História Imagine Hot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 296
Palavras 533
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Esse não é bem um imagine, eu sonhei com isso essa noite.

Capítulo 1 - Uma noite com ele


Fanfic / Fanfiction Imagine Hot - Capítulo 1 - Uma noite com ele

Estávamos eu e ele num quarto iluminados por uma luz do tom vermelho, nesse quarto havia apenas dois criados-mudos um em cada lado da cama e encima de cada um há 1 abajur porém, os 2 estavam apagados, havia também uma cama de casal com travesseiros vermelhos e um edredom vermelho com rendas pretas cobrindo a cama.

Entramos no quarto nus, aos beijos, ele me pega no colo e aperta minha bunda com tanta força que chega a doer.

De repente ele para o beijo e me joga na cama, eu ofegante apenas olhando pra ele quando desvio meu olhar pra um pouco abaixo vejo aquele pau ereto que chega me dava água na boca, ele percebeu pra onde eu estava olhando e sobe encima de mim, começa a beijar meu pescoço, vai subindo pra minha bochecha até que ele chega no pé do meu ouvido e diz:

 Está na hora da gente brincar. 

Quando eu escuto aquela frase solto um gemido por excitação, sem sair de cima de mim ele estica o braço, abre a gaveta do criado-mudo e pega um pênis de borracha. Olho pra ele com uma cara de quem não está entendendo nada e ele dá um sorriso.

— Pra quê usar isso, se tudo que eu quero está bem aqui.  Digo fazendo a voz mais sexy que eu consigo

No meu ouvido ele responde:

— Calma, logo logo você vai entender.


Ele sai de cima de mim e enfia aquele pênis de borracha em mim.

Do nada aquilo começa a vibrar percebo que à 5 velocidades, ele coloca no 1 e começa a fazer movimento de vai e vem bem lentamente, sentado na cama entre as minhas pernas com o olhar fixo naquilo que estava fazendo, depois ele coloca no 2 e gemidos começam a sair involuntariamente dá minha garganta, a única coisa que eu sei é que eu quero mais, olho pra ele e digo:


 Mais hããn mais. — Ele me olha com um brilho no olhar e um sorriso perverso no rosto

 — Mais o quê? Vai diz pra mim.— Diz olhando nos meus olhos me torturando com aquela lentidão 

— Mais rápido.

Com um impulso ele volta pra cima de mim sem remover o pênis de borracha, começa me beijar fazendo movimentos de vai e vem com o pênis, retribuo o beijo, mas um gemido ou outro sempre escapava, eu estava nas mãos dele, ele me controlava naquele momento, após alguns segundos aquela vibração aumenta de repente e eu interrompo o beijo involuntariamente, dou um grito de prazer arqueando o corpo.

— É assim que eu te queria. -- Diz ele saindo de cima de mim voltando a meter aquele pênis de borracha em mim.

Ele  metia aquilo com tanta velocidade e força, que eu não conseguia mais controlar o meu corpo, ele estava completamente arqueado e eu só gritava de prazer.

— MAIS, MAIS, MAIS

Nunca senti aquilo na minha vida a dor misturado com o prazer, era delirante.

Não aguentava mais, cheguei ao ápice e gozei, quando gozei ele diminuiu a velocidade até parar.

Eu estava ofegante, muito suada, não aguentava nem meu próprio corpo.

Ele levantou, guardou na gaveta o brinquedo e de pé olhando pra mim com uma cara de safado disse:

— Minha vez agora. 



Notas Finais


E é isso, o sonho continua até um certa parte e corta (eu acordei), se alguém comentar pra mim escrever o resto do sonho, eu escrevo, se não, irei começar a escrever os imagines da minha cabeça.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...