira, tirei o freio, e comecei a acelerar, não tinha nenhum carro ao redor, e nenhuma placa dizendo quantos km ir, então fui até 60 km, e fiquei atenta às placas, pois não sabia o caminho, a polícia ia atrás de mim, então acelerei até 80 km de seguia as placas.

*(S.N) OFF*
 
*Ellie(mãe)*

Os policiais haviam prendido o homem, então fomos até o carro, quando de repente, vi (S.N) em um carro, dirigindo em alta velocidade, disse:

Ellie(mãe) -"É a minha filha, ela não sabe dirigir!" 

Os policiais começaram a ir atrás dela, mas estava em alta velocidade.

*Ellie(mãe) off*

*(S.N) off*

Eu estava conseguindo fugir deles, acho que só porque não tinha ninguém por perto. Eu cheguei até a 80km por hora, estava indo "tudo bem", até que de repente um caminhão surgiu em minha frente, contra mão.

Naquele momento, eu tive um flashback de todo o percurso de minha vida, desde o momento em que abri meus olhos pela primeira vez até a última vez, que foi essa...

Sera? Eu girei todo volante para direita, mas mesmo assim o caminhão bateu no carro. A dor era enorme, mas tão enorme, que eu nem sentia meu corpo, parecia que era o fim... Parecia que eu tinha morrido. O carro havia capotado, eu estava do lado direito da estrada.

*(S.N) off*

*Derek on*

(S.N) estava conseguindo fugir de nós, felizmente, quando de repente aparece um caminhão na frente de seu carro, ela tenta desviar, consegue, mais ou menos, o carro capotou, e eu não pude fazer nada, estava algemado, não conseguia executar movimentos de maneira correta e boa. Uma lagrima corria em meu rosto, eu não sabia o que fazer, sair do carro? Como? Mas um dos policiais sai do carro correndo e o outro segurou a mãe de (S.N) que gritava e chorava. Eu aproveitei que havia uma porta aberta e ninguém me segurando, sai em disparada até ela, cheguei perto do carro que havia capotado, peguei a chave que estava no bolso do policial com a boca me libertei, não sei como, na verdade.

Lá estava ela, desacordada, cada vez mais eu chorava, tirei ela do carro, e com ela nos meus braços, dizia:

Derek -"Porque?! É tudo culpa minha!!", disse.

Policial -"Ela não morreu, mas está inconsciente, ela vai sobreviver, se levarmos ela no hospital o mais rápido possível.", disse.

Derek -"E você está esperando o que? Me ajude a levá-la.", falei.

Eu carregava ela em meus braços, levando até o carro de policia. O carro parecia que iria explodir, então comecei a correr, cheguei no carro de polícia, abri a porta de trás e  a coloquei dentro, deitada. Sua mãe não queria nem ver. O outro policial finalmente chegou, e começou a dirigir o carro, afastado do carro que estava para explodir, o cara do caminhão já havia fugido, filho da puta.

*Derek off*

*(S.N) on*

Eu havia acordado depois de um longo período, estava no colo de Derek, que estava chorando, eu nunca imaginei que iria ver ele chorar, um homem tão forte, coração frio, parece que até mesmo os mais fodas tem sentimentos, isso me "tocou", então peguei sua mão que estava no apoiado no banco da frente e coloquei em meu rosto, comecei a chorar junto à ele e falei:

(S.N) -"Está tudo bem, eu estou aqui...", disse.

Ele sorriu. Derek parecia aliviado.

Meus membros estavam doendo demais, acho que havia deslocado um deles, mas desde que estivesse com ele, já estava ótimo. Minha mãe que estava do lado dele, havia dormido, não quis acordá-la, na verdade eu estava um pouco brava com ela.

Pareciamos estar indo para um hospital. Um dos policiais tinha visto que eu estava "bem", então avisou o outro que estava dirigindo, o que não estava dirigindo, olhou para mim que estava deitada nas pernas de Derek, falou:

Policial -"Estamos indo para um hospital." , me avisou. "Depois, iremos prender ele.", disse.

Eu fiz que sim com a cabeça.





Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo de hoje, me desculpem pelos erros ortográficos. Logo logo sai o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...