História Imagine Hot BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~ParkLeeAlice

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 268
Palavras 2.146
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Kim Seokjin (Jin)


Acordo assutada pelo fato do despertador não ter tocado, e vejo que acordei mais cedo já que no relógio marcava exatamente 8:30, e teria que acordar ás 9:00 para levar meus pais ao aeroporto.3

Levanto, faço minhas higienes matinais, tomo um banho e colo um shorts jeans rasgado, e uma regata preta, junto com minha rasteirinha, e desço para tomar café.

Eu moro sozinha há uns três anos, e meus pais vem me visitar sempre que podem aqui em Seul, já que vivem viajando, aproveitam quando viajam para cá e ficam comigo, mas hoje eles teriam que ir de volta para o Brasil, e eu os levarei até o aeroporto.

Vou até a cozinha e vejo os dois quase terminando o café.

- Bom Dia ! - dou um beijo na bochecha dos dois e me sento a mesa

- Bom Dia minha flor - diz appa e me abraça

Tomo meu café e eles me esperam na porta da sala.

- Vamos ? - pergunto e eles ficam quietos - o que foi?

- Estão vindo nos buscar filha - diz omma e fico meio triste - não se preocupe, nós voltaremos assim que pudermos tudo bem? E se cuida - ela me abraça e eles vão de encontro ao carro que os esperavam

Fico na calçada esperando o carro sair da minha vista e assim entro em casa trancando a porta, quando chego na sala…

- AI MEU SENHOR ! - grito quando vejo uma pessoa sentada no sofá - JIN TU QUER ME MATAR?!41

- Ah ! ________ , desculpa! Eu vi a porta aberta e você ali fora e quis fazer uma “surpresa”! - ele diz vindo em minha direção1

- Mas não faça mais isso não ! - coloco a mão no coração - Ai caralho - digo28

- O que? - ele fica confuso já que falei em português29

- Nada não, agora onde tu tinha se metido nessas férias muleke ?! - pergunto o abraçando e ele logo retribui

- Eu estava na casa dos meus pais, passei um tempo lá, mas agora vou ficar com você - ele diz e segura meu rosto beijando minha testa e me senti confortável com isso

- Bom mesmo! Bem… vamos na piscina hoje? - pergunto e ele assente - tem algumas roupas suas lá no meu quarto, pode ir lá pegar enquanto arrumo as coisas aqui - digo e ele sobe

Jin é meu melhor amigo da faculdade, a qual já acabamos , mas ainda sim somos grandes amigos, e sempre gostei dele mas por mais clichê que seja, ele só gosta de mim como amiga, e não posso forçá-lo a me amar.

Termino que lavar a louça e arrumar a cozinha e quando vou para sala vejo Jin com uma bermuda e sem camisa.48

Meu Deus que abs são esses?! E essas costas?! Meu Deus, calma ________, respira ! Ele é gostoso mas é seu amigo.29

- ________ ? ________ ?! Vai querer um balde é?- saio dos meus pensamentos com Jin me chamando e vi que estava o secando faz um tempo e coro

- Besta ! - bato no seu ombro - v-vou me trocar - levanto e saio em disparada para o meu quarto - Senhor o que foi aquilo?! - pergunto a mim mesma24

Decido tirar as imagens de Jin sem camisa da minha cabeça e os pensamentos obscenos, por mais que eu não queira, e pego meu biquíni preto rendado, visto pego uma saída de banho, meus óculos de sol, coloco meu chinelo e desço.

- Mas demo… nossa - ele começa a falar mas logo para e me olha de baixo pra cima e morde o lábio, coro na hora - vamos?7

- S-Sim - digo e fomos para os fundos, onde tinha um quintal grande com a piscina e uma mesinha.

 

Coloco as toalhas na mesa e me sento em uma cadeira pegando meu celular e disfarçadamente olhando aquele ser que estava bem a minha frente entrando na piscina. “Por que ele tem que ser assim?! Tão gostoso, fofo, gentil, amigável?! Até parece que ele vai gostar de mim ou algo assim! Eu sei que pra ele é só amizade"  32

Ao pensar nisso sinto uma pontada no coração mas seguro a vontade de chorar, se eu sou chorona ? Sim pra caralho ! Mas tento não mostrar isso pra ninguém, e até agora funcionou. Ta chega de falar de mim !26

- Ei ________ ! - vejo Jin abanando as mãos em meu rosto

- Ahn.. a- ah  Diga Jin…

- Não vai entrar? - ele pergunta meio sorridente “ ai meu Deus ! Amo esse sorriso ! “37

- A-ah claro que v-vou - digo e ele sorri mais ainda voltando pra piscina

Levanto da cadeira e tiro minha saída de banho, e percebo que ele me olhava atentamente mordendo o lábio fazendo minhas bochechas arderem, entro na piscina e quando volto a superfície, Jin está a milímetros de distância de meu rosto.

- ________  me diz uma coisa ? - diz ele encarando meus lábios e meus olhos29

- O-o que? - pergunto gaguejando mostrando meu nervosismo

- Por que só eu tenho que estar apaixonado ? - ele diz e me beija66

Fico meio surpresa pelo ato repentino mas logo me entrego ao mesmo. O beijo dele era suave e macio, era viciante, fazia com que eu quisesse mais me mais daquilo, e era o que eu queria! Paramos o beijo por falta de ar e o olha incrédula.

- J-Jin p-por que fez i-isso? - digo ainda retomando o ar tirado de mim

- Olha, tenho que te confessar algo - suspirou- desde o primeiro diz que você entrou naquela sala de aula, eu me apaixonei por você, eu sentia que precisava ficar perto de você e nunca mais sair, e foi o que eu fiz, fiquei ao seu lado sendo seu amigo, mas não tive coragem o suficiente para dizer todo o meu sentimento, eu sei que não gosta de mim do mesmo jeito que eu gosto se você e acredite, eu gosto muito mesmo de você, na verdade eu te amo ________ , eu te amo muito, e desculpa por isso, sei que irei sofrer por ter esse sentimento não correspondido, mas espero que entenda, eu não podia mais guardar isso só pra mim eu tinha que dizer a você que te amo e que faria de tudo para que você fosse feliz e que fosse minha pra sempre - ele diz37

- J-Jin - digo e ele abaixa a cabeça como se já soubesse a resposta - Eu sempre fui sua, você não tem ideia de como essa declaração mudou minha vida ! - eu digo e ele se surpreende - Eu te amo Jin! Sempre te amei! Só achava que não sentia o mesmo - digo e ele sorri

- B-bem eu sei que não é momento apropriado mas… Q-quer ser a minha n-namorada? - ele pergunta  segurando minhas mão juntar com as suas

- É tudo o que eu mais quero na vida ! - ele sorri e fica assim igual á um idiota por uns 3 minutos - Jin vai me beijar quando? - pergunto rindo e ele sai dos pensamentos35

- Pra sempre ! - ele fala maliciosos e me beija

Era tão bom isso, sentir os seus lábios carnudos em minha boca era a coisa que eu mais pedia na vida, o beijo era calmo e viciante mas logo ele pede passagem com a língua e cedi, o beijo foi ficando selvagem e excitante até pararmos para recuperar o folego.33

- Vamos comer? - pergunto pois a fome estava grande119

- Eu topo ! - ele diz e saímos da piscina

Chegamos a cozinha e eu fui fazer o almoço enquanto ele olhava algo na casa que não sem bem o que era.

Estava terminando o nosso almoço quando sinto duas mãos em minha cintura e uma respiração em minha nuca me fazendo arrepiar.

- Jin… - suspiro ao sentir ele beijar meu pescoço e nuca

- Sabe ________ , eu estava com fome de outra coisa - ele diz e arregalo os olhos me virando para o mesmo - Mas se você não quiser sem problema121

Vou até seu ouvido e sussurro

- Quem disse que eu não quero? - digo logo passando a mão de propósito pelo seu membro que tinha um certo volume e o vejo suspirar90

- Vamos logo então - ele me puxa até o quarto e o fecha logo em seguida21

Ele vem bem perto de mim e me puxa pela cintura colando nossos corpos e me beijando, o beijo era feroz como se precisamos urgentemente daquilo ou morreríamos, quando o ar nos fez falta ele desceu os beijos para o meu pescoço, sugando, mordendo e beijando o mesmo, e aposto que ficaria várias marcas ali.37

- Ah.. Jin - gemi baixo quando ele suga fortemente meu pescoço102

- Essa marca para dizer que és minha - ele diz rouco e fico arrepiada25

Jogo Jin na cama a logo tiro sua bermuda o vendo só de box preta, sento em seu colo e começo a mordiscar seu pescoço e seu maxilar deixando marcas, desço minhas unhas pelos seus abs o fazendo arfar e logo o sinto seu membro roçando em minha intimidade, então decido o torturar e começo a rebolar em cima do mesmo.1

- _-_______ , n-não tort-tura - ele diz fraco depois de alguns gemidos42

Ele nos vira na cama ficando por cima e começa a tirara parte de cima do biquíni logo o jogando longe, ele fita meus seios e coro, ele sorri e faz uma trilha de beijos do meu maxilar até meus seios, onde sugava e mordiscava um deles e o outro massageava.6

- Awn.. J-jin - já gemia seu nome9

Ele desceu os beijos pela minha barriga parando em minha calcinha logo a tirando, fecho as pernas e ele logo sorri, me trazendo um conforto e separa meus joelhos olhando para minha intimidade que já se encontrava muito molhada, ele lambe os lábios e a assopra.36

- Awn…- gemi arrastado e sinto o mesmo começar a lamber - awn Jin….  1

Jin notando minha situação, enfia um de seus dedos em minha entrada, fazendo movimentos de vai e vem, me fazendo arquear as costas.41

- J-jin awn…. - gemia seu nome loucamente e a cada gemido ele aumentava a quantidade de dedos - AH JIN ! - grito de prazer ao chegar ao meu ápice logo o vejo chupar os dedos1

- Doce como sempre20

- Não vai ficar assim - o viro na cama e logo desço os beijos e paro no cós de sua cueca o fazendo arfar massageio o mesmo ainda por cima da cueca

- A-ah.. _- _______  vai logo c-com isso - ele geme em seguida

Tiro sua cueca e me surpreendo com o tamanho do seu amiguinho, mas em seguida ouço sua risada e logo começo a masturba-lo, vejo o mesmo gemer baixo e arrastado então começo a chupá-lo, seu baixos gemidos viraram urros de prazer, e ouvir seus gemidos assim me excitava e muito!83

- _-_______  p-para… - ele diz e eu paro - eu não aguento mais - ele diz e se levanta, pega a camisinha coloca em seu membro e se posiciona - Tem certeza de quer isso?19

- T-tenho - eu digo e ele sorri me beijando2

- Prometo ser o mais cuidadoso possível - ele diz em meu ouvido e logo me penetra1

Uma onde de dor me dominou me fazer gemer de dor, uma lágrima desceu pelo meu rosto e logo Jin a limpou, ele se mexia de vagar para eu me acostumar  com o tamanho, logo a dor virou prazer e eu já gemia em seu ouvido.48

- J-Jin, v-vai mais r-rápido- gemi e ele atende meu pedido1

Suas estocadas eram fortes e profundas, nos proporcionando altas ondas de prazer.

- _-_______  v-você é t-tão apert-tada - ele geme em meu ouvido91

- Awn Ji-jin eu to… eu…- gemi em seguida

- Eu.. t-também… meu amor…. Ah..

Mais algumas estocadas alcançamos o ápice  gemendo o nome um do outro, ele sai de dentro de mim e joga a camisinha no banheiro depois volta e deita ao meu lado me abraçando.

- É valeu a pena vir te visitar - ele diz apos recuperarmos o folego

- O que? - digo sem entender

- Meus pais queriam que eu ficasse mais tempo por lá mas eu resolvi vir te visitar, se eu soubesse que isso iria acontecer, teria me declarado antes - ele sorri e coro - Te amo ________ - me beija

- Te amo mais que tudo SeokJin24

______________________________________

Bem, espero que tenham gostado e desculpa qualquer erro !
Até o próximo <3














continua.......


Notas Finais


eaeee td beleza e a minha primeira imagine ent desculpa pelos erros capricha no like tmj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...