História Imagine Got7 - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Exibições 182
Palavras 813
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Youngjae


Fanfic / Fanfiction Imagine Got7 - Capítulo 7 - Youngjae

Sabe aquele tipo e pessoa que aparenta ser uma coisa mas na realidade é  outra completamente  diferente? 

Então eu tenho certeza de que esse cara ,com quem estou sendo obrigada à casar, é  assim.

Acontece  que minha família está me obrigando a casar com um riquinho pra poder manter os negócios, sempre fui boa filha então só obedeci, eu ia conhecer ele hoje.

-Prazer meu nome é Yuongjae, prazer em conhece-lá.

Beijou minha mão, nossa já amei ele era cavalheiro então não devia ser muito ruim.

-Prazer me chamo S/N.

Aquele foi o único dia agradável que eu tive nos próximos meses.

Toda vez que ficávamos sozinho ele virava outra pessoa.

-De ficar me encomodando vai se arrepe der!

-Mas eu nem fiz nada! Tá maluco?

Ele chegou próximo de mim e segurou  meu queixo .

-Não queira me ver maluco garota!

Chegou bem perto como se fosse  me beijar e então balançou a cabeça negativamente me soltando e saindo da sala.

Hoje era o dia do casamento, a cerimônia foi um saco  e logo depois que acabou entramos no apartamento que iríamos morar e ele tirou aquela máscara de bonzinho.

-Vai ficar aí parada? Vai pegar algo Lda beber idiota.

-Vai se ferrar, não sou sua empregada babaca.

Me puxou pelo braço e falou.

-Olha bem como você fala comigo nao vou mais deixar passar!

-Como é ?  Deixar passar? Vai se ferrar e me larga que ta me machucando.

Tentei me afastar mas ele me empurrou contra a parede e encostou sua testa  na minha e  senti meu corpo todo arrepiar e comecei a ficar nervosa. 

-Eu tentei te afastar, tentei fazer você desistir desse casamento,  por que tem que ser tão  obediente ? 

Perguntou morrendo seu lábio que estavam a centímetros dos meus, senti uma vontade imensa de cola-los aos  meus.

-Então quer dizer  que não quer estar comigo? - me aproximei e ele deu passo pra trás - Sozinho ? - dei mais um e ele foi mais um pra trás -Nesse apartamento ,  só nós dois? 

Dei  mais dois passos e ele recusou caindo no sofá ,  subi em cima dele.

-Não faz isso S/N, tô avisando pra não me provocar.

-Tem certeza disso? 

-Te..

Ele parou quando dei uma rebolado em seu colo.

-Não é isso que parece, se você mandar eu paro.

Me aproximei do ouvido dele e sussurros.

-Como você disse, sou obediente...

Dei uma mordiscada em sua orelha.

-S/N por que tá fazendo isso comigo?

Eu dei mais uma rebolada e ele gemeu.

-Mas eu não tô fazendo nada demais.

Dessa vez deu um pulinho e ele jogou a cabeça pra trás, podia sentir seu membro duro.

-Nossa como você tá animadinho ein!

Passei a mão por cima do volume na calça  e dei um apertos.

-Porra S/N!

-Tudo bem com você daddy ? 

Deu um chupao no pescoço  dele.

-Agora chega.

Me virou e ficou por cima de mim e sua expressão era de alguém desesperado.

-Você vai me pagar por todas as vezes que fiquei  pensando em você  e não pude tocar esse corpinho.

Senti um arrepio pelo corpo quando ele passou as mão pelas minhas coxas e segurou em minha cintura.

Tive uma ideia, ele disse que queria me tocar então coloquei meus dedos em minha  intimidade e comecei  a insentivala e fazer movimentos de tesoura, gemedo e olhando pra ele.

-O que ta  fazendo? 

-Aww  Youngjaee!

Ele tirou minhas mãos de lá e posso dizer que ele era muito melhor do que eu, joguei a cabeça pra tas  quando ele colocou sua boca e começou a chupar e passar sua lingua.

-Mais.. mais oppa !

Agarrei seus cabelos e senti meu corpo estremecer e me desfiz ele engoliu tudo é me beijou depois disso foi minha vez e dar prazer à ele.

O puxei fazendo-o sentar no sofá e puxei sua cueca para baixo e o que vi era um tanto quanto surpreendente,não imaginava  que ele fosse tão bem dotado.

-Vai ficar só encarando?

-Só tô apreciando amor.

-Amor?

Dei  um sorrisinho malicioso e comecei a masturba-lo primeiro com a mão depois com a boca e ele gozou, engoli tudo e assim  como ele dei  um beijo fazendo-o sentir seu próprio gosto.


-Você é tão gostosa.

Me sentei no colo dele e encaixei  seu membro em mim e comecei a rebolar, ele segurou minha cintura me ajudando enquanto ambos gemiamos e nos aguaravamos.

Eu arranhava as costas dele e ele dava leves puxoues nos meu cabelos.

Mudamos de posição e ele ficou por cima colocando minhas pernas em volta de sua cintura.

- Quero ouvir você gemer meu nome S/N!

-Aw  vai mais rápido Youngjae!

Ele foi aumentando a velocidade e a força com que entrava e saia até que chegamos ao nosso limite e desabamos no sofa, suados e cansados.

-Nao sabe o quanto  me controlei  todas as vezes  que eu te vi! Queria  arrancar todas as suas roupas e fazer você gemer meu nome!

Só dele falar aquilo já fiquei excitada  e subi em seu colo de novo.

-Então por que não mata a vontade ? 

Repetimos isso várias vezes até no banheiro e esse homem tinha uma pegada, realmente ele não era o que parecia.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...