História Imagine Got7 | Júnior | Destino? - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Destino, Got7, Imagine, Júnior
Visualizações 24
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura pessoal ^^

Capítulo 22 - Verdade?


Fanfic / Fanfiction Imagine Got7 | Júnior | Destino? - Capítulo 22 - Verdade?

Depois, entrei em casa e fui ao meu quarto, estava cansada entao deitei um pouco na cama e fiquei lembrando de tudo que aconteceu comigo e Mark, acabei deixando sair um sorriso no rosto. Mas quando lembrei de Júnior me deu um aperto no coração, fiquem com pena de Júnior, ele realmente gostava de mim... Mas agora devo esquecer dele dessa maneira pois estou em um relacionamento com Mark, devo apenas me concentrar nele e em mais nada.


~Quebra de Tempo~


No dia seguinte já era segunda de manhã, tinha que ir pra escola, então levantei e comecei a fazer minhas coisas... Depois que terminei tudo, peguei minhas coisas e fui sair, quando abri a porta vi Mark quase caindo em minha frente.

S/N - Mark?

MK - Oi S/N - disse ele se arrumando - Eu ia bater na porta pra te chamar - "coçou" seu pescoço envergonhado.

S/N - Ah, entendi - sorri - Vamos então?

MK - Vamos - ele parecia envergonhado com o ocorrido. Até que eu achei engraçado, senti vontade de rir mas segurei pra não deixá - lo mais envergonhado do que já está.

Fomos andando até a escola, quando chegamos ainda era cedo, então logo nos encontramos com os meninos e ficamos conversando até o sinal tocar.

JB - Opa! Olha o casal chegando! - todos ficaram confusos, eles não sabiam ainda.

JK - Casal? Que casal JB?  

JB - Ué, S/N e Mark.

Todos - Hãm?! - falaram surpreso, menos Júnior que estava emburrecido, ele apenas nos observava.

Chegamos perto deles e eles apenas ficaram nos olhando indignados.

JK - Que história é essa de casal? Vocês são um casal? - Mark ia falar mas Bambam o interrompeu.

BB - É, como assim? - todos começaram a falar juntos confusos. 

S/N - Ei! - ninguém parou - Ei!! - nada - EI!!! - todos pararam - Se querem saber tanto assim fiquem quietos! - todos se calaram.

MK - Enfim... Eu e S/N, estamos namorand... - todos o interrompem com gritaria, até que bate o sinal e todos nós fomos para nossas salas.

Estava indo pra minha sala, e quando fui abrir a porta, alguém colocou a mão na maçaneta antes que eu e a abriu, vi que era Júnior, ele acabou esbarrando em mim de ombro e nem ligou, continuou em frente e foi ao seu lugar, depois fui ao meu também.

Enquanto o professor não chegava, o clima entre nós ficava meio estranho, tentei falar alguma coisa mas não conseguia, estava com medo da reação dele. Quando tomei coragem pra falar, o professor entrou na sala fazendo com a atenção de Júnior fosse ao professor.

Durante a aula, não conseguia prestar atenção na aula, estava incomodada com Júnior. Fiquei lembrando tudo que nós passamos juntos, risadas, brincadeiras... Bateu saudade, o que fez que eu soltasse um sorriso bobo. Até que alguém chama minha atenção.

Professor - Não é S/N?

S/N - Hãm? - Olhei para ele.

Professor - S/N... Está prestando atenção na aula? 

S/N - S-Sim - menti.

Professor - Então porque estava sorrinso para o nada?

S/N - P-Por nada, eu só... - ele me interrompe.

Professor - Então...! - falou ele com um tom de "preste atenção" apontando pra lousa.

S/N - S-Sim senhor... - abaixei a cabeça e ele voltou a dar aula. Olhei de canto para Júnior e vi ele dando um sorrisinho de lado sem olhar pra mim.

As aulas passaram normalmente. Quando bateu o sinal pra ir embora, todos começaram a arrumar suas coisas. Eu e Júnior fomos os últimos, não quis falar nem um palavra com ele. Fui sair da sala quando ele me chamou.

JR - S/N! - não virei, continuei de costas - Eu sei que você deve estar brava comigo por eu ter ficado com você.

S/N - Porque? Vai adiantar ficar bravo? Vai mudar alguma coisa? 

JR - S/N... - o interrompi.

S/N - É mesmo necessário me ignorar? 

JR - É que... Eu fiquei com muita raiva quando soube que você e Mark estavam namorando.

S/N - Mas não é motivo pra ignorar. Você podia estar conversando, rindo, fazendo brincadeiras bobas comigo, enquanto estava ai... Me ignorando por conta de ciúmes.

JR - S/N... Lembra que eu te disse que achava que gostava de você? - acenti com a cabeça - Então, essa paixão está aumentando cada vez mais.

S/N - Paixão?! 

JR - É... Eu realmente estou apaixonado por você! - fiquei surpresa com suas palavras, nem sabia o que dizer.

??? - É mesmo?


Notas Finais


Obrigada por lerem pessoas!!
Beijinhos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...