História Imagine Hot BTS - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hot, Imagine
Exibições 342
Palavras 1.837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura❤
Desculpa a demora😢❤

Capítulo 7 - Jung Hoseok, J-Hope.


Fanfic / Fanfiction Imagine Hot BTS - Capítulo 7 - Jung Hoseok, J-Hope.

(S/N)
-Hoseok, por favor, para de ser medroso, isso é um sapo. Não vai te comer, ele esta morto.

(Hoseok)
-Mas ele pode se mexer... e ele é nojento...

(S/N)
-A Hob pelo amor de deus, você quer aprender biologia ou não?

(Hoseok)
-Querer eu não quero, mas não tenho outra escolha.

(S/N)
-Isso mesmo, vem aqui...pega esse bisturi e abre ele...

(Hoseok)
-VOCE TA LOUCA (S/N)?

(S/N)
-HOSEOK EU NAO TENHO O DIA TODO!

Então, ele finalmente abriu o sapo...bom, desde o dia em que eu conheci o Hoseok, eu tive um conceito muito bom dele...nos conhecemos assim.

"
(Hoseok)
-Meus pais vão acabar com a minha raça...

Ele estava do meu lado, mas falando sozinho. Eu toda distraída....nem conhecia ele, só ouvi ele falar e então fiquei curiosa.

(S/N)
-Ué, porque?

Ele me olhou confuso...

(Hoseok)
-Fui mal em biologia...

(S/N)
-Nossa...eu sou ótima em biologia..

(Hoseok)
-Bom pra você.

(S/N)
-Nossa, para de ser grosso menino!

(Hoseok)
-Ah, me desculpa...to nervoso.

(S/N)
-Bem...você quer ajuda com o seu problema?

(Hoseok)
-Você vai me ajudar?

(S/N)
-Eh...eu vou sim...

(Hoseok)
-E por que eu confiaria em você?

(S/N)
-Talvez porque eu sou a aluna numero um em ciências biológicas e exatas e só estou querendo te ajudar?!

(Hoseok)
-Hum...como é o seu nome?

(S/N)
-Meu nome é (S/N), e você é....?

(Hoseok)
-Eu sou Jung Hoseok...mas J-Hope é mais fácil hehe...bem (S/N)...quando você vai me ajudar?

(S/N)
-Quando você esta livre?

(Hoseok)
-Pode ser as duas...no laboratório de ciências biológicas?!

(S/N)
-Ah...claro.

(Hoseok)
-Ah, sua linda, obrigado por me ajudar.

Ele me abraçou do nada e eu? Eu tive que corresponder ...
"

Tudo bem, eu tinha acabado de terminar com o meu ex e aquele abraço me deixou um pouquinho...sei lá, mexeu um pouco comigo, foi tão repentino e tão bom...enfim, eu precisava me distrair de alguma forma pra não ficar chorando naquele quarto...ele faria bem quanto a isso.

E...distrair, é a palavra perfeita.

(S/N)
-HOSEOK CHEGA! SE VOCÊ SAIR CORRENDO MAIS UMA VEZ, EU VOU TE TRANCAR NO TANQUE DAS COBRAS.

(Hoseok)
-E QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR COMIGO ASSIM HEIN?

(S/N)
-EU SOU A PESSOA QUE VAI ACABAR COM A SUA RAÇA ANTES DOS SEUS PAIS.

(Hoseok)
-ENTÃO TENTA A SORTE!

Como eu já estava muito irritada, joguei o avental e o bisturi no chão, e sai da sala, cara ninguém merece né, é mais fácil ensinar uma galinha a voar, do que ensinar biologia pro J-Hope...
Enfim, fui diretamente pra minha casa e tomei um banho, bem demorado.
Me troquei e fiquei vendo doramas até a madrugada, e então adormeci.

O outro dia era sábado, eu não ia pra escola, então, resolvi por em prática o meu "fim de semana super divertido, versão sozinha."
Como eu morava sozinha...meu fim de semana era assim, aconchegante e sozinha, vendo doramas, chorando o dia todo e...pra mim isso era normal e bem útil.
Eu ficava todos os fins de semana assim, Sábado, domingo, feriados... Enfim, já era uma rotina.

E todos os sábados e domingos, às 3, a Sra Jukio, uma velhinha que mora bem longe da minha casa, por sinal, sempre batia na minha porta e dizia.
"Onde está a Miuko? Miuko! Vamos, vamos embora."
Ela era caduquinha e achava que eu era a filha dela..bem, ela me fazia rir as vezes.

Sabadão, o dia estava nublado e com uma chuvinha bem leve..saí do quarto somente de blusa e calcinha, enrolada na minha coberta e me sentei em frente a TV, com picoca, refrigerante e alguns doces.

Estava lá, já chorando e vendo meus doramas, quando olho no relógio e já é 2:59...

A senhora Jukio era bem...digamos...pontual.

Então, me levantei e já parei na porta, quando o relógio bateu 3hrs, sem nem um segundo a mais, a campainha tocou,e eu abri a porta...ela estava lá.

(Sra Jukio)
-Miuko! Miuko! Preciso da Miuko...ah, ai esta você minha filha...Já pra casa!Vamos vamos!

(S/N)
-Bom dia Senhora Jukio...eu...

Ei ia terminando de comprimenta-la, até que uma pessoa chegou correndo e entrando pelos portoes gritando "Vó! Vó! Volta aqui" E adivinha...

Sim, era o J-Hope.

(S/N)
-Vó? Como é que é?

(Sra Jukio)
-Hoseok? Hoseok vai pra casa, eu já estou levando a sua mãe embora, vamos vamos vá.

(Hoseok)
- (S/N)...você mora aí?

Eu acenti com a cabeça e nós ficamos nos olhando um pouco, com a velhinha entre s gente, ele estava... Tão lindo, tudo bem que ele já era muito lindo mas...aquele dia...ele estava diferente..

Eu fiquei um pouco envergonhada com a situação dele ficar me olhando daquele jeito...e acho que ele percebeu.

(Hoseok)
-Eh...vó, a senhora pode ir indo pro carro...eu levo a minha mãe depois.

(Sra. Jukio)
-Ah...tudo bem, a vovó fez biscoitos, e eu quero ver a sua mãe lá pra comer...tudo bem?

(Hoseok)
-Sim vó... Cuidado com a lama..

E então, a velhinha saiu.
O Hoseok veio até mim com um sorriso sem jeito e encostou na beirada da porta.

(Hoseok)
-Então você é a filha que a minha vó não teve?

Como eu já estava envergonhada, não estava mais nem aí com a minha aparência (Eu estava coberta...mas por baixo das cobertas, estava apenas de blusa e calcinha, então eu não podia parecer muito livre)

(S/N)
-É... E você é o meu suposto filho?

(Hoseok)
-Perdoe a minha vó... Ela...

(S/N)
-Ela é um amor..

Ele sorriu

(Hoseok)
-Ah...sobre ontem...eh, me desculpa eu...

(S/N)
-Tudo bem...eu que perdi a paciência muito fácil... Mas sem recentimento...

Ele sorriu lindamente, meu deus que sorriso MEU DEUS QUE PESSOA MARAVILHOSA!Calma...

Enfim...eu não sei o que me deu...mas eu chamei ele pra entrar...sei lá, só tipo do nada...

Ele entrou, olhou minha casa e se sentou no sofá, eu sentei ao lado dele e nós conversamos por algumas horas que pareciam minutos.

Algumas horas depois, a chuva lá fora foi ficando cada vez mais pesada e pesada. E a noite veio a nós em minutos.

(Hoseok)
-Eu...

Eu percebi que ele estava um pouco nervoso, então perguntei.

(S/N)
-Ta...tudo bem?

(Hoseok)
-Eh que...

De repente, caiu um trovão e ele deu um pulo do sofá.

(S/N)
-Você tem...medo de chuva?

(Hoseok)
-Claro que não...

(S/N)
-Fala a verdade...

(Hoseok)
-Talvez, um pouco...

(S/N)
-Oooowwwn, que fofinho Hope..você pode dormir aqui...se quiser...

(Hoseok)
-Ah...mas eu preciso...

Outro trovão caiu e ele escondeu o rosto no meu ombro.

(Hoseok)
-Onde eu durmo?

Eu ri, e o levei a um quarto de hospedes, ele agradeceu e se jogou na cama...pra testar como diz ele.

(S/N)
-Você podia me ajudar a fazer algo pra gente comer..

(Hoseok)
-Eu ajudo!

E então, fomos pra cozinha, lá, nos fizemos panquecas...sim, panquecas a essa hora da noite hehe...depois que nos comemos, ficamos conversando um pouco na cozinha.

(Hoseok)
-Como você consegue morar sozinha?

(S/N)
-Moro sozinha desde o ensino fundamental...eu emancipada...

(Hoseok)
-E onde estão seus pais?

(S/N)
-Meus pais são brasileiros...me mandaram pra Coréia porque eu queria fazer um intercâmbio..

(Hoseok)
-E quem tem cuidado de você todo esse tempo?

(S/N)
-Enquanto você estava no colégio militar...a sua mãe e a sua avó me ajudaram muito..eu devo muito a elas...

(Hoseok)
-Eu...não sabia disso...

(S/N)
-Pois é... Meu deus Hoseok, já são 12:48, eu preciso dormir..

(Hoseok)
-Tudo bem...já vou pro meu quarto, até amanhã.

Ele me deu um beijo demorado na buchecha e se foi, eu subi também e logo adormeci.

Era mais ou menos, duas e meia da manhã...eu estava no 13° sono, e então, eu ouso meu celular tocar...ele tocou tanto que até caiu.

Mensagem on

(Hoseok)
-Oiii
- (S/N)!
- (S/N)
-Vem aqui.
-Eu to com medo
-Tem muito trovão
-Ei, acorda!
- (S/N) por favor.
- (S/N) acorda.
-Ai meu deusinho eu vo morre.

(S/N)
-Hob, o que foi?

(Hoseok)
-Eu não consigo dormiii! Ta muito escuro.

Mensagem off

Então, eu levantei, sonolenta e quase caindo, fui até a cozinha, preparei uma garrafa de chocolate quente, e fui ate o quarto em que o Hope estava...ele estava escondido em meio as cobertas.

Eu cheguei, o descobrindo e ele me olhou.

(Hoseok)
-Você demorou...

(S/N)
-Me desculpa...eu estava fazendo um chocolate quente... Você quer?

(Hoseok)
-Quero siim.

Ele disse animado.
Então, nos tomamos a garrafa toda de chocolate quente, e eu me deitei ao lado dele.

Nos conversamos um pouco, até que eu dei um tapinha nele, e ele começou s me bater de leve, é claro, então nos estávamos brincando de lutinha.

Ate que por um momento, ele parou por cima de mim, nos estávamos muito próximos, eu podia sentir a sua respiração bater em meu rosto.

Ele foi se aproximando mais e mais, e então, encostou seus lábios nos meus, ele iniciou um beijo calmo e doce... Logo depois, as coisas começaram a ficar mais quentes, e então ele tirou a minha blusa, meu short e meu sutiã, eu fiz o mesmo com ele, deixando-o apenas de cueca.

Ele apertava levemente os meus seios, de modo que me proporcionasse um prazer imenso, eu já estava muito editada.

Ele desceu beijando os meus seios e os chupando com cautela, eu arranhava seu abs enquanto isso.

Eu troquei as posições, ficando por cima e arranquei a sua cueca, sentei sobre o seu membro ereto e pulsando, eu ainda estava de calcinha, então ele a arrancou.

Antes dele penetrar seu membro em mim, eu fiquei um tempo, sobrente roçando nossas intimidades, ele gemia alto e segurava em minha bunds.

Logo depois, ele posicionou o meu quadril e penetrou seu membro em mim, sem aviso prévio. Eu solteira um gemido muito alto, primeiramente de dor, mas em seguida, estava com um prazer indescritível.

Ele fazia movimentos rápidos e intensos, aquilo estava me levando a loucura.

Alguns minutos depois ele gozou, e eu também, nos trocamos as posições e ele me colocou de 4, dessa vez, ele iniciou rapidamente e foi diminuindo o ritmo...se ele estava afim de me provocar, conseguiu.

(S/N)
-Ho..Hoseok..

(Hoseok)
-Qual o problema?

(S/N)
-Huuuwnnn Hoseoook

Logo, ele sorriu e voltou a entocar com forca e rapidamente, alguns minutos depois, nos gozamos e dormimos um ao lado do outro.

De manha, no outro dia, quando eu acordei, ele não estava mais lá na cama...eu me vesti e sai do quarto...dei de cara com uma caixa em cima do balcão, eu tive de abrir pra ver o que era.

Quando abri, ouvi um breve latidinho...era uma cachorrinha, ela era muito linda, e dentro da caixa, também tinha um cartão.

"Oiie (S/N)...bem...espero que goste desse presente..e também, da surpresa na patinha dela."

Olhei confusa pra ela, e lá, tinha auguma coisa preta, quando tirei, era uma anel...pra ser mais especifica, uma aliança, e dentro dela estava escrito: "namora comigo? "
Eu coloquei a aliança e abracei a cachorrinha, quando me virei, Hope estava atrás de mim.

(Hoseok)
-E a sua resposta?

(S/N)
-Sim, é claro que sim..

Ele veio ate mim e me beijou, um beijo calmo e tranquilo.

(Hoseok)
-E então, como ela vai chamar?

(S/N)
-Vai chamar Hope, pra te homenagear.


Notas Finais


Comentem❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...